Eleito pela Revista Veja como o melhor Natural de Salvador.

O Buffet oferece diferentes tipos de saladas e pratos quentes, feitos com produtos orgânicos.



Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Quando o assunto é restaurante de comida natural, naturalmente (desculpem o trocadilho) os carnívoros de plantão torcem o nariz. O preconceito existe e não temos como lutar contra isso. Nós mesmos tínhamos a impressão de que duas horas após almoçar em um restaurante natural já estaríamos com fome novamente. Isso até o Calorias Na Medida mudar nossa opinião e abrir nossas mentes para a cozinha saudável. Aproveitando o clima de dieta, decidimos dar uma chance ao famoso A Saúde Na Panela, que já nos havia sido indicado por alguns leitores. Opiniões à parte, veja o que achamos com sinceridade.

O atendimento: bom.
Por se tratar de um self service por quilo, o atendimento se resume aos funcionários que nos tiram dúvidas no buffet, o garçom que tira os pedidos de bebidas e sobremesas e o caixa. Nesse circuito, não temos do que reclamar. A funcionária do buffet, inclusive, foi bastante paciente com a gente, diante da nossa imensa frustração de não encontrar uma opção de grelhado sequer à disposição, sugerindo outras fontes de proteína.

O local: bom.
No fim de linha da Pituba, entre a Rocca Forneria/Tortarelli e a Pão & Mais, ao lado da Nutrimaster. O acesso é fácil. Estacionamos em um terreno do outro lado da rua, sem muita segurança. Este é o único problema que podemos apontar na localização. Há algumas vagas na porta, mas são apenas três ou quatro.

O ambiente: básico.
Em um único salão, A Saúde na Panela reúne 100 lugares. É clean, é climatizado, mas não nos conquistou. A mensagem que nos passa é a de “sirva-se, coma e vá embora”. Além do quê, achamos que há mesas demais para um ambiente único. Tudo bem que é um restaurante por peso, mas talvez pela fama, esperávamos mais cuidado nesse aspecto.


A comida: razoável.
Se você é fã, por favor, não nos odeie. O fato é que, dada a fama, fomos esperando demais do lugar e, ao não acharmos sequer um grelhadinho, ficamos absolutamente frustrados. Vale lembrar que o conceito que o restaurante passa é o de saudável e natural, não vegetariano. Já ouvimos falar de soluções incríveis para aqueles que não comem carne, com soja e etc. e esperávamos um menu mais criativo, como o do Calorias Na Medida ou o do Orgânico.

Importante dizer que NADA do que provamos estava ruim. Mas também não achamos nada delicioso. O que mais chamou nossa atenção foi a lasanha vegetariana, o rocambole de cenoura e os quibes assados recheados de ricota. Ficamos decepcionados, mas talvez quem precise seguir uma dieta mais regrada possa ver no restaurante Saúde na Panela uma opção viável e satisfatória para o dia a dia.

As bebidas disponíveis são sucos, água e água de coco, que acabamos não pedindo, mas vimos que os copos de suco não são grandes. Há também sobremesas, como sorvetes, salada de frutas, tortas e bolinhos, mas também preferimos aproveitar a “folga” para comer nossos doces favoritos na versão normal em outro lugar. A Saúde Na Panela também oferece ceias.

A conta: muito boa.
Contrariando a fama de que comida saudável é comida cara, a conta não foi alta. O Prato 1 custou cerca de R$ 14 e o Prato 2, R$ 12 aproximadamente.

Classificação final: OK.
Admitimos que talvez não sejamos o público do restaurante, mas achamos que, pela sua especialidade no assunto, o Saúde Na Panela ofereceria opções mais criativas para quem tem restrições alimentares. De toda forma, ruim não é.

Indicamos para refeições do dia a dia para pessoas que optam pelo estilo de vida vegetariano. Para quem só quer sair da rotina e comer algo saudável porém gostoso, indicamos outros restaurantes.
avaliações recomendadas

Sou uma apreciadora de carne , mas ás vezes é bom variar.
O lugar é agradável demais, a musiquinha é sempre ambiente, o atendimento é muito bom, são poucos garçons, mas muito atenciosos.
A comida é muito boa, o serviço é self-service, o buffet tem uma variedade impressionante.
Sinceramente, não sei como conseguem fazer tanta coisa com tanta restrição, pois eles não fazem nenhum alimento que utilize ovo, leite natural, açúcar branco e óleo, imaginem?! Como dá para cozinhar assim?
A comida é muito boa, mas as sobremesas são maravilhosas, sugiro: o pavê, o sorvete de ameixa e também tem um bolo de laranja que vem com sorvete no meio, na dúvida pergunte a um dos garçons, eles vão dizer quais saem mais e com certeza você não vai se decepcionar.
Ah! Se você não é vegetariano, não fique com medo, lá tem tanta coisa que você não vai sentir a falta da carne no prato, pode confiar!!!
Vale a visita e a degustação.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Ótimo restaurante pra quem está em dieta! O preço é que não é lá compensador, a comida poderia ser um pouco mais condimentada, a comida é a cara dos clientes habituais, pseudos intelectuais classistas com ares higienistas.
A ambientação é fria e excessivamente clean, lembra refeitório de hospital.
Como gosto de comida natural durante a semana, e é o único aqui perto do meu trabalho vou sempre, mas sempre digo: o melhor restaurante vegetariano/natural da cidade é o Health Valley na Av. Joana Angélica, Piedade.

via iPhone

Sou super adepta de uma alimentação saudável, por isso gosto de freqüentar esse restaurante, que serve além de pratos leves, bem gostosos. Quando se fala em vegetariano pensa-se apenas em folhas, mas aí ta o engano; a saúde na panela traz uma variedade de saladas e pratos quentes, todos sem carnes, e muitos gostosos. Tem uma sobremesa que é uma maravilha, o pudim de tapioca, n deixe de experimentar!! Vale a pena conferir...
Preço - salgadinho!!!

Quando o assunto é restaurante de comida natural, naturalmente (desculpem o trocadilho) os carnívoros de plantão torcem o nariz. O preconceito existe e não temos como lutar contra isso. Nós mesmos tínhamos a impressão de que duas horas após almoçar em um restaurante natural já estaríamos com fome novamente. Isso até o Calorias Na Medida mudar nossa opinião e abrir nossas mentes para a cozinha saudável. Aproveitando o clima de dieta, decidimos dar uma chance ao famoso A Saúde Na Panela, que já nos havia sido indicado por alguns leitores. Opiniões à parte, veja o que achamos com sinceridade.

O atendimento: bom.
Por se tratar de um self service por quilo, o atendimento se resume aos funcionários que nos tiram dúvidas no buffet, o garçom que tira os pedidos de bebidas e sobremesas e o caixa. Nesse circuito, não temos do que reclamar. A funcionária do buffet, inclusive, foi bastante paciente com a gente, diante da nossa imensa frustração de não encontrar uma opção de grelhado sequer à disposição, sugerindo outras fontes de proteína.

O local: bom.
No fim de linha da Pituba, entre a Rocca Forneria/Tortarelli e a Pão & Mais, ao lado da Nutrimaster. O acesso é fácil. Estacionamos em um terreno do outro lado da rua, sem muita segurança. Este é o único problema que podemos apontar na localização. Há algumas vagas na porta, mas são apenas três ou quatro.

O ambiente: básico.
Em um único salão, A Saúde na Panela reúne 100 lugares. É clean, é climatizado, mas não nos conquistou. A mensagem que nos passa é a de “sirva-se, coma e vá embora”. Além do quê, achamos que há mesas demais para um ambiente único. Tudo bem que é um restaurante por peso, mas talvez pela fama, esperávamos mais cuidado nesse aspecto.


A comida: razoável.
Se você é fã, por favor, não nos odeie. O fato é que, dada a fama, fomos esperando demais do lugar e, ao não acharmos sequer um grelhadinho, ficamos absolutamente frustrados. Vale lembrar que o conceito que o restaurante passa é o de saudável e natural, não vegetariano. Já ouvimos falar de soluções incríveis para aqueles que não comem carne, com soja e etc. e esperávamos um menu mais criativo, como o do Calorias Na Medida ou o do Orgânico.

Importante dizer que NADA do que provamos estava ruim. Mas também não achamos nada delicioso. O que mais chamou nossa atenção foi a lasanha vegetariana, o rocambole de cenoura e os quibes assados recheados de ricota. Ficamos decepcionados, mas talvez quem precise seguir uma dieta mais regrada possa ver no restaurante Saúde na Panela uma opção viável e satisfatória para o dia a dia.

As bebidas disponíveis são sucos, água e água de coco, que acabamos não pedindo, mas vimos que os copos de suco não são grandes. Há também sobremesas, como sorvetes, salada de frutas, tortas e bolinhos, mas também preferimos aproveitar a “folga” para comer nossos doces favoritos na versão normal em outro lugar. A Saúde Na Panela também oferece ceias.

A conta: muito boa.
Contrariando a fama de que comida saudável é comida cara, a conta não foi alta. O Prato 1 custou cerca de R$ 14 e o Prato 2, R$ 12 aproximadamente.

Classificação final: OK.
Admitimos que talvez não sejamos o público do restaurante, mas achamos que, pela sua especialidade no assunto, o Saúde Na Panela ofereceria opções mais criativas para quem tem restrições alimentares. De toda forma, ruim não é.

Indicamos para refeições do dia a dia para pessoas que optam pelo estilo de vida vegetariano. Para quem só quer sair da rotina e comer algo saudável porém gostoso, indicamos outros restaurantes.
Primeira opinião do lugar

via Android

Excelente restaurante de comida natural, com uma boa variedade de pratos e sobremesas. Mesmo não tendo nenhum tipo de carne, os pratos são deliciosos, tipo o caruru com vatapá na sexta, feijão tropeiro, cozido, baião de dois, lasagna, macarronada e quiabada que são servidos ao longo da semana, tudo bastante saudável.
Você conhece o A Saúde Na Panela? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)