Matilha Cultural

nota 4.4 de 5 em 16 opiniões
| Rank: 35º de 205 | Baladas e Boates
Mais na região Como chegar

Tem “Jornalismo em Quadrinhos” de 15 de março até 8 de abril!

https://catracalivre.com.br/sp/agenda/gratis/jornalismo-em-quadrinhos-e-tema-de-exposicao-na-matilha-cultural/

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Lugar totalmente excelente! Além de ótima e diversificada programação cultural ajuda bichinhos e humanos.

O nome da casa não é por acaso, trata-se de um local de adoção de cães, com exposições, show de bandas, cinema, livraria e lanchonete. Dito isso, é importante saber como aproveitar o melhor da casa, quinta-feira é dia de jazz com hip hop e mixagem, sim, é essa a mistura! E é fantástica, vá e sinta o ótimo mood da casa, mas prepare-se, lota muito! Aos finais de semana rola feira de adoção de animais, e as demais atividades tem de ser consultadas, pois rolam em paralelo (filmes, expos etc), o acesso as atividades é sempre gratuito e por isso recebe todo tipo de gente, logo é um lugar totalmente excelente!

A lanchonete vende veggiezices, cervejas e alguns tipos de destilados. Vá, participe, cultue e engaje-se. Estacionar pode ser um problema, procure deixar numa garagem paga, pois na região ocorrem alguns furtos de carros.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

Espaço cultural no centro de São Paulo onde acontece vários tipos de eventos gratuitos.
Fui para assistir a filme sobre uma banda e no mesmo dia estava tendo adoção de cães e gatos.
A sala de cinema não é grande, mas os ingressos são limitados e você pega no mesmo dia, tem ar condicionado e é aconchegante.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

A Matilha Cultural é um centro cultural independente e sem fins lucrativos localizado na região central de São Paulo.A programação pública da Matilha Cultural é gratuita ou a preços populares e traz conteúdo de vanguarda, com senso político, sempre acompanhada de debates, palestras e oficinas que consolidam a democratização do conhecimento.
No Matilha todos são bem vindos, inclusive o seu animalzinho, não há preconceito.Todos os domingos, a Matilha realiza a Feira de Adoção de animais abandonados na galeria, com uma média de 45 eventos por ano. Em parceria com a ONG Natureza em Forma, criamos um novo formato para a feira de adoção de animais abandonados: é a única do país em que os animais ficam soltos para que os seus futuros donos conheçam sua verdadeira personalidade desde o início.
E para quem gosta de um bom happy hour acompanhado de um Jazz de qualidade, todas as quintas à partir das 20h.

Lugar totalmente excelente! Além de ótima e diversificada programação cultural ajuda bichinhos e humanos.

O nome da casa não é por acaso, trata-se de um local de adoção de cães, com exposições, show de bandas, cinema, livraria e lanchonete. Dito isso, é importante saber como aproveitar o melhor da casa, quinta-feira é dia de jazz com hip hop e mixagem, sim, é essa a mistura! E é fantástica, vá e sinta o ótimo mood da casa, mas prepare-se, lota muito! Aos finais de semana rola feira de adoção de animais, e as demais atividades tem de ser consultadas, pois rolam em paralelo (filmes, expos etc), o acesso as atividades é sempre gratuito e por isso recebe todo tipo de gente, logo é um lugar totalmente excelente!

A lanchonete vende veggiezices, cervejas e alguns tipos de destilados. Vá, participe, cultue e engaje-se. Estacionar pode ser um problema, procure deixar numa garagem paga, pois na região ocorrem alguns furtos de carros.

Local de fácil acesso, com boa estrutura, dedicado à pessoas que gostem de música, arte, e de animais (aos domingos rola uma feira de adoção de cachorrinhos) .. gente descolada, a gente vê por aqui, sem contar a recepção e ambiente, que são impecáveis.

O Matilha cultural pode ser considerado como um verdadeiro QG para pessoas engajadas em ações sociais. Próximo ao metrô republica é possível encontrar uma variedade formidável de pessoas e agregar experiencias incríveis.
Gostei em especial da noite do "soul music".
O custo beneficio é excelente e o espaço se preocupa com a sustentabilidade, usam papel reciclado, e não permitem o uso de copos ou embalagens descartáveis para evitar o acumulo de lixo.
Vale a pena conhecer!

O lugar é pra lá de descolado e bacana... fica ali na Rêgo Freitas, reduto bem conhecido principalmente pelo fervo LGBT. Tem cinema para exibição de filmes, uma espaço enorme com um layout incrível: paredes de tijolo aparente e chão de taco antigo... acho que eles chamam de arena... no dia em que fui lá estava rolando uma exposição de fotos de árvores... Porém eu achei mais legal a galeria, onde tem o bar e rolam umas apresentações de DJs.

O meu marido conhece um povo que trampa lá, então vira e mexe tem evento e somos convidados... já faz um tempinho que fui, foi na época que estava rolando o evento Setembro Verde, e adorei porque tinham cães junto de seus donos curtindo o agito!

Todos os domingos eles promovem uma feira de adoção de cães e gatos em parceria com a ONG Natureza em Forma, só que ao invés dos animais ficarem presos naqueles cubículos diminutos, eles ficam livres para circular entre a galera... show de bola... só não adoto mais animais porque já tenho dois gatos que peguei da rua, e meu apartamento não comporta um cachorro. Vale a pena conferir a programação pelo Facebook ou até mesmo pelo site... trabalho super bacana!

Foi a minha melhor descoberta cultural de 2012.

Fui numa quinta-feira, quando rola um jazz fenomenal, não tinha como eu não me apaixonar.

A Matilha Cultural fica bem próximo à Praça Roosevelt, na Rêgo Freitas, também próximo à Praça da República, Minhocão e Escola da Cidade (faculdade meio alternativa de arquitetura). A Matilha é um daqueles projetos que ajudam (e muito) na reocupação do centro.

Lá é um mix de espaço de exposição de arte e fotografia, com bar, com biblioteca, com casa de show,...é uma mistura fenomenal. O ambiente é pequeno, não é mais do que um corredor com alguns pufês, exposições na parede, um espaço pra banda tocar, ao lado de um bar, ao fundo tem umas mesas com livros e wi-fi aberta, mais uma área descoberta para fumantes e tal. Sei que há uma sala de cinema por lá, só não descobri onde!

Todas as quintas-feiras há jazz com uma ótima banda, que no final da noite se junta a uns rappers pra um improviso simplesmente sensacional. É um prato cheio pra quem gosta de música de qualidade. É um alternativo bem cool!

Vale muito a pena visitar um happy hour. A experiência é fenomenal. O som que rola é de primeira, e, por ser um lugar pequeno, todo mundo fica bem próximo um do outro, o que dá um clima intimista bem bacana. O ambiente é tão descontraído que sentar no chão durante a apresentação é algo bem ok!

Pelo que me disseram, nas sextas-feiras o som que toca é black music. A Matilha também tem alguns cursos, encontros e debates que acontecem frequentemente.

Sério, não tem como não achar esse lugar comum. É algo totalmente excepcional, uma experiência alternativa imperdível pra quem curte cultura urbana.

Quer ver e conhecer gente bacana e estilosa que curte grafite, arte urbana e cultura vá para o happy hour da matilha. Terça, quinta e sexta, o melhor horário é lá pelas 20h ( exceto terça, que começa 21h).
É legal para fazer um esquenta antes de alguma balada pelo centro, meu conselho é o seguinte: vá de taxi, pois a cerveja é barata na própria Matilha ou nos botecos ao redor.
Exibindo 14 opiniões | Total de 16 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Matilha Cultural? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: