Quintal do prado

nota 4.1 de 5 em 11 opiniões
| Rank: 116º de 708 | Bares e Botecos
Mais na região Como chegar

O amplo quintal da casa de Rafael Pereira virou um bar para 150 pessoas que funciona somente às quartas, quintas e sextas-feiras. As receitas, entregues em porções generosas, são de família. Entre elas está o feijão do quintal, escaldado na banha e servido com caldo com lombo desfiado, bacon, linguicinha calabresa, couve e batata palha (R$ 34,00, para quatro pessoas). O costelão de boi é cozido com cravo e canela e depois assado no forno. Guarnecido de mandioca, alimenta seis pessoas (R$ 54,00). Para beber, tem cervejas Stella Artois (R$ 14,90, com 985 mililitros) e Paulistânia (R$ 8,90, com 600 mililitros).

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Só tem um defeito, não funciona todo dia! kkkk Porém, a comida é divina! Fui lá por conta do aniversário de uma amiga, ela havia encomendado o joelho de porco para todos os convidados, mas que delícia! A decoração arranjada com esmero, tudo muito, muito limpinho, o atendimento "de casa", a comida deliciosa, realmente, é de querer voltar todo dia! A cerveja, geladiiiiiinha!

É um lugar muito interessante! Uma casa transformada em bar, mas na qual as adaptações necessárias só foram parcialmente realizadas, o que dá um contraste muito bacana! A entrada é o portãozinho da casa, continuamos pelo corredor do lado de fora da casa, até chegarmos a parte interior, que é bem bacana, espaçosa, com boas mesas... tudo que um bar bacana precisa!

Eu sentei na varanda da entrada da casa, o que acabou por dar um ar ainda maior de "estou em casa"!

Cervejas: Começamos pela Paulistânia, passamos pela Stella, fomos à Norteña e fizemos o caminho inverso novamente... todas bem geladas e deliciosas!

De tira-gosto comemos a costelinha com molho de jabuticaba, acompanhada de mandioca... muito boa também! Nas outras mesas me chamaram a atenção a porção de torresmo (bem carnudo) e o joelho de porco. Mas ficaram para a próxima!

Atendimento excelente também!

Esse é simplesmente fantástico. Um bar sensacional. Talvez a melhor cozinha de boteco que eu conheça.

Infelizmente a oportunidade de usufruir de lá é pequena, pois o bar só funciona de quarta a sexta, feha cedo e vive lotado, mas com todos esses percalços ainda assim vale a pena demais. Só de pensar na paçoca de carne, na costela, no joelho de porco... melhor parar de pensar...

Pela própria estrutura de funcionamento, o horário e a dificuldade de entrar você pode pensar que o bar te trata como se nõ precisasse de você como cliente, mas não fique triste na hora em que você conhece o Quintal, o seu sentimento vai ser esse mesmo, você rápido chega a conclusão de que você é que precisa dele como prestador.

Para garantir a realização da sua visita ao quintal, o conselho é que você ligue e faça uma reserva. Se você gosta de bar, e gosta de comer, não haverá a possibilidade decepção. O atendimento é top de linha, a cerveja é gelada e o menu, incomparável.

Bar super legal que fica escondido lá no Prado. Digo escondido porque ele realmente fica no quintal da casa dos proprietários e só abre quarta, quinta e sexta, se não me engano. Só fui uma vez, bebi muito, comi muito e gostei muito. O atendimento é muito bom e os garçons sabem explicar os pratos. A cerveja é bem gelada e nunca fica faltando na sua mesa.
Mas o principal são mesmo os pratos deliciosos e diferentes que eles oferecem. O joelho de porco com batatinhas é muito gostoso e enorme. Também gostei muito do feijão do quintal, que é tipo um feijão tropeiro com um tempero muito bom. Também tem vários outros pratos, mas isso exige outras visitas ao lugar, pois eles são muito bem servidos e não dá pra provar tudo em um dia só.
Carnívoros de plantão, prestem bem atenção ao que eu vou dizer!
O Quintal do Prado é um lugar que foi feito para comer BEM, e quando eu digo isso estou falando do Pé de Porco GIGANTE que vende lá.
Eu não sou muito fã de carne de porco mas quem gostar, eu imploro, vá ao Quintal do Prado.
Para pessoas como eu existem porções deliciosas como a de mandioca com linguiça, mandioca com costelinha entre outras.
Tem também coisas feitas com carne de boi, estou postando uma foto do cardápio para vocês verem o que tem e o preço. Bom o preço né, não é um lugar caro, o mais caro que tem é o Joelho de porco que custa R$54,00 e dá tranquilo para 4 pessoas comerem, o problema de lá é que eles só aceitam dinheiro, nenhum tipo de cartão =/.
Mas isso não os impede de ficarem lotados, o lugar abre apenas de Quinta e Sexta e mediante reservas.
Estão no Prado a mais de 10 anos, e dizem que assim funciona muito bem, quem somos nós para contrariar né?!
Ele também ganhou destaque Gastronômico de Belo Horizonte em 2008.
O ambiente é muito aconchegante, é feito no quintal da casa do pessoal mesmo, e tem aquela tática mara de teto móvel, choveu cobriu, fez calor abriu, simples assim.
O atendimento lá é bem bacana, Cassio que nos atendeu foi muito educado e atencioso, sabe de todos os pratos da casa, o que é importante.
Sobre a bebida, MUITOOOO gelada, kekanteiro gosta é disso né!!!
A Brahma custa R$4,70, Bohemia/Original/Heineken R$5,30.
Tem cachacinha da boa lá também pra quem gosta.
Vale a pena né gente!!!!!!
Lugar para estacionar tem na porta, pois é uma rua normal do Prado, mas tem que chegar cedo.
Quero marcar com meus amigos para irem lá saborear, pois tive o prazer de ir na festa de fim de ano da agencia.
Foto opinião do Mi Thomazella sobre Quintal do prado

Não foram necessários mais que dois passos dentro do salão principal e uma olhada geral para desconfiar que estavámos em um bar de qualidade. O cuidado com a decoração no beco da casa de número 821 na Rua Turfa já prenunciava boa coisa, que se confirmou com a acolhida educada do dono a nos indicar uma mesa. E a pergunta vem logo à mente: – Como pude demorar tanto para vir a este local tanto sugerido e elogiado por amigos?
Gostei da descoberta da casa de ajuntar em um mesmo papel o cardápio e a comanda que resolvi fotografá-los de imediato para serem usados como ilustração deste texto, não sem gerar desconfiança dos donos que  logo imaginaram que eu estivesse fazando espionagem.
O dono nos disse que deveríamos ter pedido o joelho de porco que é a especialidade da casa, mas não ficamos com remorso, pois o nosso pedido – Feijão do Quintal a R$28,00 e Costelinha de Porco com Mandioca, acompanhada de Molho de Jabuticaba a R$32,00 – superou as nossas expectaivas, tanto no tamanho das porções como na qualidade. Três Confrarias (R$12,00), que não aparecem no cardápio, acompanharam soberbamente os pratos.
A melhor explicação que encontrei depois para explicar o Feijão do Quintal é um Feijão Tropeiro sem farinha. Muito rico. A costelinha chegou sem nenhum defeito, vigiada pelo olhar atento da dona. Se o prato fosse feito apenas para mim, sugeriria a mandioca frita, mais leve.
A grande surpresa, entretanto, estava reservada para a sobremesa: o Pé de Moleque a R$1,25 cada unidade. O único comentário que saiu das nossas quatro bocas: – É o melhor Pé de Moleque que já comemos em nossas vidas! – E olhe que era opinião de mais de duzentos e vinte anos juntos. E o Humberto, humildemente, aceitou: – É melhor que o Pé de Moleque da minha mãe! – Só não repetimos porque o garçon, quando comandamos quatro unidades, vaticinou: – Vocês vão pedir bis! -, e que não quisemos dar razão a ele.
A casa funciona apenas nas quartas, quintas e sextas e aceita consultas pelos telefones 3332-0982 ou 8876-0982 para a realização de festas e eventos. Boa avaliação para o serviço de garçons; o Sassá Mutema deixou uma impressão muito boa, fazendo um atendimento bom sem ser distante dos nossos interesses, sugerindo sem forçar.
O serviço da cozinha encerra-se às 23:30 e o bar fecha à meia-noite devido à necessidade de se fazer silêncio para a vizinhança. O quintal dispõe de um telhado que abre durante o dia para tornar o ambiente mais agradável e fecha à noite para diminuir o ruído externo. Sugiro ao dono – quando o orçamento permitir – um tratamento acústico neste teto e nas paredes – para deixar o ambiente intyerno meno barulhento.
O joelho de porco ficou para a próxima. Será que estou exagerando na avaliação? Só vocês poderão dizer.
Foto opinião do Augusto Rodrigues Borges sobre Quintal do prado
Primeira opinião do lugar

Quintal do Prado é exatamente a mistura de Quintal com Bar. Saiu do trabalho tá afim de sair com a turma num barzinho diferente e muito bacana? QUINTAL DO PRADO É MARAVILHOSO!
Exibindo 11 opiniões | Total de 11 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Quintal do prado? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: