Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Acontece aos domingos. Feirinha bem organizada na Avenida Afonso Pena em Belo Horizonte. As barracas, todas enfileiradas, tem uma cor que representa o que estão vendendo. As barraquinhas de couro, tem o teto marrom. As de artesanato, cinza e as barraquinhas de alimentação, tem o toldo verde e branco. Comi um acarajé bem bom, mesmo estando em Minas. Valeu pela diversão.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

via Android

Gente!!! Que máximo essa feira. Da pra comprar de tudo por lá, pode-se encontrar de sapatos e bolsas; brinquedos e roupas infantis, masculina e feminina; cama, mesa e banho; comidinha e um bom bate papo. Bom chegar cedo, ela começa às 5 da manhã, para aproveitar, visitar tudo e fazer as melhores compras.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via Android

Feira realizada aos domingos no centro da capital, tradicionalmente iniciada pela manhã com o horário exato para o término. É possível adquirir bijuterias, calçados, roupas infantis e produtos para sua residência. Não vai acreditar no que vai fazer bons negócios a bons preços, muito dos produtos são adquiridos pelos comerciais em locais do interior e revendidos alto valor. Entretanto é uma boa opção para compra de kits para recém-nascidos. Ese bastante filtro solar.

A Feira Afonso Pena é uma tradicional feirinha ( feira Hipe) da cidade de Belo Horizonte. O lugar possui inúmeras barraquinhas que vendem de tudo. Tem comida, roupas, sapatos, obra de arte, roupa de boneca, bolsas, etc.
O lugar, ao meus olhos, não tem muita estrutura, contudo, é um bom lugar para se comprar.
Os feirantes, de regra, aceitam cartão como forma de pagamento. Tem muito pedinte no local também.
Destaco também as barraquinhas com utensílios para cozinhas, tem muita coisa.

Acontece aos domingos. Feirinha bem organizada na Avenida Afonso Pena em Belo Horizonte. As barracas, todas enfileiradas, tem uma cor que representa o que estão vendendo. As barraquinhas de couro, tem o teto marrom. As de artesanato, cinza e as barraquinhas de alimentação, tem o toldo verde e branco. Comi um acarajé bem bom, mesmo estando em Minas. Valeu pela diversão.
Feirinha..
"Feirinha.."

A feira da Afonso Pena é enorme e conta com várias barracas dos mais variados tipos de produtos, o mais interessante é que tudo é separado por setores: calcados, roupas infantis, bijuterias, bolsas, roupas, artesanato, alimentação...

A dica é chegar bem cedo e ir sem pressa. Muitos lugares ainda não aceitam cartão, outras oferecem desconto para o pagamento em dinheiro. Depois das 14:00 muitos lugares já começam a fechar.
Foto opinião do Fábio Junior Alves sobre Feira da Afonso Pena

via iPhone

Funciona somente aos domingos, até o meio da tarde. O melhor e chegar bem cedo, pois depois fica lotada. Tem diversas sessões, com uma infinidade de produtos, alguns muito bonitos. Bons preços.

via Android

Bom de mais está feira e a melhor que tem que eu já tive , muitas coisas boas muito movimentos fica lotada no domingo , muitas coisas boas pra comprar nas barraquinhas tem os pastéis, doces cocada , tem artes como bolsas de couro carteira , cinto , chinelos , roupas bem trabalhados pelos artesão muita coisas boas na feria gosto muito de ir ,

Um programa para quem está de bobeira em BH no domingo é bater pernas na Feira da Afonso Pena pela manhã. De localização central, a feira é bem fácil de ser acessada e qualquer belo-horizontino que se preza já esteve por lá.
Mas em visita recente, confesso que fiquei um pouco decepcionado. A feira deveria ser de artesanato, mas muitas barracas são verdadeiros camelôs, e há até aquelas que são de lojas que colocam seus produtos (como sapatos e bolsas) para vender sem pagar impostos. Os bons tempos da feira, quando a base era realmente artesanato e arte, a meu ver, acabaram. Ainda assim, é comum ver ônibus vindos do interior de Minas parados ali perto: o pessoal faz as compras ali e revende as mercadorias em suas cidades.
Para quem quer lanchar ou mesmo fazer uma refeição mais farta, há muitas opções , desde salgados e acarajés até o bom e velho feijão tropeiro.
Quem realmente procura produtos de bom gosto deve ter disposição para garimpar. Em busca de quadros, por exemplo, encontrei o Cirilo, artista plástico de ótimo gosto. A parte de pinturas, aliás, fica rente às grades do Parque Municipal.
Antigamente, havia mais gente trabalhando com madeira, mas ainda podem ser encontrados alguns móveis. Artigos para decoração idem. Tenho em casa há mais de sete anos uma cortina de voal encomendada de um camarada da feira.
Para quem curte artigos de renda, há inúmeras barracas em meio às de produtos falsificados e de baixa qualidade.
Como a feira fica muvucada, a dica é ir o mais cedo possível e aproveitar que os estoques ainda estão completos.

via iPhone

Vá bem cedo, pois assim você conseguirá encontrar diversas coisas boas, bonitas e baratas sem o local estar tão cheio; tenha atenção com seus pertences! Não aconselho ir depois das 9h, devido à quantidade de gente e menos opções de peças. A estrutura não é muito boa!

via Android

Inferninho...so mesmo ora turista ver! nao tem banheiros,a estrutura das barracas de alimento e péssima (como a vigilancia sanitaria autoriza eu nao sei)...sem contar q tudo o q se compra la,espremido no meio da multidao,tem mais barato nas feira-shop dos bairros...perda d tempo!
Exibindo 14 opiniões | Total de 261 opiniões
15 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Feira da Afonso Pena? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: