Endereço: Rua Major Sertório, 422 - 21, Consolação - São Paulo , SP - Brasil - 01222-000

Telefone: 11 962552200

Pedir orçamento

* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, preencha seu telefone
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via iPhone

Eu já tinha ouvido falar sobre o Speed Dating e inclusive duas amigas minhas já participaram de eventos organizados por essa empresa.
A ideia é tentar conectar e fazer com que pessoas que queiram um relacionamento "sério" entrem em contato, conversem e se conheçam.
Essa prática é muito popular nos Estados Unidos, quem gosta do gênero de filme "comédia romântica", com certeza já deve ter visto mulheres sentadas e homens conversando com essas mulheres com o objetivo de tentar conhecer alguém bacana com a esperança de ambos "desencalharem"...
Conheci efetivamente o "Speed Dating" através do evento do Dia dos Namorados, organizado em parceria com o "Kekanto" e a casa "Noh Bar".
Na minha humilde percepção, esse esquema de"Speed Dating" não funciona, pelo menos para mim e pessoas com meu perfil (para minhas amigas também não funcionaram). Eu consegui analisar alguns tópicos para melhoria desse esquema de Speed Dating:
- "Em time que está ganhando não se mexe": Eu sei que existe um tempo para conversar com cada parceiro, mas eu acho que se a conversa entre um casal de homem e mulher está "fluindo" não se deve trocar de parceiro.No entanto a pessoa que controla o tempo de conversa mudava "a toque de caixa" os parceiros e quando a sineta tinha tocado o cara tinha que sair correndo para outra mesa, se não o cara da sineta ficava apressando.
Eu penso que se as pessoas querem conversar entre elas deveriam PODER fazer isso, ou a regra deveria ser igual para todo mundo, pois eu vi casais fazendo isso na minha rodada e eu não pude fazer e em duas rodadas fiquei sozinha ( triste, né).

- Ter o mesmo número de homens e mulheres por rodada: Básico isso, né.
Eles deveriam se organizar antes do evento para saber e formar os casais de forma equilibrada. Além do mais tinham dois caras na minha rodada que eram amigos de um coordenador do Speed Dating, que estava organizando o evento, e eles foram de "última hora" porque o amigo chamou, ou seja, faltam homens nesse tipo de evento e eles tentam dar um "jeitinho", porém foge totalmente da intenção do evento que é conhecer gente nova e se divertir, mesmo que não encontre ninguém naquele momento. Pois bem, eu fiz um teste, peguei o facebook desses dois rapazes que estavam fora do público esperado e os adicionei e eles NÃO ME ADICIONARAM de volta. O coordenador de eventos do "Speed Dating" precisa fazer uma triagem melhor nos amigos dele, escolher amigos mais sociais para "tapar os buracos" seria uma boa alternativa.
- "Linha de produção": Achei a pressão imposta pelo rapaz da sineta e todo esquema do Speed Dating similar a uma linha de produção e para mim isso não funciona.
Conheci um rapaz que já participava há anos desse tipo de evento do Speed Dating esse dia, ele disse que conseguiu conhecer uma pessoa depois de muitos eventos, teve um relacionamento de quase 3 anos com essa pessoa que terminou e então ele ficou um tempo sem participar do Speed Dating e voltou nesse dia, que era Dia Dos Namorados.
O rapaz era bem tímido e disse que gostava do Speed Dating para conhecer gente nova, então eu perguntei quantas pessoas efetivamente ele conheceu e ele disse que de verdade somente a ex namorada dele e então eu fiquei observando ele para ver se ele pedia meu contato ou saia com o contato de alguém e pelo o que eu vi ele não teve traquejo para pedir o contato de ninguém.
Eu acredito que mais do que essa "linha de produção de tentativa de relacionamento" o Speed Dating deve desenvolver algo a mais nesses encontros para gerar uma conexão entre as pessoas como brincadeiras, dança e ter um "perfil eletrônico" com o registro das pessoas que participaram de cada evento, como se fosse uma rede social para que se as pessoas que não conseguirem trocar contatos num primeiro momento façam isso depois e tenham essa oportunidade. O Speed Dating falha totalmente no quesito "retenção e criação de uma real conexão com as pessoas".
Para mim dá a ideia de Custo Benefício que não compensa. Acho um investimento alto não só monetariamente falando ( o primeiro lote desse evento do Dia dos Namorados, por exemplo, custava quase 70 contos e o último quase 100), além do investimento e expectativas emocionais de quem participa para fazer parte de um esquema meia boca desses. Só gostei da locação do dia o "Noh Bar" que realmente é TOP! Mas nesse preço só estava incluso o Dia e não tinham drinques e nem brindes de cortesia.
Você conhece o Speed Dating Brasil? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)