Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

O Paribar foi inaugurado em 1949 se tornando um dos maiores pontos de encontro da boemia paulistana e de ilustres visitantes como Rolling Stones e Che Guevara. Com a decadência do centro da cidade o bar fechou as portas na década de 80 sendo revitalizado e reaberto em 2010. Fomos conhecer o bar à noite mas o ambiente na praça em frente ainda não está "revitalizado".

Para beber o Paribar é famoso por seus drinks como cosmopolitan ou dry martini, mas estávamos em 4 cozinheiros e ficamos na cerveja. A oferta de cervejas é grande e fiquei feliz por poder tomar Heinekein 600ml que das cervejas comerciais é a que mais me agrada. Elas estavam perfeitas, vieram dentro de um balde e cobertas por uma crosta de gelo bonita de se ver.

No cardápio, vários petiscos e pratos. Não queríamos jantar e ficamos nos petiscos. Fiquei interessado por um petisco chamado canapé Bar do Léo e pedimos os canapés de steak tartar no pão preto. Gostosos mas para o meu paladar achei com muito picles.

Em seguida provamos uma excelente porção de provolone à milanesa. Sequinhos por fora e completamente derretidos por dentro. Este provolone foi um dos destaques da noite.

Pedimos também uma porção de Viagra Mix que é um misto de amendoins sem pele e japoneses com vários sabores e o frango à Sérgio Milliet em homenagem ao famoso escritor, pintor e poeta paulistano. A apresentação do prato veio linda, com iscas de frango empanadas e uma maionese temperada servidas dentro de uma tigela de cobre, mas achamos o frango sem tempero. Um pouco sal, pimenta, alho e limão salvariam este lindo prato.

Ainda provamos uma porção de pastéis mistos que gostamos e uma excelente carne seca acebolada com mandioca frita na manteiga de garrafa. A carne seca estava espetacular e achei a melhor porção da noite junto com o provolone.

Gostamos muito de nossa noite e esperamos que a prefeitura continue a revitalização da região para que possamos frequentar o centro da cidade de noite em um ambiente seguro e agradável.
avaliações recomendadas
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Fomos ao Paribar para um almoço de domingo. Ele se localiza bem no coração do centro antigo, próximo ao metrô República. Agora o estabelecimento tem uma áurea hypster, é interessante.
Nós pedimos de prato principal um nhoque com ragu, pois havíamos lido uma avaliação dizendo que era divino. É bom sim, saboroso, mas não é divino. Pratos custam em torno de R$ 40,00.
Foto opinião do Bruno Cruz sobre Paribar

Estivemos novamente no Paribar desta vez no último domingo dia 11/10, para nos sentarmos nas mesinhas da Praça e curtir um delicioso Brunch, com ótimas e deliciosas opções A LA CARTE. O serviço além de ser extremamente gentil é muito bom, OS OVOS BENEDICT estavam excelentes e os preços bem aceitáveis...

via Windows Phone

Pedimos porção de fish and chips que estava ok, a batata rústica mas o peixe super simples e sem gosto. O molho que veio estava mto bom. Caipirinha de morango e pimenta boa, mas pouco morango. A cerveja veio quente, pedimos pra trocar e demorou uma eternidade pra vir uma gelada, que trouxeram no balde, mas já tínhamos comido. No geral, por pecar nos detalhes básicos eu não voltaria.

via Android

O Paribar é um restaurante/bar na República.
A fachada lembra a década de 20 ou 30, e tem um charme meio europeu na decoração.
A comida é boa, as massas são gostosas e eles são super famosos pelos drinks.
Porém, o atendimento é bem desorganizado e você espera bastante mesmo com a casa não muito cheia. Os preços também são fora da realidade da região. Estão mais para um bar no Itaim, do que um ao lado da Praça da Republica.

Eu amo esse restaurante. A decoração é impecável, com ares de Europa. Ele fica na praça Dom José Gaspar, um lugar muito agradável no centro de São Paulo.
Eu estive lá duas vezes a primeira foi influenciada pelo Zomato, vi todas as avaliações positivas e quis conhecer, fui em um sábado na hora do almoço com a família toda, de entrada pedimos fish and chips, a porção é bem grande e gostosa, eu pedi um hambúrguer que estava sensacional, a carne bem suculenta e saborosa, experimentei do prato do meu marido e da minha irmã, ela pediu um frango com um molinho de mostarda, também muito bom e ele pediu filet mignon.
A segunda vez eu fui durante a semana, estava trabalhando no centro e o pessoal do serviço resolveu comer no Paribar, gomo no prato do dia, era um peixe vermelho inteiro, assado, com molho de laranja e uma farofa maravilhosa, de entrada era ratatouile com purê e sobremesa calda de frutas vermelhas com pedaços de brownie. Foi simplesmente divino!
Estou muito ansiosa pra voltar, mas dessa vez quero ir no brunch!

O Paribar foi inaugurado em 1949 se tornando um dos maiores pontos de encontro da boemia paulistana e de ilustres visitantes como Rolling Stones e Che Guevara. Com a decadência do centro da cidade o bar fechou as portas na década de 80 sendo revitalizado e reaberto em 2010. Fomos conhecer o bar à noite mas o ambiente na praça em frente ainda não está "revitalizado".

Para beber o Paribar é famoso por seus drinks como Cosmopolitan ou Dry Martini, mas estávamos em 4 cozinheiros e ficamos na cerveja. A oferta de cervejas é grande e fiquei feliz por poder tomar Heinekein 600ml que das cervejas comerciais é a que mais me agrada. Elas estavam perfeitas, vieram dentro de um balde e cobertas por uma crosta de gelo bonita de se ver.

No cardápio, vários petiscos e pratos. Não queríamos jantar e ficamos nos petiscos. Fiquei interessado por um petisco chamado canapé Bar do Léo e pedimos os canapés de steak tartar no pão preto. Gostosos mas para o meu paladar achei com muito picles.

Em seguida provamos uma excelente porção de provolone à milanesa. Sequinhos por fora e completamente derretidos por dentro. Este provolone foi um dos destaques da noite.

Pedimos também uma porção de Viagra Mix que é um misto de amendoins sem pele e japoneses com vários sabores e o Frango à Sérgio Milliet em homenagem ao famoso escritor, pintor e poeta paulistano. A apresentação do prato veio linda, com iscas de frango empanadas e uma maionese temperada servidas dentro de uma tigela de cobre, mas achamos o frango sem tempero. Um pouco sal, pimenta, alho e limão salvariam este lindo prato.

Ainda provamos uma porção de pastéis mistos que gostamos e uma excelente carne seca acebolada com mandioca frita na manteiga de garrafa. A carne seca estava espetacular e achei a melhor porção da noite junto com o provolone.

Gostamos muito de nossa noite e esperamos que a prefeitura continue a revitalização da região para que possamos frequentar o centro da cidade de noite em um ambiente seguro e agradável.
Foto opinião do André Leiras Prujansky sobre Paribar

SERVIÇO PÉSSIMO E COMIDA GELADA!

Fui no sábado 12/04/2014 ás 15h30 sabendo que se tratava de um restaurante caro e esperava ser bem atendido. Ao pedir uma feijoada, o garçom com tom de deboche me disse que eu deveria chegar mais cedo para comer a feijoada, pois já havia acabado.

Como estava com outras pessoas, tive que continuar no restaurante. Pedi um pimentão recheado com bolonhesa, arroz e azeite de coentro, mas pedi para vir com o azeite de coentro a parte. E não é que o pimentão veio GELADO por dentro e com o azeite já misturado?? Ainda por cima o garçom fez uma confusão na quantidade pedida e veio na mesa com outro garçom para tirar satisfação comigo e ME CULPAR por ter pedido errado. (Por sinal, esse pimentão não tem nada de mais).

Além disso, pedimos sobremesa e conta e cada um desses demorou aproximadamente 20 minutos para chegar!

Sério, que atendimento é este? Até boteco de esquina e padaria simples atendem melhor. Nunca fui tão mal atendido em São Paulo!!!!!

Especialista em Restaurantes Italianos com 21 opiniões na categoria

Bar/restaurante bem bom no centrão de São Paulo. O lugar tem um clima bem anos 50 (diz a lenda que a decoração é igual ao do lendário Paribar original, que ficava no mesmo local e fez história nos anos 50 e 60), mas sem frescura. As porções são ótimas (o bolinho de feijoada é famoso, mas os meus favoritos são os canapés de steak tartar) e a caipirinha também. Os pratos também são bons (por exemplo, uma feijoada digníssima aos sábados) e o creme de limão siciliano é uma sobremesa deliciosa.

Um restaurante bonito em frente à uma praça muito agradável. Tem 3 ambientes: dentro do restaurante, na parte de fora coberta, que ainda é dentro, e na própria praça, que parece ser o lugar preferido.
Sábado, o dia em que fui, fica aberto desde a hora do almoço até de madrugada (não sei o horário durante a semana) e estava bem cheio. À noite foi enchendo mais ainda, pois algumas pessoas estavam comemorando seus aniversário e tinha música.
Gostei muito da comida, boa, tradicional, e um prato bem cheinho. Atendimento simpático.
Exibindo 14 opiniões | Total de 20 opiniões
Você conhece o Paribar? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)