Dona Dora

nota 3.2 de 5 em 14 opiniões
| Rank: 517º de 2134 | Restaurantes


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
porções saborosas e cerveja gelada!
Este lugar me surpreendeu bastante recentemente. Eu já tinha visitado o estabelecimento umas duas vezes, fica no centro, na Rua Rio de Janeiro.

Das vezes passadas, eu tomei uma cerveja gelada degustando com uma porção de frios, que você pode servir e pesar no kg. Tem salaminho, queijos diversos, palmito, etc. Muito bom.

Desta última vez, resolvemos pedir uma porção de alcatra (mínimo 300g), vem com farofa, mandioca na manteiga de garrafa, e vinagrete. Eu me surpreendi, pois nunca tinha pedido porçãozinha no local, e achei muitíssimo saborosa e econômica. Muito bom! Custou R$21,00 e serve bem duas pessoas.

Tem outros pratos também, com carne de sol desfiada, escondidinho, surubim na brasa, etc.

O atendimento é muito bom, garçons preparados e sempre com sorriso no rosto.
Cerveja gelada a R$6,50. Achei o preço "padrão".

Você também encontra no cardápio vinhos, wiskies, e outras bebidas.
Tem a parte de dentro do estabelecimento, e mesas fora, banheiros limpos.

Vale a pena conhecer!
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
porções saborosas e cerveja gelada!
Este lugar me surpreendeu bastante recentemente. Eu já tinha visitado o estabelecimento umas duas vezes, fica no centro, na Rua Rio de Janeiro.

Das vezes passadas, eu tomei uma cerveja gelada degustando com uma porção de frios, que você pode servir e pesar no kg. Tem salaminho, queijos diversos, palmito, etc. Muito bom.

Desta última vez, resolvemos pedir uma porção de alcatra (mínimo 300g), vem com farofa, mandioca na manteiga de garrafa, e vinagrete. Eu me surpreendi, pois nunca tinha pedido porçãozinha no local, e achei muitíssimo saborosa e econômica. Muito bom! Custou R$21,00 e serve bem duas pessoas.

Tem outros pratos também, com carne de sol desfiada, escondidinho, surubim na brasa, etc.

O atendimento é muito bom, garçons preparados e sempre com sorriso no rosto.
Cerveja gelada a R$6,50. Achei o preço "padrão".

Você também encontra no cardápio vinhos, wiskies, e outras bebidas.
Tem a parte de dentro do estabelecimento, e mesas fora, banheiros limpos.

Vale a pena conhecer!

via Android

Dona Dora é um restaurante localizado beeem na regiao central de BH..nao tem estilo de buteco mineiro, ta mais pra restaurante mesmo. Bem arrumadinho, a noite fica bom pra happy hour, e tem um self service de frios, pra tira gosto é uma boa pedida.

O cardapio contem porcoes padrao, eu pedi alcatra (R$7,00 - 100gr, sendo o minimo 300gr por pedido) acompanha mandioca cozida cm manteiga de garrafa, farofa e vinagrete, tudo muito saboroso...e a cerveja Brahma R$ 6,70...o preço ta "padrao", mas pra quem conhece a regiao, é so parar um quarteirao antes na Rua Guajajaras e tomar uma brahma 600ml por R$4,50..rsrsrs
O garcom que nos atendeu foi bem prestativo, ponto positivo.
Sento falta de uma musiquinha...dizem que tem musica ao vivo, talvez o fato de eu ter ido numa segunda feira justifique a falta do som.
Foto opinião do Ana Paula Ávila sobre Dona Dora

O restaurante é lindinho, bem reservado na área central de BH, boa pedida pra um happy hour e até uma saída a dois.
Ponto negativo para os garçons. Bom fui lá para assistir um jogo do Atlético, e mesmo com a televisão do lado de fora, fomos informados que o jogo não seria transmitido pelo fato de o sinal da Sky estar fora do ar (Oi?), enfim resolvemos ficar, o jogo rolou, e o Atlético perdeu, porém o tempo todo, os garçons cruzeirenses comemoravam essa derrota de forma agressiva, fazendo completo alvoroço, chegando a incomodar a conversa na mesa.
Independente do time, trabalho é trabalho e os garçons teriam de ser imparciais nesse caso. Me senti completamente incomodada com a situação, faltou profissionalismo e é um dos motivos que me fará pensar duas vezes antes de voltar ao local.

Apesar de ser um bar da área central, é bem arrumadinho, não se parecendo em nada os demais da região. Possui um espaço amplo com possibilidades de se sentar na área interna ou em mesas na calçadas.

No dia em que fui estava tendo um cara com voz e violão com um repertório bem variado e de muito bom gosto. O clima do lugar é bom e o público também. Não experimentei nada por lá, mas outras pessoas que estavam comigo pediram fritas com queijo que estava com uma cara muito boa e elas gostaram bastante.

O atendimento não deixou a desejar, mas nada excepcional. Os preços estão dentro da média dos praticados em outros bares.

O Dona Dora tem seu lugar na minha lista de bares apenas por estar pertinho pertinho da faculdade.

Não que seja um lugar ruim, e efetivamente não é.
É "bonitinho", arejado, com área interna e externa, além de um segundo andar, se estiver tudo cheio.

Passa jogos do Brasileirão e outros campeonatos, transmitindo também os de canais fechados.
Os comes também são bem gostosos, a preços que não fogem do padrão.

O grande problema é que, apenas dois quarteirões de distância, há o famoso - e movimentado - quarteirão da Guajajaras, com barzinhos bastante movimentados e as cervejas mais acessíveis da capital.

Porém, como é pertinho pertinho do meu dia-a-dia, é uma opção bastante favorecida.

O Dona Dora serve almoço no esquema de buffet a quilo. Os preços são entre R$24,90 e R$27,90 com churrasco você paga o preço maior.

A comida é ok, nada especial. Tem uma vairedade até boa mas o preparo e o sabor deixam um pouco a desejar. Escolha a opção com churrasco, melhora bastante.

O movimento no almoço é grande, fica mesmo bem cheio e o atendimento acaba sendo lento. Melhor chegar mais cedo

Numa emergência

Já fui almoçar várias vezes no Dona Dora antes da mudança. Não é muito barato, mas eles têm boa variedade, além de ter churrasco!
Ontem, resolvi conferir quando fui tomar uma gelada com alguns membros do Kekanto, a mudança para o outro lado da rua! Sem contar que nunca tinha ido lá a noite.
Achei a música ao vivo média, porém suave, não nos atrapalhou! A Serramalte estava boa e gelada! E bem bacana também o lugar ter dois pisos na parte interna! Quero ver como vão aproveitar este espaço! No mais, bom atendimento para uma segunda-feira, dia mais tranquilo... um bom happy hour!

O Dona Dora mudou para o outro lado da rua, o espaço é bem melhor. Ainda existem as famosas mesinhas na calçada. Tem um salão bem grande do lado de dentro e um segundo andar também

Parece que o esquema continua o mesmo. Self Service a quilo no almoço e a noite buffet de frios, pratos e porções a la carte. As opções do cardápio são bem legais e os preços são bem em conta.

Pedimos torresmo de barriga e uma porção de lombo com mandioca. Estava tudo bem gostoso e caiu muito bem com a Serramalte super gelada (R$5,60)

A noite sempre tem música ao vivo. Não curtia muito porque o som era alto demais e ficava difícil conversar. Dessa vez o volume estava bem mais agradável, gostei bastante.

Como a mudança é bem recente ainda estão se organizando mas o espaço definitivamente é bem melhor, o banheiro estava limpo.

O atendimento na maioria do tempo foi muito bom
Primeira opinião do lugar

Para não ficar com as minhas vastas mãos abanando, já que teria que ficar, à toa, no Centro, das 19 horas quando fechava a exposição do Vik Muniz no Museu Inimá de Paula até às 20 horas quando iniciava a exposição do Ângelo Issa no Teatro da Cidade, resolvi colocá-las em volta de um copo e na ponta de um garfo.
Procurei uma sugestão na Edição Especial da Revista Veja e lá estava: “Dona Dora, Rua Rio de Janeiro, 1186 (3226-5303). Aberto em 1984, o que era apenas um restaurante self-service tornou-se também o ponto de encontro de advogados e funcionários públicos no final do expediente” (não sei porque sempre citam os advogados e os funcionários públicos). “Há música ao vivo, com voz e violão (o cara é ruimzinho que faz gosto) que varia entre MPB e bossa nova.”
“Para acompanhar a cerveja (mantive meu vício na Confraria), o prato mais pedido é a Picanha Maturada, acompanhada de mandioca cozida, farofa e vinagrete”. Deixei de lado as sugestões da casa (Benzadeus, Oxente, Trem Bão, Bão Demais, Pra de Bão, Lambendo os Dedo, Com os Dedo Limpo), acreditei na sugestão da revista e não me arrependi.  
É um típico boteco de centro, com tira-gosto a quilo para aqueles mais apressados, sem grandes preocupações estéticas, com preços bastante razoáveis em um cardápio bastante diversificado e atendimento rápido.
Honesto.
Você conhece o Dona Dora? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: