Primeiro arranha-céu brasileiro, construído em 1929 no Vale do Anhangabaú. É possível visitar o mirante localizado nos últimos andares.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via Android

Muito interessante (e recomendada) a visita gratuita ao mirante desse edifício. Pela localização central e alta (topograficamente falando) a vista é bem ampla e é quase se como cada uma das quatro faces do edifício apontassem uma das zonas da cidade, tentei até encontrar minha casa de lá haha. Acho bacana desse passeio que ele é feito com guias (até por questão de segurança) mas diferente do Banespa, que um funcionário do corpo de bombeiros te acompanha na visita, nesse caso são guias do local que recepcionam os grupos e vão narrando um pouco da rica história do local enquanto se passeia pelo terraço contemplando a vista. Outro ponto que prefiro no Martinelli em comparação ao Banespa é a questão do espaço que se pode usufruir, enquanto no Banespa o grupo fica num espaço semelhante à um farol náutico, bem limitado, no Martinelli é um grande terraço que se pode percorrer.

via iPhone

Turistar em SP e não colocar o Edifício Martinelli no roteiro é um crime.
Devo assumir que nunca fui muito dessas de conhecer a parte histórica de SP, mas me encantei com esse lugar.
Além da arquitetura incrível, o lugar conta com uma vista fantástica, os fotógrafos piram demais hahahaha
É o tipo de passeio que te permite ir sozinho, com o namorado, amigos ou família, porque todos podem aproveitar pra admirar.

QUER SER MALTRATADO E DESRESPEITADO ???? Vá ao Jazz No Martinelli.

Cheguei em tempo, antes dos seguranças grosseiros e mal educados que contam as pessoas na fila, fecharem a fila pois a lotação são 80 pessoas. Se chegar cedo com cheguei, você será obrigado a ficar na fila sem poder sair para comprar uma bebida ou achar um banheiro. Não há ingressos como o site anuncia.

Depois você correrá o risco de ter esperado e não entrar como ocorreu comigo, pois são entregues as pulseiras de identificação mas após a contagem dos seguranças, muitas pessoas furam a fila e não sobrará pulseira para você.

Naõ adianta reclamar, Os seguranças, são incompetentes, mas dizem que não tem nada com isso. As meninas que distribuem as pulseiras também dizem que não sabem de nada.

ACABOU, ACABOU E PRONTO. Você que ficou uma hora na fila não tem para quem reclamar.

Seria muito fácil distribuir ingressos, ou senhas para quem chegar, mas a desorganização e incompetência vai dos produtores aos seguranças.

Enfim. Cheguei a tempo. Esperei e não pude subir.

Lamentável !!!

via iPhone

Localizado no centro histórico de SP, o edifício faz parte do roteiro turístico de quem adora explorar SP, e o melhor sem pagar nada!!! O guia conta a história do edifício e nos leva a uma visita pela sacada em 360º em que podemos ver e fotografar as zonas norte, sul, leste e oeste de SP.
Dizem que o edifício é assombrado pelos ex-moradores da época em que o edifício foi tomado pela escória da sociedade paulistana, será que é assombrado mesmo???
Foto opinião do Isabela Souza sobre Edifício Martinelli
Fui no topo do famoso {e com fama de mal assombrado} edifício Martinelli e fiquei BOBA com a vista!!! Achei melhor que a do Copan pq vc vê com mais clareza as zonas da cidade e bem de perto o Banespa! *-* Alem dele ter vários detalhes arquitetônicos ecléticos e os funcionários de tratarem super bem e ele durante anos foi o maior arranha-céu da cidade (e da America Latina) com seus humildes 25 andares!
Fue el primer rascacielos de São Paulo, fruto del sueño y la testarudez de un inmigrante italiano, enriquecido y arruinado varias veces. Luego de años de abandono, el Martinelli fue recuperado por la municipalidad y desde hace un tiempo su terraza se puede visitar de manera gratuita, además se ofrece el servicio de guía, también sin costo. La terraza ofrece una vista panorámica de la ciudad, aunque menos espectacular que la que ofrecen otros edificios. Sin embargo, el Martinelli tiene varios encantos: en la terraza también está ubicada la vivienda de su constructor, por lo cual se puede apreciar el tipo de edificaciones que eran comunes en los años 30. La terraza también está libre de antenas, así que se puede recorrer tranquilamente. Y además, no hay límite para el tiempo de estadía, mientras se suba en los horarios que dispone el edificio. Yo estuve cerca de cuarenta minutos en la terraza, así que la disfruté bastante.

Sabe um lugar que cheira história, não estou falando de pó, velaria, não, estou falando de ir num lugar e imaginar quantas pessoas da história da cidade de São Paulo passaram por lá!
Além de uma vista linda de São Paulo, foi o primeiro arranha-céu da América do sul, hoje bem ao lado dele temos o Edifício Altino Arantes (Banespão).
Horários de visitação:
Segunda a sexta das 9:30 às 11:30 e das 14:00 às 16:00
Sábados das 9:00 às 15:00
Domingos das 9:00 às 13:00
Foto opinião do Izabelle Motta sobre Edifício Martinelli
O edifício Martinelli foi casa de um antigo barão do Café e teve sua casa construída no terraço.
É curioso ver que é um ambiente tranquilo no paradoxo da muvuca urbana de São Paulo. Poder avistar todos os lados da cidade é incrível, todavia a poluição está sempre presente na paisagem.
Para subir ao terraço é preciso respeitar o tempo de 30 minutos máximo de visita, sendo que a cada meia hora há sessões de grupos para subir ao topo de graça. Conta com o antigo Relações Públicas do edifício, Cabral.

Ao visitar o centro de São Paulo, não deixe de subir neste Edificio. Ele tem uma arquitetura linda e lá de cima dá para ver boa parte da cidade. Curtir uns minutos (eles deixam ficar aproximadamente 20 minutos lá) a cidade de cima, fotografar o famoso Banespão que fica quase em frente, e muitos outros cartões postais da cidade.
Os horários abertos para visitas são: Seg a sexta 9:30 as 11:30 e 14:00 as 16:00
Sabados das 9:00 as 15:00 e domingos das 9:00 as 13:00.

Há visitas monitoradas no edifício praticamente todos os dias em horário comercial. Eles encaminham os visitantes para o terraço onde a magnífica vista em 360 graus de São Paulo é possível. Só não é possível ver além da região da Av. Paulista, por ser muito alto.

O guia aconselha não se aproximar do parapeito pois é antigo e ocasionaria uma queda de 130 m... coisa pouca... e se questionado pode explicar a história do edifício, bem como as repartições que ocupam o local.

Pôr-do-sol belíssimo, vale a pena visitar (gratuito).

Horários das visitas:
Seg a sexta 9:30 as 11:30 e 14:00 as 16:00
Sabados das 9:00 as 15:00 e domingos das 9:00 as 13:00
O primeiro arranha céus do Brasil, merece meu respeito, onde começou com glória e seus principais frequentadores eram da elite paulistana, até entrar em decadência entre as décadas de 60 e 70, sendo ocupados por favelados, prostitutas, sem recolhimento de lixo, até culminar com assassinato de criança, até o prefeito banqueiro do Itaú, eleito em São Paulo, resolver salvar o prédio, e contou até com ajuda do exército para desapropriar completamente suas dependências, e hoje, é praticamente ocupado com vários setores da Prefeitura do Município de São Paulo, e estivemos hoje nos 10º, 17º e 23º andares, e no décimo andar, estava bem vazio e atendimento tão bom, que nem parecia repartição pública, com todas nossas dúvidas sendo sanados e também no 17º andar, com orientação consistente, inclusive com impressões e anotações sobre pesquisa nos computadores da prefeitura, muito bom. No 23º andar, tinha uma boa fila, mas o atendimento também foi muito bom, e o funcionário atencioso e recomendou que se quiséssemos a informação mediante processo, teria custo acima de R$100 pelo mesmo resultado, só que escrito.
Os elevadores são modernos, bem rápidos e eficientes, o prédio preservado conserva um certo charme. Sei que existem visitas guiadas, creio que farei numa oportunidade, afinal é um prédio cheio de história, e futuro sem história, fica sem consistência e continuidade.
17º andar
"17º andar"
Exibindo 14 opiniões | Total de 16 opiniões
Você conhece o Edifício Martinelli? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: