Praça Tiradentes

nota 4.4 de 5 em 6 opiniões
| Rank: 12º de 96 | Praças


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar

Cercada de monumentos históricos, teatros importantes e muito perto da Lapa, a Praça Tiradentes – um lugar com grande peso na história do Rio – passa finalmente por um merecido processo de revitalização que culminou com uma profunda reforma realizada pela Prefeitura da Cidade.

A área começou a ser ocupada no final do século XVIII e teve grande importância durante a colônia e império. Depois de ter vários nomes, como Campo dos Ciganos, Campo da Lampadosa, Largo do Rossio Grande, Campo do Polé Praça da Constituição, com a proclamação da República ganhou finalmente o nome de Tiradentes em homenagem ao inconfidente mineiro, que foi enforcado não muito distante dali, na esquina da Avenida Passos com a Rua Senhor dos Passos.

No meio da praça encontra-se a primeira estátua do Brasil, o monumento a D. Pedro I, inaugurado em 1862. A praça que foi um efervescente centro boêmio e um movimentado ponto de parada de bonde andou muitos anos abandonada pelo poder público e dos interesses dos cariocas.

O último ato de libertação foi arrancar as grandes que a cercavam, retirar diversos pontos de ônibus do seu redor e devolvê-la aos pedestres que começam novamente a ocupá-la e a dá-la a atenção que merece.

A vocação boemia e de centro de efervescência cultural é inevitável, já que ao redor se encontra dois dos mais importantes teatros do Rio, o Carlos Gomes e o João Caetano, além da gafieira Estudantina e alguns bares e restaurantes que começam a pipocar indicando o futuro promissor da área.

Sugiro aos que decidirem passear por lá que parem para almoçar na Adega do Pimenta. Um dos meus restaurantes alemães prediletos na cidade.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Essa praça, localizada no Centro do Rio de Janeiro, esbanja sua história através de monumentos, (Escultura de Dom Pedro I, Estátua A Justiça), Teatros ( Carlos Gomes, João Caetano), Real Gabinete Português de Leitura e etc.
Quem vem ao Rio de Janeiro não pode deixar de conhecer este lugar incrível.
A praça faz parte da história do brasil, mas infelizmente a violência tomou conta desse lugar, que nos domingos impossibilita o turista de caminhar pelo local, melhor forma de conhecer essa região!

via Android

Repetindo...ao ponto de ser nunca mais lido. Insisto...dizer, teclar que um lugar; uma Praça uma cidade é melhor do que outra é algo medíocre...mas essa é diferente...foi onde fiz minha 1a. farra...continua quase igual...João Caetano, Carlos Gomes e pombos. Otários. Gente fazendo vidinha...
.
Primeira opinião do lugar

Cercada de monumentos históricos, teatros importantes e muito perto da Lapa, a Praça Tiradentes – um lugar com grande peso na história do Rio – passa finalmente por um merecido processo de revitalização que culminou com uma profunda reforma realizada pela Prefeitura da Cidade.

A área começou a ser ocupada no final do século XVIII e teve grande importância durante a colônia e império. Depois de ter vários nomes, como Campo dos Ciganos, Campo da Lampadosa, Largo do Rossio Grande, Campo do Polé Praça da Constituição, com a proclamação da República ganhou finalmente o nome de Tiradentes em homenagem ao inconfidente mineiro, que foi enforcado não muito distante dali, na esquina da Avenida Passos com a Rua Senhor dos Passos.

No meio da praça encontra-se a primeira estátua do Brasil, o monumento a D. Pedro I, inaugurado em 1862. A praça que foi um efervescente centro boêmio e um movimentado ponto de parada de bonde andou muitos anos abandonada pelo poder público e dos interesses dos cariocas.

O último ato de libertação foi arrancar as grandes que a cercavam, retirar diversos pontos de ônibus do seu redor e devolvê-la aos pedestres que começam novamente a ocupá-la e a dá-la a atenção que merece.

A vocação boemia e de centro de efervescência cultural é inevitável, já que ao redor se encontra dois dos mais importantes teatros do Rio, o Carlos Gomes e o João Caetano, além da gafieira Estudantina e alguns bares e restaurantes que começam a pipocar indicando o futuro promissor da área.

Sugiro aos que decidirem passear por lá que parem para almoçar na Adega do Pimenta. Um dos meus restaurantes alemães prediletos na cidade.
Você conhece o Praça Tiradentes? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)