Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Local bem bonito, com um exposição muito bonita sobre as coisas do sertão nordestino, um boa estrutura, bem organizado, com um equipe muito bem preparada. Muito bom para se fazer excursões com turmas de escolas, o local suporta uma boa quantidade de pessoas, bom também para levar a família para um visita.

Localizado na parte antiga da cidade (marco zero), o Museu Cais do Sertão remete o visitante à cultura interiorana, em especial do sertão do Estado. Vale muito a pena visitar o local, onde a cultura sertaneja é colocada em foco e apresentada inclusive àqueles que não conhecem a região semiárida do Nordeste.

Uma viagem ao sertão sem sair do Recife. O moderno e o grotesco, Lampião, os ritmos do Xote, do Xaxado e do Baião. Enfim, uma multiplicidade cultural num só lugar. Possui sala de interação sensorial, cabines individuais com karaokê, uma simulação de casa rústica do sertão, uma sala em que o visitante pode tocar alguns instrumentos do forró, entre outras coisas.

Lugar repleto com nossa cultura, maravilhoso. Logo de começo você assiste um vídeo, em uma sala maravilhosa com imagem de som que impressiona, vídeo lindo falando do sertão.Lugar pra karaokê super divertido. Organizado e bonito. Um riacho com peixes de verdade que passa pelo museu. Da pras tirar fotos lindas.

O museu tem uma arquitetura linda e arrojada, o acervo é rico e tudo nele é muito moderno, cria um contraste muito bacana com o que é exposto. As mídias interativas como o karaokê e a opção de remixar clássicos do baião são um diferencial. Estudantes de escola pública tem abatimento no valor da entrada.

Para quem, como eu, tem origens fincadas no sertão, o Museu Cais do Sertão é emocionante. Para quem não tem, é, no mínimo, um passeio diferente e divertido. Com uma proposta interativa, você perde horas lá dentro assistindo vídeos, ouvindo músicas, tocando zabumba e cantando no karaokê, sem se dar conta do tempo. A entrada custa R$8 inteira e R$4 estudante, mas faço como pós-graduação em uma instituição pública, entro gratuitamente. Em dias de domingo, o acesso é feito a pé. Por conta do funcionamento da ciclofaixa e das demais programações que acontecem no Recife Antigo, as ruas, por sorte, são fechadas. O que quer dizer sorte nesse contexto? escutar coco, maracatu e visitar a feirinha no caminho para o museu. Essa é minha vigésima opinião, mas a primeira "irretocável" e eu concluo afirmando que, comparado à outros que visitei em cidades dentro e fora do país, o Cais do Sertão não deixa a desejar.

O bairro do Recife (mais conhecido como Recife Antigo) é um bairro cheio de memórias, história e conhecido por ser a parte mais boêmia da capital. A região portuária abriga, além de bares e atrações culturais para todas as idades, alguns museus bem diferenciados e o Cais do Sertão certamente é o que mais se destaca.
O museu é grande, lindo e completamente iluminado com tons de laranja e amarelo, cores bem características da região a que se propõe expor as histórias. Além de exposições com fotografias e roupas do sertão é muito legal perceber que a curadoria se preocupou mais ainda com as questões tecnológicas e que proporcionam interações com os visitantes. Túneis com instalações artísticas estão lado a lado com uma réplica em tamanho original de uma casa sertaneja, grandes salas de projeção (inclusive uma delas com visão em 180º) e interações digitais em forma de imagem e som. Um diálogo entre o presente e o passado que o próprio Recife convive diariamente.
O grande personagem do Cais é o Rio São Francisco que, em escala menor, percorre todo o interior do museu e dialoga de forma muito certeira com uma sala à prova de som que dispõe diversos instrumentos que podem ser utilizados por qualquer pessoa. Uma oportunidade incrível para conhecer mais sobre uma das regiões mais ricas para a cultura pernambucana.
O ingresso custa o preço simbólico de R$8 (R$4 meia entrada), quase nada para a oportunidade de conhecer um dos melhores e mais bem equipados museus do Brasil na região mais cultural do Recife.
Exibindo 11 opiniões | Total de 11 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Museu Cais do Sertão? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)