Mais na região Como chegar

Aberto em 2003, o Sachinha é uma filial do Bar do Sacha. Um dos destaques é o cupim encasqueirado, com a carne cortada como aperitivo e servida com salada de rúcula. Aqui reinam as cervejas em garrafa, seja ela Bohemia, Brahma, Original ou Serramalte. O ambiente é pequenino, porém sossegado e convidativo para um bom papo entre amigos.



Opinião em destaque

À primeira vista é um bar bem velhinho, tipo buteco de esquina, e não dá pra dar muito crédito só pela fachada, mas na hora do almoço o lugar lota! As poucas mesas que ficam fora do bar e o pequeno espaço interno já ficam intransitáveis.

Pendurado na parede tem alguns recortes da revista Veja que destaca a comida do lugar. Bom... São recortes da década de 50 ou 60, mas mesmo assim ainda atrai bastante gente.

Pedi a costela na Ripa e um guaraná que ficou em torno de R$31,00 com o serviço. De entrada, uma saladinha simples de tomate e alface e pãezinhos com vinagrete. A costela estava bem macia e desfiava bem facinho. Muito bom!

Atendimento ok, simples e rápido. Como o carro chefe do bar é o churras, já estava tudo pronto pra apenas tirar da churrasqueira e servir.
avaliações recomendadas
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Primo menor do Sacha...rss mas mais perto de casa, serve apenas grelhados e almoço executivo. sempre que vou peço fraldinha. A carne do sacha (todas as unidades) sempre foi de otima qualidade. Nunca reclamei de nada neste quesito.
Acho o maximo aquelas mesinhas na calçada inclinada...haha. voce se contorce todo.
Um detalhe que para mim é fundamental é que a maionese é caseira. Tudo de bom!!
Gosto muito do ambiente...acho charmoso e aconchegante...So vou a pé..

Essa filial do famoso Bar do Sacha é bemmmmmm roots. Tão roots que se confunde até se confunde com um bar risca-faca.

O cardápio e qualidade da comida é igual a matriz, inclusive a famosa costela é trazida de lá.

Na minha visita a esse bar, pedi o filet mignon grelhado com fritas, feijão e arroz. Estava ok mas nada que se destacasse. A costela ainda é a melhor pedida.

Fui no Sachinha pela primeira vez para almoçar e gostei muito da experiência. O lugar não é muito grande, parece um boteco de esquina, mas com um ambiente mais caprichado, com mesas de madeira e um ambiente um pouco rústico.

Seguindo a indicação de amigos, eu pedi a costela na ripa e não me arrependi. A comida veio bem rápido (também fomos os primeiros a chegar) e estava muito boa. Primeiro veio a salada, seguido do vinagrete e paẽzinhos. Depois chegou o prato principal, com mandioca cozida, arroz, feijão e a costela. O prato é muito bem servido, eu costumo comer bastante e saí mais do que satisfeito.

Com o refrigerante, gastei por volta de R$32,00.

O bar fica meio isolado numa área residencial, tem várias opções para estacionar na rua.
Foto opinião do Alexandre Macedo sobre Sachinha

Com cara de botequinho de esquina este sacha é uma ótima opção de almoço bem próxima a praça pôr-do-sol em uma região bem tranquila. Assim como as outras unidades o local é bem arejado e aconchegante com a diferença desse ser bem menor.

Optei pelo meu prato de sempre, a costela de boi na ripa com mandioca, que acompanha feijão, arroz, salada, maionese e pão. Excelente e gigante como sempre! O melhor é que sai bem rápido, então dá para comer no meio da semana.

À primeira vista é um bar bem velhinho, tipo buteco de esquina, e não dá pra dar muito crédito só pela fachada, mas na hora do almoço o lugar lota! As poucas mesas que ficam fora do bar e o pequeno espaço interno já ficam intransitáveis.

Pendurado na parede tem alguns recortes da revista Veja que destaca a comida do lugar. Bom... São recortes da década de 50 ou 60, mas mesmo assim ainda atrai bastante gente.

Pedi a Costela na Ripa e um guaraná que ficou em torno de R$31,00 com o serviço. De entrada, uma saladinha simples de tomate e alface e pãezinhos com vinagrete. A costela estava bem macia e desfiava bem facinho. Muito bom!

Atendimento ok, simples e rápido. Como o carro chefe do bar é o churras, já estava tudo pronto pra apenas tirar da churrasqueira e servir.
Foto opinião do Nobu Tateoka sobre Sachinha

Almocei lá durante a semana, era uma terça e fomos os primeiros a chegar. Fomos imediatamente bem atendidos.

Pedi a costela na ripa, que veio acompanhada de mandioca cozida, arroz e feijão, tudo bem servido.

O ambiente é muito legal, parece um boteco, com um balcão e mesas de madeira numa esquina toda aberta.

A costela + uma água sema gás, saiu por uns 32 reais.

via Android

Além de happy hour também há almoços nesse bar.

Pedi uma picanha que está entre os pratos rápidos e me surpreendi pois veio rápido mesmo!

Tem uma foto do prato e dá pra ver que não tem miséria mesmo! É muito caprichado! A carne é preparada na hora e vem tudo quentinho.

A picanha estava deliciosa, macia e saborosa, acompanhada de arroz e fritas.

O atendimento foi bastante atencioso e paciente, não tenho o que reclamar!

Bar/restaurante com cara de bar de esquina, espaço pequeno e mesinhas de madeira, gostei muito apesar do espaço reduzido.

Cardápio bem organizado, muitas opções de bebidas, pratos e porções, e um menu especial para pratos rápidos (pf).

Pedi a picanha, que acompanha fritas, arroz e uma saladinha. Mais refrigerante lata, saiu por R32,50.
Arroz e fritas muito bom, carne poderia estar mais mole, não estava ruim mas cansou ficar mastigando... XD
Achei o preço só um pouco alto demais, tudo bem que é picanha de qualidade, mas acho que dá para se encontrar opções melhores com esse valor.

Atendimento ok, ruas com bons lugares para estacionar.
Você conhece o Sachinha? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)