Parque da Juventude

nota 3.9 de 5 em 117 opiniões
| Rank: 7º de 95 | Parques
Oferta

Quer receber ofertas do(a) Parque da Juventude?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores.

Baixe grátis nosso aplicativo e confira as ofertas:

Escolha seu celular:      
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

Construído onde era o antigo presídio do Carandiru, o Parque da Juventude proporcionou um pouco mais de lazer aos moradores da Zona Norte de São Paulo. Apesar de um pouco árido (o Concreto prevalece sobre o verde) é um bom local para andar, pedalar e, principalmente para os amantes do Skate. Há uma pista bem legal, segura, longe de carros, ônibus e caminhões.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Realmente, um dos melhores investimentos da região.
Foi construído onde antes era o Presídio do Carandiru, e tem um espaço super grande e super legal.
Tem várias quadras poliesportivas, com gol e tabelas de Basquete, e ainda dá pra colocar rede de vôlei nelas. Tem uma pista de Skate que foi reformada há pouco tempo, depois que os skatistas conseguiram a ajuda do Chorão e do SPTV para alertar o governo sobre a necessidade da reforma, e agora está em condições muito melhores. Nos finais de semana a pista está sempre cheia, o pessoal vem de vários lugares da cidade pra andar lá, como tem o metrô do lado, é bem fácil de chegar, de qualquer lugar.

Tem um super espaço verde, com árvores, onde o pessoal senta para fazer piquenique, leva as crianças, o cachorro... dá pra andar de bicicleta, de patins, tem um parquinho para as crianças brincarem e em alguns dias da semana tem atividades específicas, como judô ou kick boxing, por exemplo.
De domingo as pessoas organizam encontros de cães, então se você passar por lá no domingo de manhã provavelmente vai encontrar um monte de Golden Retrievers correndo pra lá e pra cá (o que eu acho lindo, inclusive!).
Não é difícil ver eventos acontecerem lá. Já foi palco de vários eventos com shows ao ar livre, tudo muito legal.

Pra quem gosta de história, no meio do parque tem uma área que foi mantida do antigo presídio. Sabe aquele espaço por onde os guardar passavam pra ir de uma guarita pra outra, bem no alto? Então, você ainda pode passar por isso lá, só que agora você vê todo o parque, bem mais legal que o presídio.

Além de tudo isso, tem também uma ETEC, que tem cursos de artes, história, fotografia, além de informática, claro. Tem uma biblioteca super bacana pros alunos usarem também, e algumas lanchonetes.

Ah, e você, fotógrafo, que acha que lá é um lugar pra tirar fotos: cuidado.
Tem um lugar específico no canto do parque onde você pode fotografar. Se você vai lá pra perto da pista de skate ou das quadras corre o risco de ser barrado, eu já fui. Pra fotografar lá precisa de autorização da diretoria e tudo mais, bem chato. Então, fica na área livre que tá tudo certo!

Lugar lindo, muito bom para caminhada, andar de bicicleta , patins, paquerar ou mesmo levar as crianças para respirar ar puro, um paraíso em meio ao agito da grande São Paulo, um refugio de paz e tranquilidade para muitos... super recomendo!!!só não tem muitas opções de comida , mas está valendo...faça piquenique, o lugar é ideal

via Windows Phone

Ótima opção para passear com a família 👪, praticar esportes, apreciar a natureza e namorar. Ponto negativo é que Parque não tem uma conexão de Wifi 📶 como em outros Parques.

Um lugar para reunir a familia, os amigos ou até mesmo para ir sozinho. Biblioteca, áreas de esporte, local para cachorros, brinquedos, equipamentos de exercicio para terceira idade e cadeirantes, muitas árvores, diversas trilhas para bike e o famoso paredão da antiga penitenciária rendem momentos de lazer e descanso. Ótimo lugar para fazer um piquenique. Tem dois estacionamentos, um grátis mas pequeno na Av. Zaki Narchi e outro a R$ 10,00 a diária ao lado da estação Carandiru do metrô, na av. Cruzeiro do Sul.
Foto opinião do Ronaldo Luis Bevilaqua sobre Parque da Juventude

Lá é um parque com um espaço bem amplo pra quem quiser passear ou praticar algum esporte. Tem algumas quadras também que ficam a disposição do público. Não é um parque muito cheio, então é bem tranquilo, com exceção quando tem eventos ou shows no local.
Possui uma lanchonete com coisas muito gostosas para comer, te dá uma variedade bacana para escolher. E o melhor é que fica em frente ao metrô Carandiru, então é muito fácil chegar até lá.

via Android

O parque da juventude é um bom lugar para caminhada e para uma tarde com amigos, há bons espaços pra um piquenique e quando há shows o local é bem adequado. Há uma área com quadras para diversos esportes que fica aberta até mais tarde. Considero o parque pequeno pois em vinte minutos de caminhada dá pra ir e voltar o parque todo, isso considerando as áreas asfaltadas (que acho poucas), há outros espaços cobertos com pedregulho e várias outras com lama que poderiam ser melhor aproveitadas. Uma desvantagem é o horário de fechamento da área verde que é 18:00, mesmo no horário de verão, então uma caminhada noturna não é uma opção.

via Android

Compareci ao parque poucas vezes para treinar para os campeonatos esportivos de fim de ano da escola e sempre foi bem simples. Que eu me lembre, não precisamos agendar nem reservar quadra, mas acho que era porque era na semana e no horário matutino, momentos em que o parque estava relativamente vazio. Além disso, a biblioteca do parque é fantástica.

via Android

Assim como muitos parques que estão fazendo jogo duro contra fotógrafos, esse proíbe,fui tirar fotografia com minha câmera e o segurança me proibiu de fazer isso na parte onde funcionava a sentinela,não era ensaio nenhum e o mesmo me informou que eu teria que pedir autorização do parque para fazer fotografias,o que esse pessoal tem que diferenciar o que são fotos pessoais e fotos comerciais para a proibição.

O Parque da Juventude, a antiga prisão do Carandiru.

O local onde está o parque não parece que antigamente foi um presídio tirando o fato que ainda tem muros daquela época e escondido no mato tem uma antiga cela, meio deteriorada mas original, o que torna meio "estranho" pensar que ali possivelmente alguém passou muito tempo da sua vida.

O que torna o ambiente peculiar é o fato de que a prisão feminina que divide muro com o parque está ativa e com bastante presas.

Como qualquer parque, num dia de calor, fica muito cheio mas por ser muito grande sempre tem um espaço vazio para você pensar ou fazer um piquenique com a família, lá é possível encontrar quadra de basquete, tênis, pista de skate e claro campo de futebol. Para as crianças tem um parque.

Domingo de sol, calor, porém passando por aquele final de mês apertado onde tudo soa caro? O Parque da Juventude é a melhor opção para o lazer. A começar pelo fácil acesso, literalmente do lado do metrô Carandiru além de ser muito próximo do terminal Santana com várias possibilidades de ônibus.

O parque conta com quadras de futebol, vôlei, basquete, tênis, espaço para tênis de mesa, além de uma grande espaço verde onde praticantes de slackline irão se sentir em casa ou para aquela pessoa que adora sentar em baixo de uma árvore e ver o dia passar.

A grande área aberta do parque próxima ao metrô é dominada por skatistas de todas as idades, desde iniciantes até os chamados old schools, também possui uma pista street e um half logo na entrada do parque. Patins, bicicletas e patinetes são bem-vindos e tem espaço também. E antes que pense nisso, não precisará deixar seu cachorro em casa, o parque conta também com uma espaço para nossos amigos caninos.

E a biblioteca é uma ótima pedida para quem deseja ler um livro, fazer um trabalho de faculdade ou dar um fugida do sol. O Parque da Juventude tem tudo para propor um ótimo fds por um baixo custo benefício.

Quando fui no parque da Juventude não gostei muito da experiência, achei lá bem abandonado, o chão estava enlameado, sem muitos cuidados, tirando que tem construções inacabadas do que seria o carandiru II, achei isso bem assustador, no geral o parque é enorme, tem um riozinho sujo que cruza ele e tem bastante opções de laser. Eu fui para um evento do F.J e vi o parque extremamente lotado e ele atendeu muito bem a expectativa de público. Achei poucas opções de sombra, ele é enorme mesmo e eu acabei não conhecendo ele a fundo. Posso estar enganada em algumas opiniões porém eu não voltaria no momento.

O Parque da Juventude, como muita gente já sabe, foi construído onde antigamente era a casa de detenção conhecido como Carandiru. Sou mais uma aqui para reforçar que o espaço foi muito bem aproveitado!

Fui pela primeira vez no parque em um domingo de tarde e final da tarde. O acesso pelo metrô é realmente bem fácil. A estação é a Carandiru, linha azul.
O parque é bem cheio (pelo menos na hora e no dia que escolhi ir hahaha) de família, skatistas, galera caminhando, piquenique, e etc.

O parque fecha às 18h creio que por conta da segurança pois o parque é bem grande. Vale a pena conhecer esse espaço quase que "ressuscitado" :)
Exibindo 14 opiniões | Total de 117 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Parque da Juventude? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: