Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Comida mineira e feijão é que nem feijoada e samba, feitos um para o outro ! O vilarejo de Visconde de Mauá, região serrana do Rio, hospeda o melhor restaurante mineiro eleito consecutivamente pelo Guia Quatro Rodas entre 2003 e 2011. Essa eu tinha que ir conferir né ? A chef Mônica transmuta a cozinha mineira a outro patamar na gastronomia. No cardápio, o feijão impera, afinal é tradição da chef Mônica Rangel. Escolhemos a Entrada Mista Gosto com Gosto, composta de linguiça fabricada na casa e grelhada na chapa nas opções porco, cordeiro ou frango, acompanhada de anéis de cebola, chutney de fruta da estação (pitanga) e bolinho de mandioca com queijo derretendo na boca. O Feijão Amigo com torresmo fechou muito bem com a cachaça envelhecida da casa. Para temperar a pimenta orgânica plantada na propriedade. Pena mesmo foi chegarmos muito tarde para almoçar depois do passeio no Vale Alcantilado. Há que se investir com tempo no cardápio de comida mineira leve, algo que pode soar estranho para uma gastronomia baseada em elementos de lenta digestão. Pois é exatamente esta transcedência que a chef Mônica desenvolve no seu trabalho. Certamente um local para retornar sempre !
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via iPhone

O restaurante fica em Visconde de Mauá, o que por aí só confere um charme especial. Dentro um ambiente rústico mas bem acolhedor, com diversos pratos da boa lembrança.

Pedi um viradinho com ovo, filé mignon, lingüiça e outros, R$45. O prato é grande e pode dar para dois. Quanto a ele, o mignon em cubos estava ressecado e duro, perdendo completamente a principal característica do filé. No mais o prato era comum. A parte pedi uma porção de ora pro nobis refogada R$10. A verdura estava ótima, refogada no alho, mas a porção serve dois fartamente.
Do outro lado da mesa minha companheira pediu o prato da boa lembrança R$68, que consistia em um escondidinho de lingüiça, acompanhado de feijão branco, arroz e farofa. O escondidinho estava muito bom, e a farofa deliciosa, já os outros eram normais.

O restaurante ainda vende geléias, doces e queijos, além de alguns livros, de receita ou não...
Visitando mais uma vez Visconde de Mauá, retornamos ao Gosto com Gosto, desta vez para almoçar. Escolher nosso prato foi uma dúvida, afinal, tudo parece muito bom, mas optamos pelo Tutu a mineira que é composto de Creme de feijão batido, acompanhado de costelinha de porco assada em baixa temperatura ao molho de laranjas, anéis de linguiça, torresmo crocante, ovo cozido, couve refogada e arroz. Acertamos em cheio. O prato é muito bom!! Para acompanhar pedi uma caipirinha com cachaça de morango com uva, uhmm delícia! Para sobremesa rodízio de doces caseiros. Que são de fabricação própria, disponíveis para venda. Os doces são maravilhosos, mas elegi como meu preferido o cocada mole. Lugar para voltar sempre!!!

Comida mineira e feijão é que nem feijoada e samba, feitos um para o outro ! O vilarejo de Visconde de Mauá, região serrana do Rio, hospeda o melhor restaurante mineiro eleito consecutivamente pelo Guia Quatro Rodas entre 2003 e 2011. A gente tinha que ir conferir né ?

No cardápio, o feijão impera, afinal é tradição da chef Mônica Rangel. Escolhemos a Entrada Mista Gosto com Gosto, composta de linguiça fabricada na casa e grelhada na chapa nas opções porco, cordeiro ou frango, acompanhada de anéis de cebola, chutney de fruta da estação (pitanga) e bolinho de mandioca com queijo derretendo na boca. O Feijão Amigo com torresmo fechou muito bem com a cachaça envelhecida da casa. Para temperar a pimenta orgânica plantada na propriedade.

Pena mesmo foi chegarmos muito tarde para almoçar depois do passeio no Vale Alcantilado. Há que se investir com tempo no cardápio de comida mineira leve, algo que pode soar estranho para uma gastronomia baseada em elementos de lenta digestão. Pois é exatamente esta transcedência que a chef Mônica desenvolve no seu trabalho. Certamente um local para retornar sempre !

R$ 23,50 a Entrada Mista
R$ 8,50 o Feijão Amigo

Comida mineira e feijão é que nem feijoada e samba, feitos um para o outro ! O vilarejo de Visconde de Mauá, região serrana do Rio, hospeda o melhor restaurante mineiro eleito consecutivamente pelo Guia Quatro Rodas entre 2003 e 2011. Essa eu tinha que ir conferir né ? A chef Mônica transmuta a cozinha mineira a outro patamar na gastronomia. No cardápio, o feijão impera, afinal é tradição da chef Mônica Rangel. Escolhemos a Entrada Mista Gosto com Gosto, composta de linguiça fabricada na casa e grelhada na chapa nas opções porco, cordeiro ou frango, acompanhada de anéis de cebola, chutney de fruta da estação (pitanga) e bolinho de mandioca com queijo derretendo na boca. O Feijão Amigo com torresmo fechou muito bem com a cachaça envelhecida da casa. Para temperar a pimenta orgânica plantada na propriedade. Pena mesmo foi chegarmos muito tarde para almoçar depois do passeio no Vale Alcantilado. Há que se investir com tempo no cardápio de comida mineira leve, algo que pode soar estranho para uma gastronomia baseada em elementos de lenta digestão. Pois é exatamente esta transcedência que a chef Mônica desenvolve no seu trabalho. Certamente um local para retornar sempre !
Foto opinião do André Paranhos sobre Gosto com gosto

Conhecemos o restaurante de cozinha mineira, Gosto com gosto, graças à recomendação de uma amiga do meu namorado. Em nossa visita ao local, no final da tarde, após um dia intenso de passeios, optamos por provar a Entrada mista Gosto com gosto: fatias de linguiça de cordeiro (produzidas na casa) grelhadas na chapa com azeite, acompanhadas com anéis de cebola, bolinho de mandioca, recheado de queijo. Delicioso!! Tudo no local tinha uma ótima apresentação, parecendo muito saboroso, só que tivemos que nos conter, pois, já havíamos planejado jantar num rodízio de fondue. Tivemos o privilégio de conhecer e conversar com a Chef Mônica Rangel, que falou um pouco da história do restaurante e foi muito simpática conosco. Com certeza é um lugar que vale retornar para degustar as delícias da culinária mineira
Primeira opinião do lugar

Quando visitamos PENEDO, nós demos uma esticadinha até a Vila de Visconde de Mauá, um distrito da cidade de Resende no Estado do Rio de Janeiro e conhecemos o clássico restaurante GOSTO COM GOSTO da Cheff Mônica Rangel.

A culinária é COMIDA MINEIRA! Mas ali, as coisas não ficam no bê a bá. A comida tem um algo a mais. Nós pedimos o tradicional prato da "BOA LEMBRANÇA": Picadinho Mineiroca - Alcatra em tiras pequenas, farofa, banana à milanesa, arroz branco e tutu a mineira.

O ambiente é aconchegante e refinado. O clima é propício para um bela e farta comida mineira. As garçonetes atendem os clientes sem frescuras, apesar do ambiente exigir um pouco de "frescurite".

Pedimos Bohemia Long Neck, o melhor custo benefício do restaurante, pelo menos em relação a cervejas.

O grande charme do "boteco-restaurante" são as cachaças. Não sabemos se há um "sommelier de cachaça", mas a quantidade de rótulos é impressionante.

A cheff Mônica Rangel estava no restaurante no dia em que estivemos lá, mas focada na cozinha e não tivemos o privilégio de conversar com ela. Resumindo, o GOSTO COM GOSTO é um ponto de parada obrigatória na simpática VISCONDE DE MAUÁ-RJ.

Após saborear a deliciosa comida do restaurante, você pode se levantar e escolher uma deliciosa sobremesa que está em um buffet, como cortesia.. muito bom.
Exibindo 13 opiniões | Total de 13 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Gosto com gosto? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: