Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

via iPhone

Local bastante agradável. Fica no Leblon. Tem opção interna e externa. Gostei do filet no queijo brie e o camarão. Tem muitas opções de vinho. Os garçons são atenciosos bem como o proprietário. De lá dá pra fazer outros programas como shopping ou ir a praia. É um local bastante agradável par ir com a família
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

via iPhone

Local bastante agradável. Fica no Leblon. Tem opção interna e externa. Gostei do filet no queijo brie e o camarão. Tem muitas opções de vinho. Os garçons são atenciosos bem como o proprietário. De lá dá pra fazer outros programas como shopping ou ir a praia. É um local bastante agradável par ir com a família
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Agradabilíssimo restaurante no Leblon, RJ.
Para almoço geralmente não há fila porém, no jantar, a espera pode chegar a 2 horas, então tente chegar cedo ou vá sem pressa. Tente reservar a parte externa, é a mais concorrida.

Não deixe de provar o famoso nhoque trufado de funghi (foto), custa r$60,00 e pra quem gosta de massa é sem dúvida a melhor opção. Os pratos são bem servidos pra uma pessoa.
Há uma grande variedade de drinks, média de r$25,00 cada. Há opções de sobremesas tbm, mas o custo benefício não vale tanto à pena como os pratos.

Dica: vá de taxi, pois fica em uma rua movimentada, onde quase nunca há vagas pra estacionar. Se preferir ir de carro, há vallet. O importante é não deixar de conhecer esse excelente restaurante da cidade maravilhosa.
Foto opinião do Jacque Rossetti sobre Quadrucci

Pela terceira vez eu vou e peço o mesmo prato: cherne com chips de batata baroa e risotto do pupunha. DE-LI-CI-O-SO! Meu namorado sempre pede o nhoque de Funghi que é muito gostoso também. O lugar é bom para ir de casal por ser silencioso e pouco iluminado, mas já fui com os amigos e gostei! A caipirinha com picolé é uma boa pedida! Na última vez que fui pedi o mojito (R$17 no cardápio) e fui surpreendida com um mojito de R$25 na conta! Disse ao garçom que ele se enganou e o próprio me apontou o valor de outro mojito, mais caro. Ou seja, fique atento porque os garçons não avisam quando tem o mesmo item com variações no preço e te trará o mais caro.

via iPhone

O Quadrucci é um italiano contemporâneo, tanto na sua gastronomia quanto na decoração. O salão é clean, mas muito charmoso, sendo decorado pela adega que cobre uma das paredes e o moderno bar na parede oposta, mas o espaço mais concorrido é o da varanda, com vista pra badalada rua Dias Ferreira, no Leblon. O ponto negativo são as mesas serem bem coladas umas nas outras... Efeitos do metro quadrado muito caro rs.

O cardápio é tentador, tendo boas opões de entrada, além do couvert bem servido com focaccia, patê e pastinha (R$15) e passeando por massas, risotos e carnes, em pratos leves e com sabor elaborado. Os valores desses pratos principais variam em média entre R$45 e R$90. Quando chegamos na sobremesa, a carta continua a nos agradar com delicadezas como o Duo de creme brulee (meio chocolate belga, meio baunilha), o Fondant de chocolate belga com morangos frescos e o clássico Tiramisu.

Tudo isso acompanhado de uma extensa carta de vinhos com rótulos nacionais e importados.
Estive no quadrucci durante a semana com mais duas pessoas, e de 3, somente 1 saiu feliz.

Apesar do ambiente muito bem decorado- a iluminação é um show a parte- e um atendimento que começa bem com o enorme sorriso da recepcionista, a comida foi uma frustração.
Logo que chegamos pedimos o couvert, afinal- uma das poucas casas da cidade que cobra um preço justo pelo couvert- 4 fatias de foccacia deliciosa com azeite, pate e uma pasta. Realmente valeu muito a pena, um pão delicioso e R$15,00, preço fechado e não por pessoa.

Depois lendo o cardápio, se intaurou uma dúvida em todos- tudo parecia delicioso, depois de muito debate pedimos:
-risoto de lagosta com palmito- foi o melhor risoto com fruto do mar que já comi. Leve , delicioso e a lagosta não cozinhou demais. Absolutamente divino.

- Filé de peixe com purê de baroa e risoto branco- o risoto estava salgado e o peixe seco de tão passado

- o pior do dia: Canelone de siri- intragável. Veio gelado para a mesa, pedi que reaquecessem, voltou com uma película do molho ressecado pelo microondas, e mesmo ignorando esse fato- o sabor era péssimo. Não tinha preparo algum na carne do siri. O que me encheu os olhos no cardápio me fez cruzar o talher na primeira mordida.

Não recomendo

Fui ao Quadrucci com minha esposa e meu filho, acompanhados de um casal com uma filha. O lugar é muito gostoso, bem ventilado, e a decoração é bem bacana.

De entrada fomos de antepastos variados e bruschettas, tudo muito gostoso, embora porções muito pequenas. Para almoçar, pedi um gnochi de fungui com grana padano gratinado, perfumado com trufas. Sensacional, ainda mais que estava acompanhando um Gattinara 1995 Riserva, que levei pra tomar lá. Me cobraram 59 reais de rolha, mas levei duas garrafas, além desse 95 um outro Gattinara, 1988. O pessoal da mesa pediu um entrecote com risoto de funghi, muito elogiado.

A sobremesa, duo de creme brulee, não decepcionou.

Tudo muito bo, atendimento, excelente, porém...os pratos principais tem preço justo, 43 pro gnocchi, 54 pro entrecote. Entradas muito caras pro tamanho reduzido (mais de 30 reais), sobremesa razoável (23).

A sacanagem foi o prato infantil: uma porçao irrisória de fettuccine na manteiga, um paillard de mignon já cortado...37 reais!

Resumindo: muito gostoso, agradável...mas a conta passou de 500 reais pra 4 adultos e duas crianças (que dividiram o prato, mas ficaram com fome).
Estava morrendo de inveja das idas do Diogo ao Rio de Janeiro. Volta e meia ele se atirava pra lá e eu ficava aqui morrendo de inveja pensando que não visitava a cidade maravilhosa desde a época do guaraná com rolha. Eis que o inverno começou no sul do país, e não pensei duas vezes: arrumei uns trapinhos de verão e me mandei para o paraíso. Uma das minhas primeiras paradas foi o Quadrucci, um restaurante sucesso no Leblon.

A dica foi do meu amigo Santiago Ramos, conhecido pelo bom gosto. Logo, não tive dúvidas e fui almoçar lá. O ambiente é pequeno e as poucas mesas garantem o atendimento impecável que recebemos. O bar de azulejos seria uma ótima pedida para uns bons drinks no final do dia, mas estávamos ali para almoçar e preferimos uma das mesas no salão.

Tá, na verdade escolhi uma mesinha estrategicamente posicionada ao lado de uma enorme prateleira de vinhos. Escolhemos um vinho tinto qualquer, porém, que fez muito bem o papel de nos deixar com o rosto mais corado.

Antes dos pratos principais pedimos uma entradinha para ser dividida. Um delicioso Trio de  Bruschettas: cogumelos a provençal perfumados com trufa, tomate com manjericão e rúcula e queijo de cabra com cebolas caramelizadas. Normalmente torço o nariz para queijo de cabra, sei lá, acho o gosto meio amargo. Mas as cebolas caramelizadas quebraram isso e achei a combinação perfeita.

A Daphne não foi muito criativa e fez uma aposta segura no Ravióli de mozzarella de búfala e manjericão ao molho de tomate com cubinhos de berinjela. Nada de novo, mas tudo no ponto certo e a aposta segura acabou sendo uma ótima escolha.

Eu pedi o Nhoque de batata baroa ao creme de cebola com carne seca, queijo coalho e melaço. Gente, não sei nem como explicar esse prato e por isso não vou, humpf! Pode invejar, não julgo.

Sem contar o vinho, gastamos cerca de 110 dinheiros no total. Preço justo pelo lugar, comida e pelo serviço oferecido. Depois disso só nos restou curtir uma belíssima tarde do “rigoroso” inverno carioca.
Foto opinião do Lela Zaniol sobre Quadrucci
Frequento o Quadrucci desde os tempos da chef Maia Van Velthem, que me viciou nos cogumelos paris recheados com gorgonzola. Com a saída da chef Maia, foi o chef Ronaldo Canhas que me pegou pelo estômago.

Seria muita injustiça ter que dizer qual o prato que mais gosto ou o prato que recomendo. Gosto de todos e recomendo todos com força!

Ontem comi a sopa de funghi e abóbora (R$ 25), a salada de rúcula com figos no mel de tomilho, parma e grana padano (R$ 30) - outro vício meu desde a chef Maia, e de sobremesa o crepe soufleé de chocolate e cupuaçú. De comer ajoelhada!!!

Como estava dirigindo, fiquei só na vontade do Caipilé, um "must drink" do quadrucci: Caipirinha de absolut com picolé de frutas. Inesquecível!!!

A rua Dias Ferreira no Leblon é daquelas em que há tantas opções que ficávamos com a sensação de estar perdendo uma oportunidade quando escolhíamos um dos tantos restaurantes.

Dentre as inúmeras opções, está o Quadrucci – Cozinha Italiana[bb]Contemporânea. Gostamos tanto, que fomos La 2 vezes nos curtos 4 dias do carnaval.

O local estava sempre cheio, o que se mostrou um bom indicativo de qualidade.

O cardápio tem um bom tamanho e consegue abarcar vários gostos. A decoração é bonita e o banheiro chama a atenção pelo mecanismo instalado nos vasos sanitários para garantir a higienização.
Entradas

Composição de Filé Mignon (R$35)
Sabor Nota 3,5 em 5 Custo-benefício Nota 3 em 5

Steak tartar, mini medalhões em crosta de castanha do Pará e especiarias e hamburguinho com mostarda Dijon. Acompanhados de chips de baroa ao sal grosso e ervas.

Pratos Principais
Camarões ao molho de ervas em papilote acompanhado de Risoto de Nirá (R$59)

Sabor Nota 4 em 5 Custo-benefício Nota 3,5 em 5

A apresentação desse prato é muito bonita. O risoto de nirá bastante diferente e interessante! Experimentem!

Risoto de Aspargo com Azeite Trufado e lascas de Grana Padano (R$53)

Sabor Nota 3,5 em 5 Custo-benefício Nota 3,5 em 5

Embora um prato menos elaborado, surpreendeu a todos pelo sabor! É o típico prato para não errar!

Nage de frutos do mar – lula, camarão, lagosta e peixe em seu caldo com açafrão e legumes acompanhados de arroz de limão (R$69)

Sabor Nota 3 em 5 Custo-benefício Nota 2,5 em 5

O sabor estava bom, mas o peixe ficou um pouco seco. O prato deve ter ficado pronto antes dos outros da mesa.

Obs: o arroz de limão é servido a parte e não o fotografamos.
Cherne ao molho de capim-limão com risoto de pupunha e chips de batata baroa (R$63)

Sabor Nota 4 em 5 Custo-benefício Nota 4 em 5

O melhor prato da noite! O risoto estava com sabor incrível e no ponto corretíssimo (embora na foto pareça ter passado do ponto). O cherne muito fresco e os chips deram um toque especial ao prato.

Visite o meu blog Notas de Sabor -
Guia de Restaurantes BH- para ver o post original

Da última ida ao Rio experimentei o Quadrucci, que honestamente achei muito médio… prefiro o vizinho de porta, Zuka.

Só para constar, depois do couvert, pedimos um cherne com risoto de pupunha e crisps de baroa.

E risoto de camarão, mascarpone, manga e rúcula.

De sobremesa, mini foundue de chocolate... esse sim, estva ótimo.
Foto opinião do Karine Mariath sobre Quadrucci

Achei o ambiente mto pqno e apertado
o atendimento tbm n é dos melhores
de entrada pedimos: carpaccio (excelente) e o trio de bruschettas (os paes estavam muito duro e a unica que gostamos foi a de tomate)
de principal pedimos: a lasagna scomposta (perde feio pra do la mole, a carne tinha mta gordura e o molho deixou a desejar), o risoto de camarão (o pessoal disse que gostou mas n sentimos firmeza nao, acho pq ele é meio enjoativo), o nage de frutos do mar (a pessoa gostou) e por fim a costeleta de cordeiro (a pessoa tbm gostou)
Exibindo 14 opiniões | Total de 15 opiniões
4 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Quadrucci? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: