Gero Restaurante - Shopping Iguatemi

nota 4.0 de 5 em 5 opiniões
| Rank: 31º de 68 | Restaurantes Italiano


Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar

Não é novidade que eu adoro comida italiana e que eu  sou fã do grupo Fasano.
A prova de fogo foi dada ao ir ao Gero com apenas quatro dias de funcionamento. Peguem um cafezinho que a prosa vai ser boa, conto agora os detalhes para vocês.

O Gero em Brasília fica no Shopping Iguatemi. Primeiro pensamento foi: poxa, Gero no Shopping, que sem graça. :( Muito especulou-se sobre ser um café ou restaurante. Olhem o desespero da pessoa aqui kkkkk, Graças a Deus é sim um restaurante, porque ando órfã de melhor restaurante na cidade.


Mesma carinha do Rio e de Sampa: tijolinhos claros, mesas largas, clean e sofisticado. Adoro. O couvert com um bom pão, manteiguinha e uma pastinha. Detalhe: senti falta do chips de abobrinha.
Eu, lógico, fui de espaguetti com frutos do mar, meu prato oficial do Gero. Fábio pediu um namorado com legumes cortados fininhos, tipo espaguettini. Meu prato estava um sonho, perfeito, delicioso. O namorado, o peixe, estava seco. Que triste. O namorado, o Fábio, estava ótimo. Kiiii bommm!  Hahahaha. ;)

Ele não quis reclamar, mas devíamos ter pedido para voltar e dar a oportunidade para se retratarem. Inclusive, sabemos que a reclamação é levada muito a sério pelo grupo Fasano. Enfim… meu namorado também muito gosta do restaurante e me disse que sim, dá o tal do desconto que eu sempre falo quando o restô está nos primeiros dias. E sim novamente, já estamos  com vontade de voltar.

Por fim pedimos o souflê de chocolate para compartilhar, uma taça de vinho de sobremesa (sempre presente!) e um cafezinho, claro. Daí o garçom veio à mesa explicar que o primeiro havia baixado assim que saiu do forno e que foge do padrão deles, mas o segundo já estava sendo preparado. Pediu desculpas e um pouco de nossa paciência. Tudo bem, sem pressa, estávamos curtindo a tarde, degustando um branco delicioso, conversando, planejando, rindo…oras, viveeeeendo!

Nas próximas vezes eu tentarei pedir outro prato e conto depois aqui para vocês.  Mas e aí, quem já foi? Quem gostou? Quem não? Coments, per favore. :)
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

O Gero é um restaurante italiano, do grupo Fasano, considerado da alta gastronomia. Com uma entrada discreta, no Shopping Iguatemi, o restaurante tem um salão grande, bem aconchegante, com uma decoração discreta, meia luz (direcionadas aos centros das mesas), algumas plantas. Uma cadeira super confortável.

O atendimento foi muito educado e extremamente atencioso. Nota 10. Pedimos vinho e veio uma entrada, que ai, ia, ai, delícia. Pães variados, macios, quentinhos e umas pastas de tomate seco, ervas, queijo e uma abobrinha frita muito boa. Eram repostos toda hora. Dá ate´pra ficar só na entrada.

No cardápio há muitas opções, que eu quase não consegui ler com a combinação de letra pequena com a luz fraca, talvez seja pra disfarçar o preço... é bem carinho. Eu fui de robalo ao molho de limão, com verduras cozidas (queria mesmo era risoto, mas estou de dieta). =( Mas, claro, provei um pouco do prato de todo mundo... hehehe. Risoto de funghi dos deuses (R$99). Há também um prato de atum com uma crosta e pure de babata que é demais (algo em torno de R$80)

As sobremesas eu só olhei, mas todos aprovaram. Eram lindas. Eu adorei e com certeza volto. Vale a pena.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

O restaurante Gero pode vir a ser uma opção para que você, a sua família e amigos venham a saborear as especialidades deste bom restaurante brasiliense.

O ambiente do Restaurante Gero é bom. Geralmente, na média dos ditos restaurantes que enveredam pelas sendas da Alta Gastronomia, em Brasília, os ambientes são bem melhores do que os produtos listados no cardápio. E, é claro, que não é o caso do Restaurante Gero, pois, neste, em específico, o ambiente do Gero veio a complementar, e muito bem, os bons produtos oferecidos pela casa.

O cardápio do restaurante Gero é enxuto e apresenta boas opções para que você desfrute daquilo o que a casa tem de melhor. Pedi uma Costeleta Bovina Grelhada com Batatinhas Douradas e Cogumelos shitake, é bom. O alecrim e o shitake dão um toque todo especial à carne juntamente com o acompanhamento das batatas assadas.

Os preços são beeem salgados e o atendimento relativamente bom!

Guarde este restaurante para ocasiões especiais, o lugar merece.
Decoração clean mas muito chique, atendimento impecável e cardápio conciso e convidativo.
O couvert é um mimo, principalmente o chips de abobrinha que só tem lá e que você não consegue parar de comer, e eles não param de repôr.
O melhor prato principal já provado foi a costeleta de vitelo à milanesa, feita à moda tradicional de Milão, acompanhada de risoto milanês delicioso. Impossível comer o prato todo, de tão grande.
O suflê de chocolate é a sobremesa mais perfeita que se pode imaginar, leve, doce na medida e muito saborosa.

Pessoas,

hoje vim falar sobre o Gero, do grupo Fasano, localizado no Iguatemi.

Apesar da discreta entrada, ao cruzar a entrada, se chega um amplo salão com luzes leves, mas estrategicamente direcionadas ao centro das mesas, em sua maioria de 4 lugares com cadeira superconfortáveis. Ambiente clean, decoração leve, umas plantas que sem aquele projeto de iluminação seriam desprezíveis. 

Quanto às luzes, eles precisam urgentemente providenciar lanternas para as pessoas lerem o cardápio. Pelo menos a noite, a missão era sofrida. Todo mundo teve dificuldade de ler o cardápio. Espero que o problema já tenha sido resolvido.

Éramos 4. Chegamos com o restaurante bem vazio, o que evidenciou a impressionante quantidade de garçons e afins. Um verdadeiro pelotão. Até um pouco intimidante. Parecia o staff presidencial. A qualquer momento chegaria a presidenta Dilma. Quando a casa encheu, o serviço permaneceu excelente. Praticamente um garçom pra cada mesa, atento a cada detalhe, a cada menção de dúvida ou pedido. Eu o chamaria de mordomo. E bem preparado. Na parte das sobremesas, perguntei se a chamada Torta de Chocolate Light tinha açúcar. Ele disse: "Não. Na verdade, a sobremesa é diet. Saiu errado no cardápio".

Como eu já sabia o que pediria (pirei com a foto do atum no blog www.restaurantesqueeufui.com.br
, nem xeretei muito o cardápio, o que foi confortável, porque me livrei da infinita dúvida do que escolher dentre tantas boas opções.

Pedimos o vinho português Conversa. O humor português estampado no rótulo da garrafa me agradou. E, quando informamos o pedido do vinho, logo nos avisaram ser a última garrafa, dando a entender que, caso desejássemos que conta ultrapassasse os 4 dígitos, com o mesmo vinho, seria adequado escolher outro. Não, será só esse mesmo, obrigada.

De couvert, paezinhos deliciosos, manteiga, patê de tomate seco com (....), outro patê que não lembro e abobrinha frita. Achei a abobrinha frita bizarra e com gosto de gordura acentuado. Não gostei. Mas o pão italiano com a manteiga.....poderia comer só aquilo. Os itens do couvert são repostos continuamente até que perguntam se podem suspender, pouco após o pedido dos pratos.

Meu atum era grelhado por fora, cruzinho por dentro, com crosta e molho de limão, acompanhado com purê de batatas em formato de triângulo e aspargos. Lindo. Não sei se por causa da grande expectativa, o sabor não me surpreendeu. Não pedirei de novo, quando voltarmos lá depois da restituição do imposto de renda. O purê de batatas não tinha nada de especial, e a crosta quase apagava o gosto do atum. O Vinicius foi de robalo com crosta de aspargos e legumes. Diz que estava muito gostoso, apesar de não ter encontrado o gosto de aspargos.

Os sogros pediram massa, que ficam em torno de R$ 55,00. Amaram! E os pratos eram bonitos mesmo! Mas, exatamente do que eram os pratos, eu não lembro. Sei que o vermelhinho tinha lagostin, e a sogra disse que era farto. Detalhe: o parmesão é ralado diretamente no prato. Achei um luxo!

Depois de sabidamente recusar a sobremesa, nos ofereceram café ou chá natural de hortelã, servidos numas louças de prata belíssimas e madeleines e pedacinhos de brownie! Fiquei com o chá. Delícia.

A única queimação de filme do local foi aquele famigerado oferecimento do drink do dia quando a gente acaba de se acomodar. Acho péssimo, me lembra churrascaria fuleira querendo ganhar dinheiro com batida de iogurte.

Ah, e lugar pra colocar a bolsa. O salão é meio apertado, com as mesas bem próximas. Minha bolsa pequena coube no meu colo. E aqueles ganchinhos de metal que as meninas usam para pendurar a bolsa na mesa não funciona lá, porque a mesa é deveras grossa. Praquelas moças que andam com umas bolsas  gigantes parecendo estarem prontas para uma possível viagem a qualquer momento, ou mesmo para quem chegue carregado de compras das lojas finas do Iguatemi, acredito que eles tenham algum lugar para colocar as tralhas. 

O custo disso tudo é uma baba! Mas fiquei pensando se o custo paga aquela gente toda que trabalha lá. É impressionante! Ah, e rapidez do serviço também merece ser comentada. Chegamos às 21h. Às 22h, estávamos jantados, pedindo a conta, que, aliás, já estava prontinha. Acho que aceitando o café, a conta é fechada.

Vou finalizar parafraseando, mentira, copiando a frase que li lá no Bacco e Bocca: "o Gero é caro, mas respeita seu dinheiro". É isso.

Beijocas. Vanessa.
www.blogdenosdois.com
Primeira opinião do lugar

Não é novidade que eu adoro comida italiana e que eu  sou fã do grupo Fasano.
A prova de fogo foi dada ao ir ao Gero com apenas quatro dias de funcionamento. Peguem um cafezinho que a prosa vai ser boa, conto agora os detalhes para vocês.

O Gero em Brasília fica no Shopping Iguatemi. Primeiro pensamento foi: poxa, Gero no Shopping, que sem graça. :( Muito especulou-se sobre ser um café ou restaurante. Olhem o desespero da pessoa aqui kkkkk, Graças a Deus é sim um restaurante, porque ando órfã de melhor restaurante na cidade.


Mesma carinha do Rio e de Sampa: tijolinhos claros, mesas largas, clean e sofisticado. Adoro. O couvert com um bom pão, manteiguinha e uma pastinha. Detalhe: senti falta do chips de abobrinha.
Eu, lógico, fui de espaguetti com frutos do mar, meu prato oficial do Gero. Fábio pediu um namorado com legumes cortados fininhos, tipo espaguettini. Meu prato estava um sonho, perfeito, delicioso. O namorado, o peixe, estava seco. Que triste. O namorado, o Fábio, estava ótimo. Kiiii bommm!  Hahahaha. ;)

Ele não quis reclamar, mas devíamos ter pedido para voltar e dar a oportunidade para se retratarem. Inclusive, sabemos que a reclamação é levada muito a sério pelo grupo Fasano. Enfim… meu namorado também muito gosta do restaurante e me disse que sim, dá o tal do desconto que eu sempre falo quando o restô está nos primeiros dias. E sim novamente, já estamos  com vontade de voltar.

Por fim pedimos o souflê de chocolate para compartilhar, uma taça de vinho de sobremesa (sempre presente!) e um cafezinho, claro. Daí o garçom veio à mesa explicar que o primeiro havia baixado assim que saiu do forno e que foge do padrão deles, mas o segundo já estava sendo preparado. Pediu desculpas e um pouco de nossa paciência. Tudo bem, sem pressa, estávamos curtindo a tarde, degustando um branco delicioso, conversando, planejando, rindo…oras, viveeeeendo!

Nas próximas vezes eu tentarei pedir outro prato e conto depois aqui para vocês.  Mas e aí, quem já foi? Quem gostou? Quem não? Coments, per favore. :)
Você conhece o Gero Restaurante - Shopping Iguatemi? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: