Ótica Ponto de Visão - Barão do Rio Branco

nota 2.0 de 5 em 1 opinião
|

Ótica



Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar

Depois de muitos anos, entrei em uma das lojas da rede Óticas Ponto de Visão. Geralmente evito essas grandes redes, porque o atendimento tende a ser forçado, aliás, tendem a te forçar a levar o produto.

Óbvio que hoje não foi diferente!

Ao chegar fui muito bem recepcionada e sentei-me junto com uma amiga em uma das várias cadeiras disponíveis. A vendedora foi direta, perguntou o que eu queria e mostrou as opções do que solicitei.
No entanto, não deu nenhuma explicação a mais sobre os produtos apresentados, como normalmente acontece quando o cliente faz expressão de “ponto de interrogação”. Ok, às vezes isso é querer demais, concorda? (Espero que não!)

Apesar de a rede trabalhar com o “Vendemos sempre mais barato” ou “Cobrimos o preço da concorrência” os valores estavam altíssimos, e afirmo isso porque havia saído de outra ótica há minutos. Talvez o que realmente valha à pena é a quantidade de parcelamentos “Em até 18x”, mas com um “juros camarada” que só te contam depois que a maquininha do cartão de crédito libera o cupom para o cliente assinar, ou nem assim.

Sinceramente não entendo porque há 18 lojas (acabei de contar) somente no Centro de Curitiba, nossa cidade é tão grande assim e ninguém me contou? Esse exagero de lojas chega a me dar calafrios, porque o bom atendimento dura até o momento em que você diz que só está olhando os produtos ou que não levará nada, depois disso é sair correndo senão o risco de levar uma raquetada do vendedor é grande.

Brincadeiras e exageros à parte, recomendo que você vá a uma das lojas apenas se quiser algum produto mesmo e com toda a certeza ou então entre blindado e saia antes que alguém te aborde com o simpático sorriso seguido da frase: “Posso ajudá-lo?”.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Primeira opinião do lugar

Depois de muitos anos, entrei em uma das lojas da rede Óticas Ponto de Visão. Geralmente evito essas grandes redes, porque o atendimento tende a ser forçado, aliás, tendem a te forçar a levar o produto.

Óbvio que hoje não foi diferente!

Ao chegar fui muito bem recepcionada e sentei-me junto com uma amiga em uma das várias cadeiras disponíveis. A vendedora foi direta, perguntou o que eu queria e mostrou as opções do que solicitei.
No entanto, não deu nenhuma explicação a mais sobre os produtos apresentados, como normalmente acontece quando o cliente faz expressão de “ponto de interrogação”. Ok, às vezes isso é querer demais, concorda? (Espero que não!)

Apesar de a rede trabalhar com o “Vendemos sempre mais barato” ou “Cobrimos o preço da concorrência” os valores estavam altíssimos, e afirmo isso porque havia saído de outra ótica há minutos. Talvez o que realmente valha à pena é a quantidade de parcelamentos “Em até 18x”, mas com um “juros camarada” que só te contam depois que a maquininha do cartão de crédito libera o cupom para o cliente assinar, ou nem assim.

Sinceramente não entendo porque há 18 lojas (acabei de contar) somente no Centro de Curitiba, nossa cidade é tão grande assim e ninguém me contou? Esse exagero de lojas chega a me dar calafrios, porque o bom atendimento dura até o momento em que você diz que só está olhando os produtos ou que não levará nada, depois disso é sair correndo senão o risco de levar uma raquetada do vendedor é grande.

Brincadeiras e exageros à parte, recomendo que você vá a uma das lojas apenas se quiser algum produto mesmo e com toda a certeza ou então entre blindado e saia antes que alguém te aborde com o simpático sorriso seguido da frase: “Posso ajudá-lo?”.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Você conhece o Ótica Ponto de Visão - Barão do Rio Branco? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)