Praça localizada em Pinheiros onde ocorre todas os sábados a Feira de Artes e Cultura da Benedito Calixto. Ótimo lugar para encontrar artesanatos e produtos retrô.

Avaliar
Salvar
Compartilhar
Oferta

Quer receber ofertas do(a) Praça Benedito Calixto?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores.

Baixe grátis nosso aplicativo e confira as ofertas:

Escolha seu celular:      
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

via iPhone

Praça curta e comprida perto da igreja do Calvário. Tem feirinha de antiguidades aos sábados e várias lojinhas e restaurantes ao redor. Conta também com um espaço gourmet. Fui lá num domingo e mesmo sem a feirinha, ela se fazia muito charmosa. Vale a pena conhecer se você estiver andando pela região. Divirta-se. Recomendo.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
É mandatório conhecer a feirinha da Praça Benedito Calixto em São Paulo.

Sabia muito pouco sobre a feirinha da praça antes de visitá-la, e uma coisa logo me saltou aos olhos quando cheguei: é pequena.

Sim, é pequena, mas muito, muito encantadora! É charmosa, aconchegante e com produtos bem diferenciados.

As barracas da praça, montadas das 9h às 19h aos sábados, contam com peças de antiguidade (a grande maioria muito bem conservada); peças modernas e diferenciadas (telefones coloridos em estilo antigo; vitrolas, etc.); artesanato variado (do tipo que nunca vi em outras cidades do Brasil, com peças bem únicas) e obras de arte. Também há uma praça de alimentação.

Sobre as antiguidades, preciso destacar os artigos. Há muitas barracas comercializando óculos escuros (Não resisti e comprei um! A oferta é enorme...), discos de vinil, prataria (bandejas, jogos de chá, etc.), artigos em cerâmica, louças (sopeiras, vasos, porta-joias, etc.), brinquedos antigos, máquinas fotográficas (e artigos relacionados, como rolos de filmes, holofotes, etc), relógios antigos, dentre outros.

Isso quer dizer que: em que pese pequena, a praça é do tipo que parece enorme pela quantidade de tempo que você passa observado os detalhes de cada barraca.

O caminho

Fomos de metrô. Optamos por descer na estação Faria Lima e andar um pouquinho. No caminho, contemplamos o trecho de lojas de móveis da rua Teodoro Sampaio. Um passeio à parte.

Se você optar por descer na estação Clínicas, vai andar pelo trecho da rua Teodoro Sampaio que tem lojas especializadas na venda de instrumentos musicais. Vale o caminho!

Para quem vai de automóvel, aviso que a área não é nada legal para estacionar. Tem muito menos espaço do que os motoristas gostariam. Chegamos às 15h na praça, e a quantidade de carros esperando uma vaga era de dar dó.

No mais, é bom avisar, ao redor da praça Benedito Calixto, há pequenos bares e diversas lojinhas de produtos igualmente diferenciados, tipo artigos de decoração art-pop, camisetas moderninhas, dentre outras coisas nesse estilo hipster/cult. Assim, vi muitos grupos de jovens reunidos tomando uma cerva e conversando. É tipo point jovem.

A praça de alimentação

Depois de dar uma volta geral na praça, encerramos o passeio na praça de alimentação.

O local estava bem cheio e era bem difícil circular.

Dentre as diversas opções gastronômicas, que vão desde pratos típicos do Nordeste e do Norte aos de outros países, como Portugal, optamos por comer o acarajé da Bahia, que não é tão gostoso quanto os vendidos lá no Nordeste, mas não faz feio.

Pegamos apresentações do pessoal do "Chorinho na Praça". Som muito bem tocado, acompanhado por turistas dançando. Adorei!
Foto opinião do Mari Araujo sobre Praça Benedito Calixto

Aquela praça para ir caminhar, esfriar a cabeça, pensar na vida, um lugar calmo, a Praça Benedito Calixto nos proporciona esses momentos, mesmo uma praça pequena.
Acontece algumas feiras lá, mas, mesmo que não aconteça nada lá, é um bom lugar para conhecer, bom para ir também com a família, ou amigos.

Uma mistura de feira de antiguidades e brechós, com roupas, brinquedos, móveis, discos, cristais, prataria. O local é frequentado como ponto de encontro dos moradores do bairro e recebe a visita de decoradores e produtores de filmes e novelas que vão até ali para garimpar peças. Fui apenas para conhecer o local que é bastante interessante, tanto que já se tornou um ponto turístico da cidade de São Paulo, mas não se iluda com o jeito despojado da feira, as peças não são baratas. A praça de alimentação interna serve petiscos e bebidas ao som de música ao vivo, em alguns sábados não agendados o encerramento é feito com apresentação de corais. Horário – sábados das 9h. às 19h.

Comprar antiguidades, objeto de decoração pra casa, relógios de bolso, óculos retro, canetas tintero, louça e prataria: esse é seu lugar. Os preços podem parecer salgados, mas nada que uma boa pechincha não resolva rápido! Chorinho,artesanato, clima,comidas, antiguidade,lojinhas.
Bom passeio! Diversas barracas com sobre preço, mas sabendo filtrar, é bom!

via iPhone

Me disseram que a Praça Benedito Calixto tinha uma das melhores feiras de antiguidades da cidade, então fui até pra conferir. De fato, é uma boa feira de antiguidades. Mas também de coisa velha.

A feira, realizada aos sábados, das 9 às 19h, reúne cerca de 300 expositores.
Você encontra roupas seminovas, bons e raros discos de vinil, móveis, louças, brinquedos, artesanatos, óculos e objetos que parecem ter saído de filmes do século 19. Tem também uma feira gastronômica que oferece comidas típicas. Nem todas as barracas aceitam pagamento em cartão. E, pelo que pude perceber, muitos dos expositores não gostam de ter suas barracas fotografadas. Algumas delas até colocam Comunicados proibindo filmagem ou fotografias.

Tem coisas bacanas, mas também tem coisas velhas mesmo. E aí é importante discernir a diferença entre um item antigo e um item velho ( com qualidade comprometida). Vi algumas coisas que não valem a pena – menos para colecionadores. Prataria, instrumentos que não funcionam, objetos quebrados e gastos que podem comprometer até mesmo os casos de decoração. Mas, no geral, tem objetos bem interessantes e saudosistas.

Ocupando toda a Praça Benedito Calixto, a feira de artes e antiguidades, que acontece nos finais de semana, atrai um bom público, amante do artesanato, das antiguidades.
É uma feira bem diversificada em termos de produtos lá vendidos: antiguidades as mais variadas, discos de vinil, brinquedos, artesanatos.
Além disso, tem, também, uma feira gastronômica com algumas opções de lanches e pratos, além de doces caseiros!
Para completar, ao redor da praça há várias opções de bares, restaurantes e lojas de objetos de decoração, móveis e afins!

A Praça Benedito Calixto é uma opção para quem quer dar uma volta no sábado em um lugar que tenha restaurantes, lanchonetes e comércio por perto, mas que não seja muito lotado. Dou a dica do sábado porque nesse dia acontece a feirinha de antiguidades. Comerciantes montam barraquinhas na Praça para vender vinis, louças, comidinhas e outras tantas coisas.

Quem quer comer tem opções por perto e inclusive algumas que focam em comidas regionais. O acesso a Praça também é fácil. Basta chegar na estação Clínicas e descer a Teodoro Sampaio, caso vá andando. Ou a Cardoso - ou Capote Valente, não lembro - , caso vá a pé.

A Praça Benedito nunca é muito lotada. A não ser que vá acontecer algum evento como shows ou bloco de Carnaval. É um ótimo lugar para levar e curtir a família.

Passeio obrigatório para turistas e boa pedida para moradores de São Paulo aos sábados. Se você está acostumado a bater um pouco de perna e prefere metrô, desça na estação clínicas na saída que dá para uma ruazinha curta que desemboracá na Teodoro Sampaio. Dobre à esquerda e vá até encontrar a balbúrdia. Mas se carro e sua pessoa forem duas coisas inseparáveis, há estacionamentos na Henrique Schaumann, João Moura e na Igreja do Calvário que fica em frente à praça.

O funcionamento da feira aos sábados é das 9h às 19h. Apesar de falarem tanto desse lugar, não vá esperando um espaço gigante e bem arejado. Pelo contráro. O lugar é pequeno, com muito empurra-empurra. Na Praça de Alimentação, várias cotoveladas e pisões no pé involuntários. Mas a variedade de opções culinárias, de antiguidades, cafeterias pequenas e charmosas e feirinhas colaborativas valem a pena. Mesmo.

Recomendo que leve dinheiro no lugar de cartão. Nunca senti no lugar alguma ameaça de roubos ou assaltos, mas é sempre bom tomar cuidado e não ficar de bobeira. Quando a noite cai, os bares ao redor da praça são fantásticos.
Foto opinião do Lucas Nobre sobre Praça Benedito Calixto
Exibindo 14 opiniões | Total de 90 opiniões
4 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Praça Benedito Calixto? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: