Mais na região Como chegar

Endereço: Al Jaú, 1595 - (entre Augusta e Haddock Lobo), Jardim Paulista - São Paulo , SP - Brasil - 01420-002

Telefone: (11) 4323-1667

Cardápio: Ver cardápio

Um encorpado bar de vinhos nos Jardins. Degustações e palestras para empresas.

Almoço Executivo de segunda a quinta com três opções de entradas e três de pratos, preço fixo de R$ 34,90

Sexta feira duas opções com pratos tradicionais da cozinha internacional com preço fixo de R$ 39,90

Com mais R$ 10,00 deguste uma taça de vinho branco, tinto ou espumante.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Fui para tapear (petiscar) e depois segui para jantar em outro restaurante. Quando cheguei estava vazio e ao sair algumas pessoas haviam chegado para um jantar de aniversário. Parece que a casa deu preferência para almoço e jantar, pois na hora do happy hour estava vazio. Seria mais divertido se tivesse mais pessoas nesse horário. O atendimento do sommerlier foi descontraído, já o garçom parecia pouco informado sobre o cardápio. Pedimos uma entrada para dividir chamada panelinha de camarão ao curry (R$ 38). Estava bem gostosa e suave. Veio pouco pão, tivemos que pedir reposição.
O cardápio de vinhos em taça está escrito na parede ao lado do bar e as opções custam em torno de R$ 20. Pedi um branco italiano que era muito saboroso e refrescante, meu marido pediu um branco chileno que achou muito ácido, em seguida ele pediu uma taça do italiano, que gostou mais! ;) O preço da garrafa de vinho começa em R$ 80.
No almoço oferecem algumas taças para acompanhar a refeição por R$ 10.
O ambiente é bonito e simpático, provavelmente voltarei tomar vinho e petiscar.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

Fui para tapear (petiscar) e depois segui para jantar em outro restaurante. Quando cheguei estava vazio e ao sair algumas pessoas haviam chegado para um jantar de aniversário. Parece que a casa deu preferência para almoço e jantar, pois na hora do happy hour estava vazio. Seria mais divertido se tivesse mais pessoas nesse horário. O atendimento do sommerlier foi descontraído, já o garçom parecia pouco informado sobre o cardápio. Pedimos uma entrada para dividir chamada panelinha de camarão ao curry (R$ 38). Estava bem gostosa e suave. Veio pouco pão, tivemos que pedir reposição.
O cardápio de vinhos em taça está escrito na parede ao lado do bar e as opções custam em torno de R$ 20. Pedi um branco italiano que era muito saboroso e refrescante, meu marido pediu um branco chileno que achou muito ácido, em seguida ele pediu uma taça do italiano, que gostou mais! ;) O preço da garrafa de vinho começa em R$ 80.
No almoço oferecem algumas taças para acompanhar a refeição por R$ 10.
O ambiente é bonito e simpático, provavelmente voltarei tomar vinho e petiscar.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via Android

O Rubi é um wine bar bem pequeno, mas ideal para ir a noite em casal. Tem uma carta de vinhos legal, com vinhos para todos os bolsos e gostos. Apesar de ter um menu com bons pratos, o ideal é pedir um vinho e aproveitar as entradas.

Ótimo local, bem decorado, com luzes baixas, luz de velas, bem romântico. Atendimento excelente. Reservei pelo Restorando e tive 30% de desconto na comida. pedi uma Panelinah de camarão ao curry deliciosa. Depois pedi croquettas que não gostei muito. Carta de vinho excelente. Valeu a pena! É um wine bar mais reservado, isso é bom! Decoração agradável, carta de vinhos razoavel e bons preços, a comida achei muito boa.

Posso dizer que este local foi uma grata surpresa pra mim! Passando pela Alameda Jaú e olhando pra fachada estreita, com um porta dupla de madeira e vidro, você corre o risco de nem notar este pequeno restaurante.
Dentro, com uma decoração com iluminação amena e móveis de madeira, você descobre uma ótima opção de almoço executivo na região.
Com um menu que custa R$ 29,90, você escolhe uma entrada (salada verde, salada caprese ou bruschetas) e um prato principal (são 3 opções diferentes por dia), além de pãezinhos a vontade. Por mais R$ 10,00 você degusta uma taça de vinho branco ou tinto.
A casa tem justamente como proposta ser um local para se beber vinhos (os sócios são ex-funcionários de restaurantes como Figueira, La Vecchia Cucina e Grand Cru).
No último dia que fui, provei o picadinho, que acompanhava arroz, ovo frito e farofa de banana. Estava bom! Fui muito bem atendido pelo Araújo.

O espaço é pequeno, o atendimento é quase pessoal e os preços são muito generosos, esse é o Rubi Wine Bar, um bar de vinho (percebe-se pelo nome) recente que cumpre o que promete.

Logo na chega a recepção pelo Sommelier da casa é bastante agradável (o Araújo), uma pessoa simples e simpática que se mostra bastante disposta a melhorar a sua experiência na casa. Ao pedir sugestões, o sommelier não foca nos vinhos caros ou extremamente complexos, ele entende sua necessidade e, pelo menos no meu caso, acerta.

Os preços são bastante sensatos, não exploram nas garrafas, tampouco nos aperitivos. A comida é boa, para o que se espera de um lugar que deve-se ir para tomar vinhos. Durante o almoço o menu executivo sai por R$ 29,90, mas com R$ 10,00 a mais você aprecia o prato com um vinho.

O espaço é bastante agradável, sofás e mesas confortáveis, espaço intimista e garrafas de vinho (como esperado) decorando quase todo o ambiente.
A proposta do Rubi Wine Bar é interessante. Depois de muitos anos trabalhando nos melhores restaurantes de São Paulo ao lado dos mais conceituados chefs, degustando os melhores vinhos disponíveis no mercado brasileiro e acompanhando o crescimento do consumo da bebida de Baco entre os brasileiros, que ao longo dos anos descobriram como apreciar o vinhos e todas as suas qualidades, os sócios Araújo e Fabiano Aurélio decidiram investir em um negócio próprio. Um lugar onde cada garrafa fizesse parte da história. Uma referência para quem é apreciador de bons vinhos, onde se pode beber a qualquer hora do dia, simplesmente pela vontade de brindar.

Neste charmoso bistrô com ares interioranos, decoração rústica, música agradável, atendimento muito simpático e com uma seleção de vinhos que não assusta sendo simples demais e também não surpreende sendo caro demais, mas tendo bons vinhos de grande qualidade, os sócios praticam a cultura do "amigo do vinho" aplicando os preços mais atrativos possíveis, com uma mínima margem sobre o preço de custo, o que, infelizmente, não é a realidade de nosso mercado atual. Deste modo todos podem ter o prazer de degustar um vinho aliado a um bom prato, desfrutar de momentos agradáveis e de quebra o estabelecimento contribui com a promoção da cultura do vinho na cidade de São Paulo.

O menu assinado pela Chef Renata Braune (até lembra nome de doce, né?) não apresenta nada de frescura de cozinha molecular e este espetáculo circense-gastronômico que alguns chefs gostam de fazer, é um menu bem apetitoso, substancioso e que agrada a todos os paladares. Uma preocupação tida entre a Chef e os sócios foi a harmonização, de modo que o menu foi elaborado seguindo as propostas de vinhos do estabelecimento.

RECOMENDO que todos vão conhecer esta simpática casa que fica nos jardins, bem próximo à Av. Paulista.

Eu ADORO vinho.
Por isso, desde que soube da inauguração deste winebar eu fiquei curiosíssima para conhecê-lo. Finalmente, estive lá esta semana e gostei muito.
Tudo começou com a reserva que fiz via Grubster. Cerca de 30 minutos antes de chegar ao local.
A localização é excelente. Fácil acesso. Tentei parar o carro na rua, mas foi impossível. Estacionei no prédio ao lado do Rubi. Este estacionamento tem convênio com o bar e por isso o valor pago foi um pouco menor, mas caro, como todos os estacionamento da região dos Jardins.
Chegando ao bar, já fique positivamente surpresa por encontrar uma mesa bem localizada e já com a reserva em meu nome. Ou seja, o atendimento ao protocolo Grubster não apenas atendido, mas também valorizado.
A casa é bonita, bem decorada, iluminação baixa e várias velinhas espalhadas pelas mesas. Extremamente romântico.
O cardápio é bem simples, mas atende aos mais variados gostos e tamanho da fome. Estávamos com pouca fome, por isso, optamos por porcões de bruscheta e por uma porção de polenta grelhada com ragu de calabresa. A bruscheta é bem simples, nada especial. Já a polenta era bem gostosa. Como boa entendedora de polenta (outra iguaria que eu adoro) avalio que esta está num patamar elevado de 'gostosura'.
A carta de vinho é boa e democrática, atende vários gostos e bolso. Optamos por um francês de preço médio e não nos arrependemos. Servido em uma temperatura adequada, taças específicas para a boa degustação.
Pude perceber que a equipe entende bem do tema e está aberta à dar orientações e sugestões no pedido.
Por fim, o café servido é bem saboroso. Fechou com chave de ouro uma noite extremamente agradável.
Os preços são bem competitivos.
Gostei muito e voltarei com certeza.
Recomendo.

Me empolguei de vez com essa edição do Restaurant Week e aproveitei para conhecer um lugar perto do meu trabalho que está participando do evento, o Rubi Wine Bar. Provavelmente já passei em frente de lá diversas vezes, mas nunca havia reparado no local, até ver o anúncio do RW na frente.

O restaurante é bem pequeno (por dentro e fora) mas muito agradável, com paredes terracota, tijolos aparentes e som gostoso (estava tocando musicas antigas e calminhas, jazz e Beatles). O serviço foi super atencioso. Estive lá no almoço, e o menu era o seguinte:

Entrada: Pedi a bruschetta de cogumelos na manteiga, estava bonita e gostosa.

Prato: Optei por filé mignon com queijo azul e batatas rústicas. A carne estava macia e saborosa, e as batatas também estavam ótimas. O queijo tinha sabor bem forte e era muito bom, pena que super regulado.

Sobremesa: Escolhi o tiramissu. Já comi alguns por aí bem sem graça, mas felizmente, o de lá estava gostoso (era bem cremosinho).

Para todos os pratos, eles sugerem também algumas opções de vinho para harmonizar (R$15, a taça). Em resumo, não consideraria uma experiência memorável que tenha me deixado morrendo de vontade de voltar, mas achei a comida bem gostosa e o ambiente bonitinho. Achei que o cardápio do RW vale bem a pena, e certamente não me arrependi. Se morar ou trabalhar pela região, vale a visita.
Exibindo 12 opiniões | Total de 12 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Rubi Wine Bar? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: