Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar
A Casa da Torre é um restaurante regional situado na Praia do Forte, bem próximo à Praia - fica quase em frente ao restaurante Terra Brasil.
Fomos Savana e eu e, definitivamente, saímos de lá rolando de tão satisfeitos!
O ambiente é super agradável e conta com dois ambientes. O primeiro, logo na entrada, é coberto e com pouca luz, o que dá um clima bem especial. O segundo fica mais ao fundo do estabelecimento e é descoberto (há um toldo), em que o cliente aproveita todo o esplendor do céu baiano. Nesse ambiente, há um pequeno espaço para as crianças, com alguns poucos brinquedos e, para o deleite de Savana, ramos de jasmim.
No fundo do estabelecimento, também ficam os sanitários (ponto negativo da casa, pois são apertados e a limpeza não é a das melhores e mais constantes, pois havia papéis no chão, sanitário e pias sujas...) e a cozinha.
Como sou bem chato (rs), fui dar uma espiada na cozinha e não me arrependi do que vi. Tudo parecia bem limpo e organizado, havendo, inclusive, uma divisão entre a parte onde eram preparados os alimentos, a parte de limpeza e de despacho dos pedidos. Ponto mais que positivo.
Pois bem, vamos agora para o que interessa.
O cardápio é muito bom, contando com vários tipos de entrada e pratos principais, o ponto negativo do cardápio fica por conta das sobremesas, são apenas 3 tipos, doce regional, sorvete do dia e bolo com sorvete do dia... ou seja, além da pouca variedade, você não sabe o que tem a sua disposição...
De entrada, recomendo o bolinho frito de peixe com ervas (R$ 3,50 a unidade) e o pão com lula (R$ 10,00). Este último, cabe salientar, a lula é muito bem preparada, no azeite e alho, de uma forma que não fica borrachuda (até Savana provou - pasmem!) - o pão é produzido na própria casa e é muito saboroso!
OS pratos principais giram em torno da casa dos R$ 45,00 a R$ 70,00, e a maioria serve, muito facilmente, a duas pessoas (a exceção é a mariscada que serve 4 e "bate" na casa dos R$ 100,00).
Pedimos uma moqueca de camarão que estava divina! Se não me engano, custa R$ 55,00 e serve de duas a três pessoas. Acompanha arroz branco, pirão e uma farofinha de dendê extremamente deliciosa e crocante.
A moqueca estava muitíssimo bem preparada. Tempero divino, aquele gostinho de leite de coco de verdade, camarão graúdo e limpo (sem aquelas "tripinhas" de excremento), caldo grosso... já deu até fome!!
As bebidas também são boas, para quem bebe, a casa conta com roskas saborizadas com ervas, como hortelã, capim santo... vale a pena provar!
O serviço é muito bom também, logo que o cliente entra no estabelecimento, algum funcionário logo o atenderá. Além de que, constantemente, os mesmo passam verificando se está tudo bem, mas não é aquela coisa chata, é um acompanhamento diferenciado.
Gostei bastante e assim que puder volto para provar os outros pratos!
avaliações recomendadas
Comida justa com um preço razoável, dê risada com os nomes dos pratos ao escolher pelo menu... muito legal pra juntar um grupo de amigos! Boa opção na Praia do Forte, onde tudo é super caro. Comida tradicional com tempero na medida certa. Recomendo a todos excelente ambiente e atendimento. fiquei de barriga cheia.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Na ocasião de nossa visita, Alex soltou uma frase que preciso reproduzir aqui, já que ele não falou na resenha dele: "Dou cinco estrelas pq não posso dar seis". Cinco estrelas para o A Casa da Torre com louvor! Se o restaurante ficasse em Salvador, já seria o meu favorito para todas as ocasiões.

Aberto em 2010, busca trazer um toque contemporâneo para a culinária regional. Por lá, você vai encontrar as tradicionais moquecas, mariscadas e etc, mas tudo com uma pitada de requinte, como as caipiroscas aromatizadas com ervas. Um dos destaques é a que leva morango, tangerina e manjericão... não provei, mas deve ser bem diferente. Outra bebida diferentosa é o chopp de mangaba de fabricação própria.

Olhando assim vc pensa que vai gastar o 13º, né? Que nada! Os preços são bem acessíveis. Nem parece que estamos na Praia do Forte! Quer um exemplo? Uma porção de anéis de lula marinados acompanhada de cesta de pães caseiros e quentinhos custou R$ 12. Até eu, que não sou nada chegada em lula, provei e gostei. Outro exemplo: sabe ~AQUELE~ bolinho de peixe famoso de Praia do Forte? Aqueeeele... daqueeeele bar? Pois bem. Lá n'A Casa da Torre você pode encontrar um bolinho igualmente saboroso (R$ 3,50 a unidade), igualmente verdinho por dentro, mas em um tamanho maior e em um ambiente muito, mas muito mais aprazível. Ah! Isso sem falar no atendimento, que foi nota 10 desde a chegada até a saída! Todo mundo sabe o quão raro é isso por estas bandas, né?

Como prato principal, eu e Alex escolhemos a moqueca de camarão, que chega acomodada em uma panela de barro com tampa, mantendo a temperatura ideal durante toda a refeição. Ao destampar a tal panela, fomos envolvidos por aquele aroma característico de dendê + leite de coco + panela de barro. A melhor das surpresas: porção bem servida, caldo grosso, camarões grandes, macios e LIMPOS! Se já tinha roubado meu coração com o bolinho e o bom atendimento, esse foi o golpe final que me ganhou de vez. Os acompanhamentos vieram em boa quantidade para duas pessoas famintas e até sobrou um pouco de arroz, coisa que nunca acontece.

Para finalizar, o ambiente: é fato que o banheiro feminino estava precisando de uma limpeza, um cuidado a mais, mas não tirou o brilho da minha visita de forma alguma. O ambiente é muito agradável, ventilado e perfumado por um pé de jasmim poeta. Na trilha sonora, dentre uma série de músicas que eu não conhecia, tocou Tulipa Ruiz. Tinha como ficar melhor? Não, não tinha.
Primeira opinião do lugar
A Casa da Torre é um restaurante regional situado na Praia do Forte, bem próximo à Praia - fica quase em frente ao restaurante Terra Brasil.
Fomos Savana e eu e, definitivamente, saímos de lá rolando de tão satisfeitos!
O ambiente é super agradável e conta com dois ambientes. O primeiro, logo na entrada, é coberto e com pouca luz, o que dá um clima bem especial. O segundo fica mais ao fundo do estabelecimento e é descoberto (há um toldo), em que o cliente aproveita todo o esplendor do céu baiano. Nesse ambiente, há um pequeno espaço para as crianças, com alguns poucos brinquedos e, para o deleite de Savana, ramos de jasmim.
No fundo do estabelecimento, também ficam os sanitários (ponto negativo da casa, pois são apertados e a limpeza não é a das melhores e mais constantes, pois havia papéis no chão, sanitário e pias sujas...) e a cozinha.
Como sou bem chato (rs), fui dar uma espiada na cozinha e não me arrependi do que vi. Tudo parecia bem limpo e organizado, havendo, inclusive, uma divisão entre a parte onde eram preparados os alimentos, a parte de limpeza e de despacho dos pedidos. Ponto mais que positivo.
Pois bem, vamos agora para o que interessa.
O cardápio é muito bom, contando com vários tipos de entrada e pratos principais, o ponto negativo do cardápio fica por conta das sobremesas, são apenas 3 tipos, doce regional, sorvete do dia e bolo com sorvete do dia... ou seja, além da pouca variedade, você não sabe o que tem a sua disposição...
De entrada, recomendo o bolinho frito de peixe com ervas (R$ 3,50 a unidade) e o pão com lula (R$ 10,00). Este último, cabe salientar, a lula é muito bem preparada, no azeite e alho, de uma forma que não fica borrachuda (até Savana provou - pasmem!) - o pão é produzido na própria casa e é muito saboroso!
OS pratos principais giram em torno da casa dos R$ 45,00 a R$ 70,00, e a maioria serve, muito facilmente, a duas pessoas (a exceção é a mariscada que serve 4 e "bate" na casa dos R$ 100,00).
Pedimos uma moqueca de camarão que estava divina! Se não me engano, custa R$ 55,00 e serve de duas a três pessoas. Acompanha arroz branco, pirão e uma farofinha de dendê extremamente deliciosa e crocante.
A moqueca estava muitíssimo bem preparada. Tempero divino, aquele gostinho de leite de coco de verdade, camarão graúdo e limpo (sem aquelas "tripinhas" de excremento), caldo grosso... já deu até fome!!
As bebidas também são boas, para quem bebe, a casa conta com roskas saborizadas com ervas, como hortelã, capim santo... vale a pena provar!
O serviço é muito bom também, logo que o cliente entra no estabelecimento, algum funcionário logo o atenderá. Além de que, constantemente, os mesmo passam verificando se está tudo bem, mas não é aquela coisa chata, é um acompanhamento diferenciado.
Gostei bastante e assim que puder volto para provar os outros pratos!
Você conhece o Restaurante A Casa da Torre? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)