Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Estive no Club 33 na última sexta-feira dia 03/10/14. Ganhei um ingresso para Surf Party através de uma promoção do instagram.
Chegamos na balada por volta de meia noite e a entrada já estava akela loucura. Todo mundo amontoado entre umas grades de proteção.
Ao chegar mais a frente me deparei com alguns seguranças da casa tentando organizar a entrada. Havia uma moça de cabelo curto que foi muito indelicada quando eu perguntei se havia um caixa preferencial, pois eu estou com o ombro lesado e usando tipóia, e por isso, não queria ficar no meio da multidão nakele empurra empurra. Ela veio me questionando pq eu não fikei em casa, já q eu estava machucada. Ainda tive q bater boca com ela, falando q akilo era um absurdo, q se eu ganhei o ingresso justamente por causa da tipóia, e q mesmo assim a casa era obrigada a ter um tratamento para pessoas com algum problema, pois elas tem o direito de se divertir como qlqr outra pessoa.
Um absurdo essa garota.
Depois de um tempo, consegui acesso ao caixa para informar meu nome e de minha amiga e então entramos na balada.
O som estava muito bom, muitas pessoas bonitas, mas totalmente lotado. Quase impossível de andar lá dentro.
O eskema da casa é péssimo. Tínhamos q ficar numa fila absurda pra comprar fichas pra bebidas e depois disso ainda ficar em outra fila pra pégar a bebida no balcão.
Sem erro ficamos cerca de 40 minutos numa fila surreal, sendo empurradas e esmagadas pra conseguir comprar uma ficha de bebida. Quase deu briga, pois tinham várias pessoas furando a fila e qm estava lá esperando a vez adequadamente como eu, ficaram "putas", e com razão.
A fila de pegar fixa tava parecendo metrô da Sé no horário de pico....um horror. Sem contar q a fila já começava do lado da entrada da balada, meio q congestionando a entrada q era a mesma para saída de emergência.
Mal dava para caminhar na parte de baixo da balada, de tanta gente.
Na parte superior, aonde ficam os banheiros, estava mais tranquilo. O banheiro é bem bonito, cheio de espelhos e amplo.
No entanto, a balada estava impossível. Bebi apenas 1 cerveja long neck a R$9 e fui embora. Eram umas 3h da manhã qndo sai e ainda tinha gente na porta esperando a balada esvaziar pra poder entrar.
Muito mal organizado...e este eskema de não ter comandas é péssimo. Não se se a culpa é dos organizadores da festa ou da casa. Mas ...detestei a experiência.

via iPhone

Muita fila, falta organização. Cheguei as 23h e entrei as 2am. Quando entrei o club não estava cheio, sem necessidade segurar tanto a fila com o club vazio.

Passo na frente e está cheio vá para a Clash! 😜

Casa consideravelmente nova na Pacaembu, colada na Clash Club, algo que por incrível que pareça, ajuda o Club 33 no seu início, já que quem não entra na Clash (que lota mais que metrô da Sé às 18h) acaba indo pra lá pela semelhança da música. Foca no eletrônico e busca sempre trazer atrações internacionais de peso para a pista.

Possui 2 pistas, sendo que a externa abre só bem tarde. Vários bares e banheiros limpos e bem localizados. Recomento bastante para quem ainda não foi!
Foto opinião do Arthur Magalhães sobre Club 33
Primeira opinião do lugar

Eeeeba, primeira opinião sobre o lugar! Bom, fui à Club 33 em um péssimo dia: num sábado à noite em feriadão emendado. É, eu estava pedindo para estar vazio: dito e feito. Apesar disso, gostei bastante do lugar (e olha que não sou fã de eletrônica).

Inaugurada em novembro deste ano, a Club é uma balada bem espaçosa e linda. Com pista interna e externa, em cada uma toca um DJ diferente mas todos bem ao estilo eletrônica 'tutz-tutz'. A pista interna não é tão grande, mas bem bonitinha também. Há um segundo andar com a chapelaria (custa 10 reais); uma lojinha com doces, balas e chicletes; e o banheiro (que, por sinal também é muito belo).

Fica bem pertinho da Rua Barra Funda (antes que subir o viaduto) e para entrar tem aquele esquema entrada VIP de mulher. Não sei quais são os preços para quem quiser comprar na hora. Lá dentro as bebidas são bem carinhas, viu? Caipirinhas beirando os R$20 e cervejas a R$12.

Em relação à galera que frequenta a balada, posso dizer que achei muita gente com carinha de menor de idade, haha. Mas também, fui num dia super miado, então nem conta de verdade, haha.
Você conhece o Club 33? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: