Terminal Rodoviário de Belo Horizonte

nota 2.3 de 5 em 21 opiniões
|

Terminais Rodoviários

Oferta

Quer receber ofertas do(a) Terminal Rodoviário de Belo Horizonte?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores.

Baixe grátis nosso aplicativo e confira as ofertas:

Escolha seu celular:      
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

via Android

A rodoviária de BH é bastante ultrapassada, escura e com uma estrutura um tanto quanto precária. Os preços praticados nas lanchonetes são altos se comparados à qualidade da comida oferecida aos clientes. Algumas lanchonetes sequer aceitam cartões. Como ponto positivo, há opções de ônibus para praticamente todo o Brasil.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Eu acho o terminal rodoviário de Belo Horizonte muito bonito. Ele não fica na região central. O atendimento dos funcionários que prestam informações foi de muita educação e de muita gentilezas. Há opções de lugares para poder comer. A rodoviária é limpa, mais o banheiro não achei limpo e organizado.
O Terminal Rodoviário de Belo Horizonte é muito grande, com diversos guichês, lanchonetes. Muitas empresas de ônibus trafegam por está rodoviária. O atendimento que recebi lá foi muito bom. Lá eles tem um balcão de informações, que auxiliam em muito aqueles que tem dúvidas ou algum tipo de dificuldade.

Mesmo sendo inaugurado na década de 70 o nosso terminal rodoviário ainda atende bem a seus propósitos.Com uma atual administração por uma nova concessionária,o prédio está sendo muito bem cuidado,limpo,organizado,inclusive os sanitários com banho e taxa pequena cobrada ,elevadores funcionando e somente a esteira rolante para o 2º piso parada à anos.Apenas há o impacto viário por estar em pleno centro de BH,principalmente em dias de véspera de feriados e nos períodos de férias escolares,causando sempre um engarrafamento monstro no entorno.Há então urgente a necessidade de mudança de local.Projeto já todo concluído ,verba liberada e integração metro e estação bhbus já feita.Agora enfim conclusão de processos de indenizações por desapropriações necessárias para dar espaço a toda a edificação.Local muito bem escolhido no bairro São Gabriel.

via Android

O Terminal Rodoviário de Belo Horizonte já foi considerado moderno, mas parou no tempo. Hoje, é escuro, inseguro, carece de manutenção e as lojas de revista e comida são muito ruins apesar dos preços altos. O acesso às plataformas de embarque (no subsolo) é feito por escadas estreitas ou por elevador apenas. Daí, antes de descer, é melhor se certificar de qual é a sua plataforma e ficar aguardando no piso superior. Esperar o ônibus no piso de baixo é desconfortável (não há assentos e o ambiente é escuro) e, se errar de plataforma ou horário, é desencorajador subir a escada com as malas e no contra-fluxo de passageiros.
Tem estacionamento aberto caro.

Essa rodoviaria já atendeu a população, hoje pelo numero de passageiros não atende mais.
Chegamos no dia das mães e a entrada onde são feitos a parada para desembarque e embarque de passageiros estava uma zona, com carros quase batendo o tempo todo, alem dos taxis que paravam em fila dupla pra pegar e deixar pessoas, isso tudo sem uma fiscalização ou uma pessoa pra controlar.
Ha tempos essa rodoviaria se encontra desse jeito, muito bagunçada com falta informação de placas,atendentes, falta educação dos prestadores de serviço, banheiros publicos em que é cobrado seu uso, acho um absurdo, já pagamos a passagem e a administradora tem a obrigação de manter o ambiente inclusive o banheiro.
Na maioria das cidades o metro te deixa dentro da rodoviaria, no caso de BH, temos que atravesar uma passarela não muito segura irmos até o terminal, um trajeto um pouco desgastante pra quem está com malas.
Enfim total insatisfação.

Imfelizmente a decadencia se apresenta aqui com força.
Dicas de cuidado por aqui foi o que mais escutei das pessoas que conheci em BH. Principalmente cuidado com "cordões" ou "cordão", é como eles chamam colares, ou correntes no pescoço. Recomenda-se tirar ou usar roupa que esconda. "Trombadinhas" são ligeiros para este item e aramcam sem dó.

Utilizei até o chuveiro daqui rs, é um banheiro comum porém voltado para banho. É disponibilizado um mini sabonete e uma toalha, por 6 reais. Tem aprox. 8 guiches com opção de banho frio ou quente. É uma maneira razoável de "lavar" o cansaço de uma linga viagem. Aviso que é um contexto bastante simples,e popular, assim como comer no "Bom Prato'. Sou aventureiro e nem ligo (muito) para isso.

Se tem a opção de vir para BH de avião é o que recomendo, a rodoviária infelizmente não da uma boa impressão sobre a bela BH.

via iPhone

Tome cuidado com seus pertences, no entorno há muitas pessoas maliciosas, verifiquem suas bolsas, o terminal em si é ultrapassado e velho, é o único próximo de BH, há outro na praça Raul Soares e no são Gabriel, não uma rodoviária especificamente, mas um terminal, as pessoas que trabalham por lá não tem aquele humor para trabalhar com público, são geralmente sem educação, o clima de rodoviaria te mata antes da viagem, se programe para não depender de nada deste local, nem banheiro por ser pago rsrsrsrs e não valer muita coisa, tudo muito caro! E sem relação custo benefício, comida não é boa! Evite ! No segundo andar há terminais de auto atendimento que funciona 24 horas essa é a única parte boa.

via Android

Nos últimos meses tenho frequentado bastante o terminal rodoviario de BH, indo e vindo pra Lagoa Santa e BH...
Eu, como moradora da cidade, deveria fazer uma leitura rápida do espaço, mas pelo contrário... me perco com tanta frequência quanto poderia imaginar um turista recém chegado a nossa capital.
Os prestadores de serviço são mal informados ou mal pagos o que acaba refletindo na má vontade em nos orientar e dar informações corretas, o que agrava a situação é a falta sinalização para os pontos intermunicipais, horários de ônibus etc.
Além do problema de comunicação, nos deparamos com um espaço mau projetado e com um ar de abandonado, com goteiras, paredes e tetos mofados e com lôdo!
A rodoviária fica localizada na região conhecida como baixo centro, que tem uma grande movimentação de pessoas a qualquer hora do dia e um ponto seguro para moradores de rua pelo mesmo motivo.
O lugar é um tanto sombrio a noite, mas eu nunca sofri com violência ou assaltos, apesar do receio...
Você poderá aproveitar o entorno fazendo compra nos shoppings populares, tem pelo menos uns dois grandes centros, para onde a prefeitura deslocou os antigos camelôs que estavam espalhados por todo centro de BH.
A dica é ir com boa antecedência se você não conhece o lugar, para não correr risco de se perder ou pior perder a sua viagem.

Já passou da hora de Belo Horizonte dar um jeito nesse terminal rodoviário. Em véspera de feriados, o trânsito nos arredores vira um caos.

Graças a Deus nunca tive problemas com atraso de ônibus nem nada parecido, só acho o lugar muito sujo, feio e desconfortável.

Há algumas lojinhas lá dentro que cobram preços exorbitantes por produtos simples. Pra usar o banheiro, é necessário pagar.

Há estacionamento pago no local, geralmente é fácil encontrar vagas.

O maior problema da nossa rodoviária são as escadarias que dificultam o acesso às plataformas. Idosos e pessoas com problemas de locomoção precisam descer uma enorme escadaria que já deveria ter sido substituida por escadas rolantes. Interessante comprovar que agora os avisos são dados em três línguas: Português, inglês e espanhol. Pelo menos a copa ajudou em alguma coisa.

A Rodoviária de Belo Horizonte é bem grande, mas com aspecto de sujo e mal cuidado. Como fica na área central da cidade, você encontra uma quantidade enorme de pessoas circulando e dependendo do horário, aos entornos do local, é necessário tomar cuidado com trombadinhas e assaltantes. Dentro da rodoviária você encontra lojas, banheiros, bancos, lanchonetes e outros. Tem estacionamento próprio.

via Android

O Terminal Rodoviário é mais velho que minha avó.
Inaugurado em 9 de março de 1971, foi considerado o maior e mais moderno terminal rodoviário da América Latina.

Dali saem ônibus para todos os cantos do país! É administrado pela Prefeitura de Belo Horizonte.
Em 2009, o prefeito Márcio Lacerda anunciou a construção de um novo terminal, próximo ao Anel Rodoviário, junto à av. Cristiano Machado, próximo à estação de metrô São Gabriel.

Vamos aguardar a conclusão das obras!

A rodoviária de Belo Horizonte é um ambiente de trânsito, mas, apesar disso, há vários atrativos: há lojinhas para compra de souvenirs, banca de revista, vários estabelecimentos alimentares e, logicamente os guichês de atendimento das empresas de transporte.

É um ambiente amplo, dificilmente fica lotado em dias normais.

via Android

Depois de muitos anos sem utilizar os serviços, hj precisei pegar um onibus na rodoviaria de BH. Pra ser sincero me surpreendi com a organização. Talvez por ser fora de temporada, mas fui no guiche de informações que foi muito prestativo e me auxiliou onde comprar minha passagem. No Guiche da Teixeira tb fui bem atendido e bem informado sobre os tipos de passagens. Acabei optando pela mais barata e não me decepcionei. Fui para Divinópolis em um ônibus confortável e com ar condiionado.
Exibindo 14 opiniões | Total de 21 opiniões
Você conhece o Terminal Rodoviário de Belo Horizonte? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: