Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

Frequentei um número razoável de vezes o Jack Rock Bar (desde quando ele tinha aquela rampa de garagem nos fundos, quem se lembra?) e um pouco menos o Lord Pub quando morava em BH. Mas só vim a conhecer a Circus, caçulinha do Circuito do Rock, agora, já com três anos de funcionamento.
Não vi fila para entrar. Talvez por não ser mais novidade ou por ser um sábado pós feriado... ou se foi porque o show era dos Brothers of Brazil (Supla e seu irmão João Suplicy)... rs. E a casa ficou cheia, mas não lotada.
Como os demais kekanteiros já descreveram muito bem o ambiente da casa, vou me limitar a falar sobre a acústica do lugar, que é boa para shows de rock (mas evite ficar perto demais do palco, pois ali o som embola), e o atendimento, que achei bom. Há tempos que não ia a um local desse tipo sem ter que implorar para ser atendido no balcão (no Lord isso era frequente). O cardápio me pareceu interessante mesmo para quem quer comer. Um amigo pediu um sanduíche, que demorou um pouco.
Gostei também do banheiro, que é amplo e compatível com a capacidade de lotação da casa. Só não gostei da escada que dá acesso a ele, que pode ser um perigo em dias de casa cheia.
Achei um pouco caro para entrar (R$ 40 homens e R$ 30 mulheres), mas creio que o propósito é selecionar a clientela... meio chato isso, mas os donos têm esse direito.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via Android

Excelente ideia dos proprietários Esse é um dos principais lugares para se curtir bom e velho Rock in Roll na capital. O picadeiro do rock traz diversas opções para Os Amantes do gênero incluindo bandas cover até grandes atrações do cenário no nosso país. Fiquei devendo um pouco para o estacionamento Mas nada que você ao utilizar os serviços do Uber não vai poder driblar

Fui em uma sexta feira e achei o ambiente muito agradável.
O som não é ensurdecedor, local não estava muito cheio e o atendimento também é muito bom. Único ruim que acho nesses bares de rock é que os shows sempre começam após a meia noite, e em plena sexta é bem complicado ficar até o fim dos shows, pedi uma porção de batatas com mussarela que realmente vem com bastante mussarelas.

Em Belo Horizonte, tem uma coisa que a galera chama de Circuito do Rock. São três casas de rock pertencentes aos mesmos donos: Jack Rock Bar, Lord Pub e a Circus Rock Bar. Dessas, a Circus é, para mim, a mais light (com rocks mais leves, melódicos) e a com maior público feminino. Se isso é bom ou ruim, é questão de gosto.
A casa é espaçosa e tem dois pisos. Embaixo, ficam o palco, os caixas, a pista e sinuca. No andar de cima, tem mesas e cadeiras, além de uma temakeria. Os dois níveis tem bar e banheiro. A acústica e a iluminação são boas.
O atendimento é bom, tanto pelos que trabalham atrás dos balcões, quanto pelos que circulam pelas mesas e pista.
O preço de tudo é um pouco alto, mas rolam umas promoções dependendo do dia da semana. De qualquer forma, o custo não varia muito em relação a outras baladas da cidade.
A parte ruim é que a fila para entrar é sempre grande. Daí, é preciso chegar cedo lá.

A Circus faz parte do chamado Circuito do Rock de BH, e segue o mesmo padrão das outras casas do circuito: A cada dia uma programação diferente, com apresentação de duas bandas e promoções de bebidas, de acordo com o dia da semana.
O ambiente é espaçoso, mas costuma ficar muito cheio, portanto chegue cedo, se não quiser mofar na fila. Ah, e tem sinuca! =D
Como em cada dia é uma programação diferente, acho válido conferir a programação do dia pretendido, para garantir que se encaixa no tipo de rock que vc curte.
Um bom lugar pra quem curte um bom rock! Só peca nos preços, que acho muito altos =/

Local para ouvir uma banda de qualidade, porque sabem escolher quem vai tocar e diferente do habitual.
Minha única dificuldade foi ficar em pé o tempo todo, porque gosto de curtir em volta da mesa e parte da noite sentada... senão chega a hora de ir embora ...por cansaço.
Recomendo aos jovens com pique e animação para shows de qualidade em local fechado.
Fui para assistir bandas cover que conhecia, mas quando pararam fui embora por esse motivo.
Diria que o local é seguro e ideal para meus filhos.
Localização fácil acesso e muita vaga na região.

Ótimo lugar para quem curte rock. Assim como as outras casas do genêro segue o padrão de duas bandas por noite, com algumas promoções de bebidas dependendo do dia da semana. A casa tem um ampplo espaço, o que se pode chamar de diferencial, pois as demais casas de BH ainda pecam pelo espaço pequeno e um número de público excessivo em alguns dias.

Mais recente casa da Franquia Circuito do Rock. Boas bandas, bom ambiente. Bares pequenos. Deixam a casa extremamente cheia em dias populares. Deveriam limitar o número de pessoas. Entre Jack Rock Bar, Lord Pub e Circus Rock Bar, Circus fica em ultimo lugar. Fecharam contrato com a ambev, limitando muito o cardápio de cervejas.

via iPhone

Ótimo ambiente! Bandas sempre de qualidade. O Jack e o Lord, juntamente com o Circus, são do mesmo sono. Sendo assim, caso queiram sair de um e ir para outro nao será será necessário o pagamento da entrada novamente. So informar ao lugar que está deixando e para o desejado. Sua entrada será liberada.

Não caí na tentação de encarar nenhum desses drinks (magaritas) que chegavam até mim, a preço zero, apesar da carta de bebidas indicar que custavam R$16. Preferi ficar com os chopes da Heineken que eram anunciados a R$5,50 cada caneca de 340 ml. Eu era um dos convidados Vips da Kekanto que realizava o seu décimo encontro na Circus Rock Bar. Só mesmo o prazer de encontrar conhecidos blogueiros de botecos e afins – em especial o Daniel do Baixa Gastronomia (baixagastronomiapor nenel.blogspot.com
– para me fazer dirigir 100 km e ir para uma boate numa baita quarta-feira fria.
Eu disse boate? Não, não é uma boate; é um bar, apesar da pista de dança, da fila que se forma na porta a partir de quinta-feira organizada por gradis e do balcão para bebidas. É um bar para shows com seu palco já ramado para o show que só começaria bem depois da hora que fui embora. Um bar com jeito de pub pela presença da mesa de sinuca com suas luminárias baixas.
Chamava a atenção do cardápio especial para os muitos pratos de comida japonesa e o outro cardápio para drinques e destilados. O cardápio “Comidas e Bebidas” me atraiu mais e arrisquei em um sanduíche, depois de ser informado que as pizzas no cone estão fora do cardápio. O Rockstines – 4 mini sanduíches abertos e crocantes de pão integral, molho de tomates, cebolas, pimentões, mussarela, peito de peru defumado, azeitonas, manjericão e salsa – por R$12 estava de bom tamanho. Não foi necessário recorrer aos crepes. Provei ainda da porção de Filé ao molho de gorgonzola que não falha nunca.
Eu tinha tudo para me sentir uma peça de museu no meio de ambiente tão diferente do que estou habituado, mas senti efetivamente estar dentro de um museu, tamanha a quantidade de referencias a músicos famosos, já mortos, do rock internacional.
Não paguei a entrada de R$15,00, não tive que enfrentar a clássica e extensa fila para entrar, que se forma nesse lugar de quinta-feira em diante, nem tive dificuldades de efetuar o pagamento do que consumi – extra – já que quando fui embora às 23 horas, o público maior ainda não estava nem chegando.
Foto opinião do Augusto Rodrigues Borges sobre Circus Rock Bar

A circus é muito bem decorada, com cardápio variado e bons shows de rock. Ingredientes indispensáveis à todos os outros que fazem parte do circuito do rock (Jack e Lord). No final da noite a conta fica salgada depois de algumas longnecks e a entrada puxada.
Para quem gosta de sinuca é bom procurar saber horários que tem a mesa liberada.
Apesar das clássicas bandas de rock, poderiam inovar com novas bandas. Já que são sempre as mesmas que giram nas 3 casas.
Exibindo 14 opiniões | Total de 162 opiniões
16 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Circus Rock Bar? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: