escreveu sobre Brasamora

Rua Conceição Veloso, 48

Considerado filhote do bar Veloso, o Brasamora virou minha opção de happy hour, já que conseguir lugar no Veloso é tarefa cada vez mais difícil.

No entanto, pra se conseguir uma mesa, também tem que chegar bem cedo. Conseguimos a última mesa, aquela perto da cozinha e da geladeira, porque uma amiga chegou 17h30. Há filas para entrar nos dois bares mesmo antes de abrir.

Se você pensou: Ah mas eu quero comer a coxinha do Veloso!
Calma, como o dono é o mesmo, você pode pedir as famosas coxinhas lá mesmo, existe até a opção no cardápio. A mesma acontece com a premiada caipirinha, ela vem do Veloso.

As comidas e bebidas são muito boas. Eu recomendo as coxinhas, bolinhos de camarão e os churros com doce de leite e nutella ( vem uma porção de churros e potinhos com nutella e doce de leite para você mergulhar o churros). As coxinhas são muito boas, eu mesma, que não sou fã de coxinha, gostei bastante. Minha amiga achou "animal". Os bolinhos de camarão não ficam atrás.

Para quem procura uma opção que não seja fritura, há sanduíches, carnes assadas na brasa e porção de carpaccio com pão, por exemplo. Eu fiquei com o carpaccio e estava OK, nem ótimo, nem ruim.

É um lugar legal pra ir, mas tem que ter paciência com filas e falta de mesas. Eu só vou quando sei que consigo chegar bem cedo pra pegar mesa ou quando não me importo de ficar em pé na rua e sem pretensões de conseguir sentar.