Samba do Morro Santa Marta

nota 4.4 de 5 em 10 opiniões
| Rank: 42º de 114 | Ar Livre


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar

Acho que essa foi uma das experiências mais marcantes pra mim, pelo menos em 2013, rs. Sempre ouvi falar do tal Samba do Santa Marta ou Dona Marta, o povo fala os dois, mas nunca imaginei que me depararia com um contraste tão peculiar. Não podemos nos confundir de uma coisa: existe a Quadra do Santa Marta onde também rolam festas badaladíssimas e pagas, e o Samba do Morro, que é literalmente um samba na Laje, 0800. Quando cheguei com meus amigos na entrada do morro, o teleférico que levaria a gente até a laje estava parado, não funcionava a mais de meia hora. Aí, achando que fosse fácil, falei: cara, vamos a pé mesmo, a gente sobe essas escadinhas e belezura, chegamos! hahaha! Como eu sou burra! Para subir essas escadas tem que no mínimo estar malhando 1 ano para ter fôlego. Eu simplesmente derreti e morri com farofa já no meio do caminho. Imaginem 1milhão de escadas entre ruelas e becos mega esquisitos cheio de gente olhando pra vc e pensando: "hi a lá, a patricinha não tá dando conta" hahaha. Com certeza foi isso que pensaram, pelo menos 1 dessas pessoas.
O que mais achei legal é que menos com a canseira da subida a alegria das pessoas querendo te ajudar a encontrar o lugar, rindo pra vc e diendo" ta chegando, falta pouco" para que você realmente fizesse parte do evento foi o que mais me admirou. Todo mundo pensa que entrando no morro seremos surpreendidos com um bando de traficante e violência, e mesmo que esse morro tenha participado da UPP, sabemos que a realidade não é a calmaria total. Ao chegar lá em cima, um ar muito refrescante aliviou o meu calor, bem como a cerveja mega gelada. Estava muuuito lotado. O samba é de primeiríssima qualidade, o diferencial: as pessoas não estavam lá por status, mas sim porque gostam de samba, porque não era pagodinho não, era samba!

A vista: INCRÍVEL. Não tive palavras quando vi a árvore da Lagoa, o Cristo e todo o rio de Janeiro iluminado em forma de riqueza. Uma maravilha de cenário. Um momento tão simples, mas muito valioso.

Adorei. Há! As cias, melhores possíveis, claro. Amigos são amigos.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

DIretamente do suvaco do cristo para todo mundo..POR DO SANTA..DIA 06/07....Ñ PERCAN....por causa da grande procura, nosso espaço ficou pequeno..e por isso ele sera na quadra do lado da laje ....assim nossos espectadores tenham um pouco mais de espaço para sambarem e se confraternizarem....

Sambinha de primeira categoria rola na famosa laje onde Michael Jacson gravou um clipe. Rola todo 1º sábado do mês, é 0800 mas é solicitado aos presentes levar 1kg de alimento, vamos ajudar, né!?
Bem frequentado, uma bela e única vista da cidade. A única parte ruim é a falta de banheiros, só tinha uma casinha de lá que o dono tava “alugando” o uso do banheiro por R$1, a fila de mulheres se fez na porta e a casa tava sem água então....
Eu gostei muito e é fato que voltarei lá!!
Primeira opinião do lugar

Acho que essa foi uma das experiências mais marcantes pra mim, pelo menos em 2013, rs. Sempre ouvi falar do tal Samba do Santa Marta ou Dona Marta, o povo fala os dois, mas nunca imaginei que me depararia com um contraste tão peculiar. Não podemos nos confundir de uma coisa: existe a Quadra do Santa Marta onde também rolam festas badaladíssimas e pagas, e o Samba do Morro, que é literalmente um samba na Laje, 0800. Quando cheguei com meus amigos na entrada do morro, o teleférico que levaria a gente até a laje estava parado, não funcionava a mais de meia hora. Aí, achando que fosse fácil, falei: cara, vamos a pé mesmo, a gente sobe essas escadinhas e belezura, chegamos! hahaha! Como eu sou burra! Para subir essas escadas tem que no mínimo estar malhando 1 ano para ter fôlego. Eu simplesmente derreti e morri com farofa já no meio do caminho. Imaginem 1milhão de escadas entre ruelas e becos mega esquisitos cheio de gente olhando pra vc e pensando: "hi a lá, a patricinha não tá dando conta" hahaha. Com certeza foi isso que pensaram, pelo menos 1 dessas pessoas.
O que mais achei legal é que menos com a canseira da subida a alegria das pessoas querendo te ajudar a encontrar o lugar, rindo pra vc e diendo" ta chegando, falta pouco" para que você realmente fizesse parte do evento foi o que mais me admirou. Todo mundo pensa que entrando no morro seremos surpreendidos com um bando de traficante e violência, e mesmo que esse morro tenha participado da UPP, sabemos que a realidade não é a calmaria total. Ao chegar lá em cima, um ar muito refrescante aliviou o meu calor, bem como a cerveja mega gelada. Estava muuuito lotado. O samba é de primeiríssima qualidade, o diferencial: as pessoas não estavam lá por status, mas sim porque gostam de samba, porque não era pagodinho não, era samba!

A vista: INCRÍVEL. Não tive palavras quando vi a árvore da Lagoa, o Cristo e todo o rio de Janeiro iluminado em forma de riqueza. Uma maravilha de cenário. Um momento tão simples, mas muito valioso.

Adorei. Há! As cias, melhores possíveis, claro. Amigos são amigos.
Exibindo 10 opiniões | Total de 10 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Samba do Morro Santa Marta? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)