Praça da República

nota 3.4 de 5 em 62 opiniões
| Rank: 6º de 94 | Praças
Mais na região Como chegar

Antigamente era conhecida como Largo dos Curros. Ali os paulistanos do século XIX se divertiam ao assistir os rodeios e as touradas da época. De lá para cá o nome do espaço mudou várias vezes. Já foi chamado Largo da Palha, Praça dos Milicianos, Largo 7 de abril, Praça 15 de Novembro e finalmente, em 1889, ficou definido Praça da República.

Feira de arte e artesanato aos sábado e domingos, das 9h às 17h

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Decidi encarar ir por carro e deixar nos estacionamentos pelas imediações, quão grande foi minha surpresa nos valores praticados de R$12,00 até 16:00h num lugar a 50m da praça.
Infelizmente, de certa forma, pela circulação regular de estrangeiros os preços dos produtos que não sejam de alimentação tem preços desestimulantes.
Outra percepção é também de muitos produtos estarem perdendo o quesito artesanal sendo então adquiridos nas imediações para depois serem vendidos como de fabricação própria.
Muitos mendigos e dependentes químicos também circulam pela região, exigindo assim muita atenção a lidar com dinheiros e produtos onde a indicação é levar uma mochila de tamanho médio e também para as mulheres, reduzir o tamanho e volume das bolsas.
Embora também muitas barracas há uma visível repetição de produtos além dos tipos de comida, poucos comerciantes tem algum carisma com os visitantes ficando similares a um compre/pague/suma.
É divertido circular por lá porém está exigindo muita atenção durante a visita, podendo refletir num desconforto se desejar aumentar a permanência.
Numa barraca de cozinha baiana, dois pratos pedidos já tinham acabado e deslocando-se para outro optamos por um acarajé no prato, bem preparado a um preço razoável com simpatia exemplar dos donos. Finalizamos num barraca de doces com a mesma simpatia e sabor dos doces.
Por fim, existe um ônibus turístico que infelizmente pratica preços exorbitantes em minha opinião, cobrando R$40 por pessoa e funcionando como um circular, embarca-se num ponto e desembarca-se em outro, fica-se por lá até a passagem de outro sendo um modelo de turismo que sinceramente não entendi e nem simpatizei.
Fora da praça pouco há para conhecer, predominantemente comercial praticamente todos os estabelecimentos fechados.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

A praça da Republica é simplesmente linda, com a natureza abundante e muita cultura em suas feirinhas. Aos finais de semana tem uma excelente feira de artesanato, com quadros, esculturas, roupas, pedras, enfim, Arte. A culinária não fica atrás, oferecendo de doces caseiros maravilhosos até espetos de camarão, acarajés, tempuras, etc.. O problema da praça se concentra no desleixo das autoridades, não cuidando e revitalizando seus espaços. Não retirando e cuidando dos moradores de rua que ali habitam e fortalecendo a segurança, que notadamente se faz falta ali. Uma pena!

Um dos lugares famosos e históricos da cidade de São Paulo no Centro velho, é possível de se chegar na praça da república por metro, linha amarela e vermelha.
A praça da República é um dos lugares obrigatórios para visitar quando estiver conhecendo São Paulo, recentemente esta partindo da praça da república o ônibus da linha turística, vale apena conhecer.
Foto opinião do Igor Leonardo Pereira da Silva sobre Praça da República

Decidi encarar ir por carro e deixar nos estacionamentos pelas imediações, quão grande foi minha surpresa nos valores praticados de R$12,00 até 16:00h num lugar a 50m da praça.
Infelizmente, de certa forma, pela circulação regular de estrangeiros os preços dos produtos que não sejam de alimentação tem preços desestimulantes.
Outra percepção é também de muitos produtos estarem perdendo o quesito artesanal sendo então adquiridos nas imediações para depois serem vendidos como de fabricação própria.
Muitos mendigos e dependentes químicos também circulam pela região, exigindo assim muita atenção a lidar com dinheiros e produtos onde a indicação é levar uma mochila de tamanho médio e também para as mulheres, reduzir o tamanho e volume das bolsas.
Embora também muitas barracas há uma visível repetição de produtos além dos tipos de comida, poucos comerciantes tem algum carisma com os visitantes ficando similares a um compre/pague/suma.
É divertido circular por lá porém está exigindo muita atenção durante a visita, podendo refletir num desconforto se desejar aumentar a permanência.
Numa barraca de cozinha baiana, dois pratos pedidos já tinham acabado e deslocando-se para outro optamos por um acarajé no prato, bem preparado a um preço razoável com simpatia exemplar dos donos. Finalizamos num barraca de doces com a mesma simpatia e sabor dos doces.
Por fim, existe um ônibus turístico que infelizmente pratica preços exorbitantes em minha opinião, cobrando R$40 por pessoa e funcionando como um circular, embarca-se num ponto e desembarca-se em outro, fica-se por lá até a passagem de outro sendo um modelo de turismo que sinceramente não entendi e nem simpatizei.
Fora da praça pouco há para conhecer, predominantemente comercial praticamente todos os estabelecimentos fechados.
Foto opinião do Cleber Baglioni Silva sobre Praça da República

via Android

A praça da República é um lugar onde de tudo um pouco tem ali encontra se a estação do metrô que liga boa parte de são paulo varias linhas de ônibus tem algumas feirinhas ali de artesanato,comida e também como vou de costume la resolver muitas coisas passo sempre pela sete de abril e saiu la na República ai descanso aproveito pra mexer no wifi que grátis que la tem muito boa a praça

Para falar a verdade não gosto do centro de são paulo, alem de ser perigoso é um local feio e fedorento, a noite essa praça da republica fica cheia de trombadinha e com pouca luz, muito propicio para eles agirem, o policiamento não é la essas coisas, passei uma unica vez para nunca mais, tento evitar o maximo.

Uma bonita praça bem ampla e com bastante verde , tem bastante bancos e bastante lugar para caminhar e se divertir , em meio a natureza dependendo o dia pode ser tranquilo ou agitada mas normalmente tem bastante pessoas mas como a praça é grande voce pode encontrar um lugar tranquilo e agradavel para ficar

Ao dia muito movimentado, se tratando de acessibilidade é muito tranquilo dando as opções do pedestre ir no metro da república. Porém a noite à um grande indício de assaltos tanto a pedestres como a quem está dirigindo descuidadamente, mas a segurança do local já está começando a melhorar com alguns pontos policiais normalmente a eventos no local como virada cultural e entre outros.

Na ultima viagem que fiz a São Paulo, passei pela Praça da República e gostei muito do lugar. Trata-se de um lugar bonito e bem cuidado; bem arborizado. Uma boa opção para uma parada de descanso neste dias calorosos. Ali perto está a Secretaria da Educação, um prédio muito bonito. Inclusive a calçada é bonita! Risos.

via Android

A Praça realmente é muito bonita, e vale sua visita durante o dia quando está mais policiada, porém, quando a noite chega, prostituição e roubos dão as mãos e ambos dominam a Praça. Portanto é necessário cuidado em dobro ao cruza-la sozinho, se possível, utilize as saídas dos metrôs logo abaixo.
Exibindo 14 opiniões | Total de 62 opiniões
3 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Praça da República? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)