Mais na região Como chegar

Ambiente afastado do cinza da cidade, aqui você se sentirá em casa e vivenciará momentos de descontração e boa mesa. Sempre acompanhado de muito ar puro em total integração com a natureza. Venha nos visitar, viaje no tempo e relembre os finais de semana que você passava na casa de seus avós.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar

Apos vários convites da minha irmã em conhecer o tal Restaurante/fazenda em Campo Magro, selecionamos um domingo ensolarado e lá fomos nós e as crianças.

Bom, o problema começa ai, chegar no lugar! Como fica em uma “fazendo” em Campo Magro, é claro que se não acompanhássemos a amiga da minha irmã nunca iríamos chegar lá, pelo menos não no tempo em que chegamos.

O restaurante fica a uns 15 minutos do Santa Felicidade, ou seja, nem é tão longe assim, porém é preciso pegar uma estrada de terra que nem pense em lavar seu carro um dia antes, pq vai perder dinheiro, pois é pó em tudo quanto é lugar.

O lugar é afastado mesmo e bem simpático! O restaurante fica em uma casa amarela, mas anexo a ele tem diversos entretenimentos para todos, incluindo redes na sombra, vaquinhas para as crianças conhecerem, galinha (que não é a pintadinha), pintinho, pato, cavalo, inclusive foi lá que o Arthur andou pela primeira vez de cavalo com o pai dele.

Também de bocha, parquinho para as crianças, enfim, você pode passar uma tarde inteira lá só se divertindo.

O restaurante serve aquela comida caseira de vó, inclusive tem um forno a lenha no Buffet que lembra exatamente o forno que minha avó tinha em casa. Ele custa R$40,00 por pessoa, de principio eu achei caro, mas depois de me divertir tanto, e a comida estava muito gostosa, achei que é um preço mais do que justo.

Bom, se vc não tiver nada para fazer no final de semana, é uma excelente opção, mas vá com sol, pq só de pensar naquela estrada com chuva, ou mesmo depois de uma chuva já me da medo. ;)
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Um domingo muito especial passado com a família no ambiente rústico do Dona Ana Bistrô, com direito a um almoço saborosíssimo, passeios a cavalo com as crianças e um jogo de bocha no final da tarde.

O lugar é lindo, fica longe (fica fora do meio urbano na região metropolitanta de Curitiba, em Campo Magro), mas é lindo. Uma experiência de retorno para quem conhece os ambientes de fazenda e foi acostumado com a presença dos animais e uma experiência única para as crianças que adoraram conhecer os bichos. Duro foi explicar que o cavalo não era um "au-au" gigante.rs.

Recomendo o lugar para ir com calma, sem pressa para almoçar e menos pressa ainda para ir embora. Vá preparado para montar a cavalo, dar comida para bois e vacas, correr atrás de patos e galinhas com as crianças e curtir muito o local.
Primeira opinião do lugar

Apos vários convites da minha irmã em conhecer o tal Restaurante/fazenda em Campo Magro, selecionamos um domingo ensolarado e lá fomos nós e as crianças.

Bom, o problema começa ai, chegar no lugar! Como fica em uma “fazendo” em Campo Magro, é claro que se não acompanhássemos a amiga da minha irmã nunca iríamos chegar lá, pelo menos não no tempo em que chegamos.

O restaurante fica a uns 15 minutos do Santa Felicidade, ou seja, nem é tão longe assim, porém é preciso pegar uma estrada de terra que nem pense em lavar seu carro um dia antes, pq vai perder dinheiro, pois é pó em tudo quanto é lugar.

O lugar é afastado mesmo e bem simpático! O restaurante fica em uma casa amarela, mas anexo a ele tem diversos entretenimentos para todos, incluindo redes na sombra, vaquinhas para as crianças conhecerem, galinha (que não é a pintadinha), pintinho, pato, cavalo, inclusive foi lá que o Arthur andou pela primeira vez de cavalo com o pai dele.

Também de bocha, parquinho para as crianças, enfim, você pode passar uma tarde inteira lá só se divertindo.

O restaurante serve aquela comida caseira de vó, inclusive tem um forno a lenha no Buffet que lembra exatamente o forno que minha avó tinha em casa. Ele custa R$40,00 por pessoa, de principio eu achei caro, mas depois de me divertir tanto, e a comida estava muito gostosa, achei que é um preço mais do que justo.

Bom, se vc não tiver nada para fazer no final de semana, é uma excelente opção, mas vá com sol, pq só de pensar naquela estrada com chuva, ou mesmo depois de uma chuva já me da medo. ;)
Você conhece o Dona Ana Bistrô? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)