Mais na região Como chegar

O nome Saj refere-se à Chapa Saj trazida diretamente do Líbano com a receita e a técnica original para preparar o pão libanês. A culinária libanesa é o forte da casa, claro. Em um ambiente aconchegante e alegre, os famosos pratos estão presentes, entre eles o falafel, as esfihas, a kafta e o tabule. Mas o carro-chefe é o trio de pastas (homus, coalhada e babaganuche).



Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas

Com certeza um dos melhores árabes de São Paulo. Bom para um "almoço feliz" ou para um jantar. O restaurante é bem tranquilo, tem um bom custo benefício para quem quer comer em um lugar agradável e com uma boa comida.
Há várias opcões de esfihas e pratos. O risco de errar a quantidade na primeira vez que você for é alto...rs....ir lá algumas vezes ajuda, além de te fazer uma pessoa mais feliz.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Fui lá no domingo à noite. Estava com movimento, mas tranquilo.

O lugar é bastante arrumado e bem decorado, o atendimento foi atencioso e a comida estava excelente.

A (senhora) entrada foi o trio de pastas tradicional (homus, coalhada e mhamara) e um combinado de pães, que é um cestinho que vêm pães árabes e saj, este último temperado com zaatar. Muito bom!

Como prato, um combinado Saj de filé, que tinha (o que eles chamam de) arroz califa, tabule e um filé mignon assado na chapa, muito bem preparado e de tamanho respeitável.

Saí bastante satisfeito após ter comido um dos jantares árabes mais gostosos que já provei.

Para mim um dos melhores arabes da cidade! Com preço justo quando comparado a concorrencia, o saj se destaca pela localizacao, ambiente e comida exemplares.
O pao saj é algo indescritivel de bom, assim como a esfiha de la, que é preparada na hora e vem fervendo à mesa.

Eu gosto muito de comida árabe. Por isso, conheço vários restaurantes árabes em São Paulo. Para mim, o Saj representa perfeitamente o prêmio de “Bom e Barato” recebido em 2009 pela revista Veja Comer & Beber.
A comida é de fato muito saborosa. O cardápio é repleto de opções que dificultam a escolha e dão água na boca. Para a entrada, pode-se escolher entre diversos tipos de esfiha: carne, queijo, escarola com passas e zátar (todas na faixa de R$ 3,00), trio de pastas, composto de homus, babaganuche e coalhada seca, com acidez no ponto certo (R$12,00), kibe cru (R$9,00), entre outros. Mas o destaque vai para os pães árabes, que são o grande diferencial da casa. O pão folha é o grande astro, e o tempero de azeite e zátar o torna irresistível. Ele é assado na hora sobra uma grande chapa metálica côncava, chamada Saj (Sim, é o que dá o nome ao restaurante!). A cozinha é envidraçada e do salão do restaurante pode-se observar o pão sendo produzido.
Os pratos principais (que custam em média R$30,00) vão dos mais tradicionais – kibe assado, charuto de folha de uva, arroz com lentilhas, até os mais elaborados – o maravilhoso chacrie (fraldinha cozida na coalhada com cebola na manteiga e pimenta doce), e o vegetariano kibe de abóbora (recheado com ervilha torta, alho poro, cenoura e queijo cottage).
No Saj a refeição pode ser típica de ponta a ponta. O restaurante oferece ótimos sucos especiais – tâmara, tamarindo, damasco, romã e rosas. Vale à pena experimentar.
As refeições no Saj são sempre tão fartas que nunca consegui chegar na parte da sobremesa. Mas todas são também muito apetitosas para quem aprecia os doces típicos – malabie (creme de miski coberto com compota de damasco), e a nova torta caseura de ricota com pistache.
O ambiente também não deixa a desejar. O restaurante é composto por dois salões. O primeiro, logo na entrada, fica em torno de um bar, que também dispõe de um balcão para os mais descontraídos. O do fundo é maior, mais tranquilo, e a iluminação natural o torna muito agradável. A decoração completa com bonitos objetos e fotos do Líbano.
No corredor entre os dois salões há uma prateleira repleta de produtos típicos árabes, como pistache, zátar, folha de uva, tahine, frutas secas, xarope de romã, etc. Perfeito para quem quer começar a se aventurar na culinária árabe.
Primeira opinião do lugar

Foi eleito pela Vejinha em 2009 como BOM E BARATO http://vejasp.abril.com.br/noticias/saj-bom-barato-segundo-revista-comer-beber-2009-2010
.

As melhores opções são os combinados: 523 (vide foto) ou Saj. São compostos por uma entrada e o prato principal.
Como comida árabe não é das mais leves; pedindo um combinado e mais uma entrada (eu recomendo o kibe cru) é suficiente para duas pessoas. O custo será algo em torno de R$ 50,00 ou 60,00 mais as bebidas.
É uma comida árabe MUITO bem apresenta, sempre com um tempero MARAVILHOSO!

Prefira as mesas do salão do fundo, além de menos tumultuado, é possível ver a cozinha e a pedra onde o pão folha é assado.
Falando em pão folha, prove a versão com zatar, é muito boa!
Para beber, o suco de tangerina é excelente. E de sobremesa, chocolamour, o melhor que já comi!
Exibindo 75 opiniões | Total de 75 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Saj - Vila Madalena? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)