Pacha

nota 4.0 de 5 em 21 opiniões
| Rank: 17º de 19 | Baladas Eletrônica
Este local está fechado
Mais na região Como chegar

Camarote, Estacionamento, Lista de Aniversário

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Conheci a Pacha numa festa da USP chamada G4 e nossa, amei o ambiente !

Tinha várias pistas e tudo era muito lindo lá dentro. sem falar que vários DJ´s de peso do cenário de música eletrônica se apresentaram lá, tais como o David Gueta que é um dos mais populares entre outros.

A acústica da casa era ótima e o público muito lindo, mas infelizmente fechou! E eu não sei o motivo disso!
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

Conheci a Pacha numa festa da USP chamada G4 e nossa, amei o ambiente !

Tinha várias pistas e tudo era muito lindo lá dentro. sem falar que vários DJ´s de peso do cenário de música eletrônica se apresentaram lá, tais como o David Gueta que é um dos mais populares entre outros.

A acústica da casa era ótima e o público muito lindo, mas infelizmente fechou! E eu não sei o motivo disso!
Foto opinião do Samantha Testoni sobre Pacha
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Essa balada um dia foi boa, sabe quando quando ela abriu, depois disso quando o zé povinho começou a frequentar ai a balada se afundo na propria merda!
Isso por que quando abriu só a NATA de sp, frequentava, ia artistas mesmo, pois o camarote é bem reservado!
Quando abriu os valores cobrados era de 100 reais pra cima só para entrar, depois os meses e anos se passaram e ai se já viu, ninguém pode pagar por tanto tempo esse valor, ai com isso, a casa foi baixando os valores ate o momento onde todo mundo entrava vip, nessa hora a balada deu um tiro no pé!
A casa tinha um ambiente sensacional, com um terraço enorme em forma de deck, um estacionamento monstruoso, fora a pista Domo que era meia boca, mais muito bem elaborada, meia boca pq ficava cheio e bem calor, mas existia também uma pista open air, ai sim, as festas nesse local podia receber ate 2000 pessoas, isso sim era um vento legal!
Se você não foi, fique calmo, não perdeu tanta coisa, pode ate ter ganhado, menos dor de cabeça e principalmente economia!
Pois os preços da baladas eram do mal, uma cerveja itaipava de 360 ml, saia por 9 reais, ai se pensa e whisky e Vodka, pra cima de 20 reais, nem vamos falar de preços de garrafas né, pois uma de vodka ainda Absolut saia por mais ou menos 400 reais!

A Pacha já foi uma das baladas mais tradicionais de São Paulo, sempre trazendo DJ's de peso no cenário mundial da música eletrônica.

Um pouco afastado das demais baladas, fica localizada próxima ao CEAGESP. Oferece valet parking, mas é possível encontrar vagas nas ruas próximas mediante pagamento adiantado aos guardadores de carro de plantão.

A entrada costuma ficar muito cheia e as filas andam devagar apesar da quantidade caixas disponíveis. O ambiente é grande e possui vários ambientes com sistemas de som independentes. A qualidade dos DJ's e do som e muito boa e a balada rola pesada até altas horas sem deixar a peteca cair!

O local costumava ser frequentado por um pessoal mais elitizado e aos poucos isso foi mudando.

Como faz um bom tempo que não compareço ao local, não sei exatamente qual a situação nos dias de hoje.

Fui à Pacha recentemente e confesso que fiquei impressionada. O espaço é enorme, com vários ambientes e bares; por isso, apesar do grande número de pessoas que estavam lá, era possível andar e dançar sem ficar super espremido e o lugar também não estava muito abafado, como acontece em várias baladas concorridas.

A música estava excelente! Muito eletrônico, mas intercalado com um pouco de pop e black para não enjoar. Ótimo para dançar a noite toda mesmo, parando só quando os pés não aguentarem mais!

Além disso, quem curte comida japonesa tem mais um motivo para se animar e conhecer a Pacha: um dos bares tem uma área que serve temaki! Eu não comi, mas, pela quantidade de gente que estava na fila, parece ser muito gostoso.

O que achei ruim foram os preços, mas não estava esperando pagar pouco mesmo. A chapelaria custou R$ 5 e a água - veja bem, a água! -, R$ 7. Se um dos objetivos da sua noite for beber, recomendo que faça um belo de um esquenta com os amigos antes de ir pra lá.

Uma balada típica de SP, a diferença é que tem um público mais selecionado em sua maioria de 25 á 38 anos, os ambientes são agradáveis e a casa em si não é muito cheia. Se está procurando qualidade, iluminação boa, música boa, sem dúvidas está entre as 5 melhores de SP. Público bonito, porém as bebidas são caras assim como o estacionamento que por sinal está sempre cheio, então provavelmente vc vai ficar um tempão na fila p conseguir entrar.

Faz tempo que não vou nessa balada, mas na época que fui achei ela muito boa!

Se não me engano lá tem uns 4 ambientes: duas pistas internas, um corredorzão e uma área externa.

A música na época era bem boa e o preço era de balada me médio-alto padrão. O estacionamento que era bem abusivo.
Exibindo 14 opiniões | Total de 21 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Pacha? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: