Mais na região Como chegar

Fundado em 1980, o Martin Fierro foi uma das primeiras casas a investir nas parrillas em SP. Hoje, fazem sucesso as empanadas argentinas, recheadas com carne ou frango. Além disso, os cortes grelhados, como o bife de chorizo apresentam sabor inigualável. Nas sobremesas, a pedida é a panqueca de doce de leite. A casa tem ambiente simples.



Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

via Android

Super recomendado pela minha família e amigos fomos no Martin Fierro em 8 pessoas no domingo às 14h. Como o restaurante estava bem cheio montaram uma mesinha de apoio na rua e ficamos lá aguardando no solzinho de outono. Desde o início fomos muito bem atendidos pela equipe do restaurante que nos avisou que demoraria pelo menos 1h em função do tamanho da nossa mesa. Durante a espera pedimos mollejas, linguicinha e empanadas, tudo muito bom e bem feitos. Pedimos um Pinor Noir muito bom e uma parte do grupo ficou na cerveja.

Depois de 1h30 nos chamaram para sentar. Pedimos uma provoleta e 4 pratos (carnes): um assado de tira, dois bifes de chorizo e um bife ancho. As carnes estavam muito bem feitas e super saborosas, principalmente o assado de tira que é muito difícil encontrar um bem feito aqui no Brasil. Achei que estavam com um pouco de gosto de gordura e depois fui conferir que a parrilla não era uma parrilla original com canaletas pra gordura o que explica o gosto de gordura na carne. mas tudo bem, não tirou o sabor e estava muito bom. O que ficou abaixo do esperado foi a provoleta, que estava meio crua e não torradinha como deve ser. Além do mais botar uma fatia de tomate frio encima do queijo não tem nada a ver. Mas foi um belo almoço! Ponto pra panqueca de doce de leite de sobremesa!

O local é super simples e isso no fundo é até bacana pois não é um ambiente de frescura. É uma parrilla Argentina e ponto.

Quanto ao preço achei relativamente justo. Foram as entradas, várias cervejas, 3 garrafas de vinho (88 cada) os 4 pratos de carne, sobremesa e cafes por R$ 135 por pessoa.


avaliações recomendadas

via Android

Super recomendado pela minha família e amigos fomos no Martin Fierro em 8 pessoas no domingo às 14h. Como o restaurante estava bem cheio montaram uma mesinha de apoio na rua e ficamos lá aguardando no solzinho de outono. Desde o início fomos muito bem atendidos pela equipe do restaurante que nos avisou que demoraria pelo menos 1h em função do tamanho da nossa mesa. Durante a espera pedimos mollejas, linguicinha e empanadas, tudo muito bom e bem feitos. Pedimos um Pinor Noir muito bom e uma parte do grupo ficou na cerveja.

Depois de 1h30 nos chamaram para sentar. Pedimos uma provoleta e 4 pratos (carnes): um assado de tira, dois bifes de chorizo e um bife ancho. As carnes estavam muito bem feitas e super saborosas, principalmente o assado de tira que é muito difícil encontrar um bem feito aqui no Brasil. Achei que estavam com um pouco de gosto de gordura e depois fui conferir que a parrilla não era uma parrilla original com canaletas pra gordura o que explica o gosto de gordura na carne. mas tudo bem, não tirou o sabor e estava muito bom. O que ficou abaixo do esperado foi a provoleta, que estava meio crua e não torradinha como deve ser. Além do mais botar uma fatia de tomate frio encima do queijo não tem nada a ver. Mas foi um belo almoço! Ponto pra panqueca de doce de leite de sobremesa!

O local é super simples e isso no fundo é até bacana pois não é um ambiente de frescura. É uma parrilla Argentina e ponto.

Quanto ao preço achei relativamente justo. Foram as entradas, várias cervejas, 3 garrafas de vinho (88 cada) os 4 pratos de carne, sobremesa e cafes por R$ 135 por pessoa.


Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via iPhone

Empanadas, carnes argentinas, o melhor alfajor do Brasil. Nao é barato. Mas ótimo. Muito cheio nos fins de semana. Aberto a tarde inteira. Perfeito pra aquele almoço fora de hora.

Pra quem gosta de comida argentina esse é um restaurante que recomendo. Fica no final da Aspicuelta e tem um ambiente muito agradável.

O restaurante tem dois pisos mas é no primeiro que fica a maioria dos frequentadores da casa. O cardápio une pratos leves e variadas carnes preparadas no estilo portenho.

Para abrir o apetite, não perca as empanadas de carne, eu sempre coloco bastante pimenta e já vou saboreando um delicioso vinho tinto Malbec. Depois peça uma deliciosa salada, detalhe que as verduras também são da argentina o que faz a experiência ser mas verdadeira. Como refeição principal, a minha dica é pedir um mix de carnes, como: bife de tira, chorizo, vacío e chinchulin. Sempre colocar o típico molho chimichurri nas carnes.

Como sobremesa, a minha dica é uma panqueca com doce de leite.
Vista de dentro
"Vista de dentro"

Vila Madalena. Taí um lugar que me fascina e que eu tenho vontade de desbravar inteirinho. Numa passagem a trabalho por Sampa convidei minha amiga Lissa para um almoço no Martin Fierro, um restaurante argentino especializado em boas carnes.Eu cheguei um pouco antes e fiquei bisbilhotando todos os cantos do lugar.

As mesinhas na rua bombavam de gente, mas eu preferi o lado mais pacato do lugar que fica no andar superior.Enquanto conversava com o assador sobre os cortes servidos e observava o vira e desvira da grelha, já pedi uma taça de vinho branco pra refrescar aquela tarde quente de verão.Já com a Lissa na mesa, começamos a pedir umas entradas. Primeiro uma tradicional empanada argentina de carne. O recheio bem temperado era daqueles suculentos.

Outra entrada que me chamou a atenção, mas que não pedimos, foi o Pan de Abuela, umas torradas com espinafre e ovo de codorna frito em cima. Curioso que só.Provoleta. Quando li isso no cardápio não pensei duas vezes. Como entrada é gordurosa e embuxante mas…eita queijo bom.O astro principal viria logo após: Bife de Chorizo. E um gigante bife de 450 gramas. Tivemos que rachar um e ainda sobrou carne. Fiquei me remoendo pra pedir também um Bife Noix, mas não rolava.Meu único pedido ao churrasqueiro foi pra fazer mal passado.

E o “homi” me ouviu mesmo. Veio berrando no prato. Até um pouco demais, mas nem reclamei.Uma coisa que eu curti no Martin é a possibilidade deles irem até a casa das pessoas pra assar o churrasco. Deu vontade de armar uma festinha só pra chamar os caras. Até o assador eles levam!E antes do espresso que fecharia o almoço, ainda tivemos a agradável companhia de duas caturritas. Devem ter sido guiadas pelo cheiro…Quanto deu tudo isso? Cerca de 100 reais pagaram tudo. Preço bem normal pra cidade. E vambora trabalhar que a cidade não pode parar.
Foto opinião do Diego Fabris sobre Martín Fierro

Este post vai inteirinho dedicado à minha paixão pelas carnes argentinas!
Digam o que quiserem, los hermanos são sensacionais com as carnes. Não me interessa se é a raça do boi, a destreza do parrillero, se eles tem ou não tem picanha…com raríssimas exceções, a carne argentina, feita na parrilla, é campeã!

Martín Fierro - usando o nome de um dos famosos argentinos, o MF é um dos mais antigos de São Paulo (já fez mais de 30 anos). É bem simplesinho, tem dois andares, inclusive um piso superior deveras romântico (se é que pode ser romântico mastigar um bife de chorizo na frente da tua amada…)

A carne é bem gostosa, o preço é razoável. As empanadas são bem saborosas. O legal dele é que fica na Rua Aspicuelta, 683, em pleno coração da Vila Madalena.

O preço é bem razoável, você vai gastar uns 60 a 80 reais por pessoa, considerando couvert, empanada e carne. Um alfajor de sobremesa vai bem. Com vinho, acrescente aí uns 20 por pessoa.

Personagem criado pelo escritor José Hernandez, o anti-herói dos pampas – ícone nacional na Argentina – empresta seu nome a um dos restaurantes clássicos da Vila Madalena, fundado há 31 anos. Sempre lotado nos finais de semana, o pequenino mas arejado Martin Fierro é um dos destinos para quem deseja provar carnes de qualidade em São Paulo.
Vale começar por uma empanada, saborosa da massa ao tempero que dá um toque especial à carne cortada na ponta da faca (R$ 5).

Outra boa pedida é escolher uma das entradas do dia. Aos sábados, costuma aparecer como opção um pão caseiro coberto com chorizo especial (lingüiça) e queijo rockefort (R$ 12). Simples e sensacional!
Entre os principais, as massas aparecem como alternativa à grelha. Com jeitão de artesanal, o ravióli de zuca (R$ 20) – abóbora – com molho de manteiga e sálvia passou no teste.

Mas o forte mesmo são as carnes. Com gordura entrelaçada, o bife noix (ancho) é um corte macio e com ótimo sabor (300g por R$ 55 ou 450g por R$ 75). As carnes são acompanhadas por salada.

Para finalizar, o creme de limão siciliano (R$ 9) agrada quem pretende evitar sobremesas mais doces.

Se pensar diferente, não há problemas, basta pedir a clássica panqueca de doce de leite (R$ 9). Carece da companhia de uma bola de sorvete, mas é garantia de acerto.

E como o almoço era de comemoração, o vinho rosé chileno Terra Andina (R$ 42) foi eleito para o brinde. Bom, porém mais encorpado do que prevíamos.

Brincando de Chef – www.brincandodechef.com.br
Foto opinião do Débora Cheruti sobre Martín Fierro
Primeira opinião do lugar

O Martín Fierro é um restaurante argentino muito agradável da Vila Madalena. O ambiente é bem aberto e ventilado (mas fechado em cima, sem chuva), claro, alegre, perfeito para uma tarde ensolarada. Mesmo o andar de cima é aberto e ventilado.

As empanadas de lá são muito boas, mas o restaurante serve pratos variados (carnes, saladas, massas) e são todos muito saborosos!

Uma ótima pedida é o vitelo a tonê, que é uma entrada mas pode servir como prato principal, se acompanhado de uma salada. O nhoque de sálvia também é muito bom, mas quase enjoativo. Todas as carnes que já provei eram boas e vinham no ponto. Uma costela que comi uma vez foi a mais marcante. Todas as carnes acompanham saladas super bem servidas e bem gostosas.

De sobremesa, o cardápio tem várias opções interessantes. Nunca provei os famosos alfajores, mas posso dizer que a panqueca de doce de leite é perfeita.
Exibindo 11 opiniões | Total de 11 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Martín Fierro? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)