escreveu sobre Club Med Trancoso

Estrada Municipal, 18

Minha esposa ganhou por meta atingida em trabalho realizado na empresa em que trabalha uma viagem ao Clube Med de Trancoso.
A viagem era com acompanhante e ninguém melhor que o maridão para isso. Há controvérsias.
O lugar é fantástico, mas o caminho...um tanto complicadinho.
Desembarcamos no aeroporto de Porto Seguro e seguimos em um carro até o resort.
Tudo foi muito bom.
A recepção, maravilhosa, igual àquelas que assistimos nos filmes, com direito a coquetel e muitas gentilezas.
A suite em que ficamos é da melhor qualidade, com tudo muito limpo, banheiros, toalhas impecáveis.
Como o local possui vários restaurantes possibilita variar o cardápio quando necessário.
O forte nessa estadia e o que mais marcou foi na área de divertimento. Havia um sujeito no local (além de outros) que era de uma criatividade sem fim. Um rapaz gordo, careca, bem engraçada, praticamente dominava todas as situações fazendo as pessoas rir..
No dia seguinte a chegada fomos a praia. Uma praia bem ruinzinha. Você desce por uma passarela de madeira tipo ponte, segue uma trilha no meio do bosque e até ai muito legal, afinal você tem que descer uma altura bastante acentuada pois a praia fica num plano bem abaixo do hotel, o que forma as conhecidas "escarpas" *(barrancos muito altos e íngremes) que deixam um aspecto maravilhoso ao local. Mas a praia é muito ruim.
Praia pequena, areia muito grossa, ondas pesadas. Não é legal não. Mas vale por tudo que está ao redor.
Bem, como dizia fomos a praia e nos sentamos em cadeiras que o hotel ali disponibilizou. Um sol gostoso, aquele soninho, a caipirinha, e coisa que não vemos normalmente, alguém fazendo a faxina na praia, recolhendo latinhas, papéis, restos de comida, muito legal. Devidamente uniformizado. Epa!!! o faxineiro pegou o óculos de sol daquela mulher e jogou no saco de lixo, e vejam pegou também o chinelo do sujeito e foi pro saco de lixo. Esse faxineiro está muito estranho e está vindo catando tudo no caminho, pegou minha meu óculos de sol também...–ESPERA AI MEU AMIGO!!!!, gritei, ele se voltou começou a gaguejar....– mas não é lixo?....nisso percebi naquele homem careca e esbelto uma grande semelhança ao comediante do teatro da noite anterior. Vi então que era uma brincadeira dele. O nome dele é BOLA (apelido é claro).
Esse tal de Bola era fantástico, estava em todas as situações durante o dia.
Na segunda manhã o Bola veio de FAXINEIRA, uniforme azul e branco, sainha curta, aventalzinho, toca na cabeça...e simplesmente passando o rodo e tirando a água da borda da piscina, enquanto todos que ali estavam riam, e os menos avisados se espantavam.
E assim foi o tempo todo.
Alem de toda a diversão a comida, o local, o serviço. Sem reclamações...e muitos elogios a todos equipe desse local.
Nem sei mais se o BOLA ainda está por lá, afinal faz aproximadamente 8 anos que lá estive. Viajei por outros países depois, todos muito lindos, mas essa viagem em especial me marcou.