escreveu sobre Capim Limão

Rua Prudente de Moraes, 63

Há muito ouvia falar deste restaurante vegetariano e estava louco por conhecê-lo por que sempre tive boas recomendações e gosto de comer uma comidinha saudável de vês em quando.
Hoje estive lá. Entretanto, para mim, uma decepção. OK. O lugar é bacaninha. Nada de mais. É uma casa antiga do estilo destas que tem em toda a cidade de Santos. É um sobrado. A casa foi reformada e está bonita. O lugar é agradável. Na parte de baixo, aonde seriam as salas de estar e refeição, a parede foi aberta para que ficasse um ambiente único e está repleto com mesas. No andar de cima, o andar todo tem mesas.
Eu estava esperando por um lugar com Buffet de comidas vegetarianas. Entretanto, acho chegar lá, fui surpreendido com um PF. Isso mesmo, a comida é servida em um prato. A parte, vem um pratinho com saladas. Nem em um, nem em outro, a comida é abundante. É o suficiente para uma pessoa que não esteja com muita fome comer. Se estiver com fome, esqueça.
No prato vem uma porção de arroz integral (pouca coisa) e a opção do dia. Hoje tinha torta de espinafre e um Hambúrguer Vegetariano recheado com mussarela. Foi a minha escolha. O tamanho do Hambúrguer era bacana e veio muito bem recheado. Estava uma delícia. A torta eu vi passar várias vezes. Um pedaço bem generoso também. Me pareceu que também estava bem boa. A parte, vem uma cumbuquinha (inha mesmo) de feijão. Dá umas duas ou três colheres de feijão. Vem pouco mesmo.
Na hora de pagar, uma única pessoa atendendo uma fila enorme. A casa não aceita Cartão de Crédito (acho isso uma pobreza de espírito enorme) e o valor da refeição eu achei um absurdo. R$ 17,50 pelo prato feito que veio com uma quantidade relativamente pequena de comida. Uma fortuna. Também comi uma daquelas tortinhas congeladas de sobremesa, R$ 7,00. Outra fortuna. As final, como paguei dois cafés (R$ 2,50 cada), acabei gastando R$ 29,50 por uma refeição que não foi daquelas de cair o queixo.
Tudo bem que o local é agradável (inclusive, tem uma varandinha bacana do lado de fora), a comida é boa mas, o custo benefício é muito alto pelo que é servido.
Foi legal para conhecer mas, não sei se volto novamente. Fica a dica.
Obs.: Acho que a casa também funciona à noite por que eles tem um cardápio de Delivery de comidas e Pizza.
Gloria, Allan G. e Juliana E. gostaram
Ricardo C.

Pois é Juliana, como escrevi acima para a Gloria, todo restaurante vegetariano que eu conheço, costuma ser esquema de Buffet. Eu sempre paguei caro em restaurantes vegetarianos mas sempre comi bem e a vontade. Essa coisa de vir um prato com um pingo de comida não é para mim. Ali, acho que não volto mais. hehehehe.

Gostei (Desfazer) (1) Conteúdo inválido
Juliana E.

É complicado principalmente para homem, que costuma comer mais do que a mulher (para toda regra existe exceção, é claro)... eu não curto, mas é o que você disse, geralmente é esquema de buffet... já fui em dois aqui de São Paulo que é prato: o Comedouro (Vila Leopoldina) e o Gaia (Pinheiros): o primeiro tem uma proposta mais "natural e funcional" do que veggie, e o segundo é clima de salvadores do mundo e sociedade alternativa total, não curti... rsrsrs... o Moema Natural (Moema) é sensacional: enche a pança por míseros 30 reales, e o café é cortesia!

Gostei (Desfazer) (1) Conteúdo inválido
Ricardo C.

Os dois que eu costumava ir ficam ali no Brooklin na região da Av. Berrini. Como trabalhei por 11 anos por ali, conhecia todas as opções de comida do bairro. Não me lembro o nome mas o esquema era mais ou menos esse mesmo. Um, era bem vegetariano mesmo. Só coisa muito natureba mas tinha um buffet absurdamente bacana. Suco e sobremesa por conta da casa. O outro, um vegê mais light. Eles serviam peixe e frango (carne branca) mas era muito bom também. Agora, eu não sou um glutão mas, como relativamente bem. O prato de hoje, confesso, me deixou com um gostinho de "quero mais um pouquinho" na boca. hehehehe

Gostei (Desfazer) (2) Conteúdo inválido