Ambiente sofisticado dividido em dois espaços - o térreo é mais descontraído; andar inferior um ambiente mais intimista e reservado. Ambos com luzes baixas, arquitetura rústica, lindos quadros e poemas japonês decorando as paredes de cor nude, a casa tem como proposta oferecer uma comida japonesa caseira. Uma grande atração do Sakagura é o confortável balcão de sushi, que dá para acompanhar a montagem dos pratos.

Avaliar
Salvar
Compartilhar
Oferta

Promoção

Aniversariante ganha uma sobremesa como cortesia.

Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota
Primeira opinião do lugar

Especialista em Restaurantes Japoneses com 81 opiniões na categoria

Restaurante japonês novíssimo inaugurado há um mês e com potencial para entrar no ranking dos melhores da cidade. Ele é comandado pelo Shin Koike, chef e proprietário do Aizomê que anteriormente passoui pelo famoso A1 no Top Center.

Logo que soube que esta casa abriu fiquei com vontade de conhecer e nada melhor do que fazer isso com fome depois de praticar esporte! Cheguei ainda de shorts e camiseta dry-fit, mas nem por isso deixei de ser bem recebido desde a porta até o balcão, onde fui recebido pelo sushiman Robson Otiai.

O ambiente é oriental mas com toques muito mais modernos. Em cima um salão normal com bar e embaixo fica o balcão com os sushimans que proporcional uma experiência bem mais rica para quem quer aprender e ver a montagem dos pratos.

Comecei com um saquê Hakutsuru de 120ml e achei bem suave, durou a noite toda e caiu bem com os sushis. Para abrir o apetite uma porção de sashimi de robalo (R$ 18 por 5 fatias) preparado com carinho na minha frente. O peixe estava super fresco e bem mais macio do que estou acostumado, com corte fino e sabor que combinou bem com os toques de limão siciliano. O shoyu que é servido é feito na casa e é mais clarinho, muito saboroso e não distrai tanto o paladar como os comuns. Logo depois veio um niguiri de carapau chamuscado na hora, achei sem suave o gosto e macio. A única vez que tinha comigo sashimi deste peixe tinha achado forte, mas agora mudei minha opinião.

Como de costume, pedi uma dupla de unagui (enguia - R$ 22,00) que estava perfeito! Ele é levemente quente, extremamente macio, saboroso e vem com molho tarê e sementes em cima que adormecem a língua levemente. Depois parti para uma dupla de torô, a parte mais nobre do atum localizada na barriga. O preço do par é R$ 24, mas vale a experiência! Ele vem filetado em quadradinhos de forma a aumentar a sensação de derretimento do peixe na boca.

Para finalizar pedi um par de olhete (parecido com buri/olho-de-boi), um par de takô (polvo) e um último par de unagui. O olhete é super macio e lembra mesmo o olho-de-boi e o takô eu achei "normal". Ele acompanha uma pimentinha diferente que acaba distraindo um pouco o sabor do polvo.

De sobremesa pedi o kanten de kabochá (gelatina japonesa de abóbora) com sorvete de chá verde. O kanten vem com gosto bem característico de abóbora puxada um pouco para o doce e o sorvete parece muito de menta com chocolate, mas com sabor excelente de chá verde (R$ 18,00).

Gostei muito da casa e do atendimento personalizado no balcão. Os destaques do dia ficam para o unagui, torô e sashimi de robalo. Quero voltar para provar os pratos quentes, o atum com foie gras e a famosa rabada. O vallet custou R$ 18,00.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Especialista em Restaurantes Japoneses com 79 opiniões na categoria

Fui conhecer esse restaurante japonês que está localizado no Itaim Bibi e que abriu cerca de um mês. O lugar é muito bacana e possui dois ambientes. O primeiro fica logo na entrada e possui a maior parte das mesas. O outro fica no "subsolo" e nesse ambiente também existem algumas mesas e o balcão.

Fiquei no balcão. Ao ver o cardápio, eles oferecem uma quantidade razoável de pratos japoneses, mas o que chamou a atenção foi os sashimi e os sushis. No cardápio, eles dão a opcão de experimentar um prato com diversos tipos de sashimis e sushis e que fica em torno de R$ 60,00, mas resolvi experimentar os separados, que sai praticamente o mesmo preço.

Para começar, pedi um sashimi de cara pau, logo em seguida pedi sushi de unagui, toro, tako, atum com foie gras, para beber sakê Hakutsuru Junmai e de sobremesa cheese cake com pedaços de fruta.

O sashimi estava ótimo assim como os sushis. Entre os sushi, o que menos se destacou foi o de tako que o que mais gostei e talvez por que nunca tinha experimentado foi o de atum com foie gras. Este último, o gosto é um pouquinho forte, mas quase você não sente... é meio difícil de explicar, mas é um leve amargo, mas bem leve mesmo. Os outros sushi dispensam comentário porque estavam ótimos só experimentando para ver como é.

Duas coisas que me chamaram muita a atenção, o arroz e a preparação dos pratos. Os pratos são preparados com cuidados o que deixa o prato bonito e tempero do arroz é muito bom, nem muito doce e nem muito azedo, para mim, estava no ponto certo e na temperatura certa. Já a sobremesa estava bom também e saboroso.

O atendimento foi excepcional e o sushi man é bem atencioso, assim como os graçon. Segundo o sushi man, o lugar costuma lotar e ele indicou fazer uma reserva antes, tanto para as mesas quanto para o balcão. O lugar ainda oferece vallet (R$ 18,00) e eles aceitam cartões de crédito e débito.
Sake Hakutsuru Junmai
"Sake Hakutsuru Junmai"

Lugar agradável e atendimento ótimo. Muito bom para provar pratos japoneses diversificados e originais, muitos deles misturando ingredientes brasileiros com japoneses como Harumaki de rabada. Os petiscos são excelentes e com uma variedade bem grande.

Especialista em Restaurantes Japoneses com 17 opiniões na categoria

Estive no Sakagura A1 durante a Restaurant Week 2013 em São Paulo, na qual o preço do almoço era fixo de R$ 34,90 e jantar de R$ 47,90, sendo que já existe opções restritas de pratos daquele menu especial.
Fui no almoço sem fazer reservas e encontrei apenas as mesas da entrada disponíveis. Apesar de ser um restaurante japonês, os garçons se vestem com boina e colete, tipicamente dos bistrôs franceses. Os pratos são preparados com dedicação no visual do prato e no paladar. Pude experimentar buchecha de boi com condimentos, ervas e legumes como prato inicial. Muito gostoso para abrir o paladar. Pedi neste início um chá quente, agradável para dias frios. Em seguida, chegou o prato quente, de carne a milanesa, com tsukemono, gohan, salada de maionese com wasabi e nabo ralado. Muito bom também. A sobremesa, era uma petit gateau sem este nome, sendo chamado apenas de torta de chocolate com sorvete e pedaços de morango.
De modo geral, preço agradável, comida agradável e atendimento agradável.

O ambiente agradável, super diferente e tranquilo já chama a atenção logo de cara.
De entrada pedimos carpaccio de polvo, embora estivesse ótimo, o preço não foi compatível com o tamanho da porção, R$ 26,00 por 6 fatias de carpaccio é muito.
O prato principal não era propriamente japonês (merluza com risoto de shitake a R$ 34,00 o prato) mas estava delicioso e valeu cada centavo, recomendo.
A cerveja Heineken geladíssima e o atendimento excelente completam os pontos a destacar na casa.
De negativo apenas a dificuldade já esperada para estacionar na região e o preço do carpaccio de polvo.

Especialista em Restaurantes Japoneses com 16 opiniões na categoria

Comi um shogayaki no almoço, estava bom! O Atendimento e ambiente são bem peculiares. Boa experiência. Não provei a parte fria. Parecia estar bastante apresentável. Tomei chá. O almoço executivo inclui uma salada de entrada, somen e fatias de sashimi, além do prato principal. A sobremesa no dia era sorvete com banana flambada e canela por cima (Incluso no almoço exec. tb). A conta saiu por volta de $40/50.

Espero retornar assim que possível.

A entrar pela primeira vez é impossível não notar uma decoração oriental rústica, quadros com mulheres japonesas remetem à década de 30 e trazem um ar nostalgico ao novo restaurante do renomado Chef de Cozinha Shin Koike, dono do Aizomê. Os pratos são muito bem feitos e o atendimento é impecável. Como entrada costumo pedir o Enroladinho de Shimeji com Bacon e o BUN (Uma espécie de pãozinho no vapor) de Costelinha Tropical, na frente do sushi-bar, que fica no andar de baixo, você fica com água na boca olhando os sushi-men maçaricando os niguiris de atum com foie-gras (um dos meus favoritos) e preparando os mais diversos tipos de peixes. Gosto muito do Yaki Bifun (macarrão de arroz salteado com lulas e camarões) e dos sanduíches de tonkatsu que saem bem quentes da cozinha. Do bar peça o Apple Japas ou a Sakerita de Lichia e aproveite o Chopp Heineken que sai trincando, mas não deixe de conferir a ótima seleção de sakês (Sugiro o Mutsu Otokoyama, extra seco e encorpado). Como sobremesa, sem dúvidas o Cheesecake de Tofu! Enfim, o restaurante é fantástico, com um paladar oriental de influências francesas e brasileiras, um ambiente aconchegante e atendimento exemplar. Recomendo à todos!
Enroladinho de Shimeji com Bacon
"Enroladinho de Shimeji com Bacon"

Restaurante recém-inaugurado em sampa, a decoração japonesa a la anos 1920, um elegante balcão no subsolo onde são preparados os sushis, um mais charmoso salão ainda onde há somentes mesas e a ótima e exótica comida, a parte do exótica pulei, claro, são os ingredientes que compõem este novo sucesso na cidade. O que achei bem curiosos foi a grande oferta de petiscos, ou como chamam, "izakaya" provei a berinjela japonesa grelhada e o delicioso tempura de camarão com maionese picante, vi muita gente pedir o tal do polvo com legumes, mas nem de longe senti vontade de seguí-los.

Ah mas como não podemos ficar apenas nos "izakayas" logo fui folhear o cardápio para analisar os pratos principais, e de cara não tive dúvida: Rabada ao Curry que acompanha arroz, picles de chuchu,uma salada de repolho verde e roxo e mais algumas coisas, de sabor forte e intenso o prato é fenomenal, logo pensei preciso da receita kkkk. Pedimos também "Nikuman" que é uma espécie de pão chinês com recheio de panceta deliciosamente cozida com cebolas cruas e com uma pimenta-biquinho espetada, muito boa, porém uma porção minúscula. Na hora da sobremesa segui a dica do garçom: Cheesecake de tofu com calda de frutas vermelhas. Tudo foi acompanhado da bebida oriental mais tradicional por aqui, o saquê, pedimos uma garrafa com 100 ml de um saquê muito bom, se não me engano se chama Hakutsuru, pelo menos foi o que copiei no guardanapo.

via iPhone

Aproveitando restaurante Week fomos a esse famoso Rest japa no Itaim. No sistema tinha 2 entradas, e pratos principais e 2 sobremesas . Pedimos 1 de cada para experimentar. Longe do tradicional sabor japonês mas incrivelmente sempre 1 prato bom e o outro médio p/ ruim . No principal o preparado com lombo estava excelente macio dentro e quase chocante fora , porém a pescada estava simplesmente ridícula: borrachenta sem sabor e o molho horrível.
A apresentação de todos os pratos é maravilhosa , mas foi manchada pela qualidade .
Ambiente legal até mesmo inusitado : japa com toque francês inclusive na indumentária do pessoal, minha esposa disse que tentam sofrivelmente chegar aos trajes do Japão década de 50..,
Você conhece o Sakagura A1? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: