MAC USP Ibirapuera

nota 4.2 de 5 em 14 opiniões
| Rank: 25º de 83 | Museus
Mais na região Como chegar

Antigo prédio do detran que além de abrigar boas exposições, conta com uma linda vista da cidade de São Paulo no oitavo andar.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via Android

Apesar de não ter um acervo riquíssimo, gosto bastante porque recebe exposições bem legais! O espaço é amplo, sereno bem agradável para uma longa visita. Das vezes que fui não peguei fila nenhuma. A vista panorâmica do último andar é sensacional. Ah, descobri por acaso que tem estacionamento gratuito! ;-)

Ele é lindo, grande, com um pé direito imenso e super tranquilo. Fui em um sábado, quando levei um pé na bunda da exposição do Picasso por uma fila desnecessária no CCBB ¬ ¬ e não me arrependi.
Cheguei perto do meio dia e fiquei até às 17h, foram 5h e não consegui ver todos os andares. Ele é realmente de grande, acho que são uns 9 andares com obras, com uma variedade imensa. Vão de esculturas até desenho a lápis, de obras futuristas até o classicismo, com um bom arsenal audiovisual.
E é um museu super dinâmico. Em muitos andares podíamos interagir com as obras expostas, sendo um museu bom pra fazer criançada curtir esses rolês culturais, sem ficar com aquele ranço de "todo museu é chato".
Fiquei deslumbrada com a vista panorâmica que pega todo o parque do Ibirapuera e região.
E mais deslumbrada ainda com um gatão (réplica de), que respirava, ronronava e feito de pelúcia. Minha vontade era ficar abraçada com ele pra sempre ♥
Gatão da Nina Pandolfo
"Gatão da Nina Pandolfo"

O MAC do Ibirapuera é um lugar incrível. Não consegui explorá-lo por inteiro, porque são 08 andares (se não me engano) e fui ver exclusivamente a exposição "Transarquitetônica". Porém, aquele "bloco" de concreto alto esconde vários encantos.

A começar pela parte de fora, uma ampla área verde onde, naquele dia, estava rolando um festival gastronômico com vários food trucks e pessoas fazendo piquenique no gramado. Internamente, o espaço é dividido em vários andares e além das exposições, há workshops e oficinas. Vale à pena ficar de olho na programação, muitos cursos e palestras são gratuitos.

Lá em cima, a vista de Sampa é MARAVILHOSA! Vale super a pena ir até o último andar para relaxar e tirar belas fotos. Sem contar o acesso: apesar de não ter metrô nem trem por perto, há um ponto de ônibus com ônibus de várias linhas.

Enfim, outro ponto de São Paulo que merece ser visitado não somente por turistas como por locais =)

Nunca tinha entrado como Detran, mas agora quando entro fico pensando: essa estrutura foi feita para ser de arte!
São 8 andares, mais o anexo com acesso pelo mezanino, todos com uma ou duas exposições rolando.
É uma ótima opção para quem está de passagem no parque Ibirapuera, e é gratuito.
Hoje no terreo me deparei com uma escultura de gato enoooorme e ele até ronronava! Muito fofo! O 1º andar estava em manutenção, e apesar de ter lido isso na entrada eu esqueci qual andar era e lógico que paguei mico né? hahaha Não faz mal, com isso desci com a produtora e ela me contou um poquinho do que ia rolar...estará aberto a partir do dia 23 de janeiro. No 2º andar tinha uma exposição sobre narcisismo, bem pequena, mas bem legal. O restante do andar contava sobre o MAC mesmo, então tinha várias artistas que passaram por lá, eu gostei bastante dessa parte.. E daqui fui para o anexo, para ver a exposição "Transarquitetonica" de Henrique Oliveira, por fora já achei interessante, mas quando entra é outro mundo. Os jogos de luz e material utilizado, parecendo um labirinto de caminhos, é realmente interessante. Eu gosto de arte assim, que você pode sentir, não só observar, e com essa você conse
Foto opinião do Danielle Gomes sobre MAC USP Ibirapuera

A mais recente sede do Museu de Arte Contemporânea da Univerdade de São Paulo, o MAC USP Ibirapuera é uma ótima opção para um passeio cultural. Possui vários andares e na cobertura do edifício, aberta ao público, há uma bela vista das proximidades do Parque do Ibirapuera.
Estive recentemente na exposição Transarquitetônica e curti bastante! Fizeram um belo trabalho, em que é possível caminhar dentro de uma espécie de regressão que vai de um prédio comum até uma árvore. Só vendo para enteder melhor. Recomendo!

Eu não conhecia o Mac Usp. Se não me engano, ele ficava dentro do Parque Ibirapuera e agora fica onde era um antigo prédio do governo de São Paulo. A entrada no museu é gratuita e ele é fechado na segunda-feira. Na final da Copa do Mundo ele funcionou normalmente, coisa que achei interessante. Foi nesse dia que fui ao Museu.
Com oito andares, sendo o oitavo uma cobertura fantástica onde você consegue ter uma visão maravilhosa da cidade de São Paulo, principalmente do Parque do Ibirapuera, o Mac Usp precisa de mais de um dia para ser visitado. Se você tiver tempo e paciência consegue visitar todos os andares no mesmo dia. Confesso que não consegui.
As obras expostas no museu são de artistas diferentes e de épocas diferentes. Uma instalação que está sendo exibida agora é a Transarquitetônica. Vale muito ir. As pessoas entram em instalações que seriam casas de diferentes épocas e níveis sociais. Ela está no anexo do prédio.
Os andares são bem parecidos, mas, como falei, com obras e propostas diferentes. O museu tem as informações bem sinalizadas, então é fácil saber o que você quer encontrar . Os elevadores são rápidos e espaçosos. Como fui em um dia vazio, não estavam cheios. Acredito que não sejam cheios em dias comuns também. Por fim, se você for no final da tarde, dá para curtir o pôr-do-sol do último andar. O local fecha às 18h, mas dá para ter uma vista linda.

Sinceramente, mas sinceramente MESMO, eu nunca tinha ouvido falar desse museu. Meu conhecimento sobre ele surgiu quando, numa dessas tardes ociosas na internet, vi um blog falando sobre a exposição que está rolando lá no MAC do Henrique Oliveira... Uma mega instalação super incrível que começa toda clean e se desconstrói até se tornar o interior oco de uma árvore. Sensacional. Fui até o tal Museu de Arte Contemporânea da USP para ver a tal exposição e a surpresa foi tanta que certamente entrou para a minha lista de lugares preferidos em São Paulo.
Chegando no local fui logo me informar com a recepcionista como transitar pelo museu, aquela coisa bem de quem está conhecendo pela primeira vez mesmo. Ela, super atenciosa, me explicou como chegar até a exposição do Henrique, me informou sobre os outros andares, que possuem acervo e outras exposições itinerantes, forneceu instruções para fotografia e falou pra não perder o 8º andar, onde há um terraço com vista para a cidade. Meus olhos brilharam.

A exposição, chamada Transarquitetônica, é tudo de bom e muito mais. Mas o que me deixou mais feliz de ter atravessado a cidade pra chegar naquele lugar maravilhoso foram os 8 andares recheados de arte e aquele terraço que é de tirar o fôlego pra quem ama São Paulo.
Recomendo visitar todos os andares, em especial o 4º, que apresenta a exposição "Fronteiras Incertas: arte e fotografia no acervo do MAC USP", e fica em cartaz até dezembro de 2014. Essa foi, com certeza, a minha segunda preferida do dia.
Vá com calma, tempo e coração aberto para absorver toda a aula de arte contemporânea que é esse lugar.

E tire uma foto com o gato gigante do térreo! (:


Não cheguei a visitar por completo mas a parte que visitei valeu muito, diversas esculturas, algumas de formato diferente e não tão fácil compreensão, outras bem interessantes e convidativas a exemplo de uma escultura que fica no térreo do anexo ao fundo do museu, além existe logo proximo a entrada lindas obras de facil entendimento e muito cativantes para fotos e observação.

O Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP), juntamente ao Museu de Arte de São Paulo (MASP), Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP) e Pinacoteca do Estado de São Paulo está na lista dos museus de arte mais relevantes da famosa "Cidade da Garoa". Fundado em 1963, inicialmente com o acervo do MAM-SP, o museu, agora em sua nova sede, conta com 7 andares, mais de 10.000 obras de arte e uma bela vista da cidade de São Paulo a partir de seu terraço.

Vale uma visita para conferir obras de artistas brasileiros como Di Cavalcanti e Tarsila Amaral a internacionais como Giorgio De Chirico, Picasso e Cindy Sherman, além da arquitetura destacada da sede, assinada por Oscar Niemeyer.

Um presente para a cidade de São Paulo. No prédio que funcionava o Detran-SP onde só se via filas, desorganização, picaretagem, filas e mais filas, muita canseira e aborrecimento, agora funciona um museu de arte da USP com um acervo incrível que não estava exposto por falta de lugar, pois não cabia todo o acervo no MAC da cidade universitária. O complexo são dois prédios projetados por Niemeyer, um com 8 andares e mais o prédio anexo que abrigam esculturas, pinturas e diversas formas de arte contemporânea.
O oitavo andar tem uma área ao ar livre que tem uma vista panorâmica do Parque do Ibirapuera e na parte de trás dá pra ver o Instituto Biológico e os pés de café que são cultivados desde a época do café e, preservado rende uma safra que é doada.
Tudo isso gratuito.
Foto opinião do Daniel Fernandes sobre MAC USP Ibirapuera
Primeira opinião do lugar
O prédio da nova sede do MAC onde antes ficava o Detran está pronto e pouco a pouco estão abrindo os vários andares para visitação. Até hoje ( 7/7/2013) já temos esculturas no térreo, obras no mezanino, instalações e fotos no anexo e obras no 6o e 7o andar. Até o final de 2013 os demais andares serão inaugurados com outras exposições.
Atualmente há fotografias de Mauro Restiffe sobre as obras de adaptação do prédio para receber o MAC, uma instalação muito interessante de Carlito Carvalhosa , várias esculturas, pinturas de José Antonio da Silva, Di Cavalcanti entre vários outros artistas e pintores renomados .
O 8o andar é um terraço de vista ampla sobre o Parque do Ibirapuera. Vê-se no horizonte os prédios de São Paulo e também ao longe no céu, os aviões que levantam vôo do Aeroporto de Congonhas. Na parte dos fundos é possível ver o Instituto Biológico.
O MAC é um novo marco na nossa cidade! Vale a pena ir até lá.
O estacionamento ficará pequeno um dia mas por enquanto é bem tranquilo e gratuito. Ainda não tem lanchonete e não pode levar comida ou bebidas para dentro do museu. Se for com mochila ou outro volume maior , há um lugar para guardá-los. Pode fotografar sem usar flash.
Exibindo 13 opiniões | Total de 13 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o MAC USP Ibirapuera? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: