Salve Jorge - Vila Madalena

nota 4.0 de 5 em 61 opiniões
| Rank: 39º de 1174 | Bares e Botecos

De ambiente descontraído e alegre, o Salve Jorge foi criado com o intuito de dar a cada paulistano a oportunidade de relaxar após um longo dia de trabalho. O bar trabalha com cervejas trincando de geladas e chopps muito bem tirados, além de possuir petisco e um grande almoço todos os dias. O carro chefe é o galetinho na brasa.

Avaliar
Salvar
Compartilhar
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

Ontem fui ao Salve Jorge na Vila Madalena, estava tudo muito cheio. Consegui a mesa para mim e minha noiva rapidamente. Fomos atendidos rapidamente e assim que sentamos pedimos um cerveja que também chegou rapidamente. Porém algumas coisas ruins começaram a acontecer. Pedimos um bolinho de batata com algum recheio que não lembro. A primeira vista foi boa, uma porção bem servida. A primeira mordida foi muito boa também. Porém quando mordi o centro do bolinho ele ainda estava gelado, os outros bolinhos também estavam da mesma forma. Outra coisa que não gostei foi que não tinha todos as marcas de cerveja no cardápio que eles oferecem. Tive que ver nas outras mesas o pessoal tomando a cerveja da minha preferencia, para pedir.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

O ambiente é super descolado num ponto super de facil acesso no meio da VIla Madalena. Dificil nao passar pela frente e conseguir resistir a entrada no local. Super bacana, bem frequentado por pessoas bonitas. As comidinhas, o atendimento e o serviço sao de primeira qualidade. Mais que recomendo este passeio.

A Vila Madalena é conhecida por seu ar boêmia e pelos bares e restaurantes que se espalham pelo bairro. O Salve Jorge é uma da opções mais procuradas, por isso, não se espante se você chegar cedo e já encontrar o lugar lotado.
O atendimento é bom e o ambiente agradável, ideal para quem quer curtir com os amigos, ouvir uma boa música e desfrutar de cerveja gelada, que é servida constantemente.

Ótimo ambiente, bem decorado e com um cardápio excelente.

As porções são deliciosas, com destaque para a porção de calabresa na cachaça e a porção de polenta frita com molho bolonhesa.

Apenas acho que o preço poderia ser mais acessível, pois considero um pouco acima de outros bares da região de qualidade semelhante.

Ambiente incrível, decorado com toque de boteco antigo que dá um charme todo especial ao local. Fui pela primeira vez e com certeza vou querer voltar sempre. O atendimento é excelente, a cerveja estava trincando e quase saí de lá rolando de tão deliciosa que estava a comida ( o que é aquela porção de carne seca com mandioca e pimenta biquinho, dos deuses). Virei fã!!!

Um excelente bar, ali no meio da Vila Madalena. As porções são muito boas e valem o que custam. São bem servidas, claro. O bar foi criado em homenagem a uma novela da Rede Globo. E também esse bar faz parte de um grupo de empresarios da região. As caipirinhas desse bar são muito boas. Acompanham um picolé, dando um certo charme a elas. A decoração é muito boa, com garrafas no teto.

Eu nem sei mais porque a gente ainda escreve estes textos de introdução para os posts do Geraldo. Se Destemperados fosse uma cidade, ele já teria a chave faz tempo. Cabe relatar que estive presente nesta experiência magnífica de boteco e que as palavras do Figueras estão irretocáveis.

Para que meus inimigos tenham pés e não me alcancem. Para que meus inimigos tenham mãos e não me toquem. Para que meus inimigos tenham olhos e não me vejam.

Se o mestre Jorge Ben Jor estava realmente em um momento de profunda reflexão, descobrindo suas particularidades emocionais que o permitissem enfrentar o mundo com frieza e ventura, ou se ele realmente estava enfiando a cara na cachaça para esquecer os problemas, eu não sei.

Mas impossível não pensar no cara e sua tamanha brasilidade ao passar uma noite clássica em um boteco tupiniquim como esse: Salve Jorge!Que São Paulo é a capital brasileira dos empreendimentos de qualidade a toda esquina, todos sabemos. Mas confesso que admiro a competência do paulista neste quesito com um eterno fascínio. Sabe aquele boteco clássico, sem firulas? Da qualidade da bebida pela decoração “joga aí tudo o que temos”, do azulejo do piso às gravatas-borboleta dos garçons, do volume alto das conversas até a simpatia do staff da casa. Receita clássica, e nem por isso diminuta.E, obviamente, uma convivência pacifica com parcerias publicitárias mais recentes, como a devassidão de certa loirinha que a cada dia ganha mais espaço em terras brasileiras.

Ainda duvidando que aqui é nata da tradição brazuca? Chega mais pertinho das paredes e faça sua escolha: caricaturas, instrumentos musicais e capas de disco deste tal de Jor que tanto afirma morar em um país tropical.Mas nada disso teria razão de ser se a qualidade do que fosse servido na casa não estivesse a altura, certo? Mais do que certo.

Uma rápida passada pelo bar demonstra que, mesmo sendo um lugar típico de caipirinhas e loiras geladas, o arsenal de boas garrafas prontas para serem experimentadas demonstrava o cuidado do boteco em estar preparado para todo tipo de cliente.E todo tipo de cliente era o que tínhamos nessa noite em questão. Tinha blogueiros alcoólatras, tinha um que outro chef de cozinha de renome, também os não especialistas em gastronomia mas que adoram comer bem… a lista era enorme.

Claro que a cozinha de boteco deveria ser contemplada por este bando todo, e nada melhor que uma generosa chapa com picanha, frango, filé mignon, lingüiça e alguns legumes. Sim, agradou a todos.Devidamente acompanhados, esta festança de carne ainda foi agraciada por uma farofinha especial, um vinagrete e uma saladinha de cebolas.Pois bem, não vamos nos enganar: estávamos aqui para sentir os adoráveis prazeres do álcool, e em um lugar como tal nada mais justo que iniciar os trabalhos com um chope bem tirado.

Claro que vosso escritor aqui sempre inventa moda, e fui no chamado Caju Amigo: vodka com suco e licor de caju. Casou estranheza em alguns, mas achei leve, refrescante, e um sabor docinho que fez todo o sentido.Depois de tal invenção, a mesa seguiu no embalo mais de boteco mesmo: uma caipirinha, muito bem feita, com aquele sabor típico da cachaça com limão casando perfeitamente.

As coisas começaram a desandar – no bom sentido -, quando um de nossos faceiros amigos propôs uma degustação de cachaça. Com calma, sentindo os aromas, molhando o bico. Eu é que não iria recusar…A essas alturas todos já estavam muito mais sociáveis e dispostos a conversar até o fim da madrugada. Logo, nada mais natural do que se aproximar do bar e pedir uma sugestão para o “chefe”.

E não é que o cara mandou bem? Receita criada por ele quando trabalhava em casa noturna: whisky com licor de cassis. Sim, parece estranho, mas desce lindamente. Sim, é perigoso demais. Não se engane com o docinho que o demônio é forte.Quem bebe fica fácil né? Sim, não adianta discordar. E para coroar essa afirmação, sem ao menos pedir, nos empurram mais uma garrafa da Original.

Alguém vai negar?Óbvio que hoje não é dia de colocar preços, porque, bem, ahn, eu não lembro. Algo entre R$20, R$30? R$40? R$259? Não sei, mas está na média. E independente disso, em noites como essas todas as preocupações se vão. Ainda mais para quem está vestido com as roupas e as armas de Jorge.
Foto opinião do Diego Fabris sobre Salve Jorge - Vila Madalena

via iPhone

Um dos melhores bares (com um ar de botequinho) da Vila Mada..
Fui já várias vezes, sempre de sexta, quase sempre está cheio mas essas vezes foi fácil acomodar bastantes pessoas, é um lugar perfeito para happy hour! As Caipirinhas são incríveis e como já muitos falaram, trazem um picolé (achei perfeito para os dias quentes) e fica fria por mais tempo!!
Quase nunca comi mas a última vez pedimos pizza na chapa (pois é heheh trazem uma chapa e uma pizza para a mesa) achei boa, só que vem com uma quantidade absurda de queijo (eu não gosto muito mas para os cheese lovers seria uma vantagem)
A cerveja está bem no padrão da região (~R$ 1O).

Voltarei com certeza! :)
Primeira opinião do lugar
Ótimo lugar, ambiente jovem, descontraido, gente bonita......tem de tudo e para todos, desde um almoço acompanhado dos deliciosos galetos ao encontro com os amigos para aquela cervejinha ao final do expediente.
Exibindo 14 opiniões | Total de 61 opiniões
3 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Salve Jorge - Vila Madalena? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: