escreveu sobre Asahi Karaokê e Temakeria

Rua Guaipá, 1422

Após dois anos com as portas fechadas, desta vez o Asahi reabriu nas mãos de novos proprietários, mas com a mesma proposta de sempre. No térreo, um bar logo na entrada, e um balcãozinho onde se pode sentar e observar os sushimens trabalhando. Através de dois corredores laterais se chega ao salão principal, com bastante mesas.

No andar superior, está o karaokê, mas para frequentá-lo é preciso estar num grupo com no mínimo dez pessoas. Para o karaokê é apresentada uma proposta interessante: você reserva o local, e diz quantas pessoas estarão presentes. Fazem um serviço de bufê a R$60,00 por pessoa, fora as bebidas. Se a comida do bufê acabar e alguma das pessoas quiser comer mais um pouco, recebe uma comanda, faz o pedido à la carte e paga à parte.

O gerente, Shiro, foi sushiman num restaurante da região da Paulista, e foi chamado pelo proprietário para gerenciar o lugar. Comanda com eficiência uma equipe de garçons e sushimens solícitos e competentes.

Vamos aos pratos. Nada de diferente que a maioria esmagadora dos japas de São Paulo já não tenha, como sushis e sashimis, mas provei um ceviche de atum, salmão e peixe branco maravilhosíssimo. Preço? Não sei, foi uma cortesia enquanto eu estava esperando o meu prato. Para comer, pedi um Combinado Especial (8 sashimis, 4 sushis, 4 uramakis e 1 temaki, todos de salmão), por R$45,00. Gostei.

Cerveja gelada NO PONTO, ideal para estas noites quentes e secas que tem feito em Sampa...

Decoração clean, não espere nada sofisticado.

Serve rodízio no almoço, de terça a domingo (R$39,90).

Lugar interessante para se conhecer na região da Vila Leopoldina... Recomendo!

Ah, não tem valet. E para se estacionar naquelas ruazinhas da Vila Leopoldina é terrível!
Natália N.

Nossa, que legal! Quero ir um dia...achei o preço bem bom,rs

Gostei (Desfazer) (2) Conteúdo inválido
Eros D.

Putz... onde vc estacionou?

Gostei (Desfazer) (1) Conteúdo inválido
Dietrich G.

Estacionei numa rua um quarteirão adiante, Eros. Ali na Guaipá é muito difícil achar uma vaga.

Gostei (Desfazer) Conteúdo inválido