Péssimo atendimento, além de ilegalidade na emissão do cupom fiscal.

escreveu sobre Coco Bambu - Brasília Shopping

SCN Qd 05 Bloco A

Adquiri um cupom do grupon para o restaurante Coco Bambu do Brasília Shopping. Ao chegar ao local, pedimos mesa para 2 pessoas. A atendente que estava na porta, apenas apontou para onde haviam 2 mesas disponíveis. Já é de se estranhar, pois quem é acostumado com o restaurante do setor de clubes (lago sul), sabe que costumam levar até à mesa.
Ao sentarmos à mesa, ficamos esperando uns 5 minutos o garçom trazer o cardápio, sendo que haviam 2 garçons parados batendo papo e o garçom de nossa fileira (pelo que pudemos perceber, separam assim), estava lá dentro e depois foi entregar a conta para outra mesa. Este garçom sumiu e os outros 2 garçons, às vezes, apareciam 3 no local ficavam parados perto do bar. Após mais 5 minutos, chamamos o outro garçom, que estava muito apressado, não nos mostrou os pratos disponíveis para o grupon. Perguntamos se ele poderia nos atender e ele respondeu: "é que o garçom de vocês é outro, vou pedir para que ele venha" (nesse momento, se já não tivéssemos pagado o valor do grupon, decerto, teríamos ido embora). Mais alguns minutos, apareceu outro do nosso lado, chamamos este e perguntamos se ele poderia nos atender ou se era apenas com o outro garçom, ele disse que não era o nosso garçom (parece que é regra só poder atender a sua fileira), mas passaria o pedido para o outro, quando finalmente "o outro" voltou. Fizemos o pedido de bebidas e do camarão mediterrâneo. Contudo, de camarão não havia nada, muito arroz e batata palha. Realmente, decepcionante para o padrão do restaurante. Ficamos nos perguntando se isso ocorreu, pois era "do grupon". Se os pratos comprados por intermédio do grupon forem piores, então que não façam esse tipo de promoção e cobrem o valor integral. Certamente, eu sequer teria ido ao Coco Bambu do Brasília Shopping, mas iria no do Lago Sul, como sempre fui.
Bem, como a experiência já não estava nada prazerosa, resolvemos sair dali e ir para outro restaurante para continuarmos o nosso lazer, pedimos a conta (somente neste momento descobri que havia alguém cantando ao vivo, pois cobraram couvert artístico - bem que atendente poderia ter avisado, feito alguma ressalva sobre mesa próxima - já que quando entrarmos pudemos perceber outras mesas vazias no restaurante e não só as que a atendente apontou de longe).
Por fim, além de tentarem me cobrar novamente o valor que já havia pagado no grupon, emitiram o cupom fiscal sem o valor dos 10% (sabem que as pessoas não querem se indispor a reclamar ou não prestam atenção).
Minha vontade é de fazer uma denúncia perante os órgãos competentes, eis que se fizeram isso comigo, devem fazer com a grande maioria e há, certamente, um valor considerável não declarado e, portanto, sem lançamento de crédito tributário.

Portanto, sugiro a todos a irem somente no CB do Lago Sul, passem bem longe desse CB do Brasília Shopping.
Foto opinião do Maiko Araujo Claudino Silva sobre Coco Bambu - Brasília Shopping