Data da viagem: Ver disponibilidade
Em parceria com: Booking

Situado no bairro animado da Vila Madalena, perto de vários bares e restaurantes, o Ô de Casa Hostel oferece acomodações modernas compartilhadas, uma recepção 24 horas e uma cozinha de uso comum. O albergue também conta com uma biblioteca e uma loja de presentes.

Os dormitórios são bem-iluminados, coloridos e estão decorados com móveis modernos. Incluem armários individuais e um ventilador. As roupas de cama são fornecidas, enquanto as toalhas estão disponíveis por uma taxa. Para a sua maior comodidade, o Wi-Fi é gratuito.

Você pode desfrutar de um buffet de café-da-manhã todos os dias. Há também um salão de jogos e lounge com violões acústicos, um bar, serviços de câmbio e um serviço de translado para o aeroporto, disponível por uma taxa.

O Ô de Casa fica a 500 m da Estação de Metrô Faria Lima, a 3 km da Avenida Paulista e a 10 km do Aeroporto de Congonhas. (Veja mais no Booking)

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

via iPhone

Hostel com bar amigável, chopp de boa qualidade e bem servido por 7,00. Nas caixas de som só pode tocar música brasileira, e fique a vontade pra sugerir porque o estilo free style de playlists do spotify pode chegar a agredir os ouvidos mais sensíveis pela falta de critério. Mas divirta-se com a vibe receptiva, os hóspedes gringos e toda a poesia alternativa do local.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

via iPhone

Hostel com bar amigável, chopp de boa qualidade e bem servido por 7,00. Nas caixas de som só pode tocar música brasileira, e fique a vontade pra sugerir porque o estilo free style de playlists do spotify pode chegar a agredir os ouvidos mais sensíveis pela falta de critério. Mas divirta-se com a vibe receptiva, os hóspedes gringos e toda a poesia alternativa do local.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Se eu voltar, é apenas pela localização (fácil acesso ao metrô Fradique - linha amarela e aos bares de pinheiros). Os atendentes são prestativos, porém os serviços do hostel deixam a desejar. Depositei uma expectativa alta no local devido as boas avaliações, porém nada foi correspondido. A começar pelo quarto (pedi a suíte, deveria ser o melhor) - travesseiro de "plástico", chuveiro não funcionava direito (ou gelado demais, ou quente demais, a água não cai direito), descarga não funciona, não tem box, vc vai tomando banho e a água corre dentro de todo o banheiro, pia péssima, janela sem cortina - se passa alguém do lado de fora dá para ver tudo - cuidado! Além disto, o quarto fica de frente pra cozinha, ou seja, um inferno! Extremamente barulhento (devido a circulação de pessoas) - se quiser dormir, não fique neste quarto, pq vc não dorme... Toda hora que ia entrar ou sair do quarto tinha alguém sentado na porta - um transtorno. O café da manhã não é como o que está no site (vc ganha um pão com mortadela, um suco e uma maçã - nada de opções nem "surpresinhas")Aliás, não se iluda com as fotos, nada é aquilo que parece ser. Wi-fi não funcionava. Paguei o preço que se paga em uma diária em hóteis 3 estrelas em SP esperando uma experiência mais agradável, porém, não foi. Talvez seja melhor para os quartos coletivos. Na próxima fico no Intercity (180,00 a diária) pq os 175 que paguei por dia neste local definitivamente foram rasgados....

Já começo a minha resenha falando que nunca fiquei hospedada no Ô de Casa mas já indiquei o hostel para amigos, e todos aprovaram. Os quartos são coletivos, sem opção de individual, então lá você realmente vai curtir uma verdadeira experiência de hostel. Como está localizado na Vila Madalena, o local é invadido por gringos de toda a parte, além de ser um ambiente com bastante verde e todo bonitinho, a cara da Vila.

Mas, o que curti lá foi o bar. Durante o dia e à noite o bar está aberto, ofercendo bons drinques e lanches. Sugiro o sanduíche de brie com geleia de pimenta e chips de banana. Ah, para agradar os gringos, também preparam tapiocas que são DELICIOSAS e minha sobremesa favorita do lugar.

O ambiente é todo colorido, descolado, com gente bonita, atendimento cordial. Um bom lugar para passar momentos agradáveis para quem quer se hospedar em uma boa localização e bom ambiente.
Foto opinião do Sheila A. sobre Ô de Casa Hostel

Ta ai uma experiencia bacana que todos deveriam experimentar! Se hospedar num hostel e dividir o quarto com outras pessoas que você não conhece é enriquecedor.
As vezes ficamos inseguros, já que estamos acostumados com privacidade, mas isso é um detalhe que pode ser superado se você estiver disposto.
No Ô de Casa, a equipe te deixa tão relaxado que as vezes você nem percebe que esta num hostel. O excelente atendimento se inicia já no processo de reserva, onde pode se tirar todas as dúvidas através do site e por Skype.
Foi minha primeira vez nesse tipo de hospedagem e fiquei alojado em um quarto para 6 pessoas. As acomodações são simples e funcionais. Contava com 3 beliches e um armário que você pode usar e trancar com cadeado (caso esqueça o seu em casa, eles vendem no hostel). Os banheiros e chuveiros são comuns aos hospedes, mas isso é bem tranquilo, pois é tudo bem organizado e limpo sempre.
Existe uma área de convivência com uma cozinha bem equipada, onde os hospedes podem preparar e comerem suas refeições de forma integrada. Ali você tem a chance de conhecer mais o pessoal que está hospedado.
Na parte da frente do Ô de Casa, existe um bar muito bacana que funciona abertamente, onde você pode pedir algo ou já passar sua noite de divertindo.
Todo o hostel tem uma decoração bem legal, com um ar mais urbano e descolado, ao mesmo tempo com muita vegetação, passando ser um lugar mais tranquilo e zen. O fato de estar na Vila Madalena só agrega mais ainda na vibe do lugar.
Quanto ao preço é um dos melhores custo-beneficio que você pode encontrar quando for a SP, já que você paga R$50,00 a diária com café da manhã.
Lá eles também oferecem quartos individuais e casal, e você também pode fechar uma acomodação com sua galera.

Conheci este hostel por causa de um evento do KK e não conheci suas acomodações,portanto vou só fazer a resenha sobre a lanchonete do hostel. Comi um sanduiche de brie com geleia de pimenta e rucula e chips de banana. Muito gostoso. Tomei um suco de morango com laranja e de quebra uma tapioca doce. O ambiente é pequeno,mas muito legal,com mesas e cadeiras de madeira com muitas plantas ao redor. O único problema foi que juntou muita gente,e mesmo a garçonete se esforçando ao máximo no atendimento,acabou não dando conta. Uma sugestão ao lugar é contratar mais gente para ajudar quando tiver algum evento.

via iPhone

Conheci o Ô de Casa Hostel num dia bem bonito. O hostel é cheio de plantas, tanto nas paredes quanto no chão. A luz solar chega em quase qualquer canto do hostel, é bem gostoso sentar no meio do quintal e tomar um banho de sol junto com as plantinhas.

O bar é aberto para não-hospedeiro também e adorei o açaí especial de casa ( enorme, gelado, com gosto forte de açaí).

Apesar de não ter a oportunidade de visitar bem os quartos, recomendaria o Hostel para os meus amigos pelas seguintes caracteríscticas: bom sinal de wifi, pessoas simpáticas, boa localização no meio dos bares, delicioso açaí, bem ensolorado.
Foto opinião do Yin Guo sobre Ô de Casa Hostel

O bar-lanchonete do hostel é excelente.
Os lanches são variados e deliciosos, servidos na ciabatta com suco natural e banana chips.
Tinha opção com mortadela, brie, pestos, entre outros.
De sobremesa, vá de tapioca doce ( leite condensado e coco ralado)
Duas iguarias brasileiras feitas no capricho.
Atendimento bom, pessoal bem simpático.

Gostei bastante do Ô de Casa Hostel! Ele fica bem entre a Vila Madalena e Pinheiros e o ambiente é bem praiano! As mesas e cadeiras de madeira com plantas que lembram as paisagens que agente vê na praia são bem evidentes.

O Hostel possui wi-fi gratuito e o serviço de bar é oferecido tanto para os hóspedes como para pessoas de fora.

Eles possuem apenas uma suíte, o resto dos quartos são todos coletivos.

Gostei bastante do terraço deles. Grama sintética no teto pra dar um ar mais natural, cadeiras, mesas e uma churraqueira ficam lá em cima pro pessoal queimar uma carne. Acho que foi a parte que mais gostei do hostel.

Pedi o lanche Ô de Brie, influenciado pela resenhado Borbas (pão ciabatta com brie grelhado e geleia de pimenta e rúcula) e achei muito bom mesmo! O preço vale (R$19,90). Pedi um suco de Laranja com morango e estava gostoso (azedinho) e a banana frita como se fosse batata frita estava ótima!

Pedi também um açaí na taça (600ml por R$16,00) e vale a pena! Estava bem gostoso, com granola, paçoca moída e leite condensado.

A atendente foi muito simpática e estava sempre dando sorrisos pra todo mundo. Ela sozinha cuidou de mais de 25 pessoas (por causa do Graffitti Tour do Kekanto, a casa estava cheia!).
Foto opinião do Nobu Tateoka sobre Ô de Casa Hostel

Conheci o Ô de Casa Hostel num evento promovido pelo Kekanto. A estação de metrô mais próxima é a Faria Lima, e andando até lá, dá uns 10-15 minutos.
O local é bem arrumadinho, e nos faz sentir em casa mesmo, apesar da simplicidade. Não vi as acomodações, mas acredito que não sejam muito grandes.
Como estávamos na promoção do Kekanto, almoçamos por lá, por R$ 20,00. O combo que escolhi foi o Ô de Sampa (Ciabata com mortadela, tomate seco e pasta de azeitonas) + Suco de abacaxi + tapioca. Eu não curti muito esse lanche, mas a maioria do pessoal gostou. O suco e a tapioca estavam bons. O atendimento foi um pouco demorado, pois no dia, estávamos em um grupo grande, mas apesar disso, todas as atendentes eram bem atenciosas. Eles também disponibilizam wifi.

via iPhone

Hostel bem bacaninha localizado na Vila Madalena, na mesma rua do El Guatón e do novo endereço do Bar do Seu Zé (das deliciooosas empanadas chilenas!).
Fora isso, fica na rua paralela à Cardeal Arcoverde e a Teodoro Sampaio, lugares bem fáceis para pegar ônibus em direção ao centro da cidade.

Apesar de pequeno, pareceu ser bem limpo, descolado, bem cuidado e arrumadinho!
Se não me engano, haviam 3 ou 4 quartos comunitários e apenas uma suíte.
Área externa com cadeirinhas, área interna de convivência com livros, guias e mapas, uma "área gourmet" com geladeira comunitária, e uma área superior com grama sintética e bancos de praia pra tomar um sol na laje! =).
Oferecem café e almoço mesmo para aqueles que não estão hospedados, além de virar um barzinho a noite.
Na ocasião, optei pelo combo amigo de R$20. Era a promoção pra quem estava pelo Kekanto (II Graffiti Tour Kekanto - PasseiÔ). Sanduíche suco chips de banana tapioca. Preço normal do sanduíche: R$20. Optei pelo "Ô de São Paulo": pão ciabatta com mortadela, pasta de azeitona e mostarda Dijon. Estava muito bom!
Achei a tapioca mais ou menos. Não tinha muita liga, o que a deixou seca.
Fora isso, pedi uma cerveja caseira tipo Munchen, mais escura e mais docinha (R$9) e uma taça de açaí (600ml) com leite condensado e paçoca (R$16). Dica!! Se não estiver com muita fome, pode dividir essa taça em 3 pessoas! É gigante e foi gordice pura ter comido tudo em apenas duas pessoas.

O atendimento - tanto do hostel em si como do restaurante - foi muito simpático! Devem estar acostumados a lidar com diferentes tipos de gente, ne?
Foto opinião do Akemi K. sobre Ô de Casa Hostel

Conheci o hostel no Graffiti Tour do kekanto!
Não tive a oportunidade de conhecer os quartos, mas posso dizer que a área comum é bem descontraída, agradável e acolhedor, o que é ótimo para os turistas.
Tem uma lanchonete/bar que atende não só os turistas, mas também as pessoas que não se hospedam no hostel.

Apos o tour, almoçamos no hostel! Combo especial para o kekanto: sucão + lanche e banana chips + tapioca por R$20. Vi o preço normal no cardápio e os lanches custam por volta de R$19,90, mas vale a pena pagar. Os recheios são diferentes e combinados ficam ótimos! E as bananas chips tem gosto de batata. Pedi um sanduíche de rosbife com patê de wasabi e rúcula, achei um pouco ardido por conta do wasabi, mas ainda sim gostoso! Experimentei o Ô de Sampa e Ô de Brie, ambos muito bons também, mas gostei mais do de brie!
A tapioca é só de coco fresco com leite condensado! Muito bom também!
As atendentes eram bem atenciosas, os sanduíches demoraram um pouco por conta do número de pessoas que chegaram ao mesmo tempo.
Pra finalizar pedimos um açai especial! 600ml com camadas de leite ninho, granola no topo! R$ 16 de muuuito açai. depois de tudo isso sai explodindo de lá, mas feliz =]!

Outro ponto bom para quem se hospeda lá é a localização! tem de tudo por perto: farmácia, mercados, ponto de ônibus.

Voltarei mais vezes!

Tive a oportunidade de conhecer o Ô de Casa Hostel por ocasião do II Graffiti Tour Kekanto - O PasseiÔ!.
O ambiente do hostel é bem descontraído, as pessoas ficam à vontade, como numa lanchonete do litoral. Possui um bar e algumas mesas e cadeiras.
Os sanduíches do Ô de Casa Hostel na promoção para o passeio II Graffiti Tour Kekanto - O PasseiÔ! foram ótimas sugestões. Pedi o combo Ô de Paulista (Ciabata com mortadela, tomate seco e pasta de azeitonas) + Suco de abacaxi com hortelã + sobremesa de tapioca. R$ 20,00 na promoção para os participantes do tour. Nada como uma refeição leve depois do passeio. Muito bom! E o atendimento da garçonete foi atencioso, na hora do almoço alguns lanches demoraram um pouco para chegar, mas é compreensível.
E sobre o II Graffiti Tour Kekanto - O PasseiÔ! foi uma oportunidade de conferir amostras Street Art nas vielas da Vila Madalena. Trabalhar com propaganda exige a busca das mais variadas referências do mundo das artes e a arte urbana não pode ficar de fora. Então para mim, além de ser um passeio curioso, também é um exercício de criatividade e pesquisa.
Muito interessantes os graffitis, sempre com alguma mensagem embutida, uma manifestação cultural num misto de abstracionismo, surrealismo, psicodelismo e pop art. A iniciativa de revitalizar as vielas é um exemplo muito bom e abre espaço para os graffiteiros exporem seu talento.
A guia Manuela Colombo foi clara nas histórias e demais explicações durante todo o roteiro, o perfil dos grafiteiros, nas lojas e galerias King Cap#SP, A7MA e Choque Cultural.
E parabéns à galera do Kekanto por mais esta iniciativa e organização do evento promovido pelo PasseiÔ! em parceria com Conexão Cultural e o Ô de Casa Hostel.
Aliás, queria aproveitar e compartilhar um vídeo bem legal relativo ao tema graffiti que me veio na memória: http://www.youtube.com/watch?v=K3t-ZyOZDJk

Primeira opinião do lugar

O Ô de Casa é um dos hostel da Vila Madalena que oferecem tambem serviço de bar para pessoas de fora do hostel.

Fui numa sexta de noite e estava um clima bem animado apesar da chuva e do frio inexplicavel em pleno verão.

Tomamos umas brejas e eu comi um sanduíche bem gostoso: pão ciabatta com brie grelhado e geleia de pimenta e rúcula. É uma delícia e esse sanduíche também tem a opção de geleia de jabuticaba ao invés da de pimenta.

4 brejas + o sanduba saiu em uns 37 paus, achei o preço bem bom. O problema é que o atendimento nem é tão bom assim...meio desatencioso.

É um lugar onde eu voltaria fácil! O clima é muito bom e o ambiente é bem gostoso, meio "luau de praia", saca?
Exibindo 14 opiniões | Total de 14 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Ô de Casa Hostel? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma:

Consulte o preço e reserve o Ô de Casa Hostel

Data da viagem: Consultar preço