Club Noir

nota 3.6 de 5 em 5 opiniões
| Rank: 50º de 110 | Teatros
Mais na região Como chegar

Localizado na rua Augusta, ponto de encontro de todas as tribos de São Paulo, o Club Noir é um espaço voltado à dramaturgia contemporânea, possui uma livraria e um agradável café, com mesinhas dispostas ao longo do salão envidraçado.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

via Android

Já estive várias vezes no Noir, mas sempre para eventos musicais. Nunca entrei no teatro.

Sempre saí com impressão boa porque o ambiente é bem agradável, é fácil sentir-se à vontade lá dentro. Os funcionários são mais ou menos, nem sempre atendem bem, mas aprendi a procurar sempre a senhora que fica lá, acho que é dona, ela atende bem.

A programação musical do Noir é bem variada e sempre muito boa. Depende do gosto de cada um, mas mesmo quando só passei na porta com outro compromisso, via alguma coisa boa rolando lá. É que a fachada é de vidro, dá pra ver tudo lá dentro e até ouvir um pouco e ter uma idéia do que está rolando.

O ambiente parece mistura de café com livraria, mas aos poucos se vê que agrega várias atividades. É um verdadeiro centro cultural, ainda que bem pequinininho. Tem poucos lugares para se sentar, ganha quem chegar mais cedo. Mas o pouco tamanho torna o lugar aconchegante. Parece que estou na casa de alguém.

Tem cerveja e drinks básicos com preços impecáveis. Comida é bem restrita, quiches e salgados bem simples, um pouco caros para o padrão apresentado. Recomendo ir de estômago cheio e só beber. Nem estou reclamando do preço, é mais da qualidade mesmo, pois a comida deles não tem nada de atraente, é só para enganar a fome, e nesse caso há lugares mais baratos nas redondezas. Vale comer coxinha de boteco, porque o padrão será quase o mesmo. Não é um lugar indicado para se comer.

O grande defeito do Noir é o som. Dá pra curtir, porque a programação ajuda muito, mas é óbvio que o som é ruim. Não sou só eu, já ouvi esse comentário de outras pessoas lá dentro e também fora em conversas ocasionais. Seria muito bom se eles pudessem consertar isso.

Apesar do som ruim, o Noir é uma pérola na Augusta pelo ambiente aconchegante e pela programação de alto bom gosto. Se melhorasse o som, eu dava até 6 estrelas, rsss. Só falta eu conhecer o teatro.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

via Android

Já estive várias vezes no Noir, mas sempre para eventos musicais. Nunca entrei no teatro.

Sempre saí com impressão boa porque o ambiente é bem agradável, é fácil sentir-se à vontade lá dentro. Os funcionários são mais ou menos, nem sempre atendem bem, mas aprendi a procurar sempre a senhora que fica lá, acho que é dona, ela atende bem.

A programação musical do Noir é bem variada e sempre muito boa. Depende do gosto de cada um, mas mesmo quando só passei na porta com outro compromisso, via alguma coisa boa rolando lá. É que a fachada é de vidro, dá pra ver tudo lá dentro e até ouvir um pouco e ter uma idéia do que está rolando.

O ambiente parece mistura de café com livraria, mas aos poucos se vê que agrega várias atividades. É um verdadeiro centro cultural, ainda que bem pequinininho. Tem poucos lugares para se sentar, ganha quem chegar mais cedo. Mas o pouco tamanho torna o lugar aconchegante. Parece que estou na casa de alguém.

Tem cerveja e drinks básicos com preços impecáveis. Comida é bem restrita, quiches e salgados bem simples, um pouco caros para o padrão apresentado. Recomendo ir de estômago cheio e só beber. Nem estou reclamando do preço, é mais da qualidade mesmo, pois a comida deles não tem nada de atraente, é só para enganar a fome, e nesse caso há lugares mais baratos nas redondezas. Vale comer coxinha de boteco, porque o padrão será quase o mesmo. Não é um lugar indicado para se comer.

O grande defeito do Noir é o som. Dá pra curtir, porque a programação ajuda muito, mas é óbvio que o som é ruim. Não sou só eu, já ouvi esse comentário de outras pessoas lá dentro e também fora em conversas ocasionais. Seria muito bom se eles pudessem consertar isso.

Apesar do som ruim, o Noir é uma pérola na Augusta pelo ambiente aconchegante e pela programação de alto bom gosto. Se melhorasse o som, eu dava até 6 estrelas, rsss. Só falta eu conhecer o teatro.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Infelizmente só pude conhecer o espaço do Club Noir e curtir um pouco a parte do café que tem por lá. Nunca fui a uma exposição nem a nenhuma peça de teatro, por isso certamente pretendo voltar.

Bom, o lugar é um espaço para artistas do teatro apresentarem suas peças, por um preço mais barato e, em alguns dias, de graça. Há também um mezanino com exposições artísticas, mas acabei não chegando a subir até lá.

Ao entrar, você já dá de cara com um café onde servem também algumas outras bebidinhas e salgados: poucos, mas bons e baratinhos. Só que nada surpreendente. Aos fundos, é onde realmente fica o teatro.

A decoração tem tudo a ver com o nome do bar: super noir, iluminação indireta, escuro. Na parede, imagens de peças de teatro, além de todo o público que frequenta o lugar: artistas, na grande grande maioria. Há algumas publicações direcionadas à área, caso queira adquirir.

Enfim um lugar interessante, inspirador. Quero voltar para poder realmente viver o que o Noir oferece.

O Club Noir é espaço de convivência artística do baixo Augusta que versa com as artes cênicas. O lugar abriga mostras e peças alternativas de novos e experimentais artistas da cena paulista.

O ambiente do club é como o nome sugere, noir, com luzes indiretas dando o tom dramático que o espaço cênico sugere, tem um café que serve alguns salgados, comes diversos, cafés, cervejas e bebidas. Um mezanino que eventualmente também tem seu espaço utilizado e uma área central de convivência para mesas e as vezes também se faz uso para exposições fotográficas e diversas. Ao fundo fica a sala de teatro que quase em todos os dias de funcionamento tem alguma atividade ou atração cênica.

O espaço funciona também como ponto de encontro entre a galera alternativa de teatro, não necessariamente opositora a turma da Roosevelt e muitas das vezes colega ou parte dela, mesmo com o distanciamento geográfico entre os dois lugares.

O espaço de café da casa serve alguns salgados bem medianos, um café expresso bom e um com leite adequado por uma média de 6$ tanto um quanto o outro (não lembro a marca dos grãos). Lá também se vende algumas publicações relacionadas a área, bem como roteiros, ensaios etc.

Ainda não presenciei nenhuma das experiências de arte (exceto exposições) propostas pela casa, logo percebo que minha opinião não está completa sobre o local, já que obviamente a devo experimentar uma das paixões em comum com o local para melhor entendê-lo (arte, teatro, cultura alternativa etc).
Foto opinião do Allan Gonçalves sobre Club Noir

Lugar alternativo no Baixo Augusta. Poucas mesas e cadeiras, amplo espaço e uma atmosfera que deixa perceber o objetivo de ser um bar normal de portas abertas para as artes. Na única vez que eu fui, havia recém terminado uma espécie de leitura dramática de um autor (posso estar sendo impreciso, mas foi o que eu entendi) e o público ainda estava no recinto. Um único banheiro. Iluminação baixa, bem de acordo com o nome noir. As únicas opções de comidas são alguns poucos salgados que ficam expostos a escolha dos clientes. Sobre bebidas olhei a carta e não me chamou muita atenção. Uma das donas a primeira vista tem cara de poucos amigos, mas puxando umas duas ou três palavras ela se revela bem descontraída e simpática. Gostei. Eu voltaria com mais amigos para bater papo e, quem sabe, conferir uma das programações abertas.
Foto opinião do Lucas Nobre sobre Club Noir
Primeira opinião do lugar

via Android

Um otimo lugar pra quem quer curtir um jazz, blues, treatro, conhecer pessoas de outras tribos. A decoracao do ambiente eh bem alternativa e sempre muda. Uma coisa que achei legal eh que existe apenas um banheiro e a divisao eh nos box. Isso mostra que nao ha distincao entre o publico. Recomendo!
Você conhece o Club Noir? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: