The Beer Planet

nota 3.9 de 5 em 14 opiniões
| Rank: 35º de 70 | Cervejaria
Mais na região Como chegar

Endereço: Rua Alvarenga Peixoto, 246, Vila Anastácio - São Paulo , SP - Brasil - 05095-010

Telefone: (11) 4933-1950

Preço: $$$$  (De R$26 até R$50)

Sou dono deste estabelecimento

A melhor e mais completa loja de cervejas especiais do mercado pois oferece uma experiência única de compra através de um portfólio completo com produtos selecionados por um beer sommelier e um clube de benefícios e vantagens exclusivas.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque


Hoje dia de escrever sobre uma cerveja com um bom sabor intenso, e que parece até um sabor bem conhecido, mesmo não tendo maiores diferenciais, se sai bem na experiência. A lata é bem bonita de ver, apesar de dourado ser uma cor comum para latas de cerveja, aqui caiu bem com o detalhe de castelo medieval em vermelho, nada exagerado, mas também não deixa de ser bonito. A cerveja em si é um caramelo levemente claro e levemente translúcida, algo um tanto comum de se ver, mas novamente nada do contra, é algo simples. O aroma é levemente intenso, se comparado com uma pilsen ou uma Lager, parece que a cerveja deu uma turbinada, mas nada que fuja demais disso, só ganhou um pouco de intensidade sem nada de novo para a experiência. O sabor segue o mesmo nível do aroma, algo intenso no amargor, mas que não apela demais como nas IPA, o que torna até o gosto bom, mas sem exagerar em nada, parece, assim como no aroma, uma cerveja turbinada, que não tem um ingrediente a mais ou algo que saia de algo mais conhecido. O teor de álcool é mal sentido, mesmo uma lata de 500ml, não há nada que atrapalhe a experiência nesse ponto. Tanto em goles mais longos quanto nos mais curtos a experiência se mantém simples saborosa e refrescante, não tem nada gourmet para adicionar, mas nem por isso a experiência deixa de ser muito boa. No geral, uma cerveja simples, que parece turbinada por ser levemente forte, nada que seja estranho para quem esteja acostumado com uma Pilsen ou uma Lager, mas que não deve agradar demais quem procura algo a mais numa cerveja estrangeira.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #especial #artesanal #TheBeerPlanet #Zlatá #Praha #original #czech #beer #cerveja #tcheca #água #malte #cevada #açúcar #lúpulo #levedura #bier #biere #birra #alus #pivo #cerveza #sör #pivo

avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota


Hoje dia de escrever sobre uma American IPA, um tipo com amargor forte, puxado pelos lúpulos, e aqui não fugiu muito disso, algo forte e que pode incomodar há quem não está acostumado. A garrafa faz uma boa referência ao filme Kill Bill, como a cervejaria se chama Kill Brew, nada mais original e interessante, chama um tanto a atenção, que mesmo não tendo muito ligação com o rótulo, é bem diferente de ver. Já no copo, a coloração é de um caramelo bem opaco, o que remete bem ao tipo sem nenhum outro diferencial, algo simples, comum e bom de se ver. O aroma é intenso, aqui o lúpulo já começa a aparecer com bastante intensidade, uma aroma um pouco enjoativo, que não consegui ver com bons olhos. O sabor segue no mesmo estilo, o amargor é bem intenso e puxado bastante pelo lúpulo, que é forte e praticamente não deixa espaço para outros sabores, algo bem típico do estilo, que apela bastante para essas características. Tanto em goles curtos quanto nos longos, o sentimento é quase o mesmo, o amargor toma a boca muito rápido, o que não deixa tempo para a experiência ser diferente. O amargor em goles ainda pode se intensificar em goles muito alongados. No geral, uma cerveja normal para ser uma American IPA, amargor intenso e marcante, que deve agradar quem gosta do tipo, já quem está começando a experimentar estilos como esse pode ser bem exagerado começar por esse rótulo.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #cerveja #especial #TheBeerPlanet #Hoppy #Revenge #KillBrew #cervejaria #artesanal #cerveja #extra #clara #American #IPA #indian #pale #ale #água #malte #cevada #trigo #aveia #lúpulo #levedura

Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.


Hoje dia de escrever sobre uma cerveja com um bom sabor intenso, e que parece até um sabor bem conhecido, mesmo não tendo maiores diferenciais, se sai bem na experiência. A lata é bem bonita de ver, apesar de dourado ser uma cor comum para latas de cerveja, aqui caiu bem com o detalhe de castelo medieval em vermelho, nada exagerado, mas também não deixa de ser bonito. A cerveja em si é um caramelo levemente claro e levemente translúcida, algo um tanto comum de se ver, mas novamente nada do contra, é algo simples. O aroma é levemente intenso, se comparado com uma pilsen ou uma Lager, parece que a cerveja deu uma turbinada, mas nada que fuja demais disso, só ganhou um pouco de intensidade sem nada de novo para a experiência. O sabor segue o mesmo nível do aroma, algo intenso no amargor, mas que não apela demais como nas IPA, o que torna até o gosto bom, mas sem exagerar em nada, parece, assim como no aroma, uma cerveja turbinada, que não tem um ingrediente a mais ou algo que saia de algo mais conhecido. O teor de álcool é mal sentido, mesmo uma lata de 500ml, não há nada que atrapalhe a experiência nesse ponto. Tanto em goles mais longos quanto nos mais curtos a experiência se mantém simples saborosa e refrescante, não tem nada gourmet para adicionar, mas nem por isso a experiência deixa de ser muito boa. No geral, uma cerveja simples, que parece turbinada por ser levemente forte, nada que seja estranho para quem esteja acostumado com uma Pilsen ou uma Lager, mas que não deve agradar demais quem procura algo a mais numa cerveja estrangeira.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #especial #artesanal #TheBeerPlanet #Zlatá #Praha #original #czech #beer #cerveja #tcheca #água #malte #cevada #açúcar #lúpulo #levedura #bier #biere #birra #alus #pivo #cerveza #sör #pivo

Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de escrever sobre uma "Clássica cerveja alemã de trigo", assim como vem escrito numa etiqueta que veio com a cerveja, e essa etiqueta mostra bem como a cerveja realmente é. A garrafa é bem bonita e bem do jeito alemão de ser, muito dourado e branco, com símbolos e palavras mostrada de um jeito "clássico", coisas que pode lembrar de leve algo de séculos atrás, o que é bem comum de ver em cervejas alemãs. No copo a cerveja é dourada e opaca, uma coloração bonita, comum e que remete ao tipo da cerveja, algo que não sai do esperado. O sabor também é como o esperado. Uma cerveja com um malte de trigo bem intenso e bem saboroso, típico de uma cerveja bem produzida, não há alterações de sabores, nem algo que fuja do tradicional, mas nem por isso não deixa ser algo extremamente saboroso e elogiável, a própria símplice do sabor traz uma experiência bem agradável e refrescante, uma cerveja de trigo, com sabor e qualidade de uma cerveja de trigo, tanto para quem gosta do tipo quanto pra quem está começando à saborear novas experiências aqui se tem uma ótima experiência sem nenhum desagrado. No geral, uma cerveja que de cara já se mostra para o que veio, de uma forma clássica e sem firula, uma cerveja de trigo com bastante sabor e bem refrescante, mostrando que não é necessário sair do simples para mostrar uma experiência extremamente agradável.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #especial #artesanal #TheBeerPlanet #HefeWeisse #Brauhaus #Riegele #clássica #cerveja #alemã #trigo #Ausburg #Naturtüb #Fruchtig #schönes #leben #hier #Alemanha #cerveja #puro #malte #água #malte #cevada #lúpulo #trigo
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de escrever sobre uma cerveja bem diferente no sabor, uma Belgian Tripel com bastante força no malte e no lúpulo, mostrando que cerveja pode ser bem gourmet. A garrafa é bonita, traz desenhos, cores e símbolos que mostram a qualidade da cerveja, poderia ser o típico caso de aparentar muito e mostrar pouco, mas aqui cai muito bem como um todo. Já no copo a cerveja é levemente clara, translúcida e bonita, apesar de ser uma combinação muito comum de se ver. A formação de espuma é baixa. O aroma é onde começam os fortes diferenciais. A mistura parece ser de algo fortemente maltado e frutado, algo bem fora do comum, e ainda consegue misturar fatores bem diferentes em algo novo, muito bom e atraente, mas o excesso dessa intensidade toda pode ser levemente enjoativo. O sabor segue o mesmo estilo. É uma mistura de algo bem maltado, frutado e que aqui ganha o sabor do lúpulo, tudo numa mistura que nem parece ser muito de uma cerveja, parece intensificaram alguns sabores de outros tipos de cerveja e colocaram aqui, algo realmente muito saboroso, interessante, intenso e que mostra um nível gourmet bem exagerado, é quase para dizer que aqui não está uma cerveja, e sim várias. Mas essa mistura pode trazer dois problemas. A primeira é que esse sabor foge até demais de algo mais tradicional, como não pode parecer uma cerveja, o sentimento pode ser de estar bebendo outra bebida. A segunda é o excesso da intensidade de tudo, além dos sabores se da mistura, há os 9% de grau alcoólico, que deixa tudo um pouco difícil de saborear por muito tempo, é um caso de beber uma garrafa e ficar satisfeito até demais. No geral, uma cerveja com fortes diferencias na experiência como um todo, com grande destaque ao sabor, que mistura muito bem várias qualidades encontradas em outras cervejas de forma intensa e saborosa, mas esse exagero pode prejudicar um pouco o todo, principalmente quem busca algo mais tradicional ou leve.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #cerveja #especial #bebida #TheBeerPlanet #artesanal #Besten #Meilleur #Belgian #Style #Tripel #água #malte #lúpulo #levedura #damasco #banana #doce aroma #frutado #ouro
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de experimentar uma IPA Sexy, como a própria cerveja se rotula, apesar do termo chamativo, a cerveja pareceu até um pouco comum demais e poucos diferenciais (que não tem nada de Sexy). A apresentação da cerveja se destaca bem por rotular a palavra Sexy, que é nada comum para uma cerveja, ainda mais em rosa, com certo estilo e tudo mais, o que leva a uma certa curiosidade, mesmo não tendo mais nada no rótulo que chame a atenção, ganha certo destaque fácil entre rótulos mais simples. A cerveja em si mostra-se bem mais comum, um âmbar escuro, comum da IPA, com certa formação de espuma, que deixa bem claro que é uma IPA sem nada de mais no seu visual. O aroma é intenso devido à mistura de lúpulos, algo levemente diferente de IPAs mais comuns, principalmente por ter uma boa variedade, parece uma IPA um pouco refinada nesse ponto. O sabor segue um estilo bem parecido do aroma, um sabor um tanto intenso, devido aos lúpulos, mas com certo diferencial, a intensidade não se dá pelo amargor exagerado, fica mais focado numa certa mistura de sabores, que muito provavelmente é ligado aos lúpulos que chegam a formar um sabor que lembra algo cítrico com algo amargo, uma mistura diferente, mas que não tem tanto diferencial, uma vez que o amargor da IPA é bem sentido e deve incomodar há quem busca algo mais refrescante. Algo que incomoda um tanto é o sabor que fica na boca após o gole, é um sabor persistente que chega até a desagradar um pouco, uma vez que foca demais no amargor, sendo um tanto enjoativo para sentir por muito tempo. No geral, uma cerveja que se apresenta com um rótulo interessante e tem um sabor com certos diferenciais, mas que gera mais uma curiosidade do que uma experiência diferente, deixando ser mais uma boa IPA sem grandes elogios.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #TheBeerPlanet #especial #artesanal #Barco #Sexy #Session #IPA #cerveja #India #Pale #Ale #pilsen #vienna #cara20 #carapils #trigo #magnum #citra #simcoe #centennial #brewers #barcompany
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de experimentar mais uma cerveja com especiarias, aqui não se trata do comum coentro, mas sim do gengibre, que é um ingrediente que gosto bastante onde for, mas nunca havia visto numa cerveja. A apresentação da cerveja é bem simples, algo muito comum para uma Weiss, uma cerveja clara, levemente opaca, e bem dourada, algo bem bonito, mesmo sendo bem comum de se ver, não há muito a geração de espuma, mas não há nada que desagrade. O aroma tem algo de levemente diferente, geralmente a Weiss traz algo mais neutro, algo bem lege, e que não sai muito do trigo ou cevada, mas aqui algo um pouco diferente também aparece, não que lembre muito o gengibre, mas com certeza esse ingrediente traz um aroma um pouco novo para essa cerveja, sem muito destaque, mas é um diferencial. O sabor segue quase a mesma situação. A cerveja tem as boas características da Weiss, uma cerveja leve e refrescante, mas ganha um sabor que dá um leve amargor, e que mais uma vez não lembra muito o gengibre, mas com certeza difere das características da Weiss, algo interessante e bom, apesar de ser algo com um amargor um pouco forte, que pode descaracterizar um pouco a Weiss, não é algo que rouba demais o sabor ou a atenção, é somente um leve diferencial, que assim como no aroma, faz uma leve diferença, sem ser algo que chame demais a atenção. Tanto em goles curtos, quanto nos mais longos, a experiência não se altera demais. Em goles mais longos o diferencial do amargor pode se manter mais tempo na boca, mas logo que o gole acaba, sensação também não fica muito tempo. Já em goles mais curtos, a sensação de ser uma Weiss se mantém bem e garante bem a sensação refrescante. No geral, uma cerveja que tem um bom atrativo por colocar um ingrediente diferente na cerveja, mas a experiência em si não é muito diferente de algo mais comum, para o tipo, mesmo não dando tanto foco a isso, a cerveja é bem produzida, saborosa e refrescante, que mesmo não parecendo ter muito gengibre, acaba sendo muito boa.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #gourmet #TheBeerPlanet #Barco #Thai #Weiss #breweres #gengibre #cerveja #trigo #extra #barcompany #maltes #pilsen #trigo #lúpulos #hallertauer #tradition #saaz #especiarias #extrato #água #cereais #maltados #levedura
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de experimentar mais uma cerveja Lager, aqui sem sair muito do que é comumente encontrado, apenas uma coisinha aqui ou ali de diferente. A apresentação da cerveja é bem bonita, a lata tem o desenho de um cervejeiro com um fundo verde e detalhes em dourado, uma boa combinação de cores e muita coisa escrita em alemão, algo que chama um tanto a atenção. Já a cerveja em si é um dourado um tanto translúcido, bonito, mas nada que seja muito diferente do que é visto em outras Lager, bonito, simples e só. O aroma é quase inexistente, é muito superficial e mal sentido durante quase toda a experiência, é necessário prestar um pouco de atenção para sentir algo. O sabor inicialmente é bom e bem refrescante. A cerveja tem os bons tons cítricos da Lager, sem exageros ou algo que possa se destacar, pareceu bem ser uma cerveja bem comum, que não foge demais das tradicionais nacionais. O diferencial fica com o continuar dos goles, o amargor da cerveja é intensificado, algo um pouco puxado, mas não exagerado ou diferente, parece ser algo apenas um pouco mais forte para dar sabor, o que não difere demais a experiência de algo mais comum, mas é bem notável, mesmo não sendo um diferencial intenso, foge um pouco do que é normalmente encontrado. Tanto em goles mais longos ou mais curtos, a experiência não muda muito, inicia-se bem e intensifica-se um pouco e fica nisso o tempo inteiro, sem ganhar algum diferencial muito destacável. No geral, uma cerveja que tem uma lata que até pode chamar certa atenção por ser importada, alemã e tudo mais, mas que na cerveja em si é algo bem conhecido, sem muitos destaques ou diferenciais, que pode trazer uma boa experiência e boas sensações, mas nada muito além do que possa ser encontrado nas cervejas nacionais e mais comuns.

#XinGourmet #LetsGuide #FoodPorn #TheBeerPlanet #bebida #Stammgast #Lager #Hergestellt #Abgefüllt #Deutschland #Jeden #Biergeniesser #Cerveja #clara #água #malte #cevada #lúpulo #Alemanha #lata
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de saborear uma Session IPA, um tipo de cerveja que geralmente tem um peso bem forte no lúpulo, mas aqui a experiência foi bem diferente disso. A apresentação da cerveja é bem interessante, um rótulo cheio de desenhos, tudo bem colorido, mesmo não sendo nada muito direcionado aos ingredientes da cerveja, é bem interessante e chamativo, vale bem aqui vender o produto pela embalagem. Já no copo a cerveja tem uma coloração de um caramelo um tanto intenso, opaco e bonito, para uma Session IPA cai bem, para mostrar bem a intensidade que a cerveja tem. Um ponto interessante também é a boa formação de espuma, densa e na medida certa. O aroma é bem intenso, algo bom para quem curte uma cerveja forte no lúpulo, parecendo que tudo aqui ia ser como uma Session IPA deve ser, forte no lúpulo e no amargor. Mas como as aparências enganam, aqui seguiu bem a regra. A cerveja é estranhamente fraca se for comparar com uma IPA. Boa parte da experiência deixa uma sensação mais neutra, sem a intensidade do lúpulo ou de qualquer outro ingrediente, a experiência parece focar mais na sensação de querer ser mais refrescante do que saborosa. O tão esperado sabor do lúpulo parece ficar em alguns leves momentos nos goles mais alongados, e mesmo assim pouco frequentes, algo um pouco decepcionante, uma vez que a cerveja se rotula uma Session IPA com vários lúpulos, mas esquece claramente de dar atenção no sabor para eles. Outra boa curiosidade é o fim do gole, que parece reservar um sabor quase adocicado e até mesmo inexplicável, uma vez que não se trata do lúpulo, e até poderia ser do malte, mas para uma IPA isso seria algo bem anormal, bom, mas não casa muito com o tipo. No geral, uma cerveja que se mostra de um tipo e a degustação mostra outra, um sentimento que tem que ser dividido entre a expectativa e a realidade, que não chega a ser ruim, mas passa longe de ser o que é mostrado no rótulo.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #bebida #especial #FoodPorn #gourmet #TheBeerPlanet #Küd #Cretin #Hop #Session #IPA #Indian #pale #Ale #cerveja #puro #malte #clara #cervejaria #Krieg #Über #Durst #artesanal #água #malte #cevada #lúpulo #DryHop
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de saborear uma Golden Ale, e sabe o que isso significa? Nada! Apenas uma boa cerveja, que, às vezes, nem parece uma Ale. A apresentação do rótulo é bem imponente, a figura de um Rei em um rótulo bem dourado mostra que a cerveja tenta se mostrar forte e elegante desde a primeira impressão, o que um tanto chamativo, principalmente aliado ao tipo. Já no copo, a cerveja é bem dourada, opaca e com uma boa geração de espuma e agrada bem, uma cerveja com uma ótima apresentação. O aroma é um tanto diferente para Ale, parece muito suave, um tanto cítrico e parece dispensar o aroma do lúpulo, fica mais parecendo uma Pilsen do que uma Ale. A degustação é uma mistura de sentimentos. A cerveja inicialmente é um tanto suave, há tons até levemente adocicados, não há nenhuma força no amargor e a cerveja fica bastante neutra, mas também bem refrescante, como não há nada que dê força a cerveja, tudo fica parecendo uma bebida bem gelada e simples. Mas a experiência muda bem com goles mais longos. O amargor aparece com certa intensidade e consegue dar bastante sabor à cerveja, um lúpulo bom e sem exageros dá o amargor e destaque que a cerveja precisa e ainda consegue deixar o sabor na boca, esse detalhe faz com que o sabor possa ser sentido melhor, mesmo que seja um amargor que pode enjoar, é um tanto melhor que a neutralidade que a cerveja vinha trazendo. No geral, uma cerveja que varia uns poucos de sabores e sentimentos, se apresenta muito bem, mas começa a experiência muito suave, o que pode gerar uma certa decepção, mas com o passar dos goles é possível sentir algo bem mais valioso.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #FoodPorn #cerveja #bebida #TheBeerPlanet #Leuven #Golden #Ale #King #malte #lúpulo #água #alta #fermentação #cevada #beer
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de saborear mais uma Amazon Beer, que tem a ótima ideia de misturar frutas ou sementes da Amazônia com cerveja, e geralmente uma boa cerveja, o que garante uma experiência, no mínimo, bem interessante. A apresentação da cerveja é 'legalzinha'. O rótulo é típico da marca, um rótulo que foca um pouco no diferencial de trazer uma semente como ingrediente, letras chamativas e coloração misturando cores claras e escuras, nada exagerado, mas interessante. Já no copo a cerveja se mostra até mais comum. Um âmbar um tanto opaco com uma espuma um tanto densa, mas com uma quantidade mediana. Tudo bem comum, mas agradável. O aroma é um tanto neutro, quase não se sente nenhum aroma em específico, o que deixa a sensação um pouco a desejar. No sabor é onde mora o real diferencial da cerveja. O estilo é um pouco forte, mas sem apelar para o amargor, é algo um tanto maltado e sem exageros, mas que traz uma boa sensação na viscosidade, que é um tanto espessa, principalmente na espuma, que apesar de não ser exagerada, é facilmente degustada em praticamente todo gole, e isso é um forte diferencial para a cerveja. O sabor da semente de Puxuri (não faço a mínima ideia do sabor real dessa semente) é sentido mas não é intenso, o que deixa a boa impressão de ter algo na cerveja um pouco desconhecido, mas que não tira o amargor natural do tipo, mas que não tem força para ser realmente um diferencial de destaque, parece que somente há algo diferente, mas não reforça o amargor ou deixa algo doce, simplesmente parece algo para 'temperar' a cerveja, e isso deixa a experiência mais interessante, mas não mais saborosa ou que tenha algum destaque no sabor. No geral, uma cerveja que tem certos diferenciais, que podem ser bem interessantes de notar e tentar saborear, mas que não mostra força para que realmente faça a diferença em relação à uma cerveja mais comum, tudo bem 'legal', mas nada muito além disso.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #FoodPorn #bebida #beer #TheBeerPlanet #gourmet #especial #Amazon #Beer #Saison #Puxuri #Artesanal #Belém #Brasil #semente #exótica #cerveja #única #belga #água #malte #lúpulo #levedura
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de saborear mais uma IPA, e dessa vez holandesa, algo bem diferente, interessante, e que resultou numa experiência bem agradável. A apresentação da cerveja é no mínimo esquisita, o rótulo parece mais ser de algum medicamento, não há destaque de nada, apenas um monte de palavras dizendo do que a cerveja é feita e recomendações de como saborear, algo bem estranho, pareceu uma coisa até triste para uma cerveja. A cerveja em si já aparenta ser uma IPA mais comum, um âmbar opaco puxado bem para o caramelo, uma formação de espuma bastante alta e que fica bem na combinação. O aroma da cerveja lembra bem de uma IPA comum, mas um pouco suavizada, o excesso de espuma também prejudica um pouco tentar verificar o aroma, mas realmente é bem suave apesar de não aliviar no lúpulo. A degustação é muito boa e interessante. A cerveja se mostra bem com o lúpulo, o sabor mais amargo é bem sentido em boa parte da experiência, em quase todo o gole esse sabor é constante e bom, não se trata de algo muito exagerado, mas pode pesar um pouco em goles mais longos, nada muito que fuja de qualquer IPA. A parte interessante fica no fim do gole que puxa para algo mais adocicado, algo que suaviza o amargor e não deixa na boca uma sensação forte, um bom diferencial, mesmo que isso corte um pouco uma das características mais fortes da IPA. Outro ponto bom a se destacar é o teor um tanto forte do álcool, mesmo que não se mostre no sabor, 6,2% é algo que pode pesar no fim de uma simples garrafa, bom para que curte algo mais forte. No geral, uma cerveja que tem boas características da IPA, mas tem várias modificações, que tornam a cerveja mais agradável para quem não quer algo muito forte, mas que também pode decepcionar para quem busca algo mais clássico do estilo.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #FoodPorn #TheBeerPlanet #VuurVlam #FireFlames #StrongBeer #BièreForte #water #BarleyMalts #pils #caramel #BitterHops #cascade #DryHop #amarillo #colombus #chinook #citra #TopFermentingYeast #IndianPaleAle #IPA #Brouverij #DeMolen #CervejaEscura #água #malte #lúpulo #levedura
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de escrever sobre Iron Maiden, e só por isso deveria dar nota máxima em tudo o que é possível escrever, mas como estou escrevendo sobre uma cerveja, vou dar nota máxima do mesmo jeito, porque é o que merece! A apresentação da cerveja é bem chamativa, além da marca Iron Maiden, e do Eddie, o rótulo brilhante e sombrio é bem incomum, tudo traz uma sensação de trevas muito bem elaborado e agradável. A cerveja em si é bem escura, um caramelo bem intenso e bonito, mostrando que a cerveja tem força desde a aparência. O aroma indica fortemente o que a cerveja é, há uma mistura forte de trigo, lúpulo e até um leve adocicado, uma mistura bem incomum e agradável, surpreende bem pelo grande diferencial de misturar ingredientes que geralmente se sobrepõe. O sabor segue o mesmo estilo do aroma, com uma intensidade na mistura que confunde os sabores, como nenhum ingrediente em específico tem uma intensidade a se destacar, tudo fica na mistureba mesmo, e como tudo tem uma ótima qualidade, acaba sendo uma mistureba bem atrativa e interessante. Além disso, o tom alcoólico é forte e segue a mesma intensidade dos ingredientes, se tudo já era bem intenso na mistura, no sabor ficou ainda mais com a presença forte do álcool. No geral, uma cerveja que traz uma experiência muito interessante, desde a ótima apresentação, além do aroma e degustação bem diferenciado e intensos, mesmo trazendo uma mistura incomum agrada por trazer tudo bem misturado, e sem esquecer da marca Iron Maiden que já é um forte diferencial.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #ThePlanetBeer #Trooper #Iron #Maiden #Hallowed #limited #edition #belgian #style #beer #inspired #Belgium #made #England #Robinsons #cerveja #premium #inglesa #clara #ale #água #malte #trigo #lúpulo #levedura
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet

Hoje dia de escrever mais uma vez sobre uma IPA, aqui um pouco mais tradicional, com bom equilíbrio, deixando a experiência bem interessante. A apresentação é simples, com certos diferenciais. O desenho de um relógio na madeira dá um tom de ar antigo, mas como não preenche muito da garrafa, fica muito simples, assim como as cores, verde e branco, não chamam a atenção demais, apenas é levemente incomum para uma cerveja. No copo a cerveja traz o tradicional âmbar opaco da IPA, com bastante espuma, algo bem bonito para uma cerveja e agrada bem à primeira vista. O sabor e um bom sabor lupulado da IPA, aqui sem exagero na intensidade, fica bem no padrão do tipo, algo amargo, contínuo e que permanece bem na boca durante um tempo. A espuma pode atrapalhar um pouco para quem não curte, logo que a formação é bem exagerada e até um pouco desnecessária. Em goles curtos a cerveja fica melhor aproveitável, o sabor é melhor sentido e não há a sensação do amargor ficar enjoativo, tudo fica bem interessante e até agradável, mesmo para quem não curte muito o tipo. Em goles longos o sabor pode ficar um pouco intenso demais, algo um tanto desnecessário para a experiência, o amargor do lúpulo muito contínuo não é algo muito agradável, e para quem não curte é algo complicado de gostar, ainda mais por um tempo um pouco mais longo. No geral, é uma IPA um tanto padrão, com um bom sabor, uma apresentação um pouco interessante, mas assim como muitas IPAs tem de haver um certo cuidado para que a experiência não seja enjoativa ou exagerada na intensidade do lúpulo.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #TheBeerPlanet #cerveja #bebida #alcoólica #álcool #Shipyard #Island #Time #Session #IPA #Indian #Pale #Ale #brewing #Portland #Maine #água #malte #lúpulo #levedura
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet
Primeira opinião do lugar

Hoje dia de saborear mais uma Erdinger, uma marca que sempre traz uma boa experiência e aqui até que se manteve bem, apesar de que a aparência ganhou bem mais destaque que o sabor. A apresentação da cerveja e bem bonita, parecendo até clima de Natal, a cerveja traz um rótulo com uma floresta em neve, com um clima bem interessante para uma bebida. No copo a cerveja tem uma coloração bem opaca e bonita, bem comum das cervejas de trigo da Erdinger, além da boa formação da espuma. No sabor a cerveja é mais simples, um sabor que lembra um tanto o trigo, mas sem muita intensidade, algo que divide atenção com o gás na maioria do tempo, e finaliza com um tom adocicado e bem diferente, algo que agrada, mas é muito no fim do gole, um certo diferencial que poderia ser melhor aproveitado. Tanto em goles curtos quanto longos a experiência é bem parecida, o sabor suave do trigo é que se mantem na boca, com pouca variação de sabores, consegue se manter bem, mas sex excessos e nem destaques fortes. No geral, uma cerveja que tem uma apresentação muito bonita, tanto da garrafa quanto da cerveja em si, enquanto no sabor se mantem mais como uma cerveja de trigo suavizada com destaque para um leve adocicado no fim de cada gole.

#XinGourmet #OnGoogleMaps #TheBeerPlanet #TheBeerPlanetClub #BeerKing #BeerKingStore #BeerKingClub #Erdinger #Schneeweiße #Weißbräu #schmeckt #winter #Bayern #privatbraueri #água #malte #cevada #trigo #lúpulo #levedura #cerveja #calara #alta #fermentação #winterbier #Alemanha
Foto opinião do Otavio Wong sobre The Beer Planet
Você conhece o The Beer Planet? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: