Empório Sagarana - Vila Romana

nota 4.0 de 5 em 8 opiniões
| Rank: 268º de 1193 | Bares e Botecos
Mais na região Como chegar

Em um aconchegante espaço localiza-se o Empório Sagarana, um templo para os apreciadores de cervejas especiais (mais de 150 rótulos), cachaças (50 tipos diferentes), alguns doces e petiscos como os cubos de queijo da Serra da Canastra.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Fui convidada para conhecer o Empório Sagarana, que foi eleito o melhor boteco de São Paulo 2011/2012 na semana passada, por um pessoal que conheci exatamente por causa do blog.

O boteco fica numa esquina na Vila Romana, é pequeno e não tem nem placa na frente. Inclusive, passei na frente e achei que não era lá, rs... Mas, era!
O ambiente tem as paredes todas decoradas com muitas garrafas e quadros e curti muito o estilo das mesas que são de madeira rústica, pedaços de toras mesmo e com cadeiras de vários formatos.
A quantidade de garrafas expostas é devido ao cardápio de cervejas e cachaças ser enoooorme.

Olha que bacana a mesa! Bem rústica...
Sentei numa mesa lá no fundo do bar no piso, que é um pouco mais alto.

O Empório Sagarana é de dois mineiros e o estilo "Mineirim" de ser está na decoração, na música ambiente e claro no cardápio.
Falando em cardápio o do Empório Sagarana é de deixar qualquer um na dúvida, digo isso que pra você ter uma ideia da quantidade de opções de cerveja eram três páginas iguais a essa daí da foto abaixo (no site do boteco divulgado lá em baixo no serviço você consegue ver todas as opções do cardápio, só não fala os preços).

A cerveja mais simples do cardápio é a Heineken que custa R$ 5,00 e os demais rótulos variam de preço chegando a até R$ 240,00. (Ps: não tem original e as outras marcas mais conhecidas).
Depois de olhar, olhar mais uma vez e olhar de novo o cardápio, rs... foi bem assim mesmo! Resolvemos começar degustando uma Colorado tipo Cauim, que se diferencia das demais pilsen por conter em sua fórmula mandioca. Aprovada! E custa R$ 18,00 a garrafa de 600ml.

Para começar a petiscar a opção que de cara me chamou a atenção foi a porção de bolinho de mexidinho com queijo canastra. O bolinho foi servido numa porção com oito unidades e os bolinhos não são tão "inhos" assim.

Quando você morde vem o recheio de queijo canastra derretido e era tão bem recheado que até me lambuzei. Ando parecendo criança ultimamente, rs. Muito boa a pedida!

Mais uma olhada no cardápio e eu queria degustar uma cerveja tipo Ale, que são as vermelhas. Depois de algumas opções apresentadas pelo garçom ("mineirim" gente boa do rock) decidimos degustar uma outra Colorado (aliás, baita nome essa cerveja. Embora tenho o mesmo nome de como é conhecido meu time de futebol do RS a cerveja é produzida em Ribeirão Preto), dessa vez pegamos a Indica.
Essa é da família das cervejas Inglesas do tipo India Pale Ale, ela é mais escura puxando pra cor avermelhada, tem o teor alcoólico mais alto e é bem amarga. Pra provar valeu pois é uma cerveja premiada, mas não é da que beberia mais vezes, pois o amargo não agrada meu paladar. R$ 18,00 a garrafa de 600ml.

Mas, vamos a mais comidinhas. Dessa vez a escolha foi Sanduichinhos de pão de queijo recheados com pernil. A porção vem com quatro unidades e são realmente pães de queijos cortados ao meio com recheio de pernil e tomate. Bem gostoso!
Ps: esqueci de anotar o valor das porções mas era entre R$ 22,00 e R$ 25,00.

Pra encerrar a degustação de cervejas mais uma olhada no cardápio e escolhermos dessa vez a cerveja Bauhaus Premium Lager, essa é produzida na cidade de Frutal em MG e a garrafa de 600ml sai por R$ 10,00.
Gostei bastante dessa puro malte. O que é bem bacana de salientar é que as cervejas são servidas em copos personalizados com a logo da cervejaria e com o formato do copo ideal para cada cerveja. Ponto alto para degustar no melhor estilo.

Para quem gosta de cachaça o restaurante também tem um cardápio extenso com vários rótulos.
Vale a pena a visita. ; )
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

Adoro esse lugar! Apesar de não ser muito grande, nunca precisei esperar para conseguir mesa, é um bar tranquilo. A música ambiente é sempre ótima, o atendimento também é muito bom pois os atendentes estão sempre dispostos a te ajudar a escolher pacientemente uma entre as muitas opções de boas cervejas que eles tem disponível. A comida também é uma delícia e bem servida. O preço não é muito barato, mas acho que vale a pena. Sempre que dá convido amigos para ir conhecer o bar e todo mundo que eu levo lá também adora!
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Em uma rua tranquila da Vila Romana, uma esquina sem nome na fachada, com portas de vidro em estilo antiguinho vc vai se surpreender assim que adentrar o bar, todo em madeira, com mesinhas rústicas, realmente parece um empório antigo com latas e vidros em prateleiras, dezenas de cachaças e cervejas diferentes para os apreciadores.
O atendimento é simpático e sempre procuraram explicar os lanches e aperitivos pra quem é novo na casa, conheci através do sandweek e comi um lanche de pernil com melado que estava divino, o cardápio não é amplo mas são coisas muito saborosas.

O lugar é lindo, atendimento perfeito, vasta quantidade de cervejas, cachaças... tudo! Descobri recentemente que você pode fazer sua própria cerveja... e achei incrível! Ambiente tão gostoso que dá vontade de ficar namorando a noite inteira ali. Recomendo!

O Sagarana é um lugar super interessante. Para começar o bar fica numa esquina meio escondida da lapa, ao entrar nos deparamos com as paredes que são cobertas de cervejas de todos os lugares do mundo, artesanais, com aromas, gostos diferentes, etc. Para quem é fã da bebida, lá é o lugar certo.
Geralmente tomo uma cerveja Jamaicana que é super levinha e gostosa, mas gosto de experimentar novas, ou escolher com os olhos fechados.
O ambiente tem até um jeitão meio mineiro na decoração. O atendimento é super legal e a comida é ok, deixa a desejar, já que o forte é cerveja.
Lá é fácil de parar na rua, já que não fica em nenhum lugar muito busy.
Meu namorado é "vizinho" deste bar, sempre passamos em frente e a quantidade de gente que este bar atrai e tb a grande variedade de cervejas chamava muita nossa atenção.
Resolvemos conhecer melhor.
O ambiente é muito legal, tem uma decoração meio rustica, banquinhos feito de madeira, sem muita luz, é bem convidativo mesmo! Ah! O bar tb pensou nos fumantes, colocando do lado de fora um banco para quem deu uma escapadela para fumar.
No cardapio uma variedade imeeeensa de cervejas! Você ficará perdido na hora de escolher! Primeiro pedimos uma Czechvar, e uma porção maravilhosa de Pão de Queijo recheados com Queijo Canastra e Tomate (R$ 22,00). E depois pedimos a Walls.
Gostamos da casa! Atendimento bom, quando pedimos nossa porção não demorou muito para chegar.
Bem bacana mesmo!

Eleito pela Veja Comer e Beber 2011-2012 como o melhor boteco de São Paulo, é lógico que nós não tivemos dúvidas e corremos lá conferir.

Ao passar na tranquila Rua Marco Aurélio, na Vila Romana, quase não se avista o boteco, que não tem nada em sua fachada que indique seu nome... entramos no bar ainda na dúvida se ele era realmente o que estávamos, mas ao ver as imensas prateleiras com uma quantidade enorme de cachaças, assim como na foto que vimos pela revista, aí morreu a dúvida.

Ao entrar um garçom já veio nos receber, trata-se de um mineirinho roqueiro, por falha não perguntamos o nome dele, mas foi ele quem nos atendeu durante toda a noite na maior simpatia.

Ambiente bacanérrimo, imitando um armazém de cidades do interior de MG, com mesas e cadeiras rústicas, muito bonitas ficamos em um ambiente com piso mais alto, mais no fundo bar...!


Ao abrir o cardápio, surpresa: O bar conta com uma carta de cervejas bem grande ( quase 100 rótulos)... tanto é que o mais comum ali é a Heineken que só aparece em sua versão long neck R$ 5,00, o que é péssimo para quem não liga tanto para rótulos e quer mesmo é beber e bater papo... coisa típica de boteco.


Fora que a mistureba de cervejas é quase indispensável, pois você quer beber uma, depois outra... fomos de Colorado Indica R$ 18,00 e depois a cerveja mais barata do cerdápio, fazendo o papel das nossas queridinhas garrafas de 600ml - a Bauhaus Premium Lager, produzida na cidade de Frutal, sai por R$ 10,00, bem gostosinha.... todas cervejas servidas no copo da marca da cerveja.

Para comer, não há tantas opções de petiscos, porém os que estão presentes ali são bastante interessantes. Primeiro experimentamos o "mexidinho com queijo canastra" R$ 22,00.



E depois ainda pedimos o sanduíches de pão de queijo com pernil desfiado - 4 unidades por R$ 20,00.


Quem está à frente da cozinha é a esposa do proprietário do bar, ambos são de Minas Gerais, por isso tanta influência mineira na decoração, nas cachaças e até mesmo nas opções de cervejas!

O atendimento foi bacana, embora no início o garçom ficou bastante perdidinho quanto as cervejas,... achamos interessante a versão boteco só com cervejas diferenciadas, mas a dica é que tenham pelo menos a Heineken 600 ml, visto que o Frangó.. até mesmo o Melograno que mais uma vez ganhou o prêmio de maior carta de cervejas da cidade, tem opções de Serra Malte, Original e Bohemia - 600 ml por R$ 7,20!

Fui convidada para conhecer o Empório Sagarana, que foi eleito o melhor boteco de São Paulo 2011/2012 na semana passada, por um pessoal que conheci exatamente por causa do blog.

O boteco fica numa esquina na Vila Romana, é pequeno e não tem nem placa na frente. Inclusive, passei na frente e achei que não era lá, rs... Mas, era!
O ambiente tem as paredes todas decoradas com muitas garrafas e quadros e curti muito o estilo das mesas que são de madeira rústica, pedaços de toras mesmo e com cadeiras de vários formatos.
A quantidade de garrafas expostas é devido ao cardápio de cervejas e cachaças ser enoooorme.

Olha que bacana a mesa! Bem rústica...
Sentei numa mesa lá no fundo do bar no piso, que é um pouco mais alto.

O Empório Sagarana é de dois mineiros e o estilo "Mineirim" de ser está na decoração, na música ambiente e claro no cardápio.
Falando em cardápio o do Empório Sagarana é de deixar qualquer um na dúvida, digo isso que pra você ter uma ideia da quantidade de opções de cerveja eram três páginas iguais a essa daí da foto abaixo (no site do boteco divulgado lá em baixo no serviço você consegue ver todas as opções do cardápio, só não fala os preços).

A cerveja mais simples do cardápio é a Heineken que custa R$ 5,00 e os demais rótulos variam de preço chegando a até R$ 240,00. (Ps: não tem original e as outras marcas mais conhecidas).
Depois de olhar, olhar mais uma vez e olhar de novo o cardápio, rs... foi bem assim mesmo! Resolvemos começar degustando uma Colorado tipo Cauim, que se diferencia das demais Pilsen por conter em sua fórmula mandioca. Aprovada! E custa R$ 18,00 a garrafa de 600ml.

Para começar a petiscar a opção que de cara me chamou a atenção foi a porção de bolinho de mexidinho com queijo canastra. O bolinho foi servido numa porção com oito unidades e os bolinhos não são tão "inhos" assim.

Quando você morde vem o recheio de queijo canastra derretido e era tão bem recheado que até me lambuzei. Ando parecendo criança ultimamente, rs. Muito boa a pedida!

Mais uma olhada no cardápio e eu queria degustar uma cerveja tipo Ale, que são as vermelhas. Depois de algumas opções apresentadas pelo garçom ("mineirim" gente boa do rock) decidimos degustar uma outra Colorado (aliás, baita nome essa cerveja. Embora tenho o mesmo nome de como é conhecido meu time de futebol do RS a cerveja é produzida em Ribeirão Preto), dessa vez pegamos a Indica.
Essa é da família das cervejas Inglesas do tipo India Pale Ale, ela é mais escura puxando pra cor avermelhada, tem o teor alcoólico mais alto e é bem amarga. Pra provar valeu pois é uma cerveja premiada, mas não é da que beberia mais vezes, pois o amargo não agrada meu paladar. R$ 18,00 a garrafa de 600ml.

Mas, vamos a mais comidinhas. Dessa vez a escolha foi Sanduichinhos de pão de queijo recheados com pernil. A porção vem com quatro unidades e são realmente pães de queijos cortados ao meio com recheio de pernil e tomate. Bem gostoso!
Ps: esqueci de anotar o valor das porções mas era entre R$ 22,00 e R$ 25,00.

Pra encerrar a degustação de cervejas mais uma olhada no cardápio e escolhermos dessa vez a cerveja Bauhaus Premium Lager, essa é produzida na cidade de Frutal em MG e a garrafa de 600ml sai por R$ 10,00.
Gostei bastante dessa puro malte. O que é bem bacana de salientar é que as cervejas são servidas em copos personalizados com a logo da cervejaria e com o formato do copo ideal para cada cerveja. Ponto alto para degustar no melhor estilo.

Para quem gosta de cachaça o restaurante também tem um cardápio extenso com vários rótulos.
Vale a pena a visita. ; )
Empório Sagarana
"Empório Sagarana"
Você conhece o Empório Sagarana - Vila Romana? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: