Mercado Municipal Eng. João Pedro de Carvalho Neto  

nota 3.6 de 5 em 16 opiniões
| Rank: 19º de 272 | Mercados e Armazéns


Estabelecimentos neste local

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Há 15 mercados municipais na cidade, e esse deve ser um dos menores. Por dentro, ganhou uma maquiada com iluminação ambiente e pisos escuros, mas continua com a aridez do cimento "modernoso". DIversidade limitada, só um ou dois boxes por especialidade. Novidade é a loja de itens regionais do chef Alex Atala, com decoração de butique, mas só vende alguns itens de "parceiros" do seu instituto. No geral, só um mercado público de bairro mesmo.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Há 15 mercados municipais na cidade, e esse deve ser um dos menores. Por dentro, ganhou uma maquiada com iluminação ambiente e pisos escuros, mas continua com a aridez do cimento "modernoso". DIversidade limitada, só um ou dois boxes por especialidade. Novidade é a loja de itens regionais do chef Alex Atala, com decoração de butique, mas só vende alguns itens de "parceiros" do seu instituto. No geral, só um mercado público de bairro mesmo.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

O Mercado Municipal de Pinheiros é um bom programa para se fazer, sobretudo em um sábado. Além do andar inferior onde se concentram as bancas de frutas, verduras, biscoitos, na parte de cima, há vários restaurantes com bons preços onde os clientes podem desfrutar de gastronomia de qualidade. Há, em volta do mercado, várias mesinhas onde todos podem se sentar para fazer as refeições, além de ter algumas poucas em frente aos restaurantes. Vale o passeio!

O Mercado Municipal Engenheiro João Pedro de Carvalho ou Mercado de Pinheiros, é um mercadão que não só atende vendas a varejo como tem excelentes opções na área de alimentação no isso superior. No térreo a parte central concentra frutas e verduras de ótima qualidade, dando um efeito colorido ao local, no seu entorno estão lojas de grãos, laticínios, açougues, tudo muito limpo e organizado. Não é um grande mercado, mas atende bem a região como uma feira livre diária e fixa. Aos sábados você vai encontrar filas nos restaurantes, vale a pena esperar almoçamos no Restaurante Rainha, pedimos pratos diferentes e ambos estavam muito bem feitos. A Comedoria Gonzales e o Mocotó Café estavam lotados. Horário: das 8h. às 18h. Como chegar – metrô linha amarela, descer na estação Faria Lima.

via Android

Fui almoçar e aproveitei pra conhecer o mercado.
Tem bancas de frutas, legumes e verduras no piso inferior e no piso superior tem alguns restaurantes, açougues e peixaria.
Tem estacionamento e as tarifas cobradas são acessíveis. 4 reais a primeira hora e 25 reais o dia todo.
Os sanitários estão precisando de uma reforma. Apesar de limpos, cheiram mal.

Embora frequentasse Pinheiros desde a década de 60, não tinha entrado ainda no mercado. Fui agora, no fim de semana que passou, tava frio e chovendo. Mas adorei o mercado. Sou até suspeito, porque eu adoro mercado de maneira geral. Gostei muito dos embutidos, inclusive alheiras portuguesas, não muito fáceis de achar aqui no Rio. Fiquei impressionado com a gentileza dos funcionários dos boxes. Um deles faltou me levar pela mão para mostrar onde ficava o caixa automático e o banheiro. Coisas de São Paulo que vamos perdendo aos poucos no Rio.
Ganha 3 estrelas por oferecer estacionamento gratuito, após visitar esse, tentei o mercadão da Lapa, que só tem estacionamento no entorno na zona azul e desisti após dar duas voltas, então aqui é confortável, mas peca na quantidade baixa de estabelecimentos, tem muitos boxes fechados, e acho que o bairro mereça um mercado de melhor qualidade e maior vitalidade, porque tava bem "bola murcha" hoje, realmente a prefeitura precisa revitalizar os mercados dos bairros, a cidade não vive apenas do mercadão central, daqui a pouco ele vai precisar fechar pelo desgaste natural.
A falta de clientela não permite ao comerciante baixar seus preços, preços altos, espantam os potenciais clientes, não vi senhorinhas fazendo compras, tinha açougue que os funcionários até bocejavam de tédio
Foto opinião do Martin sobre Mercado Municipal Eng. João Pedro de Carvalho Neto  

Passei muito rápido pelo Mercado de Pinheiros, fui apenas para almoçar. Mas o que vi já agradou e surpreendeu. =)

Já tinha lido aqui, em outras opiniões, que era uma miniatura do Mercadão Central. E realmente é! Além disso, é completinho, limpo e organizado. Além disso, está a poucos metros do metrô Faria Lima e, apesar de localizado no Largo da Batata, é uma mão na roda.

Não há aquela variedade de lojas, como estamos acostumados a ver no Mercadão, o que estimula a concorrência: mas há de tudo. A parte de hortifruti é bastante variada, com frutas e verduras de qualidade, preços mais acessíveis. Tem também um pequeno açougue, uma loja de cereais, e as barraquinhas de lanche, como o tradicional pastel com caldo de cana.

Lá fora, existe uma espécie de praça de alimentação. É pequena, mas bem bacana e com bons restaurantes. Enfim, uma forma mais prática de ter produtos de qualidade na região, sem precisar ter de se deslocar até o centro.

Pequeno mas prestativo. O "mercadão" de pinheiros tem um bucadinho de cada coisa e algumas bem diferentonas, como as lojas de temperos e restaurantes que tem uma decoração bonita ou se destacam pela boa comida.

Esse é um dos mercados mais limpos e livre de odores que já conheci no Brasil, mesmo tendo peixaria e açougue. Claro que o porte do local ajuda pra isso, mas é bem resolvido. A pouca quantidade de stands encarece um pouco o local, mas que possuí uma boa qualidade de verduras e frutas que pode ser constatado só de olhar para os produtos (hehehe).

No centro do mercado funciona um horti fruti que é meio pegue e pese, como em quase qualquer mercado e com lojas ao redor. Existe uma parte superior bem interessante, que conta com uma rua de acesso e mais lojas de um lado (e estacionamento) e do outro lado uma varanda com direito a mesas e lojas.

Bacana e deixa pinheiros com mais cara de cidadezinha. Muitos passam por lá, mas poucos entram, uma boa rota de fuga no final das contas.

Sou vizinho do Mercado de Pinheiros, mas demorou tipo uns 6 anos pra visitá-lo.

A vizinhança é um pouco ruim - fica ali no Largo da Batata, perto da estação Faria Lima, mas no meio de um monte de "casa de primas" na Cunha Gago e um enorme terminal de ônibus intermunicipais. Acho que é por isso que eu nunca tinha ido.

Fui tomar café numa sexta e gostei demais da experiência. O Mercado não é grande, mas é bastante charmoso e iluminado. Tem um mezanino com uns restaurantes e lanchonetes e afins - no térreo é onde fica o hortifruti.

Não posso falar do preço das frutas porque não comprei, mas a qualidade parece boa.

Visitarei mais vezes!
Mais para conhecer do que para frequentar, porque os preços das frutas e dos legumes/verduras são mais altos que nos supermercados em geral, mas a qualidade estava muito boa. Frutas bem bonitas e bem cuidadas. As pequenas mercearias do mercado possuem uma boa variedade de produtos. Gostei bastante da lojinha de pimentas.

Fui num dia que estava tendo um evento, a Feira Gastronômica "O Mercado", onde chefes de restaurantes famosos oferecem algumas de suas iguarias por preços acessíveis.

Difícil estacionar lá perto e ainda há muitos flanelinhas na área.
Exibindo 14 opiniões | Total de 16 opiniões
Você conhece o Mercado Municipal Eng. João Pedro de Carvalho Neto  ? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: