Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Tem horas que tudo que a gente quer é um jantar a dois. Melhor ainda se for num lugar bonito, com ótima comida, ótima bebida e ainda por cima com um clima romântico. Em Porto Alegre, não há lugar melhor que o Constantino pra se ter esse momento.

O Constantino é o “irmão caçula” do Le Bistrot, o meu preferido da cidade. Sou fã de carteirinha dos dois.

Já na chegada, o Constantino impressiona pela sua decoração e iluminação amarela na fachada. O restaurante fica numa antiga casa toda restaurada e decorada com extremo bom gosto. As mesas estão espalhadas por todo o lugar.

Pode-se sentar na varanda da frente da casa e também no interior dela. Mas eu fico sempre no jardim de inverno nos fundos da casa, que diga-se de passagem é o mais bonito da cidade. Ao entrar no jardim, parece que se está em algum lugar do interior da França. Plantas, velas e luzes amareladas fazem o clima perfeito. Não hesite, sente no jardim. Sempre!

Desta vez, escolhemos uma mesa no canto, separada de todas as outras por plantas e uma árvore.

Já sentados, pedimos um Clericot pra refrescar a noite quente de sexta-feira. Aliás, um belo clericot. Geladinho e com as frutas na medida. Uma coisa que sempre me impressiona no Constantino é o cuidado com todos os detalhes. Do cardápio às taças. Dos talheres ao saleiro. Bom gosto do começo ao fim.

Como não estávamos com muita fome, resolvemos dividir um prato. Na maioria das vezes escolho os filés. Chegamos até a cogitar os sushis, mas no final, pedimos um risoto de cordeiro. Pra que né? Abriu o apetite. O risoto estava fantástico, temperado com alho poró, cebola e conhaque. Pra realçar o sabor, ainda colocam um galho de tomilho em cima. Sensacional.

Hora da sobremesa. Dúvida cruel. Os mini churros de doce de leite chamaram a atenção, mas nos rendemos ao petit gateau com Coulis de Morango e sorvete de creme. Eu diria que é o segundo melhor Petit Gateau da cidade. Só perde pro “irmão mais velho”.


Preciso falar sobre mais um fator que diferencia o lugar. O atendimento. Garçons e gerentes simpáticos, preparados e servindo com excelência. Isso sem falar na simpatia dos donos, sempre acompanhando de perto o andamento das casas.Depois de tudo isso, pagar 40 reais por pessoa, parece um brincadeira, mas foi o que custou a noite.

Como se vê, o Constantino é o lugar certo pra impressionar, praquele jantar romântico. O que não quer dizer que não sirva pra um agradável encontro com amigos.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

O melhor restaurante da cidade. Diversos ambientes (deck da frente, ambiente interno e pátio externo com floreiras). A comida não poderia ser melhor, massas com filé, risotos diferentes, muita variedade. Atendimento excelente, ampla carta de vinhos, chope gelado, só falta um estacionamento conveniado. O restante é perfeito!
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Ótimo restaurante que oferece excelente atendimento e ambiente diferenciado com mesas em um jardim interno. Recomendado para um jantar romântico como para pequenos grupos de amigos. É um restaurante cujo o preço não é, definitivamente, o maior atrativo mas ele oferece um cardápio diferenciado e muito saboroso desde as entradas até a sobremesa.
O ambiente desse restaurante vale muito! Sentar nas mesas no jardim é uma experiência maravilhosa. O atendimento é excelente, a comida é sensacional, e também possui ótima carta de vinhos. A localização é perfeita, no coração do bairro Moinhos de Vento. Esse restaurante vale cada centavo, recomendo, pois é um programa imperdível.

via Android

O ambiente é muito aconchegante e as opções de entradas são excelentes e bem servidas! Pratos principais e sobremesas muito bons! É uma pena que o restaurante alterou a carta de bebidas e não vende mais a espumante Laurentia, que é excelente!

Só não digo que é o melhor restaurante da cidade por não ter ido a todos, mas ele é sensacional em tudo. Atendimento, os pratos, ambiente, climatização, enfim, tudo.

O Constantino é uma experiência única, prum momento realmente especial e que merece algo a mais, todo o cuidado com a decoração, o carinho do pessoal que atende, a qualidade no cardápio, enfim, tudo.

Há uma bela variedade tanto nas refeições quanto nos vinhos (principalmente).

via iPhone

Lugar agradável e com boa comida. Preço um pouco salgado, mas o padrão para o bairro.. vale a pena. Experimentar o sorvete de queijo com calda de goiabada.. muuuito bom!!

via iPhone

Comida maravilhosa, sem explicação. Atendimento incrível e ambiente perfeito. Local aconchegante, onde fica-se a vontade. O jardim é uma ótima opção romântica (em especial a mesa escondida entre duas árvores), porém o local é ótimo para varias ocasiões.

As bruschettas são deliciosas e o salmão com risoto de limão é maravilhoso!

Eu já havia mostrado quase tudo do lugar, mas estava cometendo uma heresia por não ter falado das entradas divinas. Minha mania do momento é ir lá e fazer um happy hour prolongado, no qual o jantar fica só nas entradas. Pra abrir os trabalhos, uma Panelinha de Moqueca de Siri. Sente o detalhe da marrenta Le Creuset.Antes de pedir outra entrada, eu e a Jana pedimos uma Adolfo Lona Brut Rosé, um espumante que tem me agradado bastante nos últimos tempos.

Geladinha no ponto.O passo seguinte foi pedir um Queijo de Cabra levemente gratinado com cubos de tomate e azeite de manjericão. Todas essas entradas são acompanhadas por umas torradinhas que são a base perfeita para exaltar o sabor. Esse queijinho é simplesmente de lamber o prato.Finalmente chegou a vez de pedir a minha entrada preferida: a Panelinha de Cogumelos com Alho Poró. Não tem como explicar a delícia que é.

Tem tipo um molhinho branco bem levinho junto muito show. Eu sempre rapo a panelinha e fico com gostinho de quero mais.Se engana quem pensa que ao comer só as entradas a refeição foi light. Eu já tava bem satisfeito ao final da noite. Mas como resistir aos Mini Churros com Doce de Leite? Impossível! Soltei meu lado criança e me lambuzei todo com muito gosto.

No fim de tudo, sempre guardo um tempinho pra papear com o Milton, um gerente (coloradaço) super gente boa e competente que comanda a galera por ali. Puxei meu Visa Electron e mandei ver 140 reais. Praticamente o mesmo preço de um jantar normal (com bebida) na casa. Mas garanto que esse é bem mais divertido.

Tem horas que tudo que a gente quer é um jantar a dois. Melhor ainda se for num lugar bonito, com ótima comida, ótima bebida e ainda por cima com um clima romântico. Em Porto Alegre, não há lugar melhor que o Constantino pra se ter esse momento.

O Constantino é o “irmão caçula” do Le Bistrot, o meu preferido da cidade. Sou fã de carteirinha dos dois.

Já na chegada, o Constantino impressiona pela sua decoração e iluminação amarela na fachada. O restaurante fica numa antiga casa toda restaurada e decorada com extremo bom gosto. As mesas estão espalhadas por todo o lugar.

Pode-se sentar na varanda da frente da casa e também no interior dela. Mas eu fico sempre no jardim de inverno nos fundos da casa, que diga-se de passagem é o mais bonito da cidade. Ao entrar no jardim, parece que se está em algum lugar do interior da França. Plantas, velas e luzes amareladas fazem o clima perfeito. Não hesite, sente no jardim. Sempre!

Desta vez, escolhemos uma mesa no canto, separada de todas as outras por plantas e uma árvore.

Já sentados, pedimos um Clericot pra refrescar a noite quente de sexta-feira. Aliás, um belo clericot. Geladinho e com as frutas na medida. Uma coisa que sempre me impressiona no Constantino é o cuidado com todos os detalhes. Do cardápio às taças. Dos talheres ao saleiro. Bom gosto do começo ao fim.

Como não estávamos com muita fome, resolvemos dividir um prato. Na maioria das vezes escolho os filés. Chegamos até a cogitar os sushis, mas no final, pedimos um Risoto de Cordeiro. Pra que né? Abriu o apetite. O risoto estava fantástico, temperado com alho poró, cebola e conhaque. Pra realçar o sabor, ainda colocam um galho de tomilho em cima. Sensacional.

Hora da sobremesa. Dúvida cruel. Os Mini Churros de Doce de Leite chamaram a atenção, mas nos rendemos ao Petit Gateau com Coulis de Morango e Sorvete de Creme. Eu diria que é o segundo melhor Petit Gateau da cidade. Só perde pro “irmão mais velho”.


Preciso falar sobre mais um fator que diferencia o lugar. O atendimento. Garçons e gerentes simpáticos, preparados e servindo com excelência. Isso sem falar na simpatia dos donos, sempre acompanhando de perto o andamento das casas.Depois de tudo isso, pagar 40 reais por pessoa, parece um brincadeira, mas foi o que custou a noite.

Como se vê, o Constantino é o lugar certo pra impressionar, praquele jantar romântico. O que não quer dizer que não sirva pra um agradável encontro com amigos.
Foto opinião do Diego Fabris sobre Constantino Café
Você conhece o Constantino Café? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: