Restaurante Roma

nota 3.9 de 5 em 11 opiniões
| Rank: 20º de 68 | Restaurantes Italiano


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Ontem a noite tive uma péssima surpresa no restaurante Restaurante Roma, que fica na 511 Sul. Fomos eu e mais 13 pessoas para um jantar de confraternização e desde quando cheguei eu percebi o garçom sendo ríspido (pelo menos comigo, com os outros não observei). O pedidos demoraram muito para chegar.

Na hora de ir embora, eu pedi uma parcial e a maquininha do cartão para pagar a minha parte, depois de uma longa demora tive que pedir mais duas vezes até o garçom trazer a parcial.

O conta veio, estávamos conferindo quando o garçom chegou com outra conta que continha uma cerveja a mais que havia sido pedida e que não constava na primeira parcial. Ocorre que a diferença de uma conta para outra foi de mais de R$ 30,00 sendo que a diferença era apenas uma cerveja.

A gente questionou o garçom que, sendo sempre ríspido,se limitou a dizer que não sabia de nada que a máquina registra automático e que era isso mesmo. Eu perguntei pra ele onde estava a conta anterior pra gente comparar e ele já começou a ser grosseiro comigo dizendo que já tinha levado e que a conta era essa que estava na mesa. Tive que insistir muito pra ele ir buscar a conta anterior e ele saiu xingando e falando palavrão.

Quando voltou praticamente jogou o papel na minha cara falando "taí garoto vc nao tem nada que ficar falando não, tem duas cervejas a mais" Só faltou me chamar de moleque.

Um dos amigos da mesa falou que o garçom estava muito nervoso, que a gente só queria comparar as contas. E o garçom começou a discutir e levantar a voz pra gente, quase gritando.

A gente pediu para chamar o gerente, que não íamos mais conversar com o garçom pq ele estava alterado.O garçom falou que não ia chamar ninguem, que o gerente estava ali na frente e que se a gente quisesse que fosse lá falar com ele.

A gente insistiu para ele chamar o gerente e ele gritando disse que nao ia chamar ninguem. Eu até ia lá no gerente mas o pessoal da mesa achou melhor nao criar mais confusão, pagamos a conta sem dos 10%. Eu vi o garçom reclamando com o gerente, ele sabia do que estava acontecendo e com certeza ouviu o garçom gritando com a gente e não se deu ao trabalho de sequer ir lá ver o que estava acontecendo (sendo que éramos a única mesa com pessoas na hora). Qdo passei pelo gerente nem olhou na minha cara.

Taí um restaurante dito "fino" e "tradicional" tratando clientes asism. Pretendíamos frequentar o restaurante mais vezes, já que nos reunimos semanalmente e esse atendimento fez com que um grande grupo de pessoas não volte mais a pisar no estabelecimento
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

Ontem a noite tive uma péssima surpresa no restaurante Restaurante Roma, que fica na 511 Sul. Fomos eu e mais 13 pessoas para um jantar de confraternização e desde quando cheguei eu percebi o garçom sendo ríspido (pelo menos comigo, com os outros não observei). O pedidos demoraram muito para chegar.

Na hora de ir embora, eu pedi uma parcial e a maquininha do cartão para pagar a minha parte, depois de uma longa demora tive que pedir mais duas vezes até o garçom trazer a parcial.

O conta veio, estávamos conferindo quando o garçom chegou com outra conta que continha uma cerveja a mais que havia sido pedida e que não constava na primeira parcial. Ocorre que a diferença de uma conta para outra foi de mais de R$ 30,00 sendo que a diferença era apenas uma cerveja.

A gente questionou o garçom que, sendo sempre ríspido,se limitou a dizer que não sabia de nada que a máquina registra automático e que era isso mesmo. Eu perguntei pra ele onde estava a conta anterior pra gente comparar e ele já começou a ser grosseiro comigo dizendo que já tinha levado e que a conta era essa que estava na mesa. Tive que insistir muito pra ele ir buscar a conta anterior e ele saiu xingando e falando palavrão.

Quando voltou praticamente jogou o papel na minha cara falando "taí garoto vc nao tem nada que ficar falando não, tem duas cervejas a mais" Só faltou me chamar de moleque.

Um dos amigos da mesa falou que o garçom estava muito nervoso, que a gente só queria comparar as contas. E o garçom começou a discutir e levantar a voz pra gente, quase gritando.

A gente pediu para chamar o gerente, que não íamos mais conversar com o garçom pq ele estava alterado.O garçom falou que não ia chamar ninguem, que o gerente estava ali na frente e que se a gente quisesse que fosse lá falar com ele.

A gente insistiu para ele chamar o gerente e ele gritando disse que nao ia chamar ninguem. Eu até ia lá no gerente mas o pessoal da mesa achou melhor nao criar mais confusão, pagamos a conta sem dos 10%. Eu vi o garçom reclamando com o gerente, ele sabia do que estava acontecendo e com certeza ouviu o garçom gritando com a gente e não se deu ao trabalho de sequer ir lá ver o que estava acontecendo (sendo que éramos a única mesa com pessoas na hora). Qdo passei pelo gerente nem olhou na minha cara.

Taí um restaurante dito "fino" e "tradicional" tratando clientes asism. Pretendíamos frequentar o restaurante mais vezes, já que nos reunimos semanalmente e esse atendimento fez com que um grande grupo de pessoas não volte mais a pisar no estabelecimento
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Quem passa pela W3 Sul e vê a fachada do Roma não tem ideia de como é o ambiente do restaurante. Eu mesmo imaginava um lugar decadente e mal frequentado. Mas após ler resenhas aqui e acolá, decidimos conhecê-lo. Trata-se de um local reservado, com uma fonte nos fundos do salão. A iluminação me parece ser propositadamente meia luz. Nas paredes, quadros temáticos romanos. A música de fundo fica num volume que não incomoda e dá um clima mais aconchegante. Apesar desse conjunto todo, é um restaurante relativamente simples e frequentado majoritariamente por famílias.
Inaugurado em 1960 - e a casa faz questão de destacar isso no letreiro e na louça - o Roma é o mais antigo restaurante em funcionamento no Plano Piloto. Serve comida italiana, mas não só. Para quem esperaria apenas por massas e pizzas, o tradicional cardápio surpreende pela variedade de opções de carnes (entrecôte) e peixes, entre outros.
Por ter sido nossa estreia, investimos no carro-chefe da casa: o filé à parmigiana acompanhado de massa (pode ser espaguete, talharim ou nhoque) - optamos pelo talharim com molho de tomate. O prato, que custa R$ 86,90 e serve duas pessoas, veio rápido - não sei até que ponto o fato de o restaurante ainda estar com pouco movimento naquela hora contribuiu para isso. O filé estava macio, e junto com o bom talharim constituiu um farto almoço, mas sem sobras. De sobremesa, pedi o mousse de maracujá com calda, muito bom.
Gostei do atendimento. Rápido, prestativo e objetivo. Mal esvaziávamos os pratos e os garçons vinham nos servir. Aliás, a casa tem um bom número deles, que pelo jeitão e cabelos grisalhos, parecem ser antigos na casa.
Só me estranhou o fato de o Roma ter vencido na categoria Bom e Barato no "Comer & Beber" da revista Veja Brasília. Os pratos podem ser (e são) realmente bons, mas não os considero baratos. Os preços são medianos, eu diria.
Um dos restaurantes de pratos italianos mais antigos e tradicionais na cidade, localizado na W3 sul, o Restaurante Roma tem um ambiente simples mas agradável. Ao chegar, rapidamente o garçom veio nos atender com o cardápio.
Era dia de semana de noite e o estabelecimento estava vazio ainda.
Pedimos o bife a parmegiana com talharim que chegou muito rapidamente, estava bem quente e em ótimo estado, bem servido para 2 pessoas. A parmegiana estava muito macia e o molho muito saboroso, o que combinou bem com o talharim.
Para sobremesa pedimos um doce com muito coco que estava bem leve e gostoso.
O ambiente é simples, sóbrio, com algumas ilustrações de locais italianos na parede, mas poderia ser mais sofisticado.
Para quem aprecia uma boa comida italiana, vale a pena conhecer. Ainda voltaremos para experimentar outros pratos.
O preço é médio alto, mas para uma boa comida e atendimento.

via Android

Por fora, tem aquele clima de restaurante bem antigo (54 anos de funcionamento, não é pra qualquer um). Mas a entrada no restaurante costuma surpreender aos que estão indo pela primeira vez. O local é bem agradável, com uma decoração tipicamente italiana. A fonte localizada ao fundo dá um toque especial, além dos diversos quadros que remetem à Itália e da música ao fundo, bem relaxante.
A comida costuma sair bem rápido, mesmo em dias como um movimento maior. O carro chefe da casa é o Filé à parmegiana, bem suculento e saboroso.
O preço é similar ao de outros locais com propostas similares, e creio que a localização também influencia nos valores. Temporariamente, existe um rodízio de Parmegiana de segunda à sexta, no valor de R$47,90 por pessoa, que é extremamente válido aos admiradores de uma boa quantidade do prato. O frango à parmegiana não agradou tanto como o filé, mas também se mostrou saboroso. As massas também são ótimas pedidas como acompanhamento.
Além de um local bom para levar a família, parece ser uma boa opção para um jantar à dois, e possui um bom clima para quem aprecia um encontro à moda antiga. Vale conhecer.

Nossa como é antigo este Roma! Lembro de ir com meus pais e irmãos para almoço de final de semana. Sempre tradicional e muito melhor depois da reforma. Lógico que essa reforma já faz um tempinho... e que tempinho! Sua inauguração foi em 1960, por isso digo tradicional. As pizzas do Roma são uma delícia, principalmente a de sabor Portuguesa. O restaurante é a La Carte e também tem o serviço Delivery.
Bem decorado e a sua decoração segue os moldes das cantinas italianas, oferece um atendimento muito bom, pois os garçons são super atenciosos. Aliás, pelo tempo que frequento, nada a reclamar, é lógico que com o passar dos anos, a experiencia vai te dando suporte. E é o que aconteceu com o Roma.

Em um restaurante, o ambiente e o atendimento são tão importantes quanto a comida. Sendo assim, falarei do Restaurante Roma, na 511 sul, na via W3. Parece-me que suas cinco décadas trouxeram alguma experiência ao estabelecimento.

Logo ao chegar fui muito bem recebido pelos garçons que prontamente me indicaram um lugar. Sentei-me. Comecei a reparar no ambiente ao meu redor. Não é nada muito sofisticado, mas o conjunto funciona: quadros da Roma antiga, colunas de tijolos aparentes, uma pequena cachoeira (ou
fonte, pra quem preferir) com pedras e samambaias, no fundo do salão.

Na verdade, a decoração chega a parecer um pouco brega. Mas como disse: funciona!

Música instrumental, bem baixinha, ao fundo (destaque para a seleção musical, que contava com “O seu nome eu escrevi na areia/ A onda do mar apagou/ Em cada pôr de sol, a saudade incendeia,/ Meu coração…”). O ambiente é tão agradável que tem de cuidar pra não cochilar, hehe.

Os garçons estão sempre por perto e atentos. Não ficam perguntando nada. Mas ao menor sinal de olhos que o cliente faça, eles se aproximam para atender.

Trouxeram o cardápio, que me conquistou logo no início com o seguinte trocadilho, impresso no rodapé de todas as páginas: “Quem tem boca, vai ao Roma”.

Ao passar os olhos no cardápio, decidi-me pelo Filé à Parmegiana com arroz e fritas. Pedi também uma jarra de suco de laranja.


O prato chegou muito rápido, em menos de 15 minutos. A porção de carne é muito bem servida para duas pessoas. O garçom, com muita habilidade me serviu e foi pro seu canto. Nada de ficar tagarelando com os colegas. São realmente profissionais. O arroz e a batata frita estavam bons. Mas o filé estava divino, bem macio e com bastante molho. Ah, sim, o molho de tomate não estava nem um pouco ácido.

Houve um detalhe que eu achei muito legal: estava acabando meu prato, faltava a última garfada. O garçom ficou espreitando, de longe, olhando meu prato de rabo de olho. Assim que eu acabei e descansei os talheres, ele veio e buscou o prato, perguntando se desejávamos algo mais.

Sinceramente, Brasília precisa aprender com os garçons do Roma! Em quase todos os outros estabelecimentos da Capital pagamos muito mais caro e recebemos um atendimento sofrível.

Recomendo.

E não é por nada não, mas acho que o Roma estará por aí por várias décadas ainda…
Foto opinião do Gustavo Carneiro sobre Restaurante Roma

O roma é daqueles restaurantes beeem tradicionais, em que você se sente de volta aos anos 80... a decoração do lugar deve ser desta época, se não mais antiga.
No entanto, o atendimento sempre cordial dos garçons e o filé a parmigiana valem a pena. Certamente um dos melhores de Brasilia.
Primeira opinião do lugar

Um restaurante que almoço desde de criança. Os garçons me chamam pelo nome, conhecem meus pais e sabem como gostamos da nossa refeição.
O carinho e atenção relevam os pequenos defeitos. A arquitetura antigua, precisa de uma reforma, as toalhas de mesa desfiadas e outros pequenos detalhes passam despercebidos.
Sempre pedimos no almoço o "a parmegiana".
Comida simples mas bem feita.
Você conhece o Restaurante Roma? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: