Khan El Khalili

nota 3.4 de 5 em 21 opiniões
| Rank: 76º de 239 | Restaurantes Árabe


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

via iPhone

Escrevo novamente sobre a KK para falar sobre a minha participação no Projeto Talento e Arte - PTA.

Fomos informadas de que os convidados deveriam comprar com antecedência o convite, porém era possível adquiri-lo no mesmo dia... Até aí eu entendo que a compra antecipada é para se ter uma ideia da demanda de pessoas e adequá-las aos vários ambientes, mas acredito que a falta dessa informação fez com que muitos convidados deixassem de ir pela falta de convite.

Cheguei na casa e perguntei à recepcionista onde eu poderia me trocar e me preparar para a apresentação, e ela disse que só havia mesmo o banheiro das clientes comuns. Nós ficamos descalças para as apresentações, e pisar no chão do banheiro assim é complicadíssimo... Ao menos uma salinha pequena com espelho já bastaria.

Mas o pior de toda a experiência foi o tal ritual oferecido... Segue a descrição do site:
"Ritual Oriental - CAIRO
exclusivo para GRUPOS de PTA
- Khan-pirinha de Vodka
cesta com pão árabe (2)
pão de pizza (1)
patês (3)
- salgados (5)
- quindim (1)
por pessoa: R$ 36,10
dança do ventre: R$ 18,90
TOTAL: R$ 55,00
O que compreende os ítens acima:
1) cesta completa de pães - pão libanês, pão de leite, pão folha, pão sueco, pão de pizza, pão de flores, pão sírio torrado, rosca de gergelim, petit-fours, bijou, bolo de frutas, bolo de canela - à vontade;
2) 5 tipos de patês - homus, ricota com azeitonas, zaatar, berinjela árabe, geleia de banana natural - à vontade;
3) 5 tipos de salgados - kibes, esfihas, coxinhas de frango com catupiry, bolinhas de queijo, croquetes de carne;
7) bules de chás nacionais - mate, hortelã, camomila, erva-cidreira, erva-doce;
9) chás gelados - mate com limão, hortelã.
Os produtos que não são servidos "à vontade" podem ser pedidos em porções extras."
Obs: extraí algumas informações que não eram necessárias ao esclarecimento do ritual acima citado.

Pois bem, levei duas amigas além do meu marido, irmão e cunhado. Quando a atendente veio informar que o ritual começaria a ser servido, ela perguntou as bebidas e disse que já traria também os pães... Muitos minutos depois ela surgiu com 2 cestas de pães: 1 para as 2 amigas e 1 para os 3 homens em nossa mesa, exatamente com a mesma quantidade de pães embalados em saquinhos. Obviamente que homens comem mais do que mulheres, e logo os pães acabaram: no total acho que dava uns 3 pães sírios cortados em 4 e 3 mini roscas de calabresa. Meu irmão pediu a reposição dos pães e a atendente disse que não era possível. Lembrei-me vagamente da informação "à vontade", mas como eu estava bem preocupada com o meu número eu achei melhor não questionar. De qualquer maneira fiquei constrangida, pois fui eu quem os levei até lá. Detalhe: a mesa ficou repleta de sobras de patês, pois a quantidade de pão era desproporcional... com certeza aquilo foi para o lixo: triste.

Mais uma decepção na hora do serviço de salgados, eram apenas 5 mini salgados por convidado, ou seja: 1 mini coxinha, 1 mini esfiha de carne, 1 mini bolinho de queijo, 1 mini quibe e 1 mini croquete de carne e nada mais! Nenhum deles tinha um sabor excepcional, de acordo com os meus convidados... ponto para a atendente, que trouxe 5 mini bolinhos de queijo para o meu marido vegetariano.

Apesar da simpatia da atendente, o serviço demorava demais para acontecer... meu cunhado até brincou, pois parecia que ela mesma quem preparava o chá, os sucos, as bebidas, fritava os salgados... seria engraçado se não fosse real e constrangedora a situação.

Em relação ao casting de bailarinas eu não tenho absolutamente nada a dizer, a não ser que foram espetaculares e maravilhosas em suas apresentações: Najwa Zaidan, Talita Vital, Amanda Rosa, Laís Jardim e Fabiana Rodrigues.

Nós as participantes dançamos logo após as apresentações das bailarinas principais, e tudo ocorreu dentro do nervosismo de uma dança amadora na tradicionalíssima casa de chá... mas o clima entre os nossos convidados não podia ser melhor: super agradável e acolhedor.

Resolvi experimentar o meu ritual só depois da minha apresentação, e novamente a atendente foi super solícita: trouxe a minha tal "khanpirinha" de morango com um plus de kiwi, uma cesta de pães e três potinhos que tinham homus, babaganouche e patê de azeitonas. Concordei com os convidados e tudo tinha um sabor comum. A sobremesa, além de ter demorado muito tempo para ser servida, um 'nano' quindim foi oferecido.

Na boa? Não volto mais para rituais, só pela melhor dança do ventre no Brasil atualmente.
avaliações recomendadas
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Um lugar super interessante, eu achei uma experiencia bem legal, pois eu nunca tinha ido em um lugar desses.
Um ambiente bacana, como se estivesse no oriente médio mesmo, eu nunca viajei para esses lados, mas, imagino que seja dessa forma.
Lá você pode optar em assistir a dança ou não, somente tomar as suas bebidas e comidas tradicionais, que são ótimas.
Recomendo, muito bom.

via Android

Fui a primeira vez lá no ano de 95, e à partir daí me encantei com a cultura árabe, música, dança e a comida, dos quais amo até hoje! Sempre quando posso vou lá, já comemorei meu aniversário e me deram um bolo e um cd. O ambiente é lindo e aconchegante, comida, atendimento de primeira, shows lindíssimos, pois as bailarinas passam por uma seleção rigorosa para estarem lá. Não tenho do que reclamar, simplesmente adoro!!!

A primeira vez que fui a uma casa de chá foi no Khan el Kalili, então não tenho base de comparação com outros restaurantes do tipo, mas gostei muito deste. Passamos uma noite agradável entre casais.
Esta casa de chá formada por alguns ambiente distintos, onde é possível escolher entre sentar em mesas ou em almofadas no chão. Fiquei no primeiro ambiente, formado por mesas e achei muito agradável, com iluminação baixa e comidas saborosas, como uma cesta de pães com alguns molhos doces e salgados e no decorrer da noite eram servidor salgadinhos e doces árabes, além de alguns tipos de bolos. Tudo isso acompanhado de chá e apresentações de dança do ventre.
Por ser uma casa de chá e não um restaurante, são servidos apenas petiscos e lanchinhos e não as tradicionais comidas árabes.
Não nego que o valor é um pouco alto para o que é servido (em torno de 60,00 a 70,00), mas às vezes ele sai na compra coletiva e o valor cai pela metade.
Para quem faz Dança do Ventre, o restaurante é ótimo, pois você repara na dança, nas roupas, na simpatia das dançarinas, em tudo, rs.
De uma forma geral, gostei do restaurante e o atendimento também foi muito bom.

via iPhone

Escrevo novamente sobre a KK para falar sobre a minha participação no Projeto Talento e Arte - PTA.

Fomos informadas de que os convidados deveriam comprar com antecedência o convite, porém era possível adquiri-lo no mesmo dia... Até aí eu entendo que a compra antecipada é para se ter uma ideia da demanda de pessoas e adequá-las aos vários ambientes, mas acredito que a falta dessa informação fez com que muitos convidados deixassem de ir pela falta de convite.

Cheguei na casa e perguntei à recepcionista onde eu poderia me trocar e me preparar para a apresentação, e ela disse que só havia mesmo o banheiro das clientes comuns. Nós ficamos descalças para as apresentações, e pisar no chão do banheiro assim é complicadíssimo... Ao menos uma salinha pequena com espelho já bastaria.

Mas o pior de toda a experiência foi o tal ritual oferecido... Segue a descrição do site:
"Ritual Oriental - CAIRO
exclusivo para GRUPOS de PTA
- Khan-pirinha de Vodka
cesta com pão árabe (2)
pão de pizza (1)
patês (3)
- salgados (5)
- quindim (1)
por pessoa: R$ 36,10
dança do ventre: R$ 18,90
TOTAL: R$ 55,00
O que compreende os ítens acima:
1) cesta completa de pães - pão libanês, pão de leite, pão folha, pão sueco, pão de pizza, pão de flores, pão sírio torrado, rosca de gergelim, petit-fours, bijou, bolo de frutas, bolo de canela - à vontade;
2) 5 tipos de patês - homus, ricota com azeitonas, zaatar, berinjela árabe, geleia de banana natural - à vontade;
3) 5 tipos de salgados - kibes, esfihas, coxinhas de frango com catupiry, bolinhas de queijo, croquetes de carne;
7) bules de chás nacionais - mate, hortelã, camomila, erva-cidreira, erva-doce;
9) chás gelados - mate com limão, hortelã.
Os produtos que não são servidos "à vontade" podem ser pedidos em porções extras."
Obs: extraí algumas informações que não eram necessárias ao esclarecimento do ritual acima citado.

Pois bem, levei duas amigas além do meu marido, irmão e cunhado. Quando a atendente veio informar que o ritual começaria a ser servido, ela perguntou as bebidas e disse que já traria também os pães... Muitos minutos depois ela surgiu com 2 cestas de pães: 1 para as 2 amigas e 1 para os 3 homens em nossa mesa, exatamente com a mesma quantidade de pães embalados em saquinhos. Obviamente que homens comem mais do que mulheres, e logo os pães acabaram: no total acho que dava uns 3 pães sírios cortados em 4 e 3 mini roscas de calabresa. Meu irmão pediu a reposição dos pães e a atendente disse que não era possível. Lembrei-me vagamente da informação "à vontade", mas como eu estava bem preocupada com o meu número eu achei melhor não questionar. De qualquer maneira fiquei constrangida, pois fui eu quem os levei até lá. Detalhe: a mesa ficou repleta de sobras de patês, pois a quantidade de pão era desproporcional... com certeza aquilo foi para o lixo: triste.

Mais uma decepção na hora do serviço de salgados, eram apenas 5 mini salgados por convidado, ou seja: 1 mini coxinha, 1 mini esfiha de carne, 1 mini bolinho de queijo, 1 mini quibe e 1 mini croquete de carne e nada mais! Nenhum deles tinha um sabor excepcional, de acordo com os meus convidados... ponto para a atendente, que trouxe 5 mini bolinhos de queijo para o meu marido vegetariano.

Apesar da simpatia da atendente, o serviço demorava demais para acontecer... meu cunhado até brincou, pois parecia que ela mesma quem preparava o chá, os sucos, as bebidas, fritava os salgados... seria engraçado se não fosse real e constrangedora a situação.

Em relação ao casting de bailarinas eu não tenho absolutamente nada a dizer, a não ser que foram espetaculares e maravilhosas em suas apresentações: Najwa Zaidan, Talita Vital, Amanda Rosa, Laís Jardim e Fabiana Rodrigues.

Nós as participantes dançamos logo após as apresentações das bailarinas principais, e tudo ocorreu dentro do nervosismo de uma dança amadora na tradicionalíssima casa de chá... mas o clima entre os nossos convidados não podia ser melhor: super agradável e acolhedor.

Resolvi experimentar o meu ritual só depois da minha apresentação, e novamente a atendente foi super solícita: trouxe a minha tal "khanpirinha" de morango com um plus de kiwi, uma cesta de pães e três potinhos que tinham homus, babaganouche e patê de azeitonas. Concordei com os convidados e tudo tinha um sabor comum. A sobremesa, além de ter demorado muito tempo para ser servida, um 'nano' quindim foi oferecido.

Na boa? Não volto mais para rituais, só pela melhor dança do ventre no Brasil atualmente.
Foto opinião do Juliana EugeniA Ribeiro sobre Khan El Khalili

A casa de temática egípcia existe há mais de trinta anos e reúne amantes da cultura árabe para momentos de descontração que não excluem serviços de qualidade. No total são 14 ambientes que variam entre a informalidade da cafeteria e o requinte das salas com sofás.

É possível encontrar vários perfis que frequentam a casa: casais, famílias com crianças e grupos de amigos. Para quem gosta de arriscar as escolhas é válido ouvir as sugestões dos garçons que dão sempre palpites interessantes.

O cardápio é bem variado - dentro do contexto árabe - e contempla vários rituais de chá oriental. Dentre os mais pedidos temos o Alexandria, Thebas, Cairo, Sahara e Maravilhas com 50 reais. Todas esses pacotes incluem a apresentação de dança do ventre durante a refeição.

Na cafeteria o serviço é a la carte e é possível saborear sanduíches, chás gelados - chamados sultanas -, saladas e diversas sobremesas. O sorvete Anúbis é uma ótima opção para quem gosta da mistura café e chocolate. Ele é servido com creme, raspas de chocolate meio amargo e café.

A novidade da casa é o projeto "Talento e Arte", uma oportunidade para dançar para os familiares e amigos numa ocasião especial. É necessário agendar o dia e o horário e escolher a sala que deseja se apresentar. O ambiente também funciona como uma escola de dança do ventre que oferece cursos regulares e de especialização para bailarinas.

Quadros, pinturas, tapetes e funcionários vestidos à caráter são aspectos da casa que nos fazem sentir no Egito Antigo jantando entre faraós, enquanto ouvimos as batidas da música árabe.

Vale a pena conferir!

Horário de funcionamento: terças, quintas e domingos das 16h às 00h, sextas e sábados das 16h às 1h.

Cartões aceitos: Visa, Master Card, American Express, Rede Shop, Diners Club International e Visa Electron.

Endereço: Rua Doutor José Queirós Aranha, 320 - Vila Mariana.
Proximo ao metrô Ana Rosa (5 minutos a pé).
Telefone: (11) 5571 3209





via Android

Sinceramente, depois de ver alguns comentários aqui, fiquei com muito receio de retornar à esta casa. Porém minha amiga marcou a comemoração do aniversário dela lá e não podia faltar.
Logo que cheguei a música estava bem alta e não tinha ninguém na recepção, o que me deixou bem desconfortável pois não queria ficar passando em todas as salas e abrindo as cortinas para ver se era a correta. Fiquei um tempo esperando lá fora e logo a recepcionista apareceu e me conduziu para a sala certa.
Um ponto negativo da sala: o conforto. Sentamos em almofadas no chão, que não possibilitava esticar as pernas, já que a mesa estava muito próxima, ficando bem apertado. A mesa tb era bem pequena e mal cabia tudo o que a atendente trazia.
Sugiro pedir uma mesa em vez de escolher estas salas.
A decoração é temática e a vestimenta das funcionárias tb.
Percebi uma certa mudança no serviço. Fazia uns 5 anos que eu não voltava e vi que agora os salgados são limitados e os chás tb.
As atendentes foram atenciosas e explicavam o que era cada guloseima. Achei o serviço bom.
A dança do ventre para mim foi o ponto forte do noite! As dançarinas eram muito boas! Dançavam com graciosidade, simpáticas, sempre sorrindo! Dava gosto de ver! Tinham paixão pela dança!
Tome o cuidado de não sentar próximo às caixas de som! A música é alta demais!
A cesta de pães é bem comum, mas tudo vem separado em sacos plásticos lacrados. Dá uma certa impressão de higiene. As pastas eram boas! Tinha patê de azeitonas pretas com ricota, um com zatar (tipo de tempero árabe), homus (de grão de bico) , uma de berinjela e uma de banana.
Fiquei com muito medo dos salgados, por causa das opiniões aqui deixadas, mas eram sequinhos, crocantes e quentes.
Tomei somente os chás gelados se hortelã e mate com limão. Deu a impressão de serem feitos com a erva in natura, sem açúcar.
O bolo era muito bom e os doces idem. Só o sorvete que achei muito mole, meio farinhento parecendo sorvete daqueles bem baratos.
O preço do ritual de chá varia entre R$60 a 80 reais, já incluso o valor da dança do ventre (algo em torno de R$18)
Me diverti muito! E recomendo ir ao menos uma vez para conhecer!
Foto opinião do Jujinha sobre Khan El Khalili

via Android

Particularmente não gosto de casas de chá e gosto menos ainda de show de dança do ventre.
É um lugar para levar a esposa ou namorada em alguma data especial, ou uma surpresa.
São servidos pães, pates, bolos, tortas e chás a um preço único.
Os shows de dança são longos e em intervalos curtos, nesse momento não se atende às mesas.
O local oferece também cursos de dança do ventre. (... tô fora)
O local é agradável, sua decoração remete ao Egito antigo.
Vale a pena conhecer.
Exibindo 14 opiniões | Total de 21 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Khan El Khalili? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)