Churrascaria Braseiro

nota 4.2 de 5 em 11 opiniões
| Rank: 16º de 109 | Churrascarias
Mais na região Como chegar

Endereço: Av Pernambuco, 569, Navegantes - Porto Alegre , RS - Brasil - 90240-000

Telefone: 51 3362-3044

Preço: $$$$  (De R$51 até R$100)

Sou dono deste estabelecimento

De terça a sexta-feira, das 11h30min às 15h e das 18h30min às 24h.

Aos sábados, das 11h30min às 24h.

Domingos e feriados, das 11h30min às 23h.

Nas segundas-feiras a casa está fechada

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Opinião em destaque

Em um dia qualquer da semana o Diogo me liga fazendo um convite irresistível para alguém que passou mais de 10 dias comendo frutos do mar. Calma aí, antes de brigar comigo quero deixar claro que adoro frutos do mar. Mas ele me chamou para conferir a Churrascaria Braseiro, aqui mesmo em Porto Alegre. Lógico que eu não poderia negar o convite, afinal, uma boa carne nunca matou ninguém, não é mesmo (espero que nenhum membro da família de algum simpático bichinho desses que provamos esteja lendo esse post)?

O clima é aquele que todo mundo conhece, burburinho e garçons apressados promovendo aquele balé com os espetos.Num dos ambientes tem uma grande parede com vários rótulos de vinhos. Achei legal e até pensei em pedir alguma coisinha, mas segurei minha peteca para não perder a tarde de trabalho que eu teria pela frente.Enquanto esperávamos por nossas águas os acepipes não paravam de chegar. Primeiro, salsichão ou linguiça para o pessoal aí de cima.

Después, um aipim frito só para manter o nível de gordura que estava querendo ficar baixo, mas não comigo e nem com o pequeno Dioguito.Outros infinitos acepipes chegaram, mas refugamos alguns para não queimar a largada e logo partimos para o que realmente interessava. Que tal uma lasca desse vazio? Si si como no!Ok, agora uma picanha ou quase um espeto de picanha, if you know what mean!Senti que o Dodi estava indo devagar enquanto eu comia como se não houvesse amanhã, até que chega o garçom com um certo ar de cumplicidade e oferece cordeiro com geléia de amora, aí eu entendi o motivo de tanta parcimônia.

A quantidade que ele comeu não pode ser medida em kilo, apenas em arroba.Para arrematar a fome, se é que ainda tínhamos alguma, um bom pedaço de costela, aquele “costelão” que fica doze horas assando bem devagar e que se desmancha no prato.Ok, agora acabou! Not yet, impossível ir até uma churrascaria sem comer a clássica sobremesa, creme de papaya com cassis.

Vou dizer que nem sei se eu gosto realmente disso ou se vou pela tradição mesmo. Mas na real gosto sim, não posso mentir.Já totalmente satisfeitos, ficamos um tempo tentando recuperar o fôlego e contemplando aquele instante “lindo” quando as pessoas levantam das mesas procurando por um pouco de oxigênio depois de quase morrer de tanto comer.

E foi assim que observamos uma figura carismática muito parecida com um personagem de uma propaganda de cerveja, “segurando para não cair”.Tá, na real não era ele, mas que parecia ninguém pode negar. Pagamos os cerca de 55 reais cada um e saímos rapidinho antes que alguém pensasse que ficaríamos para o jantar.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via iPhone

Grande variedade de carnes, atendimento muito bom..a picanha com queijo e a maminha são um show! Há várias opções de sobremesas, que são bem caprichadas, escolhi a torta de sorvete que serve 2 pessoas ou mais e é espetacular.

Em um dia qualquer da semana o Diogo me liga fazendo um convite irresistível para alguém que passou mais de 10 dias comendo frutos do mar. Calma aí, antes de brigar comigo quero deixar claro que adoro frutos do mar. Mas ele me chamou para conferir a Churrascaria Braseiro, aqui mesmo em Porto Alegre. Lógico que eu não poderia negar o convite, afinal, uma boa carne nunca matou ninguém, não é mesmo (espero que nenhum membro da família de algum simpático bichinho desses que provamos esteja lendo esse post)?

O clima é aquele que todo mundo conhece, burburinho e garçons apressados promovendo aquele balé com os espetos.Num dos ambientes tem uma grande parede com vários rótulos de vinhos. Achei legal e até pensei em pedir alguma coisinha, mas segurei minha peteca para não perder a tarde de trabalho que eu teria pela frente.Enquanto esperávamos por nossas águas os acepipes não paravam de chegar. Primeiro, salsichão ou linguiça para o pessoal aí de cima.

Después, um aipim frito só para manter o nível de gordura que estava querendo ficar baixo, mas não comigo e nem com o pequeno Dioguito.Outros infinitos acepipes chegaram, mas refugamos alguns para não queimar a largada e logo partimos para o que realmente interessava. Que tal uma lasca desse vazio? Si si como no!Ok, agora uma picanha ou quase um espeto de picanha, if you know what mean!Senti que o Dodi estava indo devagar enquanto eu comia como se não houvesse amanhã, até que chega o garçom com um certo ar de cumplicidade e oferece cordeiro com geléia de amora, aí eu entendi o motivo de tanta parcimônia.

A quantidade que ele comeu não pode ser medida em kilo, apenas em arroba.Para arrematar a fome, se é que ainda tínhamos alguma, um bom pedaço de costela, aquele “costelão” que fica doze horas assando bem devagar e que se desmancha no prato.Ok, agora acabou! Not yet, impossível ir até uma churrascaria sem comer a clássica sobremesa, creme de papaya com cassis.

Vou dizer que nem sei se eu gosto realmente disso ou se vou pela tradição mesmo. Mas na real gosto sim, não posso mentir.Já totalmente satisfeitos, ficamos um tempo tentando recuperar o fôlego e contemplando aquele instante “lindo” quando as pessoas levantam das mesas procurando por um pouco de oxigênio depois de quase morrer de tanto comer.

E foi assim que observamos uma figura carismática muito parecida com um personagem de uma propaganda de cerveja, “segurando para não cair”.Tá, na real não era ele, mas que parecia ninguém pode negar. Pagamos os cerca de 55 reais cada um e saímos rapidinho antes que alguém pensasse que ficaríamos para o jantar.
Foto opinião do Lela Zaniol sobre Churrascaria Braseiro

A Braseiro tem carnes ótimas e o preço é justo.
Uma dica é a picanha com queijo e experimentar a costela uruguaia. O abacaxi com canela, do cardápio de sobremesas é ótimo também, mas um pouco caro.

Um ponto negativo: a limpeza, aconselharia a manterem o local mais limpo. Várias vezes em que fui o chão estava muito sujo e o banheiro feminino também.
Exibindo 11 opiniões | Total de 11 opiniões
2 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Churrascaria Braseiro? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: