The Orleans

Charmosa casa na Vila Madalena com boa gastronomia e agenda musical
nota 3.8 de 5 em 82 opiniões
| Rank: 8º de 62 | Pubs

O The Orleans é um elegante pub que une o prazer da boa música com a culinária de padrão internacional. A decoração traz um tema todo musical. A casa é dividida em vários ambientes: pista, mezanino, balcão, lounge e o palco. Nas comidas, recomendamos as BB King Ribs, o Chicken Orleans e os espetinhos de filé mignon ao molho roti. Nas bebidas, mais 60 rótulos de vinhos e algumas opções de cerveja estão disponíveis.

Avaliar
Salvar
Compartilhar
Oferta

Promoção

Vip de entrada p/o aniversariante e a cada 10 convidados mais um vip p/ um convidado.

Conheça também Patrocinado
Promova seu negócio no Kekanto e deixe-o em destaque entre milhares de estabelecimentos.
saiba como
Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo! Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo!
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota
O local até é bacana, com dois andares, sendo que no primeiro há um palco e um local para dançar e no segundo um lugar mais intimista onde dá para pessoas conversarem. Há também um tipo de terceiro andar onde funcionaria mais ou menos como um camarote. No dia em que fui, tocava uma banda de rock ao vivo que até era boa, porém começou a tocar muito tarde, tocou pouco e logo já deu um longo intervalo, quebrando assim o ritmo. Além disso, pedimos porções que demoravam muito para chegar e vi ao meu lado o garçom reclamando quando fomos falar desta demora, ou seja, não pretendo voltar nunca mais, pois atendimento é tudo
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Se teve um lugar que o Kekanto acertou em cheio em fazer um evento, este lugar é o The Orleans. Foi o primeiro lugar em São Paulo que não me incomodou tanto pelo fato de se inspirar em algo do América do Norte, algo que costuma me irritar profundamente. Acredito que pelo fato deles se posicionarem claramente quanto a sua inspiração e propósito, me fazendo lembrar até de lugares que conheci durante o Free Jazz Montreal, no Canadá.

A capacidade do lugar é de 220 pessoas sentadas e as plantas que conferi no release do estabelecimento dão conta de que a pista tem capacidade de 450 pessoas em pé. Este music bar tem uma pista, um mezanino, balcão e lounge (60 pessoas) na sua estrutura. Acabei não conhecendo o espaço dedicado aos famigerados e tão excluídos (por mérito.. hehe!) fumantes.

A música é tema em todos os espaços, inclusive no que está cerca da famosa Harley-Davidson original ano 1977 que acredito que está lá mais para um efento UAU do que algo a ver com a casa. Vai entender... Sobre a polêmica iluminação baixa, o que eu digo: ADOREI! Sobre esta questão, é certo que não haverá consenso por ser algo demasiadamente subjetivo. Tô certo ou tô errado?

Se de bebidas o Nobrezito aqui não entender patavinas, o contrário posso dizer de comidas. Convenhamos: que luar sensacional! O menu é bem elaborado, doses generosas e os valores cobrados não são abusivos levando em conta o lugar. A batata rústica não foi novidade para mim, mas foi a melhor que eu comi até agora em um ano de São Paulo. Se alguém conhece uma que supere a daqui, favor me avisar nos comentários. As bolinhas de queijo (R$24) e o canapé de carppaccio (R$30) foram no ponto.

Nota-se uma preocupação do lugar com a questão música ao vivo, com boa disposição e ótima acústica dos artistas que se apresentam. Quem quiser ir de carro, a casa disponibiliza serviço de vallet por R$20,00. Ah, falando nisso, algo que é positivo ao extremo é que no site o menu completo está disponível. Você e seus amigos podem se planejar tranquilamente antes de ir lá e não terão uma surpresa que a gente costuma ter ao ir em um lugar tão legal quanto esse e ter diferentes reações ao tomar conhecimento de valores cobrados. Melhor assim, né?

Como nem tudo são rosas, pontos que considero ou a melhorar ou em dúvida:

# A melhorar 1: atendimento da funcionária do caixa que se encontrava bastante irritada no momento em que fui acertar a minha conta. Se eu não tivesse de bom humor, teria saído uma discussão das brabas. Por mais pressionada que seja uma profissional neste posto, ela tem que se preocupar com o trato com os clientes. Sugiro um "boa noite!", "o valor da sua conta deu...", "obrigada, volte sempre". Coisas simples que marcam.

# A melhorar 2: Outro fato que me chamou a atenção foi eu ter pedido uma cerveja para um atendente no balcão inferior, ele pegar minha comanda, marcar e simplesmente sumir de lá sem entregar minha bebida. Cinco minutos depois, nada de eu ter minha long neck entregue, reclamei para um outro atendente e ele marcou de novo a cerveja que já estava contabilizada na comanda. Até explicar que focinho de porco não é tomada, perdi um tempo desnecessário.

# A melhorar 3: controle de comandas.

# A melhorar 4: acessibilidade. Se um dia meus pais vierem para São Paulo me visitar, queria levar eles a lugares legais. Mas a acessibilidade daqui é muito ruim. Se você quer promover uma festa e tiver algum cadeirante, pessoa com problemas de subir escadas ou com mobilidade comprometida, esqueça! Procure outro lugar. Até nos banheiros (impecáveis, diga-se de passagem) é preciso descer um pequeno lance de escadas que é intransponível para quem tem problemas com movimentação. Uma pena...

# Dúvida: com a movimentação do evento do Kekanto, acabei não percebendo um item fundamental que é segurança. Se alguém que notou esse item melhor, poderiam dizer nos comentários se notaram extintores de incêndio vísíveis e em quantidade suficiente e saídas de emergência bem sinalizadas? Nos dias de hoje pós-Kiss, esse item indispensável torna-se necessário ser compartilhado. Falha minha, meus amigos.

Recomendo fortemente. Vale a pena!
Foto opinião do Lucas Nobre sobre The Orleans

Faz um tempinho que fui no The Orleans. Fui lá especialmente p/ ver um trio que curto muito, Marcinho Eiras e You Guys. Som e infraestrutura da casa são excelentes. Conseguimos sentar numa mesa boa que deu p/ acompanhar todo o show. A casa é ótima para casais pois não tem aquela bagunça de um monte de gente em pé. O ambiente é bem intimista, escurinho e à luz de velas. Pela agenda da casa percebo que só vão músicos bem tops mesmo.

O couvert artístico não foi barato, mas o preço foi justo pela qualidade da banda. Vi que haviam opções gastronômicas bem interessantes. Os pratos pareciam bem gostosos, mas não provamos nada (era carinhos também, pois o local é sofisticadinho rs). Fomos mais pela música. Fiquei no suco e meu namorado só pegou uma bebida.

Me apaixonei assim que botei o pé no The Orleans! Sim, porque o lugar é realmente lindo!! Uma casa de jazz belíssima, com bandas realmente de qualidade, comidinhas deliciosas. Um dos donos deste bar/restaurante é produtor musical, por isso, toda e qualquer banda que se apresenta lá passa pela avaliação dele.

Ao entrar, você já dá de cara com um palco lindo, bem iluminado e equipado. Na frente, várias mesas onde você pode curtir um bom jazz comendo ou bebericando algo. Há também dois mezaninos: um menor, perfeito para festas particulares e outro, mais alto e maior com vista privilegiada para o palco, ótimo para um evento fechado, para 60-80 pessoas.

A entrada custa R$ 20-25, couvert da banda (mas se você curte jazz, vale à pena). Para comer, o cardápio conta com bruschettas, pratos tex-mex, petiscos e outras porções individuais. Eu sugiro experimentar a porção de churros e as bruschettas! DELÍCIAAA!
Foto opinião do Sheila A. sobre The Orleans

Ontem no evento de 2 anos do Kekanto tive a oportunidade de conhecer esta casa. Achei o ambiente bem bacana, os preços razoáveis e os petiscos bem saborosos, especialmente o canapé de carpáccio.
A única coisa q me incomodou muito e que eu detesto em qlqr lugar q eu vou assim, é a luz muito baixa. Odeio lugares muito escuros em q vc mal vê a cara das pessoas. Sem contar q dificulta andar, principalmente pq o local tem muitas escadas. Todo lugar que vc vai tem escadas. Uma casa nada adaptada para deficientes, onde até o banheiro fica "submerso" em escadas. logo na porta de entrada há alguns degraus, o q realmente impossibilita qlqr cadeirante ou pessoa com mobilidade reduzida de frequentar o local sem ter q ser carregado.
A música estava excelente, principalmente a bandinha de jazz que eu adoro. Como o evento foi fechado para o Kekanto, não faço idéia de quanto é pra entrar, mas em relação as bebidas, achei os preços padrão para o local. Tomei 2 vodkas com 20% de desconto e no final a conta deu R$46. Bem bacana os detalhes da decoração, com quadros de cantores e bandas, instrumentos pendurados e uma super moto no salão do meio.
Foto opinião do Thays Cabral sobre The Orleans

Teve um dia estressante e precisa relaxar?
Ir para um lugar aconchegante, ambiente agradável e boa música?
Então vá ao The Orleans!
O the Orleans fica na vila Madalena e seu charme retocou ainda mais o bairro.
Sua estrutura deixam os convidados muito relaxados, mesas com velas dão charme a casa que possui dois ambientes (superior e inferior), seu palco despojado dá luz à casa, que vai se enchendo conforme a noite adentra e a musica rola.
Na noite em que fui, cheguei cedo e a casa ainda estava vazia, pude escolher onde sentar e claro umas das mesas próximas ao palco. Fiquei no piso inferior, onde pode-se observar quase toda a casa.
Já para abrir a noite pedi um Drink clássico da casa: Rainbow (Vodka, Curacao Blue, Suco de Abacaxi, Espumante e Grenadine). Delicioso, a bebida muito charmosa e seu gosto único, dão um susto de imediato no estresse.
Conversa vai e vem, pedi outro Drink e claro que não se pode faltar uma Margarita pra dar um agito, não sei se sou eu que gosto de beber ;) ou se veio pouco mesmo, mas percebi que o copo não cheio, mas tudo bem, a bebida estava ótima!
Logo após pedimos Espetinhos de Filet Mignon, um aperitivo muito gostoso, a carne bem macia, e bem temperada. O prato vem com 6 espetinhos, então fica ligado, pois dependendo de quantas pessoas estiver, terá que pedir mais de um prato!
A banda não começa a demorar para tocar, já na primeira música percebe-se o gosto que a banda tem pelo jazz, este prazer em tocar envolve a clientela do bar, que deixa de conversar só para apreciar a apresentação (neste momento a casa já esta cheia, e com pessoas na porta esperando para sentar!!!). Tocaram várias clássicos, que muitos conheciam na ponta da língua, o som estava ótimo, sem falar no jogo de luzes que destacam ainda mais as músicas e as habilidades dos músicos. A banda se chama B12, nunca tinha visto a banda antes lá, não que eu vá todo dia, mas a apresentação foi ótima, só espero que não tenha sido apenas sorte, pois adorei a banda e sua paixão pela música!
Neste momento, já estávamos tomando cerveja,pena que só tenha long Neck, mas estava bem gelada e isso é o que mais importa! Depois de dois baldes de cervejas e vários aperitivos, como Batata Rústica (gente cuidado com este prato, pois é salgado com sal grosso, ou seja, quem tem problemas com pressão é melhor evitar heim, para não acabar com noite!!rs). O show durou entorno de 2 horas.
Só para constar, o gerente do local passou 2 vezes em minha mesa, para perguntar se estava tudo em ordem, ao meu agrado e se teria alguma coisa em que poderia melhorar...DUAS VEZES, isso mesmo, tem lugares que você nem sabe se possui gerente ou não! E sem falar na atenção dos garçons no atendimento, isso faz um diferencial incrível em nossa opinião!!!
Enfim, depois de muitas palavras defino em uma única frase: Vá você e descubra se gosta ou não!kkk
Se quiser visitar o site: http://www.theorleans.com.br/

O que toca no bar: Jazz,rock, blues e MPB.
Faz reserva!
Foto opinião do CAMILA  ROQUIM sobre The Orleans

via iPhone

O local parece estar meio decadente....a banda era boa, mas o som não saia limpo. A carta de vinho é fraca e cara, as opções de cervejas são poucas, o atendimento dos garçons é bom, o cardápio não é variado. A casa não presa pela qualidade da música que leva em seu nome.

Em uma esquina da Rua Girassol na Vila Madalena está esse ótimo pub que conheci hoje através de evento do Kekanto. O pub possui três espaços, sendo que no térreo fica um espaçoso bar e nos outros andares acessados através de escadas mesinhas e um palco onde são realizados shows. Em todos os locais há telões então é um bom lugar para assistir jogos, apesar de estar muito cheio e não ser possível acomodar todos sentados o que fica bem ruim para assistir um jogo de 90 minutos. Gostei do toillets limpos e arrumados, o atendimento é simpático, é um lugar que pretendo voltar num dia mais calmo. Muitos gringos procuram o bar pela sua atmosfera de Pub, até eu e meu marido fomos confundidos com gringos o que foi bem engraçado.
Foto opinião do Soraia Mariana Soouza sobre The Orleans

via Android

Conheci o The Orleans por meio de um colega que comemorou o aniversario lá e me convidou para a festança.
Pelo lado de fora, o local parece um restaurante, mas do lado de dentro percebe-se que é um barzinho muito simpático e bonito.
No dia em que fui, uma banda de genuíno funk soul era a grande atração do bar e confesso que foi o diferencial da casa. A banda era muito boa e tocou muitas músicas legais, incluindo Tim Maia.
Quando senti fome procurei o cardápio mas fiquei un pouco chateada ao ver que a maioria das porções eram de frituras. Acabei pedindo espetos de carne (não lembro qual era, mas estava muito boa) e uma caipirinha de frutas vermelhas que estava MA RA VI LHO SA!
O garçom que me atendeu estava um pouco afobado, mas o atendimento foi OK.
Recomendo!

via Android

Fui apenas uma vez, e por acaso. O ambiente tipico de pub, a banda boa e o atendimento rápido, entretando as batatas rústicas tao famosas, não estavam nada crocantes. Gostaria de retornar para melhorar a minha impressão. No geral, achei bom.

Há tempos queria conhecer esta casa. Finalmente, estive lá e concluí que demorei. A casa é sensacional.
Localizada numa das ruas mais movimentadas da Vila Madalena, The Orleans ocupa a esquina da Rua Wizard com a Girassol. O valet da casa, como todos da região, é bem caro. Estacionar na rua é praticamente impossível. Para mim, as chateações acabaram por aí. Depois que deixei o carro, todo o resto foi excelente.
Tudo começou com o excelente atendimento na recepção. A garota fez questão de deixar claro os modelos de cobrança que são (1) Entrada + o que consumir ou (2) Consumação Mínima sem entrada. Optamos pela segunda alternativa, um casal com consumação mínima de R$ 100.
As mesas ficam ou na frente do palco ou ao lado num mezanino. A visão é boa, já que os salões não são grandes. Ficamos numa das mesas mais distantes do palco e, mesmo assim, isso não atrapalhou. Um pouco que deveria ser pensado é que a distância entre as mesas é pequena.
A casa é toda decorada com itens que remetem à música, há várias peças referenciando The Beatles e outros artistas. Curti bastante.
O atendimento foi excelente em todos os momentos. O chefe do salão sempre atento, os garçons são rápidos e atenciosos.
A comida é de boa qualidade, pedimos uma porção de camarão empanado que estava deliciosa.
As opções do bebidas são amplas. A carta de vinho é bem adequada. Eu tomei uma caipirinha de morango com vodca que estava bem gostosa.
Assistimos ao show do Tony Gordon. Excelente. Artista com presença de palco, voz arrasadora, bom humor, banda de altíssima qualidade. Um show impecável.
Para fechar a noite um café bem tirado.
Caixa eficiente e a conta foi quase que exatamente o valor da consumação mínima, o que mostra que a relação custo benefício do lugar está muito bem adequada.
Gostei demais.
Vou voltar
Recomendo!!!

Os pontos fortes ficam por conta da decoração muito bonita, com quadros de guitarras famosas e motos. Ambiente escurinho como todo bom pub. A banda "THe Soundtrackers" é excelente (toca trilhas sonoras famosas).

Os pontos fracos ficam por conta do péssimo atendimento, do alto valor cobrado pela entrada (R$ 35,00 em 09.2014), do alto valor da cerveja (R$ 09,00 Bud e Stella em 09.2014) ou seja, bebi SOMENTE 04 cervejas e uma Pepsi e paguei, ao total, R$ 84,00. Péssimo custo benefício.
Exibindo 14 opiniões | Total de 82 opiniões
3 opiniões não são recomendadas
Você conhece o The Orleans? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: