Data da viagem: Consultar preço
Em parceria com: Booking


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Que Fernando de Noronha é incrível em todos os sentidos é uma unanimidade, mas eu não imaginava que a ilha estava tão desenvolvida na gastronomia.

Além de desfrutar de um conforto sem igual na Pousada Teju-Açu tivemos uma surpresa fantástica no Restaurante Teju-Açu, foi literalmente uma experiência.

O restaurante é montado na charmosa varanda sob a recepção da ecopousada e está aberto também àqueles que não estão hospedados.

O atendimento zeloso e o cuidado com o cliente pode ser sentido já na chegada, uma seleção de repelentes está disposta no bar para que o jantar seja perfeito, afinal de contas, ter uma refeição na área aberta com aquele ventinho gostoso que percorre a ilha também tem seu lado negativo: Mosquitos.

O ambiente rustico, construído em madeira de reflorestamento, é perfeito para se desfrutar do fim da tarde até altas horas. A dica é sempre reservar ou chegar bem cedo já que o espaço é bastante concorrido no horário do jantar.

O motivo de tamanho sucesso é a cozinha contemporânea acrescida de técnicas da gastronomia molecular do talentosíssimo chef Mauricio Jasnievicz.

O cardápio é bem variado, vai de peixe a carne vermelha passando por pratos vegetarianos e veganos. Existe também a opção de Menu Degustação, que deve ser reservada com no mínimo 24 horas de antecedência e custa R$ 200,00 por pessoa (preço em 07/2015).

Como sou um apaixonado por menu degustação e um entusiasta da cozinha molecular, juntar estas duas paixões em um jantar romântico na paradisíaca Noronha é um raro prazer que recomendo a todos leitores.

Apesar da equilibrada carta de vinhos com rótulos do Brasil, Argentina, Chile, além de australianos e europeus optamos por ter uma noite regada com os coquetéis divinos da Teju.

Nossa experiência encantou desde o início que foi com o inusitado Cartola. Pode até parecer que começamos pela sobremesa, mas cartola é o nome dado ao aperitivo com xarope de banana, canela, vodka e mel de engenho que chega a mesa com um pau de canela em brasa aromatizando o ambiente por completo. – R$ 22,90 (06/2015) –

A Piña Colada foi outra obra de arte, abacaxi, vodka, malibu, leite de coco, hortelã e leite condensado. Um drink tradicional? Não, muito melhor! – R$ 22,90 (06/2015) –

A sequência começou com uma “entradinha básica” Sardinhas Nativas Empanadas, acompanhadas de molho de mostarda e mel. Chef Jasnievicz, tem um saco disso pra levar pra casa?

A próxima entrada foi o Carpaccio de Polvo com brotos orgânicos, azeitonas negras e tomates assados. Este detalhe, que parece uma gema de ovo, é feito de azeitona negra. Delícia!

O próximo passo foi Ceviche de Peixe Fresco ao Estilo Gastón, com batata doce e quinoa. Uma das apresentações mais bonitas que já vi e um sabor arrebatador, ainda mais com um toque da fortíssima pimenta habanero.

Esta composição e este sabor só podem se atingidos por quem conhece profundamente a gastronomia do Peru, o chef Maurício Jasnievicz aprimorou suas técnicas no restaurante Astrid & Gaston em Lima e isto faz toda a diferença.

Seguimos com Tentáculos de Polvo, batatas baby assadas e couscous marroquino. O cozimento deixou cada pedaço do tentáculo com uma consistência diferente, fazendo deste um prato super interessante do início ao fim.

Confit de Pato com chutney de manga e salada de grãos. Meu repertório de elogios já está chegando ao fim, não quero parecer repetitivo mas é um prato melhor que outro!

A primeira sobremesa foi uma Panna Cotta de Iogurte com maracujá.

É uma festa na boca, o prato vem todo se estalando com o açúcar explosivo, sério mesmo, o açúcar explode, literalmente, no prato e na boca. O equilíbrio é surpreendente, leve e doce na medida certa.

O último prato foi o Variações de Chocolate, imagina o sabor: Chocolate branco com farofa de pistache, chocolate negro com farofa de cookie, pasta de chocolate branco e o delicioso suspiro de nitrogênio líquido, que ao ser colocado na boca faz um efeito de baforadas esfumaçadas.

O Restaurante Teju-Açu, com seu visual rústico e aconchegante, é uma excelente surpresa gastronômica em Fernando de Noronha. A genialidade de chef Mauricio Jasnievicz mescla os tradicionais peixes e frutos do mar com técnicas inusitadas e muito bem aplicadas criando um cardápio único na ilha.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

Que Fernando de Noronha é incrível em todos os sentidos é uma unanimidade, mas eu não imaginava que a ilha estava tão desenvolvida na gastronomia.

Além de desfrutar de um conforto sem igual na Pousada Teju-Açu tivemos uma surpresa fantástica no Restaurante Teju-Açu, foi literalmente uma experiência.

O restaurante é montado na charmosa varanda sob a recepção da ecopousada e está aberto também àqueles que não estão hospedados.

O atendimento zeloso e o cuidado com o cliente pode ser sentido já na chegada, uma seleção de repelentes está disposta no bar para que o jantar seja perfeito, afinal de contas, ter uma refeição na área aberta com aquele ventinho gostoso que percorre a ilha também tem seu lado negativo: Mosquitos.

O ambiente rustico, construído em madeira de reflorestamento, é perfeito para se desfrutar do fim da tarde até altas horas. A dica é sempre reservar ou chegar bem cedo já que o espaço é bastante concorrido no horário do jantar.

O motivo de tamanho sucesso é a cozinha contemporânea acrescida de técnicas da gastronomia molecular do talentosíssimo chef Mauricio Jasnievicz.

O cardápio é bem variado, vai de peixe a carne vermelha passando por pratos vegetarianos e veganos. Existe também a opção de Menu Degustação, que deve ser reservada com no mínimo 24 horas de antecedência e custa R$ 200,00 por pessoa (preço em 07/2015).

Como sou um apaixonado por menu degustação e um entusiasta da cozinha molecular, juntar estas duas paixões em um jantar romântico na paradisíaca Noronha é um raro prazer que recomendo a todos leitores.

Apesar da equilibrada carta de vinhos com rótulos do Brasil, Argentina, Chile, além de australianos e europeus optamos por ter uma noite regada com os coquetéis divinos da Teju.

Nossa experiência encantou desde o início que foi com o inusitado Cartola. Pode até parecer que começamos pela sobremesa, mas cartola é o nome dado ao aperitivo com xarope de banana, canela, vodka e mel de engenho que chega a mesa com um pau de canela em brasa aromatizando o ambiente por completo. – R$ 22,90 (06/2015) –

A Piña Colada foi outra obra de arte, abacaxi, vodka, malibu, leite de coco, hortelã e leite condensado. Um drink tradicional? Não, muito melhor! – R$ 22,90 (06/2015) –

A sequência começou com uma “entradinha básica” Sardinhas Nativas Empanadas, acompanhadas de molho de mostarda e mel. Chef Jasnievicz, tem um saco disso pra levar pra casa?

A próxima entrada foi o Carpaccio de Polvo com brotos orgânicos, azeitonas negras e tomates assados. Este detalhe, que parece uma gema de ovo, é feito de azeitona negra. Delícia!

O próximo passo foi Ceviche de Peixe Fresco ao Estilo Gastón, com batata doce e quinoa. Uma das apresentações mais bonitas que já vi e um sabor arrebatador, ainda mais com um toque da fortíssima pimenta habanero.

Esta composição e este sabor só podem se atingidos por quem conhece profundamente a gastronomia do Peru, o chef Maurício Jasnievicz aprimorou suas técnicas no restaurante Astrid & Gaston em Lima e isto faz toda a diferença.

Seguimos com Tentáculos de Polvo, batatas baby assadas e couscous marroquino. O cozimento deixou cada pedaço do tentáculo com uma consistência diferente, fazendo deste um prato super interessante do início ao fim.

Confit de Pato com chutney de manga e salada de grãos. Meu repertório de elogios já está chegando ao fim, não quero parecer repetitivo mas é um prato melhor que outro!

A primeira sobremesa foi uma Panna Cotta de Iogurte com maracujá.

É uma festa na boca, o prato vem todo se estalando com o açúcar explosivo, sério mesmo, o açúcar explode, literalmente, no prato e na boca. O equilíbrio é surpreendente, leve e doce na medida certa.

O último prato foi o Variações de Chocolate, imagina o sabor: Chocolate branco com farofa de pistache, chocolate negro com farofa de cookie, pasta de chocolate branco e o delicioso suspiro de nitrogênio líquido, que ao ser colocado na boca faz um efeito de baforadas esfumaçadas.

O Restaurante Teju-Açu, com seu visual rústico e aconchegante, é uma excelente surpresa gastronômica em Fernando de Noronha. A genialidade de chef Mauricio Jasnievicz mescla os tradicionais peixes e frutos do mar com técnicas inusitadas e muito bem aplicadas criando um cardápio único na ilha.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Você conhece o Pousada Teju-açu? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma:

Consulte o preço e reserve o Pousada Teju-açu

Data da viagem: Ver disponibilidade