Veloso Bar

Melhor combinação de coxinha e caipirinha de SP em um bar de esquina movimentado
nota 4.2 de 5 em 483 opiniões
| 2º melhor em Bares e Botecos de São Paulo   2º melhor em Bares e Botecos de São Paulo

Inaugurado em 2005, o Veloso Bar é bastante famoso na região por suas coxinhas com catupiry e caipirinhas. Em um ambiente descontraído e animado, perfeito para um happy hour com os amigos, a casa ainda serve a disputadíssima feijoada, isso sem falar do bolinho de camarão, do escondidinho de carne-seca, do canapé de filé à milanesa e muito mais. Tudo acompanhado do chopp Brahma gelado.

Avaliar
Salvar
Compartilhar
Conheça também Patrocinado
Promova seu negócio no Kekanto e deixe-o em destaque entre milhares de estabelecimentos.
saiba como
Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo! Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo!
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Desde que ouvi falar a primeira vez do Veloso, quis conhecer. Não só por gostar de bares nesse estilo mas, principalmente, pela fama de servir a melhor coxinha de São Paulo. Já conhecia o Frangó, também famoso pela sua coxinha (e pela carta de cervejas sensacional) e queria tirar a prova de qual coxinha era a melhor.
Chegamos cedo, lá pelas 5 da tarde (o bar abre as 4, se não me engano) e já estava lotado. MUITO lotado. O espaço é pequeno, poucas mesas e uma area externa (circundada apenas por aqueles divisores de fila de banco sabe?), uma moça na entrada nos perguntou mesa pra quantos (no nosso caso para 4) nos deu uma comanda com um número (que era nossa posição na fila de espera) e nos deixou entrar para aguardar mesa no balcão. O lugar do balcão que ela nos indicou era péssimo, bem onde os pedidos eram despachados e logo um garçon nos pediu pra ir pra area externa para esperar. Mesmo ela estando relativamente cheia conseguimos uma mesinha baixa para apoiar os copos e ali ficamos esperando.
E foi uma looonga espera. Muita gente nem chega a pegar uma mesa, come e bebe ali na espera mesmo e vai embora. Depois de duas horas mais ou menos, finalmente o garçon nos chamou pra mesa (UHUUL) e por isso prolongamos um pouco mais a estadia no bar.
O ambiente é todo de buteco, decorado nesse tema e bem bonitinho. E podemos ver que a coxinha é motivo de orgulho pro bar, várias placas engraçadinhas na parede citam a coxinha, achei bem legal e bonita a decoração. Apesar de apertadinho, é um boteco aconchegante e que da vontade de voltar.
O atendimento, na minha opinião, foi nota mil. Os garçons são super atenciosos sem serem inconvenientes, simpáticos, achei muito prático ter sempre um garçom circulando com uma bandeja cheia de chopp que é só você pegar e ele marca com um risquinho na sua comanda (bom principalmente enquanto você está na espera) e, pelo menos o que nos atendeu, tem muito boa memória, não errava os pedidos, lembrava o numero da nossa comanda, bem cara de garçom experiente e bem treinado. O único porem foi não termos sido avisados que poderiamos ter entrado na lista de espera do bar ao lado (que serve as mesmas coisas que o veloso, tem inclusive os mesmos garçons mas é maior) que por ter mais mesas a espera poderia ter sido bem menor (ainda mais por termos chegado bem cedo) quando o garçom nos deu essa informação o bar ao lado já estava com uma mega fila também e não valia mais a pena tentar conseguir uma mesa la.
Bom, vamos ao que realmente interessa, os comes e bebes do lugar. Inicialmente pedi um chopp, que veio bem gelado mas com mais da metade do copo de espuma o que não gostei muito, e o namorado pediu uma caipirinha de jabuticaba com cachaça, que estava gostosa mas praticamente só senti o gosto da cachaça. Depois que nossos amigos chegaram pedi uma caipirinha de três limoes, que o garçom sugeriu que pedisse com cachaça, e estava muito boa! e pedimos também a porção das famosas coxinhas. No quesito caipirinha eu achei que a fama do bar não se justifica, não achei nada de excepcional nelas, mas se tratando das coxinhas, minha gente, vale mesmo a pena ir conferir! Massa crocante por fora e cremosa por dentro, frango bem desfiado e molhadinho com catupiri. É de agradecer aos ceus pela graça alcançada de tão boa! Da vontade de comer trezentas porções dela haha. Pedimos também um bolinho de arroz com calabresa que eu nao gostei muito mas não sou fã de bolinho de arroz mesmo só provei por provar e não me fez mudar de ideia hahaha e, pra fechar com chave de ouro, pedimos uma porção de churros que vem com nutella e doce de leite e estava DIVINA!
Pra finalizar, vamos aos preços:
Caipirinha com cachaça: R$16,00 mas o preço muda se voce escolher uma cachaça importada ou vodka, a mais cara custa R$23,00.
Porção de coxinha com 6 unidades: R$23,00 muito bem gastos! voce pode pedir uma unidade da coxinha também, acho que custa uns R$4,00 e pouco não lembro bem mas compena mais pedir a porção.
Porção de bolinho de calabresa: Se não me engano ccusta uns R$23,00 também ou algo perto disso.
Chopp: R$5,80 ou algo assim, não chega a ser 6 reais e na minha opinião não vale a pena pelo tanto de espuma que vem no copo.
Só não dou 5 estrelas pro bar pela loooonga espera e pela falta em informar que eu poderia ter entrado na lista de espera do bar ao lado e ter acesso aos mesmos produtos. Mas fora isso o bar é sensacional e recomendo MUITO que você vá!
Um dos bares mais famosos de São Paulo, devido as suas coxinhas e caipirinhas, e não se tem fama a toa, os dois são muito bons mesmo! Vale a pena esperar por uma hora ou mais só para entrar, ficar em pé e ter só uma mesa tripé para apoiar os copos e porções, porque depois que você entra, o atendimento é super rápido e certo, as coxinhas são um primor, beirando a perfeição, e a caipirinha é coisa de outro mundo! Vale a pena!

via Android

Ah..Veloso...te velei nas resenhasdo kekanto!!! ÓH coxinha famosa e procurada..tua casquinha tão sequinha!!! Teu recheio tão cremoso!!! 😛 rsss....Bom gente fui finalmente no Veloso bar desvendar os segredos da famosa coxinha, das caipirinhas tão desejadas.
Chegamos cedo às 17hs ANTES de o bar abrir (1a dica) para pegar senha. Pegamos a mesa 2 uhuuu😉! Ja tem fila neste horário. Mas compensa . O bar é pequeno e assim q entrei dei de cara com a cozinha pois nossa mesa era rota dela. A cena era uma fábrica de cozinhas e coadjuvantes os potinhos de pimenta q adoro!!! Então pedimos 1 porção de coxinha que vem 6 médias (30 reais) e 2 caipirinhas de cachaça uma de tangerina com pimenta e outra com limão e gengibre. Enquanto aguardava vi uma lousa escrito " caipirinha detox", um ambiente simples mas bem limpo e ótimo atendimento.
Desvendando a fama: As famosas coxinhas são sim muito sequinhas e os dedos ficam zero gordura. Bem crocante!!! Recheio cremoso mas falta tempero e sal. Já comi melhor em Minas . O recheio é misturado e meio pastoso que ao vc morder sai todo de uma vez. E ai vc tem toda aquela massa p comer. Vi a resenha da Glória e concordo com ela que não é tão "tudo assim. O mesmo vale para as caipirinhas que estavam meio quentes e sem o" Tchan Tchan tchan " que eu esperava tomar. De modo algum esses produtos são ruins porém tem mais fama do que realmente é. Outra dica é pedir esta porção pq não vale a pena unidade. O molhinho de pimenta estava bom. Então vá vc mesmo tirar suas conclusões. O ambiente é muito bom. Vale sim visitar o Veloso. Mas vá como eu na esperança de desvendar a fama. Fotos p aguçar esta investigação..kkkk.
Aceita cc,CD, dimdim.
Obs..estacionar é ruim mas chegando cedo vc achará nas laterais. Pertinho do metro Ana Rosa e fica colada C a cxa d'água da Rua Joaquim Távora.

Sou amante de chopp e cerveja bem gelada, meu ponto de encontro com meus amigos na sexta-feira é o bar do Veloso, o lugar não tão grande assim e tem que chegar cedo para pegar uma mesa, mas é uma delicia beber lá, é aconchegante o lugar.
As caipirinhas são divinas também para quem gosta, eu prefiro a cerveja super gelada e claro a tradicional coxinha do Veloso.
Veloso, Veloso... Uma história de amor e ódio!
Quem nunca ouviu essa pergunta: "Já provou a coxinha do Veloso?"
Famoso e premiado por sua coxinha e pelas caipirinhas.

O Veloso não é um bar qualquer, esse lugar é uma lenda! Uma lenda que vive lotada e onde conseguir uma mesa é quase uma saga! Tantas tentativas fracassadas que acabaram em outro bar na Joaquim Távora. Se for, vá preparado para esperar, leve o bom humor e a paciência de tira-colo pois serão necessários, caso contrário nem se de o trabalho de sair de casa.

Localizado numa ampla praça ao lado da caixa d´água na Vila Mariana, fica a menos de 10 minutos a pé tanto do metrô Vila Mariana quanto do Ana Rosa. Para aqueles que não abrem mão do carro, a praça oferece lugar de sobra para estacionar, ainda mais por ser um local tipicamente residencial sem grandes comércios nas redondezas. Com certeza é mais fácil achar vaga do que conseguir uma mesa.

O carro chefe da casa é a coxinha. Atração principal está em todas as mesas do bar e teve seu valor ajustado nos últimos meses. A unidade que custava R$3,80 passou a ser vendida por R$4,00 e a porção com 06 unidades foi de R$20,00 para R$23,00.

A coxinha é de tamanho mediano e bem padronizada, sendo impossível comer só uma! Sequinha por fora e muito crocante, não deixa as mão engorduradas. A massa fina e uniformemente distribuída é bem cozida e temperada. O recheio farto de requeijão pode não agradar alguns mas torna-se o equilíbrio perfeito contrastando com a massa empanada. O tempero é leve e marcante, não deixando gostos residuais.

O responsável por essa delícia? Chef Chico! Ele é o cozinheiro responsável e designado apenas para a produção do quitute mais famoso do lugar! Conta com dois ajudantes e uma bela máquina para moldar as coxinhas! Pronto, está explicado a uniformidade de todas elas! São vendidas 3.200 coxinhas em média por dia!

A porção vem acompanhada de um molho de pimentas muito saboroso e leve. Ir ao Veloso e não pedir pelo menos uma coxinha só se justifica se a pessoa for vegetariana! Nota 09 pra coxinha do Veloso!

Para esse seleto grupo que não come bichinhos há outras opções. A porção de pastéis vem com 08 unidades e quatro sabores que podem ser resumidos em dois para casos especiais como esse. A porção normal conta com os sabores: queijo, palmito, carne seca com Catupiry e carne. A porção sai por R$22,00 e é bem servida.

Os bolinhos de arroz com calabresa também são muito famosos e não ficam pra trás. A porção com 08 unidades sai por R$19,20.

Para beber, não deixe de prestigiar o também premiado barman Souza. Ele e suas criações são verdadeiras obras á serem apreciadas. As caipirinhas vão além do esperado, com sabores e combinações excelentes. Tangerina com Dedo-de-moça, jabuticaba, três limões com gengibre, cajú com limão, carambola com manjericão e a minha até agora preferida: Physalis com Abacaxi. O segredo da caipirinha vai além das ótimas combinações, ele está no equilíbrio. Álcool na medida certa, pouco açúcar, bastante fruta e gelo no tamanho ideal! Parece fácil, mas não é! O drink com pinga sai por R$16,00 e com vodka por R$18,50. Experimente todas e entre em coma, valerá a pena!

Se você for o amigo da vez, o refri sai por R$4,50 e há opções de sucos naturais como abacaxi, limão, laranja e tangerina.

Após a reforma, o bar foi ampliado e agora consegue comportar mais pessoas apesar de ainda não ser suficiente. Aos finais de semana o local ferve logo cedo, 11h já é o suficiente para as mesas começarem a serem ocupadas. É inacreditável! Mas nesse horário a atração é outra.

A feijoada é servida apenas aos Sábados e causa frisson. Acompanhada de arroz, bisteca, torresmo, couve, laranja, molho de pimenta e farofa, a porção grande sai por R$63,00 e alimenta de 2 a 3 pessoas, depende da fome.

O serviço é bom, mas em momentos de pico pode deixar a desejar. O garçom Will é muito solicito e poderá te ajudar com o cardápio e sugerir opções que mais lhe agradem. O tempo para a bebida ou a comida chegar pode demorar um pouco portanto vá bem acompanhado!

O que falar do Veloso? Seria redundante falar doa coxinhas e do ótimo atendimento que todos elogiam, logo vou falar do bolinho de arroz e calabresa que também é sensacional! É molhadinho por dentro, vem com queijinho derretido misturado ao bolinho e é crocante por fora e macio por dentro. A porção vem com 8 bolinhos que enchem bem se você for em duas pessoas.

Pedi uma caipirinha de jabuticaba e estava muito boa também!

A dica é chegar cedo. Logo que abrir, já esteja lá, senão é espera de 40 minutos PELO MENOS na certa!
Bolinho de arroz com calabresa
"Bolinho de arroz com calabresa"

Finalmente fui conhecer o tal Veloso e sua tão falada coxinha, pra início de conversa se quer conhecer o lugar vá cedo porque a espera é longa, ficamos mais de duas horas esperando uma mesa, mas nesse período podemos ficar no balcão (bem pequeno) ou em pé na parte de fora com umas mini mesinhas pra acomodar as bebidas e/ou petiscos, o ambiente é bem botecão, com mesas antigas de madeira e decoração com camisas de futebol, fotos de celebridades e caricaturas
Os garçons são super prestativos, a todo instante passavam e perguntavam se precisávamos de algo mais mas, sem ser aquele garçom chato que tenta te "intimidar" a pedir aliás, são garçons de boteco, daqueles gente boa.
O único ponto negativo de um dos garçons em especifico, é que só depois de mais de 1 hora de espera, ele nos informou que podíamos ter ficado no outro bar do lado que também pertence ao dono do Veloso e é mais espaçoso, possui mais mesas e por isso poderíamos ter conseguido uma mesa mais rapidamente mas, tranquilo, ele era muito gente boa e parecia o comediante Shaolin hahah
O local tem uma ampla variedade de caipirinhas com cachaça, cachaça especial e vodka, eu pedi uma caipirinha de jaboticaba com cachaça eu mais senti o gosto da cachaça do que da jaboticaba mas depois me avisaram que ela "ornava" mais com vodka, já minha namorada pediu uma de três limões que estava muito boa, um outro garçom fica passando a todo instante com vários chopps ai vc pega e ele só marca um X na sua comanda, achei prático visto que o chopp é a bebida mais pedida sempre agora vamos falar das tais coxinhas. Sim, a coxinha de lá é sensacional, muito apetitosa, ela tem uma casca crocante, com uma massa que você confunde com o catupiry e essa mistura é muito boa.
Não é a toa que o Veloso é tido como o local de uma das melhores coxinhas de SP que pra mim, é pau-a-pau com a não menos fantástica, que é a coxinha do Frangó, outro bar muito bacana.
Provei também um bolinho de arroz com queijo e calabresa muito delicioso que vale conferir e pra fechar com chave de ouro, pedimos também uma porção de churros com opção de recheio de Nutella e Doce de leite.
O chopp sái por R$5,90, a caipirinha varia entre R$16,00 e R$23,00 a porção tradicional de coxinhas com seis unidades sai por R$23,00.

Veredicto: Se procura a melhor coxinha saiba que uma das melhores estará te esperando no Veloso, e o mesmo pode-se dizer das caipirinhas, recomendo fortemente apesar da enorme espera mas você acaba comendo e bebendo mesmo antes de conseguir uma mesa fora que com a galera, quem se importa de esperar?
Caipirinha de jaboticaba
"Caipirinha de jaboticaba"

Melhor coxinha de São Paulo! Clichê para o Veloso, mas é a mais pura verdade!
Quem ama coxinha, com toda certeza, enlouquece com essa. É deliciosa desde a massa, o ponto da fritura, o recheio... e o chopp delicioso que acompanha, sem falar nas caipirinhas deliciosas também.
O bar é lotado, muito lotado! Por ser um espaço pequeno, fica devendo no ponto de acomodar os clientes e atender com simpatia e atenção merecida, mas quando você consegue um espacinho para apoiar o pratinho e o copo, tudo se resolve. Nem que seja necessário compartilhar uma mesa com quem você nunca viu, só para aproveitar um pouco dessa maravilha.

Apesar de ter morado em São Paulo e, normalmente, freqüentar a cidade por razões pessoais e profissionais, nunca tive a oportunidade de conhecer o famoso Veloso. Um bar que se assemelha à um daqueles botecos mais requintados, abarrotado de pessoas e que sempre é falado por alguém, seja por seu ambiente ou suas gulas. Em uma visita à trabalho na cidade, o glutão, finalmente, foi conhecê-lo.

Para começar a avaliação, cabe destacar a ambientação e localização do Veloso. Em uma esquina da Vila Mariana e de fácil acesso para chegar e estacionar o seu veículo, o Veloso já ganha um destaque por sua fachada em destaque e uma quantidade enorme de pessoas na sua entrada e bebendo seus goles de pé, dando risadas e jogando conversa fora. Chega a impressionar, pois eu fui a uma terça-feira, por volta de 20:00, e o bar já estava lotado. Aliás, pelo que ouvi falar, é comum você chegar e ter que aguardar por uma mesa, seja no horário do almoço ou happy hour. Ao entrar no bar, optei por sentar no 2º andar, por conter mais mesas e estar mais tranqüilo para conversar. Fiquei uns 10 minutos esperando no balcão deste andar, sentado em um daqueles bancos altos. Sinceramente, estava fantástico, mas eis que uma mesa vagou e fomos para lá. Por todo o bar, você vai poder encontrar jovens, casais, famílias e pessoas que saíram direto do trabalho e foram tomar os seus goles. Logo, já dá para ver que o Veloso é daqueles locais que recebem qualquer um de braços abertos, né?

Mas, vamos começar a falar dos goles e das gulas, pois é os que os leitores glutões querem saber. O cardápio é bem simples e de uma 1 folha de frente e verso, com diversas opções de batidas, drinks e porções e petiscos, além do tradicional chopp Brahma. Aliás, no próprio cardápio, é mencionada sobre a caipirinha que, pelo que já havia ouvido de amigos e conhecidos, valia muito a pena. Para iniciar, o glutão optou por um chopp claro, enquanto que minha amiga pediu um mojito. O chopp: bem tirado, com colarinho na medida e totalmente perfeito. O mojito: sem comentários também, sendo muito bem feito, de tamanho razoável, como vocês podem ver pela foto, e muito saboroso. Depois de alguns chopps claro, resolvi partir para o Brahma Black e minha amiga escolheu uma das caipirinhas. Novamente, algo fantástico e que beira a perfeição. O chopp Black, na minha opinião, melhor que o claro. A caipirinha? Realmente, a fama condiz e o sabor, assim como o tamanho e o preço acabam merecendo aplausos.

Para acompanhar os excelentes goles e que dispensam comentários, nada melhor do que uma gula que esteja à mesma altura. O glutão esperava ansiosamente por isto, pois os comentários eram tantos e que, sinceramente, achei que iria me decepcionar. Felizmente, estava errado. Apesar do cardápio não possuir tantas opções, você vai ficar indeciso na escolha do seu petisco. O carro-chefe é a coxinha, porém, sinceramente, fiquei maravilhado com as outras opções de salgados. Para poder conhecer, pelo menos, uma opção além da coxinha, o garçom deu a opção de fazer meia a meia. Com isto, a escolha foi o croquete de carne-seca com cenoura. Como vocês podem ver pela foto, a porção é bem simples e com tamanho razoável, porém, objetiva no seu propósito. Com um sabor único e que merece aplausos, os salgados derretem na boca, principalmente, acompanhados com o molhinho de pimenta caseira.

Com tudo isto dito, o glutão já estava mais do que contente e totalmente satisfeito com a noite. Com uma relação de custo benefício razoável para São Paulo, os preços do Veloso não são baratos e nem caros, sendo que os chopps seguem o padrão paulistano (de R$5.90 a R$6.90), as porções variam de R$15.00 a R$20.00, e as batidas, caipirinhas e drinks em torno de R$15.00 e que, pelo que foi visto, apresentam a melhor relação para o seu bolso.

Para encerrar a avaliação, cabe ressaltar que a higiene do Veloso é boa, sendo que o ponto de destaque é a limpeza do banheiro. Em paralelo, o atendimento é bom, porém, em um momento, o glutão aqui ficou esperando por alguns minutos até que o seu chopp chegasse à mesa, além de ter pedido 3 vezes e, somente, na última, em que foi atendido. Mas, fora isto, nada que tenha desagradado ou agradado.

Em suma, o Veloso é um daqueles locais que faz você se sentir à vontade, proporciona um ambiente descontraído, bons goles e excelentes gulas, e que conseguiram nota 10 na avaliação Gole & Gula.

Eu escreveria textos e textos exaltando aquelas coxinhas maravilhosas, mas só estaria chovendo no molhado, certo?
Já frequento casa há alguns anos e fui lá a semana passada, pra ter certeza que as minhas amadas coxinhas ainda continuavam tão boas. E sim, continuavam maravilhosas. ♥
O que pude ver de novo foi o preço das coxinhas, que agora estão saindo por R$27,60. O bolinho de arroz com calabresa também é outra coisa imperdível (R$24,00). Esles estão com uma nova caipirinha detox, pra aqueles mais naturebas. Valeu também experimentar a caipirinha de pitaia, que é super diferente e me cativou.
Fui em uma quarta-feira e o atendimento foi super rápido e tranquilo. Cheguei perto das 18h e consegui sentar sem grandes problemas. Nas minhas últimas experiências o atendimento nos dias de semana sempre é muito top, rápido e atencioso, e nos fins de semana nem tanto, já esqueceram da gente no balcão e colocaram churros que não pedimos na comanda. Mas entendo perfeitamente a casa, já que tudo funciona muito bem nos dias de semana, por isso merecem uma constelação de estrela =]

via Android

Quem nunca ouvi ou falar da coxinha do Veloso? Acredito eu, que pouquíssimas ou nenhuma pessoa. Bar tradicionalíssimo, localizado no bairro da Vila Mariana, bem próximo a estação do metrô e quase ao lado da caixa d'água da Sabesp. Rua bem tranquila, com muito espaço para estacionar, já para conseguir uma mesa no bar é quase impossivel, por isso chegue cedo e relaxe rsrs.

via iPhone

O boteco é ótimo, tem caipirinhas maravilhosas, chop super leve e a melhor coxinha de todas! O local fica cheio todos os dias da semana portanto recomendo que chegue próximo do horário que abre (17:30) tem 2 unidades, a de esquina é a mais clássica e a do lado é mais bonita e com uma estrutura melhor. Também recomendo experimentar o bolinho de arroz, sensacional! Da pra pedir meia porção de todas as porções do cardápio
Exibindo 14 opiniões | Total de 485 opiniões
26 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Veloso Bar? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: