O charmoso Le Blé Noir, que faz sucesso em Copacabana desde 2000 e trouxe para Rio de Janeiro a legítima crepe de trigo sarraceno, típica da Bretanha, rompe os limites da Zona Sul e chega à Barra da Tijuca.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

via Android

Bom ambiente, romântico e agradável. Um restaurante cujo a proposta é fazer com que você se sinta na França, e em parte consegue, o local é temático, com música ambiente francesa, as opções do cardápio são todas com nomes de pratos típicos, o forte do local são os crepes, mas não os que o carioca está acostumado a comer, só indo lá pra ver. Infelizmente não foi tudo "só flores" por lá.
No geral o banheiro é pequeno e tem mal cheiro. E em particular, quem me atendeu não demonstrou interesse nenhum em nos ajudar com o cardápio, pois era a primeira ida, minha e de minha esposa, ao local... Ao invés disso, o ditocujo delegou outra pessoa para nos atender, esse um pouco mais paciente. Se for o caso eu até volto lá (pois já passei pela experiência rsrsrs...), mas o meu conselho para quem pretende ter uma primeira vez, é o de ser paciente e não sentir-se envergonhado.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Dispõe de profissionais treinados e qualificados, , estacionamento próprio, segurança, playground. Ambiente agradável e muito bonito, sendo na minha avaliação o destaque do local, muito mais até do que o atendimento ou a comida, que não foge muito do trivial amplo salão. Gostamos muito, local aconchegantes, excelente para família, crianças, jovens.. todas as idades. Fácil acesso. Muito bom gosto no cardápio e principalmente na equipe de atendimento.

via Android

Bom ambiente, romântico e agradável. Um restaurante cujo a proposta é fazer com que você se sinta na França, e em parte consegue, o local é temático, com música ambiente francesa, as opções do cardápio são todas com nomes de pratos típicos, o forte do local são os crepes, mas não os que o carioca está acostumado a comer, só indo lá pra ver. Infelizmente não foi tudo "só flores" por lá.
No geral o banheiro é pequeno e tem mal cheiro. E em particular, quem me atendeu não demonstrou interesse nenhum em nos ajudar com o cardápio, pois era a primeira ida, minha e de minha esposa, ao local... Ao invés disso, o ditocujo delegou outra pessoa para nos atender, esse um pouco mais paciente. Se for o caso eu até volto lá (pois já passei pela experiência rsrsrs...), mas o meu conselho para quem pretende ter uma primeira vez, é o de ser paciente e não sentir-se envergonhado.

via iPhone

Para quem gosta de crepe e de galette, em um ambiente intimista e aconchegante, Le Blé Noir é o lugar a conhecer e apreciar suas iguarias. Uma bandeira da Bretanha não deixa dúvidas que você está em um local que servirá pratos símbolo daquela região francesa. As galettes são feitas com trigo sarraceno, muito bem servidas, acompanhadas por uma salada de folhas. Há combinações prontas e há outras possibilidades com sabores tradicionais, escolhendo o queijo de vaca (5 opções) ou o queijo de cabra (2 opções). Para acompanhar a galette, nada melhor do que uma boa cidra, que servem, inclusive, em taça. O lugar é concorrido nas noites de final de semana, com fila de espera na calçada. Vale a espera!
Foto opinião do Leo Soares sobre Le Blé Noir - Barra da Tijuca

via Android

Muito bom!!! Recomendo.
O local abre 19:30. Mas a partir de 19:00 já tem uma fila considerável na porta. Cheguem cedo!
Pedi um crepe de queijo de cabra, mel e amêndoas torradas. Maravilhoso!
Foto opinião do Marina Miranda sobre Le Blé Noir - Barra da Tijuca

Le Blé Noir, especializado em crepes de trigo. preparados com a receita tradicional da Bretanha..

é um dos restaurantes mais interessantes do RIO por um detalhe o dono é um sujeito bem humorado e só trabalha quando quer. outro dia fui jantar com meus filhos e tive o prazer de conhecê-lo

basta ver os Posts no FB perguntando quando abre a casa...

kkkkkkkkkkkkkk

material abaixo foi retirado da internet e eu tb recomendo, com cuidado, a cidra:

A casa tem no cardápio uma variedade de crepes preparados com trigo sarraceno. Entre os sabores clássicos estão o ouessant, feito com figos caramelizados ao vinho do Porto com um toque de baunilha, queijo de cabra, presunto cru e farofa de nozes. Outra opção é o frehel, feito com camarões grelhados em redução de uva fresca, champignon de Paris, espumante e um toque de creme de leite. De sobremesa, a casa sugere o plugastel: trouxinhas de crepe recheadas com sorvete de creme, calda de chocolate, frutas da estação e amêndoas. Para beber, a casa tem uma pequena carta de vinhos que inclui rótulos argentinos, chilenos e franceses. Mas o grande destaque é a sidra francesa Valderance Brut, que harmoniza com os crepes.

Muito bom, os crepes são muito bons, mas tem que ter gosto refinado, pois os ingredientes não são frango com catupiry ou carne-seca com queijo coalho não... O atendimento é legal também. Super romântico e aconchegante. Vale um jantar especial, até porque não é barato... Dias especiais pedem um crepe no Le Blé Noir...
Exibindo 14 opiniões | Total de 42 opiniões
2 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Le Blé Noir - Barra da Tijuca ? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: