Mais na região Como chegar

Como o nome já diz, o bar é subterrâneo ao bar Astor. Logo de cara, o cliente já é recebido com uma cortina vermelha que, quando aberta, dá-se de cara em um ambiente muito intimista de luz baixa, com poltronas de couro. O balcão de drinks é o grande astro da casa. Famoso por seus diversos drinks deliciosos e muito bem feitos, como o dry martini, o local também traz petiscos e cervejas.



Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Sexta fui convidado para um aniversário de um amigo, e quando vi no convite o nome deste bar, não pensei nem duas vezes antes de ir pois este é um dos bares que eu mais queria conhecer na capital, é um daqueles que você deve conhecer antes de morrer (Ops!). Então quando cheguei ao local já sabia que teria que passar pelo salão do Astor (que me pareceu um ótimo bar também, e que pretendo conhecer), descer alguns lances de escada para assim chegar ao SubAstor, que como o próprio nome já diz: é subterrâneo. Subterrâneo em alusão aos bares estadounidenses da década de 1930,1940 onde a Lei Seca (que proibia a venda de bebidas alcóolicas nos Estados Unidos) assombrava aos cidadãos, daí a ideia de construir bares subterrâneos onde a "polícia moral" não chegaria.O bar tem o maior estilão noir: garrafas espalhadas pela parede, luz baixa, estofados de couro, um som que mescla entre rock e o jazz, gente jovem e bonita e drinques, muito drinques, afinal o forte deles são esses: drinques diferenciados.Me senti realmente em um desses filmes da época, só faltou a fumacinha de cigarro, ah mas isso é culpa do Kassab & Cia.

Fui logo no que interessa a quase todos que vão à este "puxadinho" do Astor, os drinques, pedi logo o tal de Wallpaper criado por um barman queniano que leva cachaça sagatiba, suco de maracujá, essência de baunilha e pimenta vermelha, agora entendo o porque dele ter ganho até prêmios mundo a fora, ele é muito bom, a mistura do suco de maracujá com a pimenta é massa- $21,00-, é a partir daí percebi fácil, fácil que gastaria uma nota nessa visitinha.

Outro que provei foi o Farmácia que levava gin, vodka, licor de maçã verde, purê de maçã verde com alecrim, pedi achando que era aquele famoso Farmácia vendido nos botecos da vida, mas aqui era uma "Pharmácia" ( o uso do "ph" foi só para deixar mais chique), não gostei, fraco demais, então partir para outro, desta vez, fã do James Bond que sou, pedi o Vésper martini- $23,00- drinque que ficou imortalizado no livro Cassino Royale de Ian Fleming, esse sim "de macho", como diria um amigo meu, tão bom que pedi bis.

Para beliscar pedi o "Besteirinha", uma espécie de brusccheta de pão tostado, com milanesa e queijo, acho que não preciso nem comentar né kkk e para fechar, aquela velha coisa da saideira, que ás vezes custa muito à cabeça e ao estomâgo no dia seguinte, decidi pedir o exótico Earl Grey Mar-Tea-Ne que
leva gim britânico, suco de limão-siciliano e infusão de folhas de Earl Grey Tea que é uma infusão de folhas de chá verde ou preto com óleo de bergamota (mexirica) que dá um sabor ácido e marcante ao drinque, muito bom mesmo, parece até refresco, pronto vi que àquele momento já era hora de partir (no
sentido de ir embora para casa, pelo amor de Deus) e que já podia beber mais nada,a não ser um Engov na manhã seguinte...
avaliações recomendadas
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

A inspiração é clara. O subastor tem realmente um clima de speakeasy que te atinge fortemente. Quando entrei no Astor, perguntei aonde era o Subastor. Ao ser indicado as direções. vi uma cortina de veludo que esconde totalmente o bar. Achei q ele estava fechado, mas ao abrir essa cortina já vi o bar que era muito bonito, escuro e com bastante pessoas, uma experiência muito diferente que vale muito a pena. As cadeiras e o ambiente são confortáveis e aconchegantes. Pedi um manhattan, e fui inventar de ser com Maker's Mark, o que fez sair meio caro, R$52,00, coisa que não repetirei haha. Mas estava muito bom e bem feito.

O cardápio é bem diferente, um cubo dobrado, com drinks em cada lado. Eles apenas descrevem os drinks mais diferentes e peculiares. Se for pedir os clássico, vá sem medo que eles fazem.

Drinks bons e um cenário muito diferenciado de "ilegalidade e submundo" é o que dá nota 5 ao Subastor.

Lugar badalado na Vila Madalena. Fica no subsolo do bar Astor.
Chegamos as 20:30 e esperamos no bar pela nossa mesa que foi disponibilizada sem ter que esperar muito. Às 21:30 tinha uma fila enorme e um monte de gente em pé ao redor do bar, tentando arranjar um lugar pra sentar.
Ambiente escuro, frequentado por casais e amigos, os drinks são ótimos, o barman fala inglês fluentíssimo, nem sei se é gringo, e fomos atendidos impecavelmente por ele. Eu disse os ingredientes que gostaria no drink, e ele me preparou dois, e adorei ambos.

Lugar estiloso e requintado, localizado no subsolo do tradicional Astor, na Vila Madalena.

Para ir diretamente, aproximadamente a partir das 22hs (importante chegar cedo, pois atinge sua capacidade máxima rapidamente), ou após curtir por um tempo o salão iluminado de seu 'irmão mais velho' Astor.

A luz baixa sobre as confortáveis poltronas e sofás favorece um clima mais intimista. O balcão oposto, mais iluminado, garante certo conforto na espera por um lugar mais aconchegante.

Petiscos são interessantes. Mas os drinks...um melhor do que o outro.

via Android

Descendo uma escada no fundo do bar Astor, você chega ao Sub Astor.
Um lugar com ótimo clima, músicas boas e uma grande variedade de drinks.
Uma dica muito importante é a necessidade de se chegar cedo.
Por ter poucos lugares, o acesso é controlado e tem uma grande fila de espera
Mas é um local que vale a pena conhecer. .

Localizado no subsolo do bar Astor o Subastor é um dos meus bares/lounges favoritos.
O ambiente é bem legal, com cortinas de veludo em todas as paredes e sofás espalhados pelo salão, tem uma iluminação indireta que proporciona um clima bem tranquilo e intimista. Com um bar ocupando toda a lateral do lugar os drinks são muito bons, todos! (kkkk vá embora de taxi!)

Os lanches também são muito bons e variados, mas a cozinha fecha por volta da 1AM e depois já era!
A música é sempre boa, incrivelmente a playlist de la quase sempre me agrada muito, preciso pegar o pendrive emprestado rs

Ambiente sensacional, meia luz, com bar tipo americano (balcão e poltronas).
Há poltronas confortáveis para conversar a dois - o cardápio tem uma vasta seleção de drinks.
Como é muito disputado e não é grande, coloque o nome na lista cedo e fique esperando na parte de cima do Astor.

Todos deveriam conhecer!!!! Eu achei o máximo aquele ambiente à meia luz, cortinas de veludo, bebidas por toda parte e poltronas vermelhas de couro. Mais sexy...impossível!
Os drinks são muito gostosos. Tomei (alguns... :0) Whisky Sour e experimentei outros drinks dos amigos. Tudo muito gostoso e de qualidade.
O público é bem bonito, mas o local fica LOTADO, pois não comporta muita gente.
Prepare o bolso. ;)

Otimos drinks, massssss, o garçon que nos atendeu não entendia muito de sabor ou não bebia, nenhuma "sugestão" do cara foi feliz, então pegue a carta e escolha você mesmo o seu drink, fiz isso e não teve erro, todos são ótimos, esse aqui vai ser o meu novo favorito. O ambiente é muito legal, em vez de cadeiras temos poltronas, com ambiente a meia luz e muito descontraido, fica com clima de, meio bar escondido e meio sala de casa, o publico é bonito e muito variado, até as vovós podem ir. A diferença entre o Subastor e o Astor é que o Astor tem a proposta de ser um bar comun, você tem os petiscos mas tambem tem os pratos e, os drinks são mais simples, aqui todos os drinks são muito elaborados e os petiscos são diferenciados, vale a pena vir para degustar os drinks.
Exibindo 14 opiniões | Total de 28 opiniões
4 opiniões não são recomendadas
Você conhece o SubAstor? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)